História Missão Quente... - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Gaara do Deserto (Sabaku no Gaara), Hinata Hyuuga, Sasuke Uchiha
Tags Gaahina, Gaahinasasu, Sasuhina
Exibições 263
Palavras 2.195
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Drama (Tragédia), Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico)
Avisos: Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Yoo desculpem a demora, mais um Sasuke há Gaara... espero que gostem.

Capítulo 4 - Kage...


Fanfic / Fanfiction Missão Quente... - Capítulo 4 - Kage...

            Missão Quente...
                 Quarto Capítulo...
                      Kage...

             '( Gaara...

   Suspirei cansado, senti o vento gelado, daquela noite calma, só faz uma semana e já sinto falta dela, se eu pudesse trazer ela pra Suna, para ver sua barriga crescer, para acompanhar ela em tudo.
    Ouvi passos e me virei Temari me olhava seria, mas dava para ver sua preocupação, ela veio até min, respirei fundo e olhei pro céu, uma noite sem lua, nem a lua quer me ajudar, esse céu sem lua ou qualquer estrela, estranhamente me lembra Sasuke.

- Gaara - Eu a olhei - Uchiha Sasuke entrou em Konoha e foi até o clã Hyuuga, parece que ele tentou pegar Hinata.

     Ele ao menos podia tentar não chamar atenção, o que acha que vão pensar, no mínimo que a culpa é minha, Sasuke, não imaginei que essa seria a situação, suspirei.

- Vamos pra Konoha - Falei e ela assentiu e saiu, suspirei mais uma vez e olhei o céu, e vi apenas uma estrela, fraca e sozinha.

- Sasuke...

[...]


    Levei exatos dois dias para chegar em Konoha, tinha que ser rápido, ou iriam desconfiar que seu de algo, tenho que ao menos demonstrar que estou preocupado, que quero saber o porque de ele ter invadid Konoha.
     Fui até o prédio da Hokage, todos sabiam do nosso relacionamento, todos já sabiam que ela estava grávida de um filho "meu", Shizune me levou até a sala e entramos, eu me sentei na cadeira e amaldiçoei todos, já não bastava Tsunade, estava também ali, Naruto, Sakura, Neji e Hiashi.
 
- Fico feliz que tenha sido rápido - Eu a olhei sério.
- O que ele queria? - Fui direto ao assunto.
– Há quatro noites atrás ele entrou em Konoha sem ser visto, e foi direto para o Clã Hyuuga, invadiu o quarto de Hinata, se não fosse Neji que escutou alguns gritos, ele teria levado ela - Senti meu estômago revirar e olhei pra Neji.
- Ele disse alguma coisa? - Perguntei olhando para Tsunade.
- Quando Neji chegou no quarto ele insultou o clã Hyuuga e depois disse a Hiashi que apenas avia passado para roubar Hinata para passear - Suspirei e me virei e olhei pro Hyuuga.
- O que acha que ele queria? - Perguntei ao olhar pra ela, Naruto e Sakura pareciam estranhamente sérios.
- O Byakugan - Olhei pra Neji.
- O que você acha - Ele me olhou e então eu percebi, pude ver nos seus olhos, ele sabia de tudo.
- Que tem algo a ver com o Kazekage, sabemos que o mundo inteiro sabe que Hinata está namorando você e está esperando um filho - Eu olhei pra Hiashi.
- Eles dariam muito para ter uma criança com o poder que meu filho nascer não é? - Hiashi ficou sério.
- O Byakugan é um dos Doujutsu mais forte, se misturados com a força e a habilidade de um Kage, ainda mais o Kazekage, saíra bem forte, e todos sabem disso. - Fechei os olhos.
- Eu quero um grupo, iremos atrás dele - Falei e me levantei, olhei pra Hokage.
- Preferência? - Olhei pra Naruto.
- Apenas os três que estão aqui - Falei e segui em direção a porta, quando coloquei a mãos na maçaneta parei.
- Você não parece preocupado - Tsunade falou seria.
- Posso estar calmo por fora, mas só eu sei o que acontece dentro - Eu sai de lá, eu queria ver Hinata.

    
[...]

    Não demorei a chegar, fiquei em frente aos portões, olhando a casa principal, os Hyuugas que passavam por perto olhavam e comprimentavam, não demorou a ver Hinata descer a pequena escada e vir correndo.

– Gaara – Falou me abraçando.
– Nossa, até parece que faz um mês que não nós vemos - Falei e sorri.
– Chato – Disse emburrada – mas o que veio fazer aqui?
– Não posso mais vim falar com a minha namorada – Disse ofendido.
– Claro que pode, mais é estranho, você sempre avisa, e mal faz uma semana que você foi embora - Sorri e a abracei.
– A Hokage me falou sobre o Sasuke – Ela se encolheu.

–Podemos ir conversar em outro lugar – Disse ela indo na direção pra fora do clã – vamos andar um pouco.
– Claro...

  Começamos a caminhar em uma direção que eu não conhecia, depois de alguns minutos reconheci o símbolo do clã Uchiha no enorme portão, suspirei, dava pra sentir o clima pesado, mesmo ainda nem tendo chegado ao portão.

- O clã, pai, mãe tudo que era importante pra ele, todos foram massacrados aqui, todos pelo irmão dele - Ela empurrou o portão.

   Começamos a caminhar para dentro, senti um Chakara, ela sorriu, era ele, continuamos a andar, todos procurado por ele e este está aqui, fechei os olhos quando um vento forte veio e por um segundo jurei ter sentidos mãos tocar minha face.

- Eu sei que você entende a dor dele, eu sei que não São dores iguais mais na mesma intensidade - Parei e olhei pra ela, essa tinha lágrimas.
- Hinata...
- Ele não fez por mal, ele só queria saber se era verdade, mas acabou ficando irritado e gritou...
- Idiota...
- Ele apenas ficou nervoso porque eu acabei o chamando de Gaara - Eu sorri.
- Eu poderia mata-lo por isso...
- Eu que errei...
- Poderiam ter descobertos - Ela me olhou seria.
- Mas não fomos - Sorri.
– Sorte...
– Não é isso, ele sempre dá jeito, ele só queria saber o que esta acontecendo - Eu a olhei sério.
–Claro ele fica mais de um mês sem nem ao menos falar com você e nem dar sinal vida, aí de repente aparece querendo explicações - Eu a olhei irritado.
– Não é isso...
– É o que? Eu não entendo, porque ainda se importa com ele - Ela me olhou irritada.
– POR QUE DO MESMO JEITO QUE TE AMO EU AMO ELE – Gritou ela seria, fiquei calado – me desculpa não...

– Não se preocupe eu não devia falar nada, mais fico feliz em saber que me ama – Disse e a beijei, um beijo calmo.
– Eu te amo pequena – Falei sorrindo.
– O que a Hokage falou para você? - Eu a olhei e baixei os olhos.
- Eu, Naruto, Sakura e Neji iremos atrás dele - Ela me olhou surpresa.
- Gaara...
- Farei o máximo para evitar confrontos - Ela asentiu e me abraçou.
- Vou confiar em você - Sorri - Eu preciso ir - Eu assenti e a abracei.
- Eu vou ficar aqui um pouco - Ela sorriu e me beijou - Depois eu passo lá.
- Hai... - Vi ela sumir depois de passar o portão, suspirei e fechei os olhos.

  Eu me sentia estranhamente bem aqui, por mais que tivesse um ar pesado e até sombrio, eu sentia que... ele estava aqui e isso torna tudo, estranhamente bom.

- Por você não foi junto dela - Sorri ainda de olhos fechados, não importa o tempo que passou, eu ainda conhecia aquela voz.
- Queria te ver...
- Não abra os olhos...
- Por que? - Ouvi seu riso.
- Eu não estou aqui então... - Ele tocou meu rosto - isso é estranho não é, eu sei que ainda lembra do toque das minhas mãos.
- Hai...
- Eu vou deixar que me encontrem, e quando nos encontramos, iremos decidir de uma vez, se você ganhar eu volto com você, desisto de tudo, desisto da minha vingança.
- E se eu perder...
- Só vamos nos ver quando eu conseguir me vingar - Levei a mão até a dele e senti essa desfazer no meu toque.
- Hai...

[...]

                  '( Sasuke...

Olhei pra minha mão mais uma vez, eu queria estar lá, mas meu Chakra teria atraído eles, Hinata, Gaara eu preciso acabar isso por mais que eu ame você eu preciso acabar isso.
   A imagem de Hinata com a barriga já grande me veio a mente, se ele fosse meu eu desistiria de tudo por ele, Kami eu lhe peço, me de esse filho.
   Senti os Chakra deles ao longe se aproximando, sorri, eles estavam sendo seguidos, me levantei e senti outro Chakravi Juugo aparecer e me olhar sério.

- Achamos informações e pistas do Itachi... - Eu sorri.
- Não se meta nisso, são problemas meus - Ele assentiu.

Eu subi em uma árvore e fiquei sentado com os olhos fechados, esperando eles chegarem, ouvi os passos e então pararam, sorri e abri, meus olhos encontraram os dele, esse sorriu, olhei pros outros, Neji, Naruto e Sakura.

- A quanto tempo não é - Falei olhando o loiro, ele tinha um olhar triste.
- Sasuke... - Eu pulei da árvore.
- Não vai dizer sua frases de sempre - Ele deu um sorriso de lado e eu senti um arrepio, aquele não era o Naruto, não o que eu conhecia.
- Eu não vim pra te levar - Vi ele levar a mão a bandana e tirar, dei um passo para trás - eu vim acabar com isso - Senti uma estranha excitação e sorri.
- Então o que está esperando - Sorri animado e então eu vi a areia subir e ficar entre nos.

Olhei pra ele e pude ver a raiva, o ruivo me olhava irritado, eu avia esquecido da minha promessa, olhei pro loiro, ele olhava Gaara sério.

- Acredito que o Kage queira me matar tanto quanto você - Falei sorrindo - Eu me pergunto, o que fez o Kazekage sair de sua sala.
- Você sabe porque estou aqui Uchiha - Sorri de lado.
- Por causa da Hime - Passei a língua pelos lábios e dei um sorriso malicioso.
- Vamos, você pode esperar Naruto, quando eu acabar com o Kage nós resolvemos as coisas. - Gaara deu um passo na minha direção.

            '( Autora...

  A raiva que percorria o corpo do Kage era enorme, Sasuke avia o ignorado e se esquecido da luta deles, e agora falava como se não fosse nada, ele apertou o punho e olhou pro moreno.
  
- Sasuke... - O Uchiha sorriu e fechou os olhos, e os abriu vermelhos, o Sharingan ativado, seu sorrisos metido ao fazia a raiva do Sabaku crescer.

    A areia do Kage começou a percorrer o local e então atacou Sasuke, os dois eram rápidos, ele retirou a Katana e começou a se defender indo na direção do ruivo, ele podia ver o Kage estava se segurando.
    Ele passou pela areia e acertou um soco no rosto do Gaara em cheio, estava irritado, ele não estava levando a sério, ele começou a soar a cara dele com raiva, queria que ele levasse a sério, que ele lutasse por ele.

- Você acha mesmo que vai conseguir, vocês já me perderam Kage - Gaara sentiu um aperto e o empurrou e pulou pra trás.

  Ele se sentiu mal, ele tinha que ganhar levar Sasuke de volta, ele levou a areia em direção de Sasuke e uso Sabaku Kyuu (Caixão do Deserto) pegou o Uchiha depois usou Sabaku no Sousou (Funeral do Deserto) ele apertou, o ruivo sentiu um aperto e então um chute nas costas, sorriu,  Sasuke avia saído.
  Sasuke, veio por trás do Kage com o Chidore e tentou acertar o mesmo, mas esse foi protegido pela areia, o Uchiha o olhou com raiva.

– Katon: Gōkakyū no Jutsu - Disse o moreno, Sasuke começou a lançar as chamas contínuo o lançou na direção do Kage.

Depois que o mesmo soltou o Jutsu ele olhou na direção do mesmo mais o ruivo não estava lá, então ele sentiu os movimento de Gaara, e desviou do ataque de areia.
  Sasuke banhou a Kusanagui de Chidore e olhou pro Kage ele foi na direção dele e começou a atacar, Gaara se defendia com a seria e atacava de volta o ruivo usou Sabaku Fuyuu (Dese Flutuante) e se levantou flutuando com areia e Sasuke riu daquilo.
   O Uchiha se distraiu com o sorriso do ruivo e foi acertado em cheio por um soco de areia, e passou de raspão ao lado de Naruto acertando a árvore ao lado deles, o moreno se levantou e correu na direção do Kage.
  Sasuke fez alguns movimentos com a mão e ergueu o braço esquerdo para cima e gritou Kirin fazendo raios no céu, ele começou a atacar o ruivo ia desviando até que foi acertado.
   Os outros três assistiam assustados, não podiam se meter no meio, mas a mente do loiro dizia outra coisa, ele sentia, desde o momento e que o Kage pisou naquela sala, tinha algo acontecendo entre aqueles três, e aquilo o deixava furioso, o Uchiha tinha algo com aqueles dois, mas ignorava ele.
  Sasuke caminhou até o Kage e começou a acertar ele com socos, estava quase sem Chakra e se fosse lutar com Naruto não podia gastar o resto, ele olhou pro rosto do ruivo e parou um soco a centímetros, as lágrimas que corriam pelo rosto do ruivo quebraram ele por dentro.
  
- SASUKEEEE...

   



Notas Finais


Então, eu mereço comentários? Por favor, eu fico tão feliz quando comentam, se chegar a pelo menos 6 comentários posto o próximo ainda hoje, eu não estou exigindo só pedindo kkk .


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...