História Mistery of Sophia Smythie - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Assassinato, Interativa
Visualizações 42
Palavras 1.116
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Escolar, Policial, Romance e Novela, Terror e Horror
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 3 - 2


Lily ainda estava horrorizada, seria alguém fazendo uma brincadeira de mal gosto? Com certeza seria, era isso que ela estava colocando na cabeça. Ela não tinha falado com ninguém nem mesmo com Samuel, a manhã passou rápido e ela logo tratou de ir para sua casa. Ao entrar em seu carro recebeu uma mensagem de um número desconhecido

“Será que os seus pais iriam gostar de saber o que a filha perfeita faz todo dia nas arquibancadas depois das aulas?

-S.S”

Lily estremeceu ao ler aquilo. Aquele segredo era dela e de Sophia somente, quem mais poderia saber. A garota dirigiu diretamente até sua casa, antes de entrar em sua casa viu Helena entrando na casa dos Smythie. Ela ainda não tinha conversado com a Senhora Smythie e talvez não era hora.

Lily, ao entrar, foi diretamente ao quarto de seu irmão que olhava atentamente o seu telefone

- Preciso da sua ajuda – diz ela se sentando na cama

- É sobre as mensagens anônimas que mandaram pra você e mais 11 pessoas? – pergunta ele a olhando rapidamente

- Como sabe disso? – pergunta a mesma confusa

- Eu recebi também, depois de chegar em casa vim direto pra ca e comecei a pesquisar o remetente e o destinatário, o que eu descobri é que 12 pessoas receberam essa mensagem – diz ele

- Mas então é só você rastrear o número não é? – pergunta ela

- Eu já tentei, mas o problema é que esta tudo bloqueado. O endereço de IP, tudo, não tem nada – diz Samuel me olhando – A gente precisa descobrir quem mais recebeu a mensagem

 

Helena estava em seu quarto pensando em quem poderia ter mandado a mensagem, até que resolveu deixar o celular de lado e foi quando ouviu o mesmo apitar

“Parece que os discursos motivadores são de família, será que habilidade de ser vadia é a mesma também? Tome cuidado pequena Smythie

                                                   -S.S”

Antes de conseguir fazer alguma coisa, Helena escuta alguém bater na porta. Ela foi até a entrada de sua casa abrindo a porta e se deparando com os irmãos Lancaster

- Posso ajudar? – pergunta ela vendo os irmãos se entreolharem

- A gente veio dar boas vindas – diz Samuel educadamente

- Eu sou Lily, eu era uma das melhores amigas da sua irmã – diz a loira a sua frente – Sinto muito pelo o que aconteceu

- Sophia falava muito de você – diz Helena sorrindo levemente – Eu também sinto, toda hora. Mas acho que não é só isso

- Posso fazer uma pergunta um pouco inconveniente? – petrrgunta Samuel

- Depende, mas pode sim – diz a morena

- Depois do seu discurso você recebeu alguma mensagem estranha com a assinatura de -S.S? – pergunta o garoto vendo a garota franzindo o cenho

- Acho melhor vocês entrarem pra gente poder conversar certo – diz ela dando passagem para os dois irmãos ali presentes – Podem começar

- A gente recebeu uma mensagem meio estranha depois do seu discurso e logo agora a tarde mandaram uma mensagem pra Lily a ameaçando com um segredo. Queremos saber se você recebeu? – pergunta Samuel

- Sim recebi, é o mesmo remetente – diz Helena

Os jovens se encararam e foram interrompidos pelo celular dos três apitando lhes avisando sobre uma nova mensagem. A mensagem era a mesma

“Agora que os três já se conhecem a brincadeira pode ficar mais interessante, ah espera, já ficou. Tentem adivinhar quem dos 11 coleguinhas vai se juntar a Sophia. XoXo

                                                        -S.S”

 

Dante estava em sua “academia” particular descontando toda a sua raiva em um saco de pancadas, foi quando seu irmão desceu com uma garota ruiva

- Mary, o que esta fazendo aqui? – pergunta Dante

- Lily me ligou e disse que era pra gente se reunir na casa dela tipo agora e como eu moro aqui na frente ela pediu pra chamar vocês – diz Mary

- É sobre o que? – pergunta Jason

- Ela não me disse – diz a garota

- Vamos logo então – diz Dante

Logo os três jovens já estavam a caminho da casa dos Lancaster

 

 

Austin estava andando pela rua em direção a casa de Samuel quando uma mensagem o faz parar

Não deveria passar em um beco vazio ao escurecer sozinho

                                                       -S.S”

O garoto logo escuta um barulho nas latas de lixo, ele começa a andar mais rápido. Austin estava a três quarteirões da casa dos Lancaster, porém já estava de tarde e rua vazia.

- Quem esta ai? – pergunta após um barulho alto, Austin estava começando a ficar assustado

- Você sabe quem é Austin – diz uma voz atrás do garoto que estremeceu, ele conhecia essa  pessoa – Vou fazer você se encontrar com a ex namoradinha

- Você que matou a Sophia? – pergunta o garoto já de frente com a pessoa mascarada

- Isso é meio obvio – diz a pessoa – Vamos acabar logo com isso

- Não, espera – diz o garoto andando para trás mas se colide com a parede. A pessoa mascarada retira uma faca do bolso e a atira na testa do garoto que logo cai no chão, para completar ele recebe quatro facadas na barriga e a pessoa sai correndo o deixando la

 

- Por que eu to aqui mesmo? – pergunta Rosemary apoiada em Toby

- Porque todo mundo aqui anda recebendo mensagens ameaçadoras certo? – diz Lily e as outras pessoas se entreolham

- Você sabe quem esta por trás disso? – pergunta Cordélia

- Não, e é por isso que a gente convocou essa “reunião” – diz Samuel

- Posso ser nova, mas sei que a maioria são de grupos diferentes mas  acho que podemos nos unir para descobrir quem é essa pessoa e talvez até descobrir o assassino da minha irmã – diz Helena

- Ok, ok, já posso ir embora? – pergunta Rosemary e Lily assente – Ótimo, você vem Toby?

- Vou sim, até amanhã – diz ele saindo com Rose

- Já deu a minha hora também – diz Dante

- Me da uma carona? – pergunta Mary e o garoto concorda – Até amanhã pessoas

- Você vem Jason? – pergunta Dante

- Vou só conversar com a Lily e já vou, pode ir pra casa que eu vou andando – diz e o irmão da os ombros e sai

Na sala tinha sobrado Lily, Sammy, Jason, Cordélia, Helena e Raven. Quando Lily ia dizer algo seu pai entra correndo pegando uns materiais em sua mesa

- Pai, o que aconteceu? – pergunta Samuel

- Um garoto chamado Austin Lewis foi encontrado morto em um beco, volto depois do jantar – o senhor diz saindo apressado deixando os seis jovens aflitos. Antes de qualquer um poder falar algo o celular dos seis apitam

“Um de doze, em quem vocês apostam que será o próximo? Durmam bem enquanto ainda podem..

                                                 -S.S”



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...