História Miss Right (Imagine Rap Monster-BTS) - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 476
Palavras 1.886
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi meus amores, voltei...
Bom, não tenho muito o que falar então vamos logo ao capítulo, espero que gostem...

Boa Leitura!!!!

Capítulo 13 - Salva pelo gongo


Quando acordo, estou abraçada a um travesseiro, será que aquilo foi um sonho? Quando vejo meu estado logo descarto essa possibilidade, eu estava nua, a cama estava toda bagunçada e no criado mudo ao meu lado tinha um bilhete.

“Bom dia meu amor,

Me desculpe não estar aí, mas você estava tão linda dormindo, que não quis te acordar...

Espero que tenha dormido bem,

Estamos te esperando para tomar café da manhã no quarto do Jin e do Suga.

                                                                      

Até mais tarde meu amor

Beijos! <3”

Depois de ler a carta me deito na cama novamente, abraçando aquela carta, eu realmente estou me apaixonando por Namjoon, aquele homem não pode ser real... Me assusto com alguém batendo na porta, pulo da cama e pego a blusa de Namjoon que estava no chão e a coloco.

Vou correndo até a porta e abro só uma frestinha para ver quem é.

- Bom dia – Jungkook me diz com um sorriso.

- Bom dia – Tae estava do seu lado com o mesmo sorriso.

- Nós acabamos de acordar e estávamos indo pro quarto dos hyungs, então resolvemos passar aqui para ver se você já tinha levantado – Kook diz ainda com seu sorriso de criança inocente.

- Ah, bom eu só vou colocar uma roupa e já vou – digo – se quiserem podem ir indo na frente.

- A gente espera – diz Tae.

- Ok, bom eu vou lá pro quarto, podem entrar e se sentir a vontade – digo correndo para que eles não me vissem só com a blusa do Nam.

Chegando no quarto, tiro a blusa no Nam e coloco uma lingerie, já que estava sem nada, uma calça jeans clara simples e uma camiseta preta, coloco o primeiro tênis que vejo e saio para onde os meninos estavam prendendo o cabelo em um rabo de cavalo.

- Vamos? – pergunto assim que chego na sala.

- Vamos – diz Kook – estou morrendo de fome.

Nós três saímos e vamos em direção ao quarto dos mais velhos, bato na porta, mas Tae vai abrindo a porta e entrando, Kook entra atrás dele e eu por último, fechando a porta.

- Chegamos hyungs – disse Tae se jogando no sofá.

- Eu também cheguei – digo – Então se tiver alguém sem camisa sugiro que coloque uma...

- Estava fazendo isso agora – diz Suga saindo do quarto com um sorriso.

- Já fizeram o café da manhã? – pergunta Kook que foi se sentar do lado de Tae.

- Só falta por a mesa – diz Jin.

- Eu coloco – digo indo até a cozinha e pegando pratos e xícaras para todos.

- Quer uma ajuda? – pergunta Namjoon chegando atrás de mim e me dando um beijo no ombro.

- A alegria desse grupo chegou! – ouço os gritos de Hobie na entrada.

- O charme do grupo também – Jimin vinha logo atrás dele.

- Não é mais fácil dizer “os convencidos do grupo chegaram”? – disse Suga com um tom sarcástico.

- Que mau humor é esse hyung? – pergunta Jimin – Bom dia ______.

- Bom dia Chim – digo colocando os pratos na mesa.

- Venham comer crianças – disse Jin colocando a comida na mesa.

- Você parece uma Omma – digo rindo.

- Nam o Suga tá segurando eu e o Tae para não irmos comer – grita Kook meio choroso.

- Sério que eu vou ter que ir aí separar vocês? - grita Nam.

- E você um Appa – rio, o mesmo dá um sorriso sem mostrar os dentes, mostrando suas covinhas maravilhosas.

- Mas eu sou mais velho que ele – diz Suga chegando na cozinha.

- Você tá mais pra um vô mal humorado – digo, todos na mesa riem.

- Magoou – disse Suga com uma cara triste – mas acho que é verdade – diz dando de ombros.

- Somos todos uma família grande e feliz – diz Hobie – e agora nós temos uma nova irmãzinha.

- Vamos comer logo – diz Nam – daqui a pouco temos que ir para o ensaio.

 O café da manhã seguiu normalmente, vez ou outra os mais velhos chamavam a atenção dos mais novos por alguma briga sem importância. Depois de terminarmos o café da manhã todos descemos juntos e para minha surpresa encontro Kwan nos esperando na frente da vã.

- Kwan? – digo surpresa ao vê-lo.

- Olá – ele diz com um sorriso.

- Ele vai com a gente pra todo lugar – diz Suga.

- Ele também é como da família – diz Hobie.

- O que você tem hoje hyung?- pergunta Jimin – tá falando de família toda hora...

- Não sei – diz Hobie dando de ombros.

- Todos estão de cinto? – pergunta Kwan.

- Sim – responde Nam – já podemos ir Kwan.

Kwan começa a dirigir, eles iriam ensaiar em um estúdio de dança bastante famoso no Japão, lembro de ter pedido para meus pais para aprender dança nesse mesmo estúdio, mas era muito caro, eu acabei desistindo de aprender a dançar.

Chegando ao local, eu observava tudo com os olhos brilhando, imaginando como seria se eu tivesse estudado nesse lugar.

- Bom dia garotos... E garota – disse um homem, presumo ser o coreógrafo dos garotos, com um sorriso doce no rosto – vocês podem começar se alongando que eu vou falar com a ______.

Os garotos começaram a se alongar e o coreógrafo veio na minha direção.

- Olá eu sou Jooheon, o coreógrafo dos garotos – ele disse fazendo uma reverência – o Manager falou de você comigo, disse que estava preocupado com a saúde e segurança deles e te contratou, eu entendo a preocupação do manager, aliás, como você já deve ter percebido, eles são bem desastrados.

- Eles podem ser bem desastrados mesmo – dou uma risada.

- Como você é fofa- ele diz com um sorriso fazendo seus olhos ficarem menores ainda - enfim, espero que você não tire a concentração dos garotos – disse um pouco alto.

- Ela realmente é muito bonita – diz Hobie – mas vamos nos esforçar para ficar focados.

- De qualquer forma, pode se sentir a vontade, daqui a pouco vamos começar o ensaio – ele diz indo para frente da sala.

Eu vou para um canto da sala e me sento no chão mesmo, fico observando os garotos ensaiarem, eu nunca tinha visto os garotos tão concentrados em alguma coisa, meus olhos recaíram em Namjoon, sua camiseta estava ficando suada e começando a grudar em seu corpo.

- Garotos, vamos dar um intervalo, tomem água, comam alguma coisa, daqui a pouco voltamos a ensaiar – Jooheon diz me tirando de meu transe, e sai da sala.

Jooheon saiu da sala, mas os garotos continuaram dançando, eu achei que logo eles iriam parar, mas eles continuavam, então eu me levanto e desligo a música, todos olham para mim.

- Vocês não ouviram Jooheon? Hora do descanso, vão tomar água – digo apontando para o bebedor que tinha na sala.

- Mas a gente tem que ensaiar – diz Namjoon vindo até mim e ligando a música.

- Se vocês não pararem não vão ter disposição para o show- digo desligando a música de novo.

- Mas...

- Mas nada – digo - eu estou aqui para evitar que vocês fiquem doentes e se ficarem doentes ou se machucarem eu vou cuidar de vocês, mas minha prioridade é evitar isso, e se vocês continuarem assim sem descansar vão estar indispostos no dia do show, fazendo vocês se esforçarem ainda mais, o que vai acabar deixando vocês doentes... – eu fiquei sem fôlego porque falei tudo isso rápido demais.

- Tá bom ela me convenceu – disse Tae – eu vou lá fora comer alguma coisa – ele sai da sala.

- Eu te obedeço, mas, por favor, não fala assim nunca mais – disse Hobie – me dá medo.

- Tá bom _______ - disse Jin – você tem razão, vamos comer alguma coisa – todos vão saindo, só Namjoon fica na minha frente – vamos Nam.

- Eu já vou – ele responde indo pegar água.

- Eu falo com ele – falo baixinho para que só Jin ouvisse, Jin sai e fecha a porta – Nam – digo indo até ele – por que você ficou assim?

- Você não entende...

- Então me explica, eu quero entender pra poder te ajudar.

- Eu tenho muita dificuldade na dança, todos eles sabem pegar os passos, eles têm muito mais facilidade que eu na dança, não precisam se esforçar tanto para poder pegar uma dança, por isso que eu me esforço tanto, eu quero estar ao nível deles, não quero que eles baixem o nível só para eu poder acompanhar eles...

- Namjoon você não precisa exigir tanto assim de você, você estava dançando muito bem, você estava incrível, eu não tô falando isso só porque eu estou apaixonada por você – espera eu disse isso mesmo? Eu confessei que estou apaixonada por ele.

- Você disse que tá apaixonada por mim? – vejo um sorriso se formando em seus lábios.

- Bom é, sim... Sim eu estou apaixonada por você Namjoon.

- Eu te amo – ele diz me levantando no ar e me beijando.

- Nam daqui a pouco eles estão voltando, vão nos ver – digo.

- Na verdade já chegamos – disse Tae apoiado na porta, Namjoon rapidamente me coloca no chão.

- Há quanto tempo vocês estão aí? – pergunta Namjoon.

- Quando chegamos já estavam se beijando – diz Kook fechando a porta.

- B-Bom já comeram? – pergunto tentando mudar de assunto.

- Já sim – responde Suga – desde quando?

- Desde quando o que? – pergunto, me fazendo de desentendida.

- Ué desde quando estão juntos? – pergunta Hobie – ficou bem óbvia a pergunta – meu celular toca.

- Meu celular – quase grito – com licença meninos, vou atender, já volto – salva pelo gongo, saio da sala e atendo.

- Oi minha pequena como está o Japão? – Lizzy pergunta.

- Oi, primeiro, não me chama de pequena, segundo está ótimo, estou muito feliz voltando aqui, se der acho que vou dar uma volta, mas enfim, por que você me ligou?

- Nossa pequena, enfim, liguei pra dizer que quando você voltar do Japão, aquela festa do pijama que eu estava querendo fazer vai estar de pé.

- Festa comigo!!!!! – ouço Mayumi gritar ao fundo.

- A Mimi está aí?

- Estou sim meu amor, me diz como está o Tae? Lindo como sempre? E me desculpa não ter conversado com você depois do seu término com o Takashi, eu estava fazendo um book com uma garota e sem querer eu deixei no ISO errado e...

- Mimi, não estou entendendo nada do que você tá falando – digo.

- O que importa é que eu tive que fazer as fotos todas de novo, e a garota era super fresca e, deixa pra lá, na festa do pijama a gente conversa.

- Ok – digo – bom eu vou indo, depois a gente conversa então beijos.

- Beijos - diz Mimi – calma, se você continuar vou desligar e não deixo você se despedir dela – Mimi estava brigando com Lizzy e eu acabo rindo.

- Ei minha pequena, essa coisinha aqui não queria deixar eu falar com você, enfim, depois a gente se fala, vê se não esquece a gente, beijos de luz minha pequena.

Eu desligo o telefone, eu fico olhando pro celular e acabo rindo, essas duas são como gato e rato, mas se amam...

Volto para na sala e os meninos já estavam ensaiando, em silêncio vou para o meu cantinho e fico observando o ensaio deles.


Notas Finais


Bom, esse foi o capítulo, espero que tenham gostado, e como vocês devem ter percebido, mudei o título da fic, comentem se vocês tiverem gostado e se vocês tiverem um título melhor comentem também (sempre fui péssima em títulos).
Amores, é isso, espero que tenham gostado e me desculpem por qualquer erro, e não se esqueçam de comentar o que acharam, até sábado com mais um capítulo...

Bjocas!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...