História Missão SS: Colar Da Destruição - Capítulo 3


Escrita por: ~ e ~Romendy7836

Postado
Categorias Fairy Tail
Personagens Acnologia, Angel, Aquarius, Aries, Cana Alberona, Câncer, Capricórnio, Carla (Charle), Chelia Blendy, Erza Scarlet, Frosch, Gajeel Redfox, Gildartz, Grandine, Gray Fullbuster, Happy, Igneel, Jellal Fernandes, Jude Heartfilia, Juvia Lockser, Laxus Dreyar, Levy McGarden, Lisanna Strauss, Lucy Heartfilia, Minerva Orland, Mirajane Strauss, Natsu Dragneel, Nikora "Plue", Personagens Originais, Sting Eucliffe, Virgo, Wendy Marvell
Tags Fairy Tail
Exibições 27
Palavras 1.563
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Luta, Mistério, Romance e Novela, Shoujo-Ai, Shounen, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência, Visual Novel
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Boa leitura

Capítulo 3 - Moradora nova


Fanfic / Fanfiction Missão SS: Colar Da Destruição - Capítulo 3 - Moradora nova

Pov´s Natsu

Depois de três fucking aulas estamos no refeitório novamente, vou viver no refeitório, estava comendo de boas dando altas risadas e tendo uns ataque, parecia uma lobriga com dor de barriga quando uma explosão aconteceu e naquele momento eu só vi 5 homens entrando no refeitório, parecia filme todos estavam de ternos e um loiro falou...

 

Loiro: Eu quero fala com Natsu Dragneel -Droga por que sempre acontece alguma coisa de errado quando eu estou em alguma missão??-Ou eu posso pegar algumas dessas garotas e as fazerem de reféns -Falou com um sorriso maldoso no rosto

 

Natsu: Eu estou aqui...-Falei me a levantando da cadeira que eu estada sentado

 

Loiro: quanto tempo Natsu-san- Falou o loiro que tem o nome de Sting Eucliffe Dragneel (ele é o irmão do Natsu só que por parte de pai)

Natsu: Por mim o tempo poderia passar e você nunca mais me ver!!- Falei com um tom de desgosto

Sting: Olha o tom de voz quando você fala comigo -Falou me abraçando e isso ta ficando estranho

Natsu: Me larga e volta para sua casa. Falei me largando de seus braços – todos me olhava assustados

 

 Sting: Mas eu não vim ver só você. -Falou indo para a um lugar mais afastado

 

Natsu: Quem mais você veio ver aqui na escola??-Perguntei

 

 Sting: Minha NA-MO-RA-DA -Falou soletrando a última palavra

Fiquei espantado por que o Sting nunca teve namorada e não é hoje que ele tem

 

 Gray: Ei foguinho o que você ta fazendo ai parado? -Perguntou

 

Natsu: Pensando.......

 

                                     {Lucy ON}

Eu estava conversando com as meninas até que eu vejo um loiro vindo até nós e eu já sabia quem era

Lucy: Meninas o Sting está aqui. Sussurro para elas

 

 Sting: BLONDE!!-Gritou essa criatura nefasta que tem o nome de Sting

 

Lucy: Abelha quanto tempo. -Falei com desanimo já voz

 

 Sting: Verdade. -Falou abrindo um sorriso- Eai meninas-Falou para a garotas

 

 Meninas: Eai? -Falaram todas juntas

 

 Lucy: Sting você vai ter que embora. -Falei olhando as horas do meu celular

 

 Sting: Por que? -Falou me olhando

 

 Lucy: Por que o recreio já vai acabar- Falei para ele

 

 Sting: Tudo bem? Falou indo embora-Mais antes eu quero um beijo de despedia-Falou fazendo biquinho

Lucy: Vem aqui que eu te dou um beijo -Falei mais quando ele ia me beijar eu dei um soco nele -Prontinho agora pode ir

Sting: Mal.........-Foi interrompido pelo sinal da escola

 Lucy e Meninas: Tchau. Falamos indo para a nossa sala, mas antes da gente ir para a sala ouvimos alguns gritos do diretor

Diretor: QUEM EXPLODIU O MEU PORTÃO??"

                                                         ~/~/~

 

Eu e as meninas estávamos saindo da escola até a gente ouviu um grito fino de uma criança fomos correndo para o local de onde a gente ouviu o grito

 

???:SOCORRO, SOCORRO, SOCORRO!!!!-Gritava uma menina de cabelos azuis e ela era uma criança de 11 ou 12 anos por ai- tentava se morder na tentativa de escapar

???-Para de gritar garota ridícula. Falou um homem

Menina: ME SOLTAAA!!!!!-Ai ela começou a chorar e no mesmo instante a Erza foi lá e começou a falar

 

 

 

Erza: O que pensa que está fazendo? -Falou/Perguntou para o homem

 

 Homem: Isso não te interessa! -Falou saindo dali mais foi impedido por Erza que deu uma faca na sua cabeça.

Erza: Pronto agora você não vai fazer mais a nada. Falou tirando a faca da cabeça do homem. -Ei garota o que você estava fazendo com esse cara??-Perguntou agora olhando para a menina azulada.

 

 Menina:E-eu f-fui s-sequestrada p-por e-ele-Falou tremendo de medo...

 

 Erza: Qual é o seu nome? -Perguntou calmamente.


Menina- meu nome é Wendy Marvel, obrigada por me salvar

Erza- Ao seu dispor garotinha

Wendy- quem são vocês, sem querer ser rude

Eu- certo, desculpa, sou Lucy Hear – não quero ser rude, mas não precisa saber meu sobrenome

Wendy- entendo

Erza- sou erza, mira, Levy, Juvia e lucy – falou apontando para as donas do nome

Wendy- prazer em conhece-las- fez referência

Eu- o que uma garotinha como você faz aqui?

Wendy- minha mãe pediu para ir comprar pão e esse cara me sequestrou

Juvia- Juvia não quer ser grossa, mas que mãe é essa que deixa uma garota de 11/12 anos ir na panificadora sem um responsável junto?

Wendy – é que a panificadora fica do lado da minha casa, literalmente

Erza- Então vamos te levar para casa em segurança

Wendy- agradeço

Eu- pegou a garota e colocou em seu pescoço

Chegamos a casa da garota em minutos, uma ótima guia, ela morava em um lugar escuro e perigoso, era como uma favela “moderna” chegamos na casa da garota e eu tive uma ideia

Quem abriu a porta foi a mãe dela, então aproveitei

Eu- olá senhora, gostaria de entregar essa pessoazinha e conversar com a senhora

Senhora- o que deseja falar garotinha

Eu- você gostaria de morar na parte media da cidade eu pago o aluguel para vocês

Senhora- isso é verdade? - disse abrindo um sorriso e seus olhos começaram a brilhar

Eu- claro, vão arrumar suas malas, aliás meu nome é lucy 

Senhora- sou Gradine Marvel, prazer lucy, agradeço essa oportunidade, vamos filha

Wendy- certo mamãe, obrigada lucy

As duas entraram na casa e ficamos do lado de fora, e não podemos perder essa oportunidade, afinal não é todo dia que se vai na favela

Lucy- Garotas, não podemos perder essa oportunidade!

Erza- estava pensando a mesma coisa- disse retirando luvas do bolso esquerdo e uma faca do direto

Mira- poderemos brincar? - pegou um abridor de caixa

Levy- sem se sujar ou deixar rastro- pegou um canivete

Juvia- vamos estamos ficando sem tempo- pegou um facão

Lucy- partiu- peguei uma tesoura

Nos separamos e procuramos por pessoas que estavam fazendo algo suspeito eu achei umas 4, 2 assaltando e 2 sequestrando, fui uma morte rápida e silenciosa nem um me viu nem o morto e muito menos a vítimas, guardei a tesoura em um plástico e voltei para a casa, Juvia já estava lá

Lucy- matei 4 e você

Juvia-2

Mira-4 também

Levy- 6

Erza- 8 me diverti mais

Lucy- chata

Gradine- estamos pronta senhora lucy

Lucy- apenas lucy

Gradine- certo

Peguei a garota e coloquei no pescoço novamente e guiei-as para casa, mostrei a casa e os quartos pedimos para se acomodar e tornar a casa delas, além de pedir para Wendy não contarmos que quem matou aquela pessoa foi a gente, fomos dormir alegres e contentes

Fazia 2 dias que não matamos ninguém e para ajudar Sting está andando por ai e provavelmente vai me seguir, tantos problemas e poucos soluções, me joguei na cama e dormi

 

[Na escola] (pulei a manhã)

 

Descobri que Wendy não ia para a escola, então matriculei nessa escola assim sempre estou de olho nela. Também descobri que ela e um tal de Natsu eram primos e outra informação muito boa é que ele sempre está ocupado e quase nunca fica em casa, seu pai é igneel o fundador da enorme empesa Exceeds, Primeira no ranking Natsu é o rosado que parou a minha briga com aquela putinha e ainda deu um fora nela, preciso me aproximar dele e descobrir mais coisas me aproximei das meninas e sussurrei

Eu- meninas tenho uma missão

Erza- e qual seria?

Lucy- ganhar confiança deles- apontei para o grupinho- e descobrir mais sobre eles

Juvia- fechado

Levy- fácil, fácil

Mira- não teria tanta certeza!

Eu- concordo com ela, vou ir ver a Wendy- estava andando pelo corredor vazio quando sou puxada para dentro de uma sala vazia e colocada em cima de uma mesa

Sting- e ai blonde!

Eu- que palhaçada é essa?

Sting- eu só quero um pouco de pegação

Eu- nem pense em tocar em mim, com essas mãos sujas

Sting- lucy você não manda em mim e eu tenho a vantagem aqui esqueceu?

Eu- jogo sujo não vale- pelo jeito minhas palavras não adiantaram de nada, sua mão bobo passou por todo meu corpo até chegar em meus seios, sem hesitar dei um chute que fez o mesmo voar longe, passei por ele e cuspi nele, andei até a sala da Wendy onde ela timidamente tentava socializar, entrei na sala e andei até ela

Eu- conseguiu fazer amigos- sorri doce

Wendy- sim, essa daqui é Chelia e Romeu

Eu- prazer, sou lucy

Chelia- prazer!

Romeo- prazer!

O sinal bate e vou para a sala chego lá e vejo erza já em cima de um, ela é ligeira, alguém segura meu braço, me viro já com os punhos fechados, mas abro após perceber quem era

Eu o que foi?

Natsu- você que está cuidando da Wendy?

Eu- sim

Natsu- obrigado, meu pai não queria ajuda-la

Eu- de nada

Natsu- sou Natsu- esticou sua mão

Eu- sou lucy- apertei a mesma

Natsu- vamos entrar? - abriu a porta e fez referência

Eu- que cavalheiro- ele deu um sorriso fofo e entrou em seguida, eu sentei na última carteira da janela, erza na minha frente, Juvia na frente dela, mira na frente de Juvia e Levy na frente da mira

As três primeiras aulas passaram rápido e percebi que aquele rosado não tirava os olhos de mim. Peguei a última folha do caderno e escrevi “perdeu alguma coisa aqui?” e mostrei para ele que fez o mesmo com a mensagem “Nada, apenas observando”, “então para que esta me incomodando”, “okay”, colocou o caderno na mesa e deitou em cima dele 


Notas Finais


Obrigada por ler!
Até o proximo
bjs de brigadeiro


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...