História Mistérios do Tempo - Capítulo 12


Escrita por: ~

Postado
Categorias Harry Potter
Personagens Alice Longbottom, Bellatrix Lestrange, Franco Longbottom, Lílian Evans, Lord Voldemort, Marlene Mckinnon, Remo Lupin, Severo Snape, Sirius Black, Tiago Potter
Tags 1977, Drama, Harry Potter, Marotos, Romance
Exibições 77
Palavras 7.736
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Magia, Mistério, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Spoilers, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Olá pessoa lindas, tudo bem?

Antes de mais nada gostaria de pedir desculpas pela demora para postar o capítulo, foi uma semana corrida, tive provas todos os dias, mas finalmente acabaram \o/ ..pelo menos até quinta que vem. Então garanto para vocês que vamos ter bastante capítulos nesse feriado :D

Espero que gostem bastante, para compensar esse é o maior capítulo até agora, então tem muita coisa pra ler, desculpa se realmente ficou muito grande, mas acho que melhor assim do que vários para falar sobre uma mesma coisa.

Muito obrigada pelos comentários e favoritações no capítulo passado, vocês não tem noção de como isso me deixa muito feliz, e fico ainda mais animada de vir aqui escrever para vocês.

Boa leitura!!




~~~~~~~~~~~~

Capítulo 12 - 11 - Provocações


 

- Não acredito! - Elena falou chocada, ao escutar Lauren contando de seu momento com Régulo e Sirius.


A garota precisava desabafar com alguém sobre aquilo, e também ter um papo mais leve do que ficar falando sobre o futuro toda hora. Precisava realmente de uma amiga para ter aqueles papos sobre garotos.


- Régulo é nosso amigo, Lau! - exclamou a loira preocupada, se levantando da poltrona rapidamente. - Não quero ver ele com o coração partido. - mas sorriu maliciosamente - Com um irmão daquele eu te entendo, é difícil resistir.


Lauren riu jogando uma almofada na amiga, que riu mais ainda. As duas estavam sentadas em duas poltronas em seu lugar favorito e afastado do Salão Comunal, estavam espero pelos amigos para irem jantar.


Elena se sentou na poltrona de frente para a amiga e a olhou atenta, prestando atenção em cada detalhe, não pôde deixar de notar que a amiga estava linda, com a saia do uniforme cintura alta, deixando mais amostra as pernas - Elena tinha certeza que estava no mínimo 2 dedos mais curta -, a camisa estava colocada a parte da frente para dentro da camisa e a parte de trás para fora, dando um visual mais descontraído, claro que deixou 2 botões da camisa abertos,não estava vulgar, mas mais atraente que o normal e o cachecol mais frouxo só para dar um charme e esconder um pouco o decote, o qual dava para ver um pouco mesmo assim. Seus cabelos negros estavam presos em um rabo de cavalo despojado, com alguns fios soltos e seus lábios tinham um gloss rosado.


- O que foi?- perguntou Lauren, um pouco incomodada com o olhar da amiga, se fingindo de desentendida.


- Se arrumou toda para chamar a atenção do Sirius? - Elena falou, arqueando uma sobrancelha e sorrindo provocativa.


- Claro que não! - respondeu Lauren rapidamente, se levantando e olhando em um espelho próximo e logo decidiu fechar um botão da camisa, fazendo Elena rir - Estava um pouco exagerado!


- Acho que ele iria adorar do jeito que estava. - disse Elena ficando ao lado da amiga de frente ao espelho - Mas gostei desse jeito, sexy sem ser vulgar, a saia já está linda, deixa apenas um botão aberto mesmo e o cachecol por cima, dá um charme desse jeito.


Lauren sorriu para a amiga, não sabia ao certo porque estava querendo se sentir mais bonita, mas sabia que por um lado ela estava errada, ou pior,com medo do que poderia significar, não estava preparada para se envolver com ninguém, considerando o fim trágico do se último relacionamento.


- Elena, não fique tão animada, hoje é uma noite como outra qualquer. -falou Lauren, tentando ficar séria, mas falhando.


- Lauren,eu estou vendo que não é. - respondeu segurando a mão da amiga - Mas é bom sair um pouco do básico, acho que eu devia fazer mais isso  - riu ao ver a cara de deboche da amiga - Que foi?


- Você parece uma super modelo, todos babam quando você passa. -Lauren falou, revirando os olhos brincalhona.


- Mas quem eu queria não olha! - a loira respondeu baixinho, tristonha.


- Quem? - a morena ficou curiosa, puxou a amiga para se sentar em um sofá, mas a loira não quis, fazendo a amiga ficar de pé já que notou os amigos se aproximando de onde elas estavam.


- Lupin! - falou Elena simplesmente no ouvido da morena, dando de ombros, mas que deixou Lauren chocada com o fato da loira gostar de um dos marotos, ela nunca havia reparado esse interesse,na verdade não conversavam sobre esse tipo de coisa e estava achando aquele papo bem interessante, não iria deixar de lado tão rápido.


- Esse assunto ainda não acabou. - retrucou Lauren, fazendo a amiga sorrir tímida.


Régulo e Severo caminharam até onde as amigas estavam e a boca de Régulo se abriu em um perfeito "o", quando olhou para Lauren, fazendo a garota corar. Aos olhos dele, ela estava perfeita, claro que estava sendo uma luta para ele tirar os olhos das pernas torneadas da garota, notou que ela tinha um corpão, não pode negar que ela daquele jeito deixava ele excitado  - como dois dedos em uma saia pode mudar tanto né?! - mas claro que ele como um perfeito cavalheiro não iria deixar transparecer, ou melhor, não deixar tanto, pois não conseguia disfarçar tão bem quanto queria.


Severo não pode deixar de dar uma boa olhada, não podia negar que a amiga era linda, se já não tivesse tanta gente de olho nela - principalmente da família Black - provavelmente não iria se impedir de tentar algo, seria o tipo de garota perfeita para ele, amiga, linda, inteligente e poderia ajudar o garoto a esquecer a ruiva, porém ele sabia que o amigo havia chamado a morena para sair, e o outro Black a olhava da mesma maneira que um cachorro olha um frango na vitrine, até parecia irônico a comparação.


- Você está linda! - disse Régulo, dando um beijo no rosto da amiga, que ficou super sem graça.


- Nossa, vou ficar com ciúmes desse jeito! - brincou Elena, fazendo um biquinho fazendo os amigos rirem.


- Não precisa, você é linda também! - disse Régulo, pegando a mão da loira para irem para o Salão Principal.


Severo olhou para Lauren suspeito com o que estava acontecendo para ter mudado o visual básico que geralmente costumava usar - não que ela ficasse feia, era linda de qualquer jeito, mas hoje tinha caprichado - o contato visual fez com que a garota desviasse o olhar do amigo e andar em direção à porta, sendo seguida pelo garoto.


- Espero que tenha se produzido para o Black certo. - disse Severo ao lado dela, a qual apenas ignorou o comentário.


...


O Salão Principal desde a chegada das novas escolas andava muito animado, todas as casas ficavam misturadas conhecendo os novos alunos. Dumbledore parecia satisfeito com aquela situação, ver os alunos de outras casas deixando a rivalidade de lado para estarem conectados em prol de algo maior, claro que tinha uma mesa - Sonserina- que ainda não dava o braço a torcer, claro que não poderia generalizar aquela situação.


- Aluado, você vai arrumar sua parte da biblioteca com o Ranhoso hoje! - informou Sirius, se servindo de um pedaço de torta.


- Almofadinhas, como você é simpático em me comunicar esse fato. - respondeu Remo ironicamente, não gostando nem um pouco da ideia do amigo. Mesmo que ele não fosse fazer nada de ruim para Severo, não lhe agradava ficar muito perto do garoto também.


- Você tem sorte dele não te colocar com a Bellatrix.- disse Pedro, se intrometendo na conversa - A garota é surtada, afinal, obrigado por me deixar com ela desde o primeiro dia, podíamos ao menos ir revezando as duplas alguns dias. - estava chateado com a situação em que se encontrava.


- Você reclama demais, Rabicho. - falou Tiago sentando-se ao lado de Sirius na mesa - Essa detenção está melhor do que eu poderia imaginar. - sorriu se servindo e fazendo os amigos revirarem os olhos.


Sirius que estava bebendo um suco, quando olhou para a entrada do Salão Principal seus olhos se arregalaram em surpresa, acabou por engasgar com com o suco, chamando a atençao dos amigos que olhavam na mesma direção que o moreno, os amigos também ficaram surpresos ao ver Lauren tão linda.


Sirius mal piscava, seguindo a garota com os olhos, enquanto ela caminhava com os amigos na direção da mesa da Sonserina. "Uau que pernas! Muito gostosa!" pensou o maroto mais safado. A garota se sentou e olhou por instinto para a mesa da Grifinória, onde encontrou um par de olhos azuis-acinzentados lhe secando, não pode deixar de sentir um certa vergonha, mas não deixou transparecer, então abriu seu melhor sorriso para o garoto, que ficou surpreso, mas correspondendo com seu melhor sorriso maroto.


Régulo tentou ignorar, mas não pôde deixar de notar aquela situação, e se sentiu incomodado, principalmente por ver que a amiga sorria, a vontade que sentiu era de quebrar a cara do irmão, olhou novamente e percebeu que Lauren conversava animadamente com Elena e acabou ficando mais relaxado.


- Essa semana você ficou muito distante dela.- falou Severo para que apenas o amigo escutasse. - Ela acabou se aproximando um pouco mais dos alunos da Grifinória.


Escutar aquilo fez o rapaz se sentir um pouco mal, por ter tido uma atitude idiota a ponto de aproximar Lauren do próprio irmão que ele guardava rancor. Se eles virassem amigos seria exclusivamente culpa do comportamento dele.


Do outro lado do Salão, o Black da casa vermelha e dourada não tirava os olhos da mesa da Sonserina, encarando a morena que tentava ignorar o garoto, mas aquilo só o instigava mais, fazendo com que  não notasse o olhar cortante que seu irmão lhe lançava.


- Se um olhar lançasse Avada Kedavra, você já estaria morto, Almofadinhas! - falou Tiago olhando para Régulo na mesa da Sonserina, fazendo o amigo olhar na mesma direção e rir da cara zangada do irmão.


- Coitado, acha que aquele olhar intimida alguém. - respondeu sustentando o olhar do Black mais novo.


Lílian e Marlene olharam aquela cena e se entreolharam revirando os olhos, sabiam do que se tratava aquilo e não iriam se meter, aquela tinha que ser a decisão totalmente de Lauren, elas acreditavam que a amiga sabia o que estava fazendo. A ruiva se levantou e foi atrás de Tiago que estava distraído zuando Sirius, o qual apenas tentava ignorar o amigo.


- Vocês não acham que comeram demais? - brincou Lílian pousando as mãos nos ombros de Tiago - de forma natural -que estava sentado, fazendo ele sorrir com aquele gesto que pareceu natural para a garota - Vamos indo? - chamou a garota, ainda deixando os marotos surpresos com a ruiva sendo mais socíavel.


- Seu pedido é uma ordem! - respondeu Tiago se levantando, dando um beijo na mão da garota, fazendo-a sorrir e as garotas ao redor encarar aquela cena morrendo de ciúmes.


Os marotos e Lily saíram do Salão Principal seguindo em direção à biblioteca, encontrariam com o Filch na porta ao invés de ser no Salão Principal. Foram seguidos por Severo, Bellatrix, Lauren e Régulo, o qual insistiu em acompanhar os amigos até o local.


- Olha, olha, se não é o filho de ouro de mamãe! - zombou Sirius quando Régulo se aproximou com os amigos.


Régulo fechou a mão e deu um passo em direção de Sirius, mas foi puxado pela Lauren, fazendo com que o irmão e Tiago dessem risada pela garota controlar tanto ele, porém o garoto de óculos parou de rir  logo, sendo repreendido pelo olhar sério de Lílian.


- Reg, melhor você ir, não vai poder ficar com a gente. - falou Lauren, ignorando os garotos e olhando para o amigo de maneira carinhosa.


- Tudo bem! - respondeu ele, puxou a garota pela cintura, a pegando de surpresa e Sirius deu um passo na direção sendo segurado por Remo - Boa noite, Lau! - sussurrou dando um beijo carinhoso no rosto da garota e saiu.


Lauren parecia um pimentão de tão vermelha que ficou com aquele gesto do amigo na frente de todos. Olhou para Sirius que a encarava não muito feliz com a situação, o que fez a morena dar uma risadinha.


- Pelo visto já está cheia de graça com o Régulo de novo, né?! - disse Sirius, nem um pouco feliz com aquela cena.


- Não é da sua conta, Black! - retrucou Lauren, odiava quando o maroto falava com tanto desdém do próprio irmão.


- Lauren, você precisa exterminar esse rato! - disse Bellatrix ríspida, ficando ao lado da garota já puxando a varinha.


- Bella - começou Lauren, odiava fingir que era amiga da louca - Deixa que eu darei um jeito nesse Black, porém falando em rato, eu to querendo é exterminar outro. - completou lançando um olhar de desprezo para Pettigrew, que acabou se encolhendo no próprio lugar.


- Vamos deixar isso para outro dia. - Remo falou para quebrar um pouco aquele clima - Hoje vamos mudar a dupla, eu fico com o Snape e o Sirius com a Lauren. - os olhares de todos foi de surpresa (exceto dos Marotos e Lauren que já sabiam).


Lílian olhou aquilo sem entender nada, não fazia sentido mudar as duplas, a não ser que quisessem confusão, afinal, cada dupla ficava em um canto da biblioteca que era grande demais. Olhou para Tiago, o qual percebeu a confusão da ruiva, ele lhe lançou um sorriso de zombaria, indicando Sirius e Lauren com a cabeça e sorriu malicioso, fazendo a garota entender e rir, não acreditava que o Black estava tão interessado na amiga que ele tanto menosprezou.


- De jeito nenhum que isso vai acontecer. - exclamou Severo, ficando na frente da amiga, que ficou preocupada, não queria que o amigo arranjasse briga.


- Quem decide não é você, Ranhoso! - disse Tiago ríspido se metendo no assunto, mas levando um beliscão de Lílian - AI!!! - gritou esfregando o local.


- Uma ótima oportunidade de você dar uma lição nele! - falou Bellatrix animada, ficando ao lado da garota - A maldição cruciatus está ai pra momentos como esse.


Lauren ficou com muita raiva da Black fêmea, queria torturá-la por falar tamanha besteira, jamais faria algo de mal para um dos amigos, mesmo o Sirius não sendo um amor de pessoa com ela o tempo todo, não sairia jogando maldição alguma em ninguém, ainda mais nele. De alguma forma, mesmo sendo tratada com desprezo a maioria das vezes por ele, não queria lhe causar dor, ele não merecia, ele apenas se achava bom o suficiente e o resto não era nada comparado a ele.


- Vamos logo acabar com isso. - respondeu Lauren simplesmente, indo em direção da parte da biblioteca que Sirius geralmente ficava com Remo organizando.


O maroto sorriu vitorioso e foi na direção da morena feliz, enquanto deixavam  os amigos rindo para trás. Severo foi muito a contra gosto na direção que sempre ia com Lauren, mas sabia que no final tinha dado sorte por ter pego o maroto menos idiota - na opinião dele - e claro que também não iria gostar nem um pouco de ficar com a Bellatrix.

...


Já havia se passado um tempo que estavam dentro da biblioteca, ficaram um tempo calados apenas arrumando as coisas, sabiam que Filch iria surtar e tentar deixar eles mais tempo no local se eles não tivessem arrumado o mínimo aceitável.


Tiago estava ao lado de Lílian que estava focada em um livro, algo havia chamado a atenção da garota que parou de limpar e começou a ler algumas folhas. O maroto adorava observá-la, desde quando eram crianças nos primeiros anos ficava por longos minutos olhando cada detalhe dela, observando cada gesto, no começo por uma implicância infantil, mas depois começou a notar que havia se apaixonado por cada traço e mania que ela tinha.


Amava vê-la animada com uma leitura - como ela estava naquele momento - a garota sorria para o livro e o rapaz não podia deixar de admirar, o sorriso mais lindo e doce que tinha visto. Claro que ter ela sempre o menosprezando o deixava triste e fazia ir atrás de outras garotas para ter um carinho que ele queria dela, sabia que talvez estivesse afastando Lily com aquela atitude, mas não queria ficar sozinho, ainda mais com tantas garotas cheias de amor pra dar. Mas agora ele havia parado com as saideiras com Sirius e as meninas de Hogwarts, estava disposto a conquistar a sua amada, no início ainda tinha dúvidas sobre ser recíproco, porém com a detenção e a chegada de Lauren as coisas haviam mudado, nesse mês de volta as aulas foi o suficiente para poder aproximar os dois o suficiente para ele sentir a esperança brotar em seu coração novamente.


Lily tirou os olhos do livro que lia e olhou na direção de Tiago, já que notou que o garoto não parava de olhá-la, não podia negar que estava se sentindo diferente em relação ao rapaz, mas por muitas vezes tentava reprimir, pois sabia que não era certo, sabia o galinha que ele era, e não queria se entregar e depois ficar sofrendo pelos cantos por ele ter conseguido o que ele tanto queria. Contudo, a ruiva não pôde deixar de sorrir para o maroto quando olhou para ele.


- O que foi, Potter? - perguntou docemente a ruiva, fitando aqueles olhos castanhos esverdeados de Tiago, os olhos que ela adorava admirar nos últimos dias.


- Potter? Pensei que já tínhamos passado dessa fase. - riu Tiago, puxando uma cadeira para sentar ao lado da ruiva. - O que você está lendo tão interessada assim? - apontou para o livro na mão dela.


- Estou lendo sobre Poções, Tiago. - respondeu ela, dando ênfase no nome dele, abrindo o sorriso que o garoto tanto amava. - É uma matéria que sempre me fascinou muito, por isso até que estou no clube Slughorn - riu, vendo o maroto revirar os olhos - Faz essa cara, porque não faz parte, está com inveja. - brincou.


- Se tem uma coisa que eu não tenho inveja é disso. -riu ele.


Tiago não sabia ao certo, mas perdia todo o jeito quando ficava tão perto de Lílian, ainda mais quando ela está com a guarda baixa, perdia o jeito com as garotas - afinal, ele sabia ser galanteador - mas perto da ruiva ele se sentia inseguro, tinha receio, ainda mais depois de tantos foras, entretanto nunca perdia as esperanças, se bem que no último mês ele foi menos "chato" nesse quesito para poder dar um espaço para a garota e também saber se devia realmente insistir mais ou seguir em frente.


- Lily... - começou Tiago, sabia que estaria se arriscando novamente, sabia que tinha chances de se magoar de novo se a resposta da garota fosse negativa, mas precisava tentar - Eu estava pensando.. - a ruiva olhava atenta para ele, o que o fazia ficar ainda mais nervoso, pegou uma mecha de cabelo dela que estava em seu rosto e colocou atrás da orelha da ruiva.


Lílian não podia negar que aquele toque fez seu coração bater mais forte, não sabia o que tinha mudado, talvez depois da lua cheia, pegar a detenção e se aproximar mais dele, ou simplesmente o fato da garota do futuro ter aparecido e contato que existiria um Harry Potter, ela não imagina Tiago com outra garota, não queria aquilo, mas também não sabia se o queria ao certo, e em toda aquela história, não gostou nem um pouco do maroto ter um filho no futuro com outra e ainda ter o nome que ela tanto gostava - no caso Harry.


- Tiago.. - Lílian começou a falar, mas o garoto não deixou que terminasse, colocando seu dedo indicador nos lábios dela, e logo em seguida segurou as mãos da garota, que estavam geladas.


- Eu tenho adorado estar esses tempos com você, te conhecer assim é melhor do que eu poderia imaginar, mesmo você tendo ficado brava comigo por ser o motivo da detenção. - ele soltou uma risadinha nervosa - Lily, sei que não acredita nos meus sentimentos, sei que acha que sou um cafajeste, mas as coisas mudaram, você me mudou. - ele estava tentando encontrar as palavras certas - O passeio a Hogsmeade está chegando, e eu gostaria que fosse comigo, nós dois, para você ter uma chance de me conhecer melhor e ver que não sou esse monstro que você acha que sou.


- Eu não acho que você é um monstro. - Lily respondeu, apertando a mão do maroto carinhosamente, fazendo-o sorrir - Mas não acho que eu me sinto muito a vontade com essa ideia.


- Lily, me da uma chance, apenas uma e vou te mostrar que posso ser melhor do que você pensa. - pediu Tiago, acariciando o rosto da ruiva, a qual corou, fazendo o maroto achá-la ainda mais linda - Você é tão linda! - falou o que veio a cabeça, não ia esconder aquilo.


Lílian fechou os olhos, queria dar uma chance, entretanto ainda tinha uma parte dela que dizia que iria se machucar, tinha medo. "Ah, mas ele quer que eu o conheça, não necessariamente dê uns amassos nele" pensou a garota "Se bem que não seria uma má ideia. Ai meu Merlin, deixa disso Lílian Evans".


Quando abriu os olhos notou que Tiago estava a observando, havia se aproximado um pouco, podia sentir a respiração dele bem perto, aquilo fez o coração da garota se acelerar - porém não tanto quanto o do garoto - novamente ela fechou os olhos tentando se controlar, sabia que Tiago estava perto o suficiente, podia sentir a respiração dele descompasada, sentir daquele jeito fez ela ter uma vontade louca de pular nele, mas contou até dez, abriu os olhos novamente e se afastou um pouco para trás na cadeira.


- Tiago.. - começou a ruiva, notando que ele não havia gostado tanto do afastamento repentino - Eu aceito ir com você para Hogsmeade, com uma condição.


Os olhos de Tiago brilharam ao escutar que ela aceitaria, abriu um sorriso de orelha a orelha, primeira vez na vida que se sentia tão feliz com algo que uma garota falava.


- Qualquer coisa! - respondeu o maroto prontamente.


- Promete que não vai tentar nada, que vamos como amigos. - pediu a garota, olhava para as mãos, as quais ele ainda segurava, lhe fazendo um carinho - Vamos nos conhecer, mas não tente forçar uma situação.


- Fica tranquila Lily, vamos para nos conhecer, não quero te afastar. - respondeu o maroto, queria escutar o que tanto sonhou durante esses anos correndo atrás da garota - Então você aceita sair comigo?


Lily sorriu, se levantou puxando o maroto, o qual se levantou prontamente, sem pensar direito, jogou os braços no pescoço dele lhe abraçando, não sabia ao certo porque estava fazendo aquilo, mas lhe deu uma vontade louca de senti-lo tão perto, ainda mais ele sendo tão carinhoso do jeito que estava sendo.


Tiago ficou surpreso com aquele ato do nada da garota, mas colocou as mãos na cintura dela, abraçando. Ele estava fascinado, não acreditava que tinha a ruiva que tanto gostava em seus braços, o perfume floral dela invadindo e tomando conta dele, afagou os cabelos ruivos, estava adorando cada segundo naquele abraço.


- Eu aceito sair com você. - respondeu a garota, recuando um pouco e olhando para os olhos castanhos esverdeados. O maroto abriu um sorriso sem acreditar no que tinha acabado de escutar, não podia se conter de felicidade.


Lílian riu com a forma que Tiago a olhava, deu um beijo no rosto dele e saiu dos braços dele - foi bem difícil fazer isso, ela tinha que admitir - sabia que a já tinha dado meia noite e que poderiam sair dali sem problemas.


- Boa noite, Tiago! - falou sorrindo, saindo da vista do garoto, que ainda estava abobalhado vendo a garota se distanciar.


Enquanto isso do outro lado da biblioteca, Sirius e Lauren estavam em silêncio, cada um de um lado da prateleira arrumando os livros. O maroto pensou que teria coragem suficiente para provocar a garota, mas estar ali tão perto não pensava em nada, só a observava em meio aos livros. A garota parecia fascinada com cada livro que pegava, dava uma folheada neles e depois que terminava de limpar colocava na prateleira, se gostava de algum anotava em um papel que havia com ela, Sirius pensou que devia ser para ela ler em uma outra ocasião, notou também que as vezes ela sorria abobalhada olhando ao redor, que ainda não acreditava que estava ali, o sorriso fazia o maroto sorrir involuntariamente. Ele achou o visual dela lindo, o charme que ela tinha ao arrumar o cachecol, aquele verde dava um constraste muito lindo com os olhos azuis como céu de um dia ensolarado.


Sirius escutou que Lauren começou a cantarolar uma música enquanto limpava os livros, se admirou pela garota realmente ter um talento, sua voz era angelical, sabia o que estava fazendo, ele foi saindo de trás da estante que estava e ficando atrás dela - que estava de costa para ele, limpando uns livros de frente a uma outra prateleira - e começou a prestar a atenção na letra da música.


- All of these lines across my face (Todas estas linhas que contornam o meu rosto), Tell you the story of who I am (Contam a história de quem eu sou), So many stories of where I've been (Tantas histórias sobre onde eu estive), And how I got to where I am (E como eu cheguei onde estou) - cantava a garota, harmoniosa e sorridente, a letra da música era interessante para Sirius, de alguma maneira achava que combinava com a história dela, sorria ao escutá-la - But these stories don't mean anything (Mas essas histórias não significam nada), When you've got no one to tell them to (Quando não se tem a quem contar), It's true...I was made for you (É verdade... Eu fui feita para você).


- Concordo! - disse Sirius atrás da garota, no pé do ouvido dela, fazendo-a dar um pulo de susto e se virar pra ele assustada - Você foi feita pra mim. - piscou marotamente.


- RÁ RÁ RÁ, engraçadinho. - disse Lauren, revirando os olhos e tentando empurrar um pouco o garoto que estava muito próximo - Até ontem você tinha um ódio mortal por mim. - ela empurrava e ele resistia, sorrindo.


- Quem disse que parei de te odiar? - perguntou ele sarcasticamente, fazendo a garota cruzar os braços incomodada com aquela situação- Bonita música que cantava, até que combina um pouco com você. - não pôde deixar de comentar.


- Sim, é minha música favorita e me faz pensar bastante sobre muitas coisas. - respondeu a garota, dando de ombros e ficando novamente de costas para o garoto, tentava focar no que estava fazendo, não queria entrar nas brincadeiras de Sirius.


Sirius analisou a garota de cima a baixo, sorriu maroto se aproximando mais ainda dela, colando seus corpos. Lauren arregalou os olhos ao sentir a aproximação do Black, sua respiração falhou com aquele contato, fazendo o garoto ficar satisfeito. Não sabia ao certo o que estava fazendo, estava indo com os instintos loucos que ele tinha, e como eles já haviam se provocado algumas vezes não podia deixar essa oportunidade passar.


- O que você acha que está fazendo? - perguntou Lauren, porém sua voz saiu mais fraca do que pretendia, tentou se afastar do garoto, mas ele a segurou pela cintura no mesmo lugar, a mão dele lhe segurando, mas ao mesmo tempo acariciando sua barriga por cima da camisa.


- Quer terminar de cantar a música pra mim? - sussurrou ele no ouvido dela, pegando uma das mãos da garota e segurando a cima da cabeça dela, firme contra a prateleira, enquanto imprensava ela ali, seus corpos não podiam ficar mais próximos que aquilo.


Lauren se arrepiou ao ouvir o sussurro tão próximo, e ele lhe segurando daquela maneira já estava fazendo a garota perder um pouco os sentidos, ela não esperava aquilo e não podia negar que seu corpo reagia ao toque dele de uma maneira que não era a que ela  achava que queria,tentava lutar contra. Contudo percebeu o jogo de Sirius, não iria conseguir sair de não entrasse nele, queria vê-lo daquela maneira.


- Eu não canto para qualquer um. - respondeu Lauren, olhando um pouco para o lado, vendo o rosto dele tão próximo - Ainda mais para um Black hostiu, talvez cantarei para o Régulo. - sorriu, sabia que era horrível usar o amigo naquela situação, mas foi a única coisa que veio a sua cabeça.


O sangue de Sirius ferveu ao escutar aquilo, não queria nem imaginar aquela situação que colocaria seu irmão com  Lauren daquela maneira, aquele pensamento o irritou, fazendo-o segurar com firmeza a cintura dela, e apertar sua mão na dela, esse gesto fez com que ela arfasse, e se sentiu vitorioso com isso.


- Régulo é apenas um moleque. - falou Sirius e se aproximou para falar no ouvido da garota - Você precisa de um homem! - sussurrou, mordendo o lóbulo da orelha de Lauren.


Aquilo fez Lauren fechar os olhos e suspirar, ele sabia o que estava fazendo, a garota não podia negar, sabia como mexer com ela, queria sair dali correndo, não podia estar naquela situação, por outro lado não podia negar as sensações incríveis que estava sentindo. Sem pensar a garota empinou um pouco a bunda, e rebolou contra o corpo do maroto.


Sirius ficou surpreso com aquele ato, não esperava, claro que seu corpo reagiu rápido ao movimento, estava totalmente excitado naquela posição com Lauren, com a mão livre, Lauren jogou o braço para trás puxando a cabeça de Sirius, colocou a mão entre os cabelos dele e o puxou para próximo de sua boca - a qual olhou um pouco para o lado para poder olhar nos olhos dele. Os olhos dos dois era de mais puro desejo, não podiam negar a atração que estavam sentido, entretanto recuperou um pouco o bom senso que lhe restava.


- Me mostre aonde está esse homem então! - falou a garota, dando uma mordidinha no queixo do maroto e reuniu toda a força que tinha e conseguiu empurrar ele. - Boa noite, Black! - falou,não podia esconder que estava um pouco corada por conta do momento que tinham tido.


Sirius ainda estava extaciado olhando a garota, ela corada ficava ainda mais linda, sua vontade naquele momento era pegá-la nos braços e beijá-la, mas não ia fazer aquilo, queria que ela implorasse pelo beijo dele.


- Você está brincando com fogo! - disse Sirius, soltando uma risadinha, enquanto a garota andava em direção ao corredor que levava para a saída da biblioteca.


- Cuidado para não se queimar! - respondeu simplesmente, mandando um tchauzinho para ele e riu.


Lauren saiu da biblioteca, estava sem ar com tudo que tinha acontecido, não acreditava que deixou chegar naquele ponto, precisava se controlar, não podia se meter com Sirius, não só porque ele a tratava mal na maioria das vezes - mesmo agora estando melhor - mas também por conta de Régulo, não queria magoar o amigo, sabia como ele se sentia em relação ao irmão, imagina se ele descobrisse o que aconteceu na detenção, a garota balançou a cabeça tentando afastar aqueles pensamentos.


Entrou correndo no Salão Comunal, queria tomar um banho para relaxar, dormir e esquecer tudo aquilo, amanhã fingiria que nada tinha acontecido. Quando entrou, se deparou com um moreno de cabelos longos, ao notar ele, Lauren ficou vermelha na hora e baixou a cabeça caminhando na direção do quarto.


- Lauren?! - chamou Régulo, vendo que a garota estava estranha.


- Régulo, desculpa, mas estou muito cansada, gostaria de tomar um banho e dormir logo. - falou ela subindo as escadas, tentando não olhar nos olhos do amigo - Amanhã conversamos tudo bem?! Boa noite! - e entrou no dormitório, deixando o sonserino sem entender nada daquela reação.


Régulo ficou parado no meio da sala super confuso, sem entender nada, ouviu um barulho de gente entrando e notou que Severo e Bellatrix vinham na direção dele. A garota passou direto subindo para seu quarto, mas o amigo ficou parado ao lado dele.


- O que foi? - perguntou Severo, sem entender o amigo parado no meio do Salão Comunal sozinho.


- Eu não entendi nada, Lauren entrou aqui correndo, não quis conversar, foi correndo para o quarto. - disse o garoto, se sentiu preocupado - Aconteceu alguma coisa na detenção?


- Mesmo tendo a chance de você surtar e eu ter que aguentar sua ira, vou te contar - começou a falar Snape, que tinha certeza que se arrependeria daquilo - Não sei o motivo, mas hoje decidiram mudar as duplas, aquele pessoal da Grifinória que decidiu, então eu fiquei em um canto com o Lupin, e a Lauren ficou em um canto com o outro Black, então não me pergunte o porque ela estava daquele jeito, porque eu não vi.


Severo viu a raiva tomar conta de Régulo, quando o garoto ia começar a falar, ele revirou os olhos e foi em direção a seu dormitório, não estava nem um pouco animado em ficar escutando os chiliques e lamentações do amigo.


...


Lauren acordou na manhã seguinte se sentindo mal, na verdade o sentimento mais forte era a culpa. Não sabia ao certo o porque, mas se sentia culpada por ter tido um momento tão quente com Sirius, sendo que tinha concordado em sair com Régulo, não podia estar se sentindo mais péssima do que estava.


Tentou ignorar as perguntas de Bellatrix sobre a detenção com Sirius, não estava com humor para tentar inventar algo bom o suficiente para deixar a garota feliz. Entrou para tomar banho, que demorou um pouco, não estava pronta para sair daquele chuveiro e ir enfrentar o mundo hoje, queria poder ficar no dormitório o dia inteiro, fugindo da família Black e das perguntas que iriam lhe rondar.


Quando saiu do banheiro - já com o uniforme - notou que Bellatrix e Narcisa já não estavam mais lá, apenas Elena que se encontrava sentada de pernas cruzadas, batendo um dos pés impaciente no chão, fazendo Lauren revirar os olhos e ir até a sua cama pegar sua capa.


- Pensei que não ia sair nunca do banheiro. - comentou Elena, rabugenta.


- Bem que eu queria passar o dia lá hoje. - respondeu Lauren, um pouco desanimada.


- Me conta tudo o que aconteceu naquela detenção ontem. - falou a loira animada, se jogando na cama da amiga.


Lauren suspirou e começou a contar, desde a entrada com Régulo provando Sirius, até o momento quente que tivera - claro que teve que detalhar bem para matar a curiosidade da amiga - Elena estava boquiaberta escutando tudo aquilo, não acreditando no que tinha acontecido, não imaginava a amiga tendo um momento daquele, talvez pelo simples fato de ser a primeira vez que conversavam sobre aquele tipo de coisa.


- Eu estou me sentindo estranha, não sei como que cara vou olhar para o Régulo, o coitado me chama pra sair de tarde e chega noite eu to lá me esfregando no irmão dele. - comentou Lauren incrédula com suas palavras, não pode deixar de sentir um pouco de vergonha.


- Lau, relaxa, você não tá namorando o Régulo, vocês são amigos, você mesmo disse isso pra ele. - falou Elena se sentando ao lado da amiga, tentando tranquilizá-la, sorriu - E querida, ninguém pode te culpar, não dá para resistir ao Sirius Black. - brincou, fazendo a morena rir.


- Que coisa, então quer dizer que agora está de olho em dois marotos? - disse Lauren rindo, fazendo a amiga corar.


- Não tenho chance Lau, ele não me olha, acho que nem nota a minha presença. - falou a loira cabisbaixa, claro que estava se referindo ao Remo.


- Então faça ele notar, você é uma garota incrível e tenho certeza que ele que é meio lerda para essas coisas, acho que você  iria ter que tomar as rédeas da situação. Faça acontecer, garota! - disse Lauren, animada se levantando e puxando a amiga que riu da maneira da amiga de ver aquele assunto.


- Vou tentar! - respondeu a loira rindo - Agora vamos comer que estou morta de fome.


...


Lauren tentou fugir dos Blacks a manhã inteira, na hora do café da manhã nem chegou a olhar na direção da mesa da Grifinória - mesmo que estivesse se controlando muito para não olhar - podia sentir o peso de um par de olhos azuis acinzentados em suas costas, mas não deu o braço a torcer e se esforçou a olhar para o próprio prato. Também se sentou o mais longe possível de Régulo, ficou perto de um pessoal estranho da Sonserina, o rapaz não entendeu nada, mas decidiu não pressionar, tentaria mais tarde.


O período da manhã foi bem tranquilo, teve aula de Runas Antigas - uma matéria que realmente ela não tinha vontade nenhuma de aprender, mas nem tudo é as mil maravilhas - e logo em seguida foi para a aula de DCAT, não podia negar que era uma de suas aulas favoritas, aprender a se defender era essencial e se dedicava muito, saíram exaustos da aula por conta de um trabalho de 30cm sobre o assunto que haviam aprendido.


O almoço correu da mesma maneira que o café da manhã fugindo dos Blacks,Elena tentava fazer a amiga conversar com os amigos, mas estava muito tímida, claro que pelo menos agora estava sentada ao lado, apenas sorria para os amigos. Olhou de relance para a mesa da Grifinória e viu as amigas conversando animadas, até mesmo com os marotos,só que tinha um deles que não parava de olhá-la, e sorriu maroto pra ela, que apenas desviou os olhos, fazendo o garoto rir.


Claro que ela sabia que não tinha como escapar da aula de Poções, eles iriam iniciar a Poção Polissuco e claro que ela teve o azar de cair no grupo de Sirius e Bellatrix, ficava um pouco mais tranquila por ter Remo no local. Ficou animada, queria tentar arranjar uma maneira de aproximar o maroto de Elena.


- Não vai poder fugir de mim agora. - falou Sirius logo atrás de Lauren, entrando na sala de aula, enquanto estavam indo em direção a mesa do grupo.


Lauren revirou os olhos e foi em direção da mesa acompanhada de Bellatrix que mantinha um sorrisinho irônico no rosto toda vez que via Sirius, aquilo ela sabia que provocava incrivelmente seu primo.


- Boa tarde, espero que estejam animados para o início da nossa poção. - começou professor Horácio animado, entrando na sala com sua veste esvoaçante - Espero que tenha as anotações sobre o preparo com vocês, os ingredientes se encontram em cima de cada mesa. - olhou para os alunos e cerrou o cenho ao olhar para a mesa de Tiago e Severo - Espero que hoje não tenhamos nenhum tipo de problemas - se virou e foi se sentar a mesa, tinha a expressão preocupada.


Lauren olhou para a mesa e começou a separar os ingredientes que iam ser usados no dia, enquanto Remo ligava o fogo e colocava o caldeirão em cima, Bellatrix apenas ficou sentada fingindo não estar nem ai para o que estava acontecendo, e Sirius de alguma forma não tirava os olhos de Lauren, mas estava tentando ser discreto já que sua prima estava presente, para disfarçar puxou o papel da mão da garota, fazendo-a olhar feio.


- Ei, pega a outra folha.- falou Lauren, tentando puxar a folha de volta, mas o garoto impediu -Você é impossível! - falou cruzando o braço.


- Não seja boba, estou tentando ajudar. - falou o maroto revirando os olhos com a reação dela - Eu vou falando e vocês vão colocando as coisas ai dentro. - apontou para o caldeirão - Coloque três medidas de fluxweed para o caldeirão - riu - Que foi escolhido na lua cheia, boas lembranças desse dia - piscou para Remo e Lauren, que ignoraram - Adicione dois feixes de erva galês, agora tem que mexer 3 vezes no sentido horário - falou, e acabou mexendo, e olhou para Bellatrix - Você trate de fazer alguma coisa.


- Se bem que agora não tem muito mais o que fazer, por hora. - disse Lauren pegando a varinha e acenando para o caldeirão - Precisamos esperar 80 minutos antes de continuar.


- O professor liberou a gente, eu posso voltar mais tarde para terminar de acrescentar os ingredientes. - disse Remo solidário.


Aquilo fez Lauren sorrir, tinha acabado de ter uma ideia, e claro que não ia deixar passar, queria que a amiga se desse bem e começasse a se aproximar do garoto incrível que estava a sua frente.


- Acho uma ótima ideia. - respondeu Lauren, sorrindo - A Elena tem algumas dúvidas sobre a Poção que você poderia tirar quando viessem acrescentar os ingredientes.


- Claro, sem problemas! - respondeu o maroto, sorrindo solidário, adorava ser útil de alguma maneira às pessoas.


Lauren sorriu animada se levantando indo em direção a saída, não queria ficar muito tempo no mesmo local que Sirius, não sabia o que poderia acontecer, não podia negar que adoraria que acontecesse qualquer coisa, mas não daquele jeito, ainda mais com Régulo no meio. Claro que a garota não percebeu que estava sendo seguida pelo maroto que sorria alegremente.


- Tentando dar uma de cupido, Slytherin? - disse Sirius puxando ela pelo braço, para um corredor, e empurrando ela contra uma parede sorrindo.


- Você está louco? Me solta!- respondeu a garota, puxando o braço que estava na mão dele, e tentou sair, mas ele estava de frente para ela fazendo-a ficar encostada na parede.


- Tem certeza que quer que eu te solte mesmo? - perguntou ele, colocando uma mão na cintura dela, sorrindo - Pelo jeito que mal olhou pra mim hoje deve ter ficado nervosa por ontem.


- Por que não admite que não consegue ficar longe de mim.. - falou a garota, sorrindo travessa e passou a mão pelo abdômen dele por cima da camisa, fazendo ele olhar aquele movimento - Por que não assume que está interessado em uma sonserina?! - sussurrou, mordendo o lábio inferior.


Aquele simples gesto fez o garoto arder de desejo,ela ficava tão sexy , olhou no fundo dos olhos dela, com uma mão em sua cintura, a outra foi para nos cabelos negros de Lauren por trás de sua nuca - aquele toque fez a garota se arrepiar- sabia o que estava por vir, fechou os olhos e em sua cabeça veio a imagem do outro Black, não que ela não quisesse aproveitar aquele momento que estava, mas tinha medo de magoar os sentimentos do amigo, não podia se levar pelo desejo tão fácil assim.


Lauren empurrou Sirius contra a outra parede, fazendo ele ficar grudado nela, puxou ele um pouco para baixo - já que ele era mais alto - e lhe deu uma mordidinha no lobo da orelha.


- Você devia se controlar mais. - falou a garota se afastando sorrindo - Você é tão fraco, Black! - riu ela.


A garota foi em direção ao Salão Principal deixando um Sirius perplexo para trás, não sabia como, mas Lauren estava mexendo com ele de um tal maneira que já não conseguia controlar, o jeito que ela o provocava deixando o maroto louco era irresistível e ele gostava daquele jogo de gato e rato que estavam tendo, sorriu e foi na mesma direção que a garota.


O Salão Principal já estava lotado, o Cálice de Fogo colocado bem em frente para que todos pudessem ver, por um momento os marotos e as garotas haviam esquecido que hoje seria revelado os campeões de cada escola, todos pareciam muito animados.


Lauren se juntou a Elena e os amigos que estavam reunidos em um canto com o pessoal da Sonserina, sorriu ao ver Régulo sentado a seu lado, ficou um pouco nervosa em ver ele ali, mas tentou ignorar, porém quando olhou para o outro lado do salão Sirius sorria ironicamente para a garota.


- Boa noite alunos e alunas. - começou Dumbledore chamando a atenção de todos os alunos, que se arrumaram em suas cadeiras - Hoje como podem ver vamos saber quem serão os campeões que irão representar nossas escolas - sorriu animado - Aos que não sabem, o Cálice irá escolher um aluno de cada escola para participar do Torneiro Tribruxo, um Torneio cheio de tarefas perigosas que testarão cada aluno no quesito habilidade mágica, inteligência e coragem dos campeões. - todos o olhavam atentos, muitos estavam totalmente animados - A Glória eterna! Isto é o que aguarda o estudante que vencer o torneio tribruxo, mas para isso, ele precisará sobreviver em três tarefas. Três tarefas extremamente perigosas.


- Isso vai ser muito fácil. - disse Tiago, para que apenas os amigos escutassem, concordando com o garoto.


- Quando eu dizer o nome dos escolhidos, quero que venham para a frente e entre naquela sala onde iremos conversar melhor com cada um de vocês! - falou Dumbledore, se virando para o Cálice que mudou sua cor de azul para um vermelho e soltou um papel um pouco queimado que caiu na mão do diretor - Representando o Instituto Durmstrang...Igor Karkaroff!!!


Nesse momento, um garoto forte, de cabelos compridos, uma barba um tanto grande e com uma expressão severa levantou, havendo vários gritos dos alunos da escola escolhida, ele batia no peito glorioso, e foi em direção ao diretor de Hogwarts para cumprimentá-lo e depois se encaminhou para a sala que lhe apontaram.


Dumbledore olhou novamente para o Cálice que mudou sua cor, soltando um novo pedaço de papel todo delicado, meio azulado, o diretor o pegou e sorriu.


- Representando a Academia de Magia Beauxbatons... Apolline Delacour! - falou  o diretor.


A mesa que as garotas da Beauxbatons aplaudiram a amiga que se levantou graciosa sorridente, uma garota loira linda, dos olhos azuis claros. Severo parecia bem animado pegando os amigos de surpresa, quando ele levantou para bater palmas para a garota, Lauren riu surpresa com aquela reação, mas gostou, talvez ai estava o que ele precisava. A garota cumprimentou Dumbledore sorrindo e também foi na direção da sala.


Novamente o Cálice de fogo mudou de cor e soltou um papelzinho, indo direto na mão do diretor, todos estavam atentos ao que estava para acontecer, os alunos ansiosos, afinal, a maioria queria estar participando e outros queria saber quem iria representar eles.


- Representando a Escola e Magia e Bruxaria de Hogwarts... - começou Dumbledore, que deu uma risadinha quando leu o nome - Claro que não podia ser diferente... Lauren Slytherin!!!


Todos no salão ficaram em silêncio e viraram na direção que a garota se encontrava.


- Fudeu! - foi a única coisa que conseguiu falar, estava em choque.

 


Notas Finais


Eai pessoas lindas, gostaram? Espero realmente que sim, sei que ficou muito grande o capítulo, mas eu gostei pois consegui juntar bastantes coisas que eu gostaria de colocar na história, mas que apenas ficaria ruim se fosse cada coisa em um capítulo diferente.

Sei que muitas pessoas queriam que o Campeão de Hogwarts fosse um dos marotos, mas tem um motivo para ser a Lauren, e vai ser revelado, ela vai tomar decisões difíceis a partir desse momento. Espero que tenham gostado um pouco da escolha rs.

E Lauren e Sirius? Gostaram? Lily e Tiago? rsrs Não sei se essas cenas ficaram boas, me falem a opinião de vocês, o que devo melhorar rsrsrs

Não deixem de comentar, a opinião de vocês são muitos importantes. Novamente desculpa na demora da postagem do capítulo, amanhã irei postar outro, provavelmente bem tarde, mas pelo menos mais rápido rsrs.

Beijinhos.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...