História MITW - Você Me Pertence - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias TazerCraft
Personagens Personagens Originais
Tags Mike, Mikhael Linnyker, Mitw, Pac, Pactw, Tarik Pacanhan
Exibições 482
Palavras 1.118
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Festa, Hentai, Lemon, Luta, Mistério, Orange, Romance e Novela, Saga, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Olá pssual! BOm Cap de hj espero que gostem..

Boa leitura *3*

Capítulo 15 - 15 Cap - Deny Me Every Day


 

Estou de volta pro meu aconchego
Trazendo na mala bastante saudade
Querendo um sorriso sincero
Um abraço para aliviar meu cansaço
E toda essa minha vontade...

O menor se aninhava sobre o corpo do moreno, agora sem os sapatos, gravata frouxa e meias estirado sobre o sofá. Pac ronronava sobre as carias de Mikhael sobre seus cabelos. O mesmo estava preso a TV olhando algo qualquer de seu interesse enquanto Tarik ressonava baixinho e calmo. Mike precisava de um banho, mas relutava para não sair dali, e ao menos queria corda o pequeno que dormia aninhado sobre seus corpo, mas não precisou muito porque o mesmo acordaste por conta própria.

Mikhael -

-Boa Noite pequeno.. -o moreno voltava com as caricias sobre os fios negros.

-Eu dormi muito? -Pac apoia o queixo no peito do moreno, fitando aquelas esmeraldas verdes enquanto coçava os olhinhos com as costas da mão. Soltando um longo bocejo..

-Não, uns quarenta minutinhos -o moreno se senta com o menor em seu colo- Eu vou toma um banho, que tal você subi, descansa um pouquinho na cama? O jantar não ta pronto ainda e eu te chamo quando estiver, vamos? -o menor assente mas continua sem se levantar do sofá. -Assim não tem como subirmos.. - o moreno diz risonho com a preguiça do menor.

-Me carregue escravo.. -Tarik enlaça o pescoço alheio com seus bracinhos e esconde o rosto na volta do pescoço do moreno com cheiro amadeirado e hortelã. O moreno se levantou, dando um impulso com o corpo do menor para pega-ló melhor em seus braços, dando beijos em seu pescoço fazendo o mesmo rir abafado contra seu pescoço. Já no quarto Mike deposita o pequeno no meio dos tecidos escuros, ia se virar rumo ao banheiro mas seu pulso grosso é segurado fazendo o mesmo se virar de abrupto.

-A onde você vai? -Pac pergunta baixo e calmo tomado por preguiça..

-Eu vou toma um banho pequeno.. -ele se abaixa na altura da cama, ficando cara a cara com o de olhos negros.

-Fica aqui, não quero ficar sozinho. -disse piscando os olhos lentamente os olhos.

-Eu vou toma um banho e volto pra ficar com você, ta bom? -o menor assente e Mike deposita um beijo casto em sua testa. -Mike toma seu banho e volta ao quarto apenas em sua box branca sempre marcada por seu membro. Se depara com Pac dormindo com uma mão apoiada de baixo da cabeça e a outra juntando as pernas a seu peito. Uma verdadeira bolinha de fofura. Pega seu celular encima da cabeceira da cama e registra aquele momento.

Se direciona ao closet e tira de lá uma calça moletom preta e uma regata cinza volta a cama se deitando ao lado do menor que instintivamente se aninha novamente ao peito do moreno, abraçando seu tronco e a cabeça sobre seu peito. Ali eles ficaram até ser acordado por  Guibysom batendo a porta avisando que o jantar já estava a mesa. Pac já estava sentado na cama olhando os dois na porta..

-Obrigado Guibysom, já vamos descer. -o homem assente e se retira do quarto do "casal"

-Já vamos jantar? 

-Sim, ou você prefere comer aqui? Se quiser eu peço pra trazerem até você.. -o homem tenta de todas as formas o menor que acaba exagerando um pouco..

-Mike não precisa, não tem necessidade eu desço com você.. -disse com um sorriso fazendo o moreno assentir e sorrir junto a ele..

-Desculpa..é que...-ele tenta arranjar palavras mas se perde no meio de todas elas.

-Hey, ta tudo bem! Eu sei você só se preocupa de mais querendo me da atenção. -o menor diz abraçando o pescoço do moreno.

-Tudo bem..amanhã podemos ir passear, meu dia de folga. Que tal irmos nó shopping ou alguma outra coisa.. -o moreno indagou esperando a resposta do menor.

-Adoraria, mas podemos passar na minha casa primeiro, quero tanto ver minha mãe. -o menor disse ainda abraçado com o moreno que se separou do abraço para poder olha-ló melhor repousando suas mãos grandes em cada ado do rosto do garoto.

-Podemos sim.. -disse acariciando as maças do rosto de Pac, que se encontravam coradas- Então vamos jantar? -o pequeno assente.

Na mesa, um de cada lado da extremidade da mesa negra de vidro, troca de olhares, sorrisos jogados de um para o outro e lembranças de suas últimas noites juntos. Quando tudo aconteceu, quando Mike o desejou, quando Pac se sentiu desejado e amado pela primeira vez. Quando ambos sentiam ambos os toques alheios e apenas ouvindo seus corpos e gemidos falando por si só.. A noite se encerrava como as duas últimas que Pac passaria ali com o namorado. Comendo pipoca, assistindo filme e Mike tomado um bom vinho de sua adega particular e por fim Tarik sendo carregado até o quarto.

A manhã seguinte se inicia, Pac sendo acordado pelos primeiros raios de sol em NY enquanto Mike já apreciava aquela cena dia após dia sem se cansa daquilo. Aos pés da cama uma bandeja, tulipas azuis, torradas, suco de laranja, geleias e frutas. Pac apenas olha o moreno, iluminado pelos raios fracos de luz, que lhe dá um sorriso e volta sua atenção para avista. Enquanto Pac comia Mike se aproxima e tenta rouba um dos morengos, mas ganha um tapinha na mão..

-Unun, são meus! -Tarik exclama a Mike que ri do menor.

-Só um vai.. -o moreno suplica e é negado- Quanta maldade! -ele fica indignado, fingindo um drama.

-Tá só um pedaço.. -Pac leva a fruta até o mesmo que estava de joelhos entre suas pernas, quando a fruta aproxima do boca do moreno ele a puxa de volta mordendo um pedaço generoso da mesma que logo escorre dos lábios do mesmo. Mike indignado sorri malicioso para o mesmo, vê o liquido vermelho escorre pela lateral da boca do menor e logo lambe a pequena gota doce beijando em seguida os lábios de Pac. Sentindo de imediato o mesmo corresponder e o sabor da fruta invadindo sua boca, Tarik logo invade a boca do moreno com sua língua, havia uma certa voracidade, desejo e necessidade de ambas partes, tornando o momento mais prazeroso!

-Vai me negar mais um pedaço? -o moreno se separa ofegante, tarik nega e coloca em sua boca mais uma fruta mas dessa vez uma uva. Mike sabia que era mais uma provocação, de imediato ele morde a fruta, há dividindo em duas partes, uma pra cada boca. tarik puxa o moreno que esta sobre si, aprofundando o beijo.

-Se isso...-o menor tenta regularizar a respiração- ...acontece de novo...eu nego. -disse com um sorriso malioso brincando em seus lábios.

-Então quero que me negue todos os dias..


Notas Finais


Bom Cometem! É SÉRIO COMENTEM '-' deixem sua opiniões. Sorry qualquer erro e Bjss do Gui e Fuii!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...