História Mistake (JiKook-JungMin) - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Daddy/babyboy, Jeon Jungkook, Jikook/jungmin, Min Yoongi/suga, Namjin, Park Jimin, Sexting, Taehope/vhope, Texting
Exibições 739
Palavras 402
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Musical (Songfic), Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Tortura
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 4 - Cap.4 (Part.1)


Fanfic / Fanfiction Mistake (JiKook-JungMin) - Capítulo 4 - Cap.4 (Part.1)

Jungkook

Quinta-Feira:

Acordei um pouco desanimado e não fui para escola.

Havia uma mensagem da BabyGirl, que dizia “Bom dia”.

Não respondi por questão de preguiça.

Passei a manhã deitado e jogando Piano Tiles, um jogo no qual nunca me canso.

Saí da cama quando senti o cheiro da comida de omma, não havia tomado café da manhã. Desci, cambaleando, os degraus da escada e cheguei á cozinha, omma se virou para me olhar e se espantou.

- Por que não está na escola, mocinho?

Como eu fiquei a manhã inteira no quarto, ela não percebeu que eu havia faltado. E, também, quando eu saio para ir à escola - geralmente - ela está dormindo. 

- Estava cansado.

Me aproximei e dei um beijo molhado em sua testa. Percebi olheiras profundas, me senti entristecer.

- Vai comer?

- Vou.

Almoçamos juntos, não consegui parar de observar o rosto de omma. Ela percebeu meu rosto preocupado.

- O que? – Ela perguntou parando o garfo em sua boca, o que me fez rir.

- Nada não.

Ela riu junto, o que fez eu me sentir um pouco melhor.

Subi para o meu quarto após comer e havia várias mensagens.

BabyGirl: Por que não me respondeu?

BabyGirl: Por que não foi na escola?

BabyGirl: Por que NÃO ESTÁ ME RESPONDENDO?

BabyGirl: Fiz algo? Aconteceu algo?

BabyGirl: Huuum, está me ignorando.

BabyGirl: Ok, vou fingir que você está dormindo E NÃO ESTÁ ME IGNORANDO.

BabyGirl: Ou... você morreu.

BabyGirl: É, você morreu.

Eu: Oi.

BabyGirl: Oh, até que enfim. Estava dormindo, certo? E não viu minha mensagem, por isso não respondeu.

Eu: Não.

BabyGirl: VAMOS FINGIR QUE VOCÊ ESTAVA DORMINDO. TUDO BEM?

Eu: Não

BabyGirl: Por que? ):

Eu: Minha mãe, está mais triste que o normal.

BabyGirl: O que posso fazer para alegrá-lo?

Eu: Deixe-me ver você.

BabyGirl: Não posso.

Eu: Então tchau.

BabyGirl: ESPERA.

Eu: Que?

BabyGirl: Me encontra na praça perto da sua casa, daqui uma hora.

Eu: Ok.

BabyGirl: Mas, eu só vou relar em você.

Eu: Que?

BabyGirl: Você não pode me ver.

Eu: QQ

BabyGirl: Só vou até lá se você prometer ficar de costas para mim e NUNCA NEVER NEVER se virar.

Eu: Tá né.

BabyGirl: Te dou um selinho se você não abrir os olhos.

Eu: Tá. Mas eu quero te ver ‘-‘

BabyGirl: Por enquanto, não.

BabyGirl: PROMETA QUE NÃO VAI ME ENGANAR.

Eu: Ok, Ok. Prometo.


Notas Finais


bang bang~~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...