História Mitsuki - Capítulo 13


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Yaoi, Yaoi Lemon
Exibições 100
Palavras 357
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Nudez, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


oie \o/
me desculpem a demora pra postar.. eu tenho prova final essa semana e semana passada.. mas vamos ao assunto a se tratar
gostariam que eu colocasse coisas mais.. sobrenaturais? hehe
como por exemplo poções ou determinadas classes como vampiro e bruxos
o caso da poção traria muito benefício à fanfic.. >u>
bem, vocês decidem!

Ah.. lembrando que esse capítulo serve como teste. Eu utilizarei um pouco do sobrenatural para o que mais gostam.. hehe
beijinhos da ncb ♡

Capítulo 13 - Mitsuki - 10


Fanfic / Fanfiction Mitsuki - Capítulo 13 - Mitsuki - 10

 [...]

- Você realmente tem certeza disso? Porra.. ele é meu "pai". Ele tem sim o direito de me tirar daqui, do seu colo.. - Apertei minhas pernas por volta de sua cintura, deixando meus braços presos sob seu corpo, permanecendo com a cabeça encostada sobre o rapaz. 

- ..Pensa mais no agora.. relaxa. Ele não vai sair da parede e te puxar. E também pode morrer a qualquer momento, acidente, suicídio.. assassinato.. - Suspirei, tentando me acalmar, porém o clima não se parecia bom o bastante.

-  Já sei. Eu trouxe uma coisa.. Vai te relaxar pra caralho. Eu tenho certeza que vai curtir. - Ele me empurrou contra a cama, indo em direção de algum local perto da porta, uma mesa que sua bolsa estaria por cima, retirando de lá certo frasco com líquido cor de vinho, sorrindo. 

-  Que isso? - Fui até o local. Senti certo calor, porém o ignorei. Recolhi o frasco de sua mão, sem pensar muito, o virando por completo em minha boca. 

- Mitsuki, caralho! Essa porra é forte! - Ao acabar, pouquissimo tempo depois, por um gemido curto caí ao chão, iniciando a soar rápido demais. Meu membro se enrijeceu ao momento, ficando cada vez pior. 

- D-Dake.. o q-quê-... Ca..-lor.. - Retirei minhas roupas do tronco e das de baixo, exibindo meu membro através da cueca completamente ardente. Meu abdômen permanecia soado, e, por consequência, brilhante e marcado.

Ele me olhou, rindo, se aproximando aos poucos, os poucos mais eternos. Se ajoelhou a minha frente, analisando a situação.

- Me a-ajuda.. - Coloquei as mãos sobre a borda da cueca. A mesma já manchava pre-gozo e minha área permanecia pulsante. Dake, ainda rindo, abaixou minha cueca com certa calma, o bastante para me fazer socar o chão. A pousar sua mão, meu membro inciara a escorrer de meu líquido inteiro, muito.

- Huh.. Te deixou mais frágil, princesinha? - Sua voz era irritante, grossa e irônica. Pelo efeito me pûs excitado novamente. 

- Po-r..  Fa-vor.. - Sua masturbação era ritmada, gemi alto em bom som. Os sentidos estariam intensificados, me fazendo mover meu quadril contra sua mão, ameaçando gozar novamente. 

- Hm?





Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...