História Mischievous Kiss - Imagine Suga - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS), Itazura Na Kiss
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Drama, Imagine Bts, Imagine Suga, Imagine Yoongi, Itazura Na Kiss, Min Yoongi, Romance, Suga
Exibições 42
Palavras 3.655
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 10 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Crossover, Romance e Novela

Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olá! Espero que gostem do primeiro capítulo (^∇^*)
Me desculpem se tiver algum erro de português e por enquanto não vai ter capa, mas prometo fazer, ok?
Boa leitura ♥

Capítulo 1 - O Amor Segue Uma Estrela Cadente


Beijo em Seul

Hora de "Beijo em Seul" de novo. Sou sua anfitriã, Hea. O programa vai ao ar por quatro horas, até amanhecer. Então, aproveitem.

Fui a uma cartomante, outro dia. Ela disse que tenho boas chances de um novo amor. Oba! Mas posso perder a oportunidade, porque sou muito tímida. Isso não é bom. Preciso de coragem para dizer o que sinto. Mas é fácil falar. Não concordam? Então, esta noite, quero ouvir suas histórias de amor.

-Aaaaah *bocejo*

Ei, você. Não é hora de bocejar. Quero ouvir histórias engraçadas e aquelas que aquecem o coração. Não hesitem. Mandem suas histórias.

A chuva de meteoros Liríadas pode ser vista esta noite. Vai ser uma rara oportunidade de ver uma em Seul.

-Liríadas?

Espero que saibam que seus sonhos se realizam com estrelas cadentes. Se ainda não confessaram seu amor, por que não fazer um pedido hoje? Pode ajudar a conseguirem um amor.

-Quero que Min Yoongi note que gosto dele e que ele goste de mim também.

*Vejo uma estrela cadente*

~No outro dia~

Cheguei no colégio e logo me escondo, esperando ele chegar.

-Bom dia.-diz um garoto para Yoongi

-Bom dia.-Yoongi diz

-Tenho que ir. Até mais.-diz o garoto para ele

Ele está vindo!

Caro Sr. Min Yoongi. Sou Kim (S/N), da turma F. Talvez você não me conheça. Mas eu o conheço bem.

*Vejo Yoongi entrando no colégio*

-Respira (S/N)! Você vai conseguir entregar esta carta para ele!

*Me lembro da primeira vez que o vi*

*Dois anos atrás*

*Discurso de Min Yoongi ON*

No caminho da escola com minha mãe, achei lindas flores. Elas me parecem...

*Discurso de Min Yoongi OFF*

Estou apaixonada por você há dois anos,  desde que ouvi seu discurso na cerimônia de abertura.

Como não tenho chances de ser da mesma turma que você, ouso lhe escrever uma carta falando dos meus sentimentos.

Parece que fui atingida por uma estrela cadente quando o vi pela primeira vez. E, agora, um sentimento especial mora no meu coração.

-Eu consigo, eu vou entregar essa carta!-digo para mim mesma, indo até Yoongi.

-Licença- falo para ele e o mesmo para.

Yoongi: Quem é você?

-E-eu sou Kim (S/N), da turma F... Bem, você poderia ler esta carta?-digo nervosa, mostrando a carta.

-Min Yoongi, eu te amo!

Yoongi: Não, obrigado- ele diz e sai e eu fico parada, segurando minha carta, quando o vento a tira de minhas mãos fazendo-a cair no chão e Yoongi pisa nela, sem perceber.

-Inacreditável.

Achei que meu primeiro amor tinha morrido naquele instante. Mas eu não sabia que um milagre estava à nossa espera.

~Pouco tempo depois~

Entrei no colégio triste pois Yoongi me rejeitou, quando:

-Vejam! É a Kim (S/N), da turma F! -uma menina disse e logo, as outras riram de mim...

E logo um monte de gente começa a falar...

-Soube que ela se declarou para Min Yoongi, da turma A.

-Sério?

-Kim (S/N) se declarou.

-É sério?

-Para Min Yoongi?

-Kim disse para Min Yoongi que gostava dele!

-Ela deveria saber que não tinha chances.

-Coitadinha hahaha.

Não aguentei, achei melhor falar com eles:

-Parem. ME DEIXEM EM PAZ!- grito e saio correndo escutando mais risadas.

Vejo Jisoo, minha amiga, logo ela pergunta:

Jisoo: (S/N), você se declarou mesmo para Yoongi?

-Jisoo, todo mundo vai ouvir! Como sabe disso?

Lisa: Deu uma carta para ele no portão do colégio. Óbvio, todo mundo já sabe.-diz Lisa, que também é minha amiga.

-Que vergonha.

Jisoo: Por que fez isso no portão? É quase manobra publicitária.

Lisa: E por que o Yoongi?

Jisoo: Concordo, foi loucura. Claro que ele a rejeitou!

-Milagres podem acontecer... Achei que, talvez, ele pudesse gostar de mim...

Jisoo: Como você é ingênua, (S/N)! Ele é o famoso Min Yoongi.

Lisa: Você sabe muito bem que o colégio divide as turmas por notas. Yoongi é o aluno mais inteligente da turma A, a turma dos melhores do colégio. Ele tirou as notas mais altas do país nos últimos testes. Dizem que ele tem um QI de 200, nasceu gênio! Ele é gato, e o pai dele é empresário de sucesso.

Lisa: Soube que ele fala inglês fluente e é ótimo atleta, é praticamente, um super-homem. Nós somos da turma F, somos os piores de toda a escola! Ele vive em um mundo diferente.

-Mas eu juro que tentei. Nos últimos anos, estudei muito para ir para a turma A, com Yoongi.

Percebo que elas me olham.

-O que foi?

Lisa: Ouça, (S/N). Você conhece o alfabeto, certo?

-Claro que sim!

Jisoo: Então, me diga quantas letras há entre A e F.

-A, B, C, D, E, F.-falo como se estivesse contando.

Lisa: Isso mesmo. Seria um milagre você pular para a turma A. Menos provável que ganhar na loteria...

Jisoo: Menos provável que nevar no verão!

-Menos provável que ser atingida por uma estrela cadente?

-O que você disse?-as duas perguntam.

-Ahh, nada!

Jisoo: Yoongi não é para seu bico, entendeu?

-Eu sei disso mas, pelo menos, quis dizer o que sinto antes de nos formarmos.

-BOBA!-as duas falam juntas e olho feio para elas.

Entro na sala de aula, junto com Lisa e Jisoo, ainda cabisbaixa com o que acabara de ocorrer.

-Vejam. É Kim (S/N).-todos gritam- Ela se declarou para Min!

Jisoo: QUIETOS!

Vou até minha carteira com Lisa e sentamos e Jisoo vem até nós.

Lisa: Ele é menino e formando e não gosta de meninas? Tem algo de errado nisso.

Jisoo: Concordo, deve ter um cara mais normal que seja perfeito para você!

Logo escuto alguém me chamando:

?: (S/N)! (S/N)! Ei (S/N).

Jisoo: Lá vem ele, haha.

?: S/N. É verdade que Min Yoongi da turma A te rejeitou? É verdade?

-TAEHYUNG! Chegue para lá.

Taehyung: Não sabia que gostava desse nerd. Achei que gostava de mim!

-Não sou sua namorada.

Taehyung: Droga. Fiz kimchi especialmente para você. Perdi meu tempo.

-Eu quero!

Ele coloca o pote em cima de minha mesa, tirando o pano que o cobria.

-Adoro o Kimchi do TaeTae!

Taehyung: Ai está!

-Uau, obrigada!-falo e logo coloco um pouco em minha boca- Que delícia!

Taehyung: Fico feliz que gostou!

Jisoo: Pelo menos TaeTae sabe cozinhar.

Taehyung: O que quer dizer com isso? Eu amo (S/N) mais que tudo. E me orgulho disso. Que turma A, que nada, sou melhor que Min Yoongi! Ele rejeitou (S/N)? Vou castigá-lo por isso. Agora, é guerra. Ele é arrogante demais.

-Deixe pra lá. Vocês estão certos, foi loucura. Ele nem leu a carta, que babaca! Eu... Não tenho jeito com meninos... Mas estou bem agora. Vou esquecê-lo.

Taehyung: (S/N)...-diz ele sorrindo para Hoseok e Jungkook, seus amigos.

-Aaah *bocejo*

Jisoo: É sério isso? Como pode bocejar?

-Eu passei a noite inteira acordada vendo se a carta não tinha erro de ortografia!

Jisoo: Nossa... Está brincando.-diz não acreditando.

-Para você ver como estava nervosa! Tão nervosa que nem tomei café... Obrigada, TaeTae. Vou sobreviver graças a esta refeição.

Taehyung: Adoro seu sorriso!-diz ele bagunçando meu cabelo, e eu o arrumo.

Lisa: Hm delícia!-Lisa diz e Jisoo concorda.

Taehyung: EI! Não se aproveitem da situação, isto não é pra vocês!

Lisa e Jisoo: Desculpa!

~Mais tarde~

Estou esperando Lisa e Jisoo, sentada em um banco e pego a carta que escrevi para Yoongi, na mesma hora as duas chegam:

Lisa: (S/N)! Desculpa, tivemos que falar com o professor.

-Tudo bem, não esperei muito.

Lisa: Vamos pra casa!

Jisoo: Sua casa nova já está pronta?

-Sim, nós vamos nos mudar no domingo.

Jisoo: Casa nova, é? Que legal!

-Sim, vai ser bom mudar.

Lisa: Quem sabe sua sorte não mude?

-Pode ser. Eu acredito!

~No domingo~

-Bom dia!-digo para Tae, Hoseok e Jungkook, que acabaram de chegar.

?: Olá pessoal, obrigado por virem!-diz meu appa, Kim Seokjin.

Taehyung: APPA! Faço qualquer coisa pela (S/N)! Sou Kim Taehyung.

Jungkook: Sou Jeon Jungkook.

Hoseok: Olá!-diz Hobi animado- Sou Jung Hoseok!

Taehyung: Ninguém liga pra vocês! Appa, pense em mim como um filho, pode me mandar fazer qualquer coisa.

Lisa: Tae, para de falar e trabalhe!

Taehyung: Claro.

Appa Jin: Agradecemos a ajuda!

-Obrigado por virem!

Jisoo: TaeTae que organizou tudo, ele queria deixá-la feliz.

-É mesmo?- pergunto olhando para TaeTae.

Jisoo: Bom, vamos começar.

Eu e Jisoo pegamos caixas e levamos pra dentro da casa enquanto os outros cuidavam de outras caixas fora do caminhão.

Depois o caminhão foi embora.

Appa Jin: Já levamos tudo.

-É- todo mundo disse.

Taehyung: Que casa bonita, appa.

Appa Jin: Minha falecida esposa, (S/N) e eu passamos por muita coisa, mas, finalmente temos uma casa nova- meu appa diz, chorando.

-Ora, appa. Pare, todo mundo está vendo.

Jisoo: (S/N), parece que seu appa não deixará você ir embora quando se casar.

Taehyung: Ora, isso não é problema. Topo morar com seu pai quando nos casarmos, (S/N).

Apenas olho pra Taehyung, sem dizer nada.

Taehyung: Appa, me considere seu filho de agora em diante! Pode me chamar de TaeTae como a um parente e...

Appa Jin: Obrigado a todos! Graças a vocês foi tudo rápido. Vamos entrar e comer algo? Vou preparar meus melhores pratos.

Jisoo: É MESMO! O appa da (S/N) é chef. Mal posso esperar.

Todos estavam prestes a entrar em casa quando escuto algo.

-EI, esperem um pouco. Ouviram isso?

Appa Jin: Deve ser sua imaginação.

-Não sei... Estou com um pressentimento...

Taehyung: Do que está falando?- pergunta Tae, rindo de mim.

Na mesma hora, vejo algo brilhante se aproximando.

-O quê? Uma... Estrela cadente?

Lisa: Impossível, está de dia.

Então o objeto cai no teto de minha casa nova e a destruiu.

-Não creio... Uma estrela cadente caiu na nossa casa?

~Mais tarde~

~TV on~

Jornal das 19:00.

Hoje, ao meio dia, uma estrela cadente, que acreditamos fazer parte das Liríadas, destruiu uma casa em Seul.

Jin: Minha filha percebeu algo e...

Esse é o Sr. Kim Seokjin, cuja casa fora destruída.

Jin: Vimos um clarão e ela caiu na casa em um piscar de olhos. A casa tremeu... E, de repente, desmoronou. Primeiro, vimos um buraco no telhado, mas não achei que seria um problema, né. O seguro poderia cobrir isso... Felizmente, estávamos do lado de fora. Minha falecida esposa salvou nossas vidas-diz chorando na tv- É uma pena. Gastei todo nosso dinheiro nessa casa e não temos lugar para ficar...

TV off

Estamos no restaurante de meu pai, vejo que ele está triste e digo:

-Pai, se anime

Appa Jin: Eu trabalhei muito pra comprar aquela casa!

-Nós podemos começar de novo!

Appa Jin: Como abrir meu restaurante depois dessa tragédia? Precisamos alugar um apartamento, mas, eu gastei tudo na construção. Seria mais fácil aceitar um terremoto, incêndio... Mas, chuva de meteoros? Que azar...

-Está enganado, appa! Tivemos sorte -digo sorrindo- Se estivéssemos dentro da casa, teríamos morrido! E se você tivesse se ferido, não poderia mais trabalhar, e teria que fechar o restaurante. Não estou certa? Deveríamos agradecer, ninguém se machucou! Seja positivo, somos muito sortudos!

Vejo appa rindo e o pergunto o que foi.

Appa Jin: Você fala como a sua mãe- sorrio para ele- Sua mãe também era toda feliz.

-"Toda feliz"? Está caçoando de mim?- nós dois rimos- Qual é a chance de uma estrela cadente cair em uma casa?

Appa Jin: Estrela... Cadente? Por que diz isso?

-É mais romântico ser atingido por uma estrela cadente que um meteoro. Sinto que é o começo de algo especial!

Appa Jin: Não acredito, você está cada vez mais parecida com sua mãe- rimos e o telefone toca.

?: Alô? Sim... Espere um pouco- o funcionário vem até nós- Chefe, querem falar com o senhor.

Appa Jin: Certo.- appa pega o telefone- Aqui é Kim Seokjin. Desculpe fecharmos... Min? Como vai?

Min? Como assim, Min?

~No outro dia, no colégio~

Estou indo para o colégio quando uma menina fala comigo:

- Oi, Kim da Turma F- disse a menina.

- A casa dela foi destruída!- disse um menino.

-Viu o noticiário?- pergunta uma menina.

-Vi.- responde outra.

-Foi depois do fora do Min. Ela não tem sorte! Haha

-(S/N) foi atingida pelas Liríadas haha- diz um menino pra outro e o outro responde -Tragédia em cima de tragédia. É uma nuvem negra.

Muitas pessoas estavam falando de mim, que sou azarada e que foi por causa do fora de Yoongi, até que...

-Lisa e Jisoo: (S/N), (S/N)!

-Jisoo! Lisa!

Jisoo: Estão falando de você de novo.

-É, humpft... Queria entrar debaixo de um tapete!

Lisa: Tem lugar para ficar?

-Eu e appa ficaremos na casa de um amigo, obrigada por perguntar.

Lisa: Mesmo? Que sorte achar um lugar pra ficar tão rápido!

-Ele viu o noticiário e ligou para o restaurante.

Jisoo: Que generoso! É o começo da maré de sorte!

-Foi o que pensei. A chance daquilo acontecer é de uma em milhões. Mas acho que vou ter sorte.

Lisa: Essa é a (S/N) que conheço!

Estávamos entrando no colégio quando vemos Taehyung, Jungkook e Hoseok na frente fazendo... Doações?

Jisoo: O que é isso?

Tae, Kook e Hobi: Até 10 wons servem! Doem, por favor!

Taehyung: Estamos arrecadando para Kim (S/N), que teve sua casa destruída pela chuva de meteoros ontem. Ajudem a colega que sofre com tamanha tragédia!

Lisa: Que idiota...

Jisoo: É de Kim Taehyung que estamos falando. O que mais esperar dele?

Taehyung: Ah vamos pessoal! Vocês devem ter pelo menos 10 wons!

-Pare, Taehyung.

Taehyung: Olha só, temos a vítima aqui. Ela viveu uma tragédia ontem mesmo.-diz ele fazendo uma carinha triste- Mas veio para a escola com um sorriso! A força dela me faz chorar!

Que droga! Queria esconder minha cabeça num buraco!

-Pare, TaeTae. Você é um idiota!

Taehyung: O que há com você? Estou te ajudando, (S/N)!

-Não quero  mais ser o centro das atenções!

Jisoo: Isso só piora tudo.

Lisa: Vão zoar mais com ela agora.

?: Saia da frente-AI NÃO! É MIN YOONGI!

-M-Min Yoongi...

Taehyung: Quem você pensa que é? Seja educado com ela.-diz bravo- (S/N) está machucada! E de quem é a culpa?

Yoongi: Da chuva de meteoros.

Taehyung: NÃO! Você a rejeitou e humilhou. Você é o culpado!

Yoongi: A chance de ser atingido por um planeta telúrico é de uma em 10 bilhões.

-Planeta telúrico? Você quer dizer, estrela cadente?

Yoongi: Está me culpando por algo tão raro?

Taehyung: ISSO MESMO!

-Err... TaeTae, seu argumento é péssimo!

Yoongi: Eu não sabia que tinha tanto poder.-ele diz e pega de sua mochila uma carteira, pega o dinheiro e aponta pra mim- Vou fazer uma doação. Feliz agora?

Não acredito nisso, ele acha que eu sou o que?

-Não tenha pena de mim. Desperdicei dois anos apaixonada por um idiota. Nunca vou querer sua ajuda!

Yoongi: Mesmo? Tem certeza disso?

-Claro! É tão babaca, que nem amigo tem! E eu tenho muitos, que me ajudam quando preciso.

Taehyung: Muito bem, (S/N)!

-Cala a boca, Taehyung... Voltando, eu não preciso de sua ajuda. Entendeu?

Ele apenas riu. ELE RIU! E depois foi embora.

Kook: A-aqui está o seu dinheiro!-disse Kook, entregando o dinheiro de Yoongi.

-Nós somos da turma F, mas e daí? NÃO SE ACHEM MELHORES QUE NÓS!

Jisoo: É (S/N)... Goste ou não, mas, você ficou famosa de novo!

-O que vou fazer agora, não era isso que eu queria!

~Mais tarde~

Estou no caminhão com meu appa. Vamos se mudar para a casa do amigo de infância do appa!

Appa Jin: Sinto muito que tenha saído cedo para me ajudar.

-Tudo bem, appa. Fico feliz de ajudar! Meu professor sabe da minha situação.

Appa Jin: Bem, chegamos!

-QUE CASA GRANDE!

Appa Jin: É. Min é presidente de uma grande empresa. Formado pela Universidade de Seul.

-Universidade de Seul? Deve ser importante.-vou olhando o lugar- Mins Fomica?

Appa Jin: Não, é Min's family.

-Min? Ahh entendi... QUE? MIN?

Appa Jin: É o sobrenome dele.

-M-mas por que ele se chama Min?

Appa Jin: Qual o problema?

-Ah, nenhum.

Appa Jin: Vamos então.-appa estaciona o carro e um ser aparece.

Sr. Min: Jin hyung! Haha, bem vindo!- ele vem até nós- Por que demoraram tanto?

Appa Jin: Desculpe. Tive que arrumar umas coisas.

Sr. Min: Entendo. Fico feliz em vê-lo!-ele me vê- Oi!-dou risada vendo ele. Ele não é nem um pouco parecido com Yoongi. Ufa!

-Fiquei muito surpresa.-digo ainda rindo e eles olham pra mim- AH, eu... Estava falando comigo mesma!

Sr. Min: Jin hyung!

Appa Jin: Min dongsaeng!-os dois se abraçam.

?: Vocês são muito amigos, não?-outra pessoa aparece, acho que é a esposa do Sr. Min.

Sr. Min: Mal podia esperar para vê-los! Sintam-se em casa!

Appa Jin: Agradecemos por nos receberem.

Sr. Min: Que nada.

Appa Jin: Sra. Min, obrigado por nos receber.

Sra. Min: Lamento o desastre. Fiquem o quanto quiserem.

-E-eu sou a filha dele, Kim (S/N). É um prazer!

Sra. Min: Você é uma graça! É um prazer conhecê-la. Infelizmente só temos meninos.

-Vocês tem filhos?

Sra. Min: Sim! Vai conhecê-los mais tarde. Entrem.

Entramos na casa da Sra. Min e Sr. Min e vejo um garotinho na escada. Deve ser um dos filhos dos dois!

Sra. Min: Oi Sung. Desça. Se apresente ao Sr. Kim e sua filha!

-Ele é seu filho? Que gracinha!

Appa Jin: Olá.-diz appa para o garoto.

Sung: Meu nome é Min Sung, estou no terceiro ano.

Appa Jin: Ele é muito inteligente!

Sung: É um prazer.-diz Sung sorrindo pro meu appa.

-É um prazer, Min Sung!-ele me olha com uma cara um tanto... Estranha?

O lugar ficou quieto, num silêncio constrangedor. Felizmente Sra. Min diz algo:

Sra. Min: Vocês devem estar cansados. Vão se instalar.

Nos sentamos no sofá e comemos bolo feito pela Sra. Min.

-Que gostoso!

Sra. Min: Que bom que gostou, coma mais.

-Obrigada.

Sr. Min: Como você cresceu, (S/N)!

-O senhor já me conhecia?

Sr. Min: Você era bebê quando a vi no restaurante de seu appa.

-Conhece o restaurante dele?

Sr. Min: Conheço.-ele assente.

Appa Jin: Claro. Somos amigos desde o jardim de infância!

Sr. Min: Lembro que sempre ia jantar na casa dele depois da aula. Era um universitário pobre e como Jin hyung era chef, sempre cozinhava para mim. Ele cuidou de mim.

Appa Jin: Que nada! Você me apresentou bons fregueses quando abri meu restaurante. Muitos ainda são fregueses meus. Devo muito do meu sucesso a você.

Sr. Min: Fico feliz de nos vermos de novo.

Sra. Min: Eu também.-diz sorrindo- (S/N), fique à vontade e aproveite sua estadia.

-Obrigada!

Sra. Min: (S/N), você vai ver que o mundo é pequeno-diz ainda sorrindo.

Não entendi o que a Sra. Min quis dizer com isso, porém, logo após ela dizer isso, escuto o barulho da porta sendo aberta e fechada em seguida. Escuto passos vindo até a sala quando:

Sra. Min: Falando do diabo, lá vem o nosso filhão!

-Filhão?

Quando olho pra trás, quem eu vejo? MIN YOONGI!

-AAAAAAAH!

Appa Jin: O que deu em você, (S/N)?-meu pai pergunta, visivelmente preocupado.

Min Yoongi: Olá, sou o filho mais velho, Min Yoongi. É um prazer conhecê-la.

NÃO.CREIO! Eu vou morar na mesma casa de Yoongi?

Sra. Min: Ele me disse que vocês são da mesma escola.

Appa Jin: Oh, sério? Eu não sabia, é um prazer!-os dois se curvam.-Anda (S/N), diga "oi"!

Ainda não consigo acreditar. EU.ESTOU.NA.CASA.DE.MIN.YOONGI! O engraçado é que ele não é nem um pouco parecido com o pai...

Appa Jin: FILHA! O que foi?-graças a esse grito másculo de meu pai, acordo de meus pensamentos.

-Em? Ahh, é que... Estou chocada. Min Yoongi e Sr. Min não são nada parecidos!

Appa Jin: Não diga bobagens!-diz appa, dando um tapa em minha cabeça.

Sr. Min: Hahaha, nossos filhos puxaram à mãe. Sorte, não?

Sra. Min: Oh, pare, querido! Yoongi, sente-se aqui!

Fico olhando Yoongi e pego minha xícara de café, assoprando para esfriar.

~Minutos depois~

Meu pai está conversando com Sr. Min, enquanto isso estou comendo o delicioso bolo da Sra. Min observando Yoongi. Confesso gostar um pouco de estar aqui mas, ele não gosta de mim... Não tenho chances... Que raiva! Que babaca!

Sra. Min, que a pouco tempo estava na cozinha, voltou para a sala dizendo:

Sra. Min: Que bom que vocês dois se conhecem! São da mesma turma?

Aí não.

Yoongi: Não. Mas nos conhecemos de uma forma bastante inusitada. Não é, (S/N)?-ele diz, dando um sorrisinho de deboche.

Aí não 2.

-É... Claro.

Sra. Min: Que bom, agora poderão se conhecer melhor.

É o que?

Sra. Min: Ele não é meio estranho?-sussurra.-Seja amiga dele.

Claro, Sra. Min. Serei muito amiga de seu filho ( ͡° ͜ʖ ͡°).

De repente, Sung surge.

Sung: Hyung, já fiz minha lição! (N/A: Legal fera, queres um prêmio?)

Yoongi: Que bom.

Sung: Mas não consegui ler algumas coisas e, em vez de perguntar a você... Decidi perguntar à (S/N)!- Não! Por que eu?

Yoongi: Boa ideia.

Sung: (S/N), pode me ensinar a ler isso aqui?-diz ele apontando para uma frase que eu sinceramente não sabia o que era.

-Claro...-tudo bem, ele está no terceiro ano. Com certeza eu vou saber.

Sung veio até mim com seu livro aberto e me mostrou o que não entendeu, o problema é que nem eu entendi o que estava no livro!

-Haha, impressionante... O que você não entende?-Por favor, que seja algo que eu entenda.

Sung: Isso.-disse apontando.

-Ah, esse? Haha, isso é... "O coelho chifrudo"!

Sung: Está brincando, não está? Não sabe ler? Não está no ensino médio?-Sung disse e vejo Yoongi rindo.

Ai não, agora a família de Yoongi vai pensar que sou uma burra.

Sra. Min: Sung, que grosseria. Peça desculpas!

Sung: Humpft... Não gosto de você!

Sr. Min: Sung!

Sung sai da sala, mas volta e mostra a língua pra mim.

Sr. Min: EI!

Sra. Min: Mil desculpas, (S/N). Ele foi mal-educado.

-Tudo bem, é verdade que eu não soube ler...

Sr. Min: Ele não conhece muitas adolescentes. Está com vergonha. Não leve a sério, (S/N).

Sra. Min: É, vamos esquecer isso.


Notas Finais


Esse capítulo não está completo por enquanto.

Eu não revisei o capítulo então me desculpem mesmo se tiver erros.
Kissus •́ε•̀~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...