História Mistério da mansão (interativa) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Drama, Horror, Interativa, Romance, Terror
Exibições 38
Palavras 958
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Comédia, Drama (Tragédia), Fantasia, Ficção, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Musical (Songfic), Policial, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


OLÁ POVOS, por favor me desculpem qual quer erro, ou se o capitulo está muito pequeno.Aproveitem, esse na foto é o meu personagem George

Capítulo 2 - Floresta Sinistra


Fanfic / Fanfiction Mistério da mansão (interativa) - Capítulo 2 - Floresta Sinistra

Meu nome é George Mason tenho 23 anos sou um reporte que veio investigar uns acontecimentos assustadores em uma floresta a noite, ela era macabra, nem podia se chamar aquilo de floresta era realmente assustadora, começo a tirar fotos com minha câmera do lugar, achei estranho por que havia ossos naquele lugar bom sinal não era, comecei a andar pelo lugar a cada passo que eu dava eu me assustava ainda mais, o lugar ficava mais tenso e apavorante, de repente atrás de uma arvore avisto um volto branco,me aproximo para ver quando vejo o que era, um fantasma de uma mulher vestida de branco, com os olhos cheios de sangue, assim que ela me ver começa a gritar, seu grito era demoníaco e perturbador, começo a correr, quando olho para trás ela começa a me seguir, começo correr mais ainda, avisto um buraco que havia no chão e não consigo parar e acabo caindo nele e batendo a cabeça e desmaiando...

Acordo e me vejo, deitado no chão, mas fora do buraco que havia caído, percebi que estava com uma bandagem na cabeça, olho para o lado e poucos metros de distancia havia uma moça de cabelos curtos no estilo Long bob,castanhos com luzes, pele levemente queimada pelo sol, olhos puxados parecia descendente de coreano, óculos quadrados azul grafite, usa uma calça jeans preta rasgada, e uma regata marrom, botas de caminhada, com uma mochila nas costas e acompanhada de uma espécie de cajado sem ponta, olhos castanhos esverdeados em pé sorrindo para mim.

-oi tudo bem? Você levou um tombo feio. Disse se aproximando de mim.

Assusto-me com ela e faço um movimento brusco levantando do chão, fazendo com que ela fiquei um pouco assustada, mas ela volta a colocar o sorriso no rosto.

-calma, não irei fazer mal, prazer meu nome é Jenny So, e o seu?  Perguntou ela estendendo o braço como comprimento.

-George, George Mason. Falei devolvendo o aperto de mão. Levantei  e limpando minha calça que estava um pouco empoeirada.

-como foi para você parar aqui a essa hora da noite no meio dessa floresta sinistra? Perguntou ela olhando ao redor.

-bem, sou reporte, e me enviaram aqui para investigar esse local, porque existem relatos que coisas macabras venham acontecendo por aqui. Disse me abaixando e pegando minha câmera de fotográfica que estava no chão.

-que coisas? Perguntou ela cruzando os braços.

-isso é que vou descobrir. Respondi dando um sorriso rápido.

-AHHHHHHHH SOCORRO! Olhamos para o lado e uma menina vindo correndo em nossa direção totalmente apavorada, ela tinha cabelos loiros, tão claros que pareciam ser brancos uma roupa preta de jaqueta de manga comprida, calça jeans azul escuro uma bota de couro marrom  e usava um batom preto.

-o que foi?! Perguntei assustado por sua reação.

Ela não disse nada apenas apontou para onde, ela estava vindo desespera, quando vimos de perto dois monstros que pareciam lobos gigantes .

-CORRE! Gritou Jenny, e começamos a correr deles eles eram mais rápidos que nos.

-AHHHH. Vejo Jenny sendo joga do chão por um deles.

Não penso duas vezes e pulo em cima dele ficando em sua costa, não sei por que, mas a costa dele começou a sair fumaça e quando percebe que estava usando um anel de prata, talvez ele tenha sido um lobisomem. O monstro me derrubou no chão e foi em bora junto com o outro. Levanto-me do chão e ajudo a Jenny a levantar.

-obrigada, responde ela.

-oi, muito obrigada, eu não sei o que seria de mim sem a ajuda de vocês prazer meu nome é Harley Cahill. Disse ela dando um sorriso rápido.

-George Mason. Respondi sorrindo para ela.

-Jenny So, bem agora precisamos encontrar um lugar para ficar, tipo uma casa, por que não tem como saímos dessa floresta agora. Falou Jenny

-e aquela. Harley apontou para uma mansão que aparentava ser muito sinistra.

Então começamos a caminhar até ela, mas ouvimos um barulho vindo de uma moita, e rapidamente Jenny olha para o chão e por sorte encontra uma faca grande com alguns detalhes indígenas. Ela apontou a arma para onde vinha o barulho mais quando o que estava naquela moita sai, era um garoto, ele era ruivo de pele clara, usava uma blusa preta e uma blusa de botão aberta por cima a usava uma calça jeans e um tênis all star.

-uou calma aí, sou do bem, prazer James Miller.
Nós nos apresentamos para ele, dissemos que também vimos uns monstros e fantasma ele que também viu um deles mais conseguiu escapar, então fomos até a tal casa para conseguir uma ajuda. Quando chegamos lá em frente à imensa porta estava aberta. Olhos para dentro da casa pelo lado de fora, era bem tenso o lugar, e arrepiava qualquer um que olhasse aquele cenário, então entramos no casa e quando estávamos no centro da sala o porta se fecha fazem um enorme barulho.

-AHHHHH O QUE TA ACONTECENDO?! Disse Jenny parecendo que ia entrar em pânico.

De repente as luzes se acendem, e vimos claramente de como era a casa, parecia casa antiga, velha que não tinha a muito cuidado.

-certo vamos ficar calmos porque se desesperar não vai adiantar de nada. Falei com uma voz de liderança.

-tem razão não a motivos para se desesperar. Ouvimos uma voz feminina que parecia ser infantil.

Quando olhamos para as escadas uma garota com a cor de pele extremamente braça olhos azuis e cabelos pretos, de vestido vermelho cor de sangue estava em pé, e ela começa a desce.

-QUEM É VOCÊ?! Perguntou James meio assustado.

-o pior pesadelo de vocês. Disse a menina e de repente ela desaparece.

-é isso que dar vim procurar flores de noite na floresta. Disse Harley irônica             


Notas Finais


POIS É, qual quer coisa fiquem a vontade para comentar. bjs até o próximo capitulo


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...