História Mirrors - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Justin Bieber, Selena Gomez
Tags Criminal, Jelena, Justin, Selena
Exibições 52
Palavras 1.038
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Festa, Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela, Suspense, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 20 - Não pretendo mudar minha rotina


Fanfic / Fanfiction Mirrors - Capítulo 20 - Não pretendo mudar minha rotina

P.O.V. Selena Gomez

6 Meses Depois...

Sinto o vento bater contra meu rosto e bagunçar meu cabelo, apesar dele estar na altura dos ombros ainda sim me incomodava um pouco, principalmente a franja que eu decidi fazer que às vezes batia em meus cílios.

Aperto o acelerador um pouco mais e giro o volante fazendo o carro derrapar na linha de chegada. Saio do carro e logo vejo o carro que estava atrás de mim chegar e parar frente ao meu carro.

Me apoio sobre o carro e logo vejo o motorista do outro carro sair do veículo e caminhar em minha direção.

— Muito bem Marie - ele fala dando um breve sorriso - Acho que agora lhe devo 1 milhão - ele fala negando com a cabeça - Poderia estar completamente desesperado em ter perdido todo esse dinheiro, mas fico feliz em tê-la de volta - ele fala e em seguida nos cumprimentamos com um aperto de mãos

— Também senti a sua falta Max - Falo dando um breve sorriso - Mas não preciso do seu dinheiro, eu só quero que me leve até o Luke, tenho que tratar de uns assuntos com ele rapidamente - Falo e ele me olha confuso - Acha que não conheço o Hemmings? - Pergunto e ele permanece calado - Preciso falar com ele urgentemente, poderia me fazer o favor de me levar até ele?

— Não posso fazer isso - ele responde pondo as mãos nos bolsos da calça - O Luke não gosta de ser incomodado - ele fala negando com a cabeça - Não posso fazer isso e sinto muito - ele fala e se vira na intensão de voltar a seu carro

— Okay, vamos fazer isso do jeito difícil - Falo puxando a arma do cós da calça e aponto a mesma para ele que permanecia de costas para mim - Eu sinto muito Max, mas não posso perder tempo - Falo e puxo o gatinho o vendo cair no chão em seguida

Volto a guardar a arma e suspiro negando com a cabeça, me aproximo do corpo dele e me agacho ao lado de seu corpo pondo a mão no bolso de sua calça e pegando seu celular em seguida.

Desbloqueio a tela do celular após algumas tentativas e logo vou para lista de contatos procurando o número do Luke. Não Demoro muito a achar e clico no contato ouvindo o mesmo chamar.

— Max, o que aconteceu agora? - a voz rouca do Luke soa do outro lado da linha e eu solto uma risada baixo me levantando

— Parece que o Max só lhe trazia problemas heim Hemmings - Falo e tudo que ouço é sua respiração do outro lado da linha - Temos assuntos a serem tratados - Falo e em seguida olho para o corpo do Max ao chão cheio de sangue - Afinal, ele não vai lhe trazer mais problemas...

— O que fez com ele? - sua voz sai nervosa e eu logo reviro os olhos

— Me encontra na trilha principal da floresta - Falo séria e fixo meu olhar em algo a minha frente - Hoje ao anoitecer, sem atrasos - Falo por fim e desligo a chamada - Acho que consegui o encontrar - Falo olhando para o corpo do Max e Dou um sorriso de lado - Sinto muito - Falo jogando o celular sobre seu corpo e me viro caminhando até meu carro

Entro no carro dando partida em seguida e olho para o espelho do carro me lembrando de tudo que havia me levado até o que sou hoje.

Faltam apenas 3 dias para o natal e eu não queria nenhum contra tempo, já que nessa época prefiro ficar em casa bem relaxada pensando nos natais passados.

Eu e meu pai sempre preferimos ficar em casa na época do natal e geralmente passávamos juntos.

Eu não poderia dizer que era um dos festejos que eu mais gostava já que foi na época do natal que a minha mãe me deixou com o meu pai e depois sumiu da face da terra sem dar notícias algumas.

Volto a prestar atenção na estrada e percebo que já estava chegando na minha casa. Vejo os seguranças abrirem o portão e eu logo entro com o carro parando o mesmo em seguida e saindo, entrego as chaves a um dos seguranças para que ele o estacione e caminho até a porta de casa abrindo a mesma e entrando.

— Como foi? - Ouço a voz e o sotaque irlandês do Niall soar pela sala e me viro vendo ele descer as escadas - Ocorreu tudo bem?

— Digamos que consegui fazer o Luke se encontrar comigo essa noite - Falo e ele sorri de lado se aproximando de mim e selando nossos lábios

— Vai dar tudo certo - ele fala me abraçando e eu Retribuo ao abraço - Quando você chegar a noite quem sabe não comemoramos mais uma parceria - ele fala com um de seus maravilhosos sorrisos direcionados a mim

— Nós vamos comemorar - Falo sorrindo de canto e logo vejo o Matthew e a Emeraude descer as escadas discutindo algo que não dava para entender bem - Discutindo outra vez? - Pergunto olhando para eles que apenas negaram com a cabeça

— Só estávamos dialogando de uma maneira violenta - o Matt fala e eu dou de ombros

— Selena vou passar o Natal com a minha família em Nova York beleza? - a Emeraude pergunta me olhando atentamente

Minha vontade era de dizer não, e contar toda a história que eu tinha com essa cidade, mas não podia fazer isso e nem a privar de passar o Natal com a família.

— Tudo bem, mas toma cuidado - Falo e ela concorda com a cabeça seguindo caminho até a cozinha - E você vai com sua irmã? - Pergunto olhando para o Matt

— Você sabe que eu não vou - ele responde caminhando até o sofá e se senta no mesmo - Não me dou bem com a minha família...

Decido ignorar seu comentário e olho para o Niall que se mantinha pensativo.

— E você? Aonde vai passar o Natal? - ele me pergunta sem tirar os olhos do meu

— Em casa Nialler, não pretendo mudar minha rotina - Falo e ele apenas assenti com a cabeça


Notas Finais


Redes Sociais:

Twitter - @ladymrs_bieber
Instagram - malufreak
Facebook - Malu Bomfim


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...