História Missão impossível ~ Imagine Suga BTS - Capítulo 11


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens Personagens Originais, Suga
Tags Romance
Exibições 338
Palavras 473
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Festa, Romance e Novela, Suspense
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Espero que gostem

Capítulo 11 - Tudo acabou para mim


Paralisei totalmente, só ouvi meu pai dizendo palavras que acabaram com a minha vida em segundos. 

- Você está me ouvindo? É para o seu bem, você está me tirando do sério! Sua tia mora em Hong Kong, Bem longe daqui, então será melhor assim, Vá arrumar suas malas: diz ele apontando para as escadas. 

- Eu não vou! : digo com lágrimas nos olhos. 

-O que disse? : diz ele fulo da vida. -  não me estresse hoje. 

- Eu disse que eu não vou! Eu odeio você: digo me levantando. - só porque o seu filho morreu você me culpa até hoje, não teve capacidade de dar amor e... 

Antes que eu termino ele levanta sua mão e me dá um tapa na cara. Caio desacordada no chão. 

- Você está maluco? VOCÊ É LOUCO? : diz minha mãe gritando e me pegando no colo. 

- eu não queria fazer isso : diz ele chorando. 

Sai daqui! : diz minha mãe apontando pra porta. 

Meu pai sai pra esfriar a cabeça, e minha mãe me leva para o meu quarto. Ela coloca um pano morno em meu rosto, rapidamente acordo com uma dor horrível no rosto. 

- Mãe? Está doendo tanto : digo abrindo os olhos. 

- me perdoa filha eu não queria que aquilo chegasse a esse ponto : diz ela limpando meu rosto. 

- eu não quero ir : digo com lágrimas nos olhos. 

- O melhor a fazer agora é ir filha, não quero ficar longe de você, mais será melhor. Arrume suas malas. Fique por aqui hoje, amanhã Vou levar você para o aeroporto, tudo bem? : diz ela saindo do meu quarto. 

Naquele momento eu só queria chorar. E Suga? Como eu ia contar para ele? 

Arrumei minhas malas e resolvi sair, pulei a janela e fui até a casa de Suga. Jogo pedrinhas até ele abrir. 

-Suga! Desce : digo jogando as pedras em sua janela. 

Ele abre a janela e faz um sinal de okay, ele desce e sentamos em frente à sua casa. 

- Porque foi embora mais cedo hoje?: diz ele preocupado. 

-Eu bati na Monique: digo abaixando a cabeça -  ela me ameaçou tirar você de mim. 

- Nao precisava disso, você só ia piorar a situação! : diz ele já fulo. 

- Eu precisava falar com você. : Digo meio sem coragem. 

- diga. 

- Eu te amo : digo com lágrimas nos olhos. 

- eu também amo você, não suportaria perder você de novo: diz ele me abraçando. 

Naquele momento doeu tanto, eu não tive coragem de dizer para ele que ia embora. Me despedi de Suga, abraçando ele tão forte, o último abraço. E o último beijo, falei com Kim e deixei uma carta para ela, ela ia mandar para Suga explicando o que aconteceu, fui tão covarde. 




Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...