História Miss Right (Imagine Rap Monster-BTS) - Capítulo 31


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Exibições 314
Palavras 1.166
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Hentai, Romance e Novela
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oi amores do meu kokoro, como prometido voltei com mais um capítulo, não ficou aqueeeeela coisa, mas espero que gostem...
Enfim

Boa Leitura!!!!!!

Capítulo 31 - Fim de semana no bosque


No dia seguinte tivemos nossa rotina de sempre, com a exceção da notícia que o Manager nos passou de que passaríamos o final de semana em um bosque para uma seção de fotos, ou seja, nós, Mimi e a equipe de fotografia em um bosque por dois dias, não preciso nem dizer quem de nós ficou mais feliz.

No meu caso não fiquei tão feliz, ficaria dois dias longe do meu amor, é claro que eu poderia ligar para ela como faço todos os dias, mas mesmo assim, não vou poder ver ela quando eu quiser.

- Fica assim não - Jin diz se jogando ao meu lado no sofá depois de jantarmos – são só dois dias, e é só no final de semana, você ainda tem três dias até irmos para lá...

- Hyung, esqueceu que ela trabalha? – pergunto – e também eu não posso ir lá a hora que eu quiser, também tenho coisas para fazer, você sabe muito bem.

- Nossa estava tentando te ajudar, mas se você via ser assim então eu vou embora – ele faz menção de se levantar, mas eu o puxo de volta para o sofá.

- Eu sei hyung, é só que eu tô com inveja do Tae, tudo bem que ele e a Mimi ainda não estão juntos, mas é óbvio que vão ficar e esses dois dias no bosque acho que vão ajudar eles...

- Verdade – Jin diz jogando a cabeça para trás e olhando para o teto – como é Nam? Estar apaixonado?

- Sério mesmo que você está me perguntando isso hyung?

- Deixa pra lá – Jin diz olhando pra mim – só esquece que eu perguntei ok?

- Não vou deixar não – digo rindo – mas falando sério, por que você está me perguntando isso agora?

- Sei lá – ele volta a olhar para o teto – é que você tá aí namorando, daqui a pouco nossos Tae vai estar “amarrado” também, só queria saber como é se sentir assim.

- Pra falar a verdade eu não sei como explicar hyung – digo olhando para o teto também – mas uma coisa que eu posso dizer é que eu com toda a certeza não vivo mais sem a _____, ela meio que se tornou um motivo para eu viver, não se preocupa que algum dia você encontra alguém, até o Yoongi já se apaixonou...

- O que vocês estão falando de mim? – Yoongi chega se jogando no outro sofá.

- Só estávamos falando que em vez de você tirar fotos vai dormir os dois dias inteiros no final de semana – digo.

- E o Tae vai ficar correndo atrás da fotógrafa – rimos do comentário do branquelo – será que eles vão acabar juntos?

- Não é óbvio? – Jin pergunta indignado – quem diz que não, não tem olhos...

- querem saber vou pegar um pouco de suco – digo me levantando – vocês querem?

- Eu quero - Yoongi levanta a mão.

- Se você conseguir trazer três copos eu aceito – Jin diz.

- Eu não sou tão imprestável quanto você acha – digo indo para a cozinha.

Porém minhas palavras não fizeram jus, porque quando eu fui pegar os copos derrubei tudo no chão e acabei cortando meu dedo.

- O que foi isso? – Jin chega correndo na cozinha – Namjoon não é possível que você não consiga pegar um copo sem quebrar nada.

- Qual é hyung – digo – faz um bom tempo que eu não quebro as coisas...

- E pra variar cortou o dedo? – Yoongi chega logo atrás de Jin.

- Vem aqui que eu faço um curativo – Jin me puxa pelo pulso – a ______ me ensinou umas coisas.

- Que coisas? – pergunto parando no meio do caminho.

- Deixa de ser idiota – Jin volta a me puxar – eu tô falando de curativo.

- Falando nela – meu celular toca dizendo que é minha pequena – Oi amor.

- Oi _______ - Jin grita.

- Oi amor, Oi Jin – ela grita de volta.

- Não precisa gritar – digo – quer falar com ele então fala – digo passando o telefone para o mais velho.

- Oi _____, tudo bem? – Jin pergunta pegando as coisas para fazer um curativo – estamos bem sim, só o Namjoon que derrubou os copos e cortou o dedo – Jin me olha como se eu fosse uma criança – Não é nada de mais, só um cortezinho.

- É a ______? – Kook chega na sala – manda um abraço par ela.

- Ei ela ligou pra mim sabia? – pergunto.

- tá bom só me deixa fazer o curativo então – Jin me passa o telefone.

- Então quer dizer que o senhor derrubou todos os copos? – ela me pergunta.

- Não foram todos –digo – só alguns.

- Pronto Nam – Jin termina o curativo.

- Obrigado hyung – digo – vou subir para o quarto.

- Ok – dizem os que estavam na sala.

- Ah – digo me jogando na cama – então, por que me ligou?

- Não posso mais ligar para o meu namorado?

- Não é isso que eu quis dizer, é que você quase nunca me ligava.

- É que antes nós morávamos juntos e não tinha a necessidade de ficar te ligando...

- Entendi – digo – ei tenho uma novidade, eu e os meninos vamos para um bosque no final de semana para uma seção fotográfica, então a Mimi vai conosco.

- Ah ela tinha me contado – ela diz, e pela voz parecia chateada – vou ficar o final de semana inteiro sozinha.

- Não tem a Lizzy e o Caio?

- Eles vão resolver as coisas do casamento – ela responde – sabe acho que vou sair com o enfermeiro que fica dando mole para mim, até que ele é bonitinho.

- Como é que é? – pergunto me sentando na cama.

- Tô brincando seu bobinho – ela diz rindo.

- Não faz isso comigo – digo deitando de novo na cama – mas tem mesmo um enfermeiro que fica dando mole pra você?

- Tem sim – ela responde – ele é novo, bem forte, e não é de se jogar fora... Mas eu já tenho você então não preciso dele e afinal eu sou madrinha da Lizzy então vou com ela dar uma olhada no vestido junto com a mãe dela.

- Boa sorte pra você – digo – ainda bem que não estou na sua pele.

- Besta – ela diz rindo e ouço um barulho parecia que ela ia vomitar.

- ______ você está bem?

- Estou sim – ela responde – só senti um pouco de ânsia.

- Tem certeza que está bem?

- Estou sim – ela responde – é só que hoje não estou me sentindo muito bem, mas não deve ser nada de mais...

- Hum sei... Se precisar de alguma coisa não hesite em me ligar ok?

- Tá booom... Agora vai dormir que eu sei que amanhã você tem que acordar cedo.

- Ok, e você se cuida, e vê se dorme também.

- Tá bom, boa noite amor.

- Boa noite.

Ela desliga o telefone e eu vou escovar os dentes e me trocar depois caio na cama e durmo rapidamente.


Notas Finais


É isso, espero que tenham gostado e me desculpe por qualquer errinho...
Agora o próximo capítulo só sai na quarta.
Ate lá

site pra votar no MAMA: http://mama.mwave.me/vote?page=home

Bjocas!!!!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...