História Miseravelmente completo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Adolescência, Amor, Namoro, Romance
Visualizações 1
Palavras 344
Terminada Não
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Colegial

Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 1 - Primeiro amor


E eu te via, de longe. Ria, sorria, brincava. Você com 14; eu, 15. Novos, não? Suficientes, eu diria. Nada a mais, nada a menos. Foi depois de um primeiro contato que tudo andou mais rápido. As borboletas na barriga, a paixão, a necessidade. Adolescentes brincando de amar. 

Você escrevia meu nome nas folhas de caderno e eu desenhava corações com nossas iniciais. Talvez até planejasse nomes de filhos, mas você não precisaria saber disso naquele tempo. Ainda tínhamos idade para brincarmos de pique- esconde. E quem dera eu tivesse me escondido melhor.

Amor é para poucos. Hoje a gente se olha, mas não se enxerga. A dois passos, ou a quilômetros de mim. A distância entre a gente não muda. 

Você ficou com ela quando eu caí da corda-bamba. O show mudou de foco. Os holofotes apontavam sua nova paixão. E as nossas borboletas? Eu as guardei, óbvio. Não seria tola de jogar fora. Você me amava e eu te amava também. Talvez você só não enxergasse isso agora.

E eu persisti. Subi na corda de novo, caí e chorei. Meu deus, como chorei. Só meu chuveiro saberia a diferença da água salgada que saía dos meus olhos e pingava no chão, se juntando com a água doce. E era engraçado como eu me olhava no espelho. Cada tristeza que escorria me fazia fitar mais o vidro. Talvez eu só precisasse de uma plateia para voltar aos palcos. E sofrer com a minha cara de choro me deixava pior. Era essa cara que eu fazia quando chorava? Ela era feia demais? Até nisso eu tentava arranjar defeito. Eu precisava saber a minha imperfeição. "O que ela tinha e eu não?"

"Corpo", talvez. "Gostosa", diziam.

E eu me enfiei nessa miséria de acreditar que você a esqueceria. Foram cinco anos nossos. E talvez você até tenha esquecido. Mas eu nunca me esquecerei. E isso fica impregnado. Nos olhos, na mente e no coração. Nosso beijo não é o mesmo. 

"Amor à primeira vista", você disse. Me veja de novo, então, e eu finjo que é a primeira vez. 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...