História Mitw-Monte Castelo - Capítulo 87


Escrita por: ~

Postado
Categorias Felipe "Febatista" Batista, Felipe Z. "Felps", João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Lucas "Luba" Feuerschütte, Lucas "T3ddy" Olioti, Rafael "CellBit" Lange
Personagens Felipe "Febatista" Batista, Felps, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Lucas "LubaTV", Lucas Olioti, Rafael "CellBit" Lange
Tags Cellps, Drama, Escola, Jvtista, L3ddy, Mistério, Mitw, Romance, Youtubers
Exibições 338
Palavras 3.030
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Ecchi, Escolar, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Fala galera!
sentiram saudade?
eu sei que sim...
enfim...
esse cap é MUITO polêmico...
por quê?
bem,esse cap tem lemon (yey) porém é com uma escrita bem diferente do que vocês estão acostumados à ver por aqui...
tá com muita baixaria,então se você deseja manter a sua inocência (mesmo que eu saiba que de inocentes vocês não tem porra nenhuma) recomendo fortemente que não leiam esse cap,porém se vocês estão pouco se fudendo,leiam por sua conta e risco...
ah!
eu fiquei fora esses três dias porque eu não consegui usar o notebook que eu escrevo nesse tempo,então ficou muito difícil de escrever...desculpa gente...
enfim...
tomem cuidado...

boa leituraS2

Capítulo 87 - Happy Birthday Felps parte 1-nunca mais me provoque...


~~~~(POV CELLBIT)~~~~

Os dias passam,agora tudo está melhor...

Lucas veio junto com o luba pedir desculpas pra nós por tudo que ele disse...

Não me julguem,mas eu ainda não confio nele...

Enfim,tudo tem estado bem,não tivemos mais brigas e estamos conhecendo os novos integrantes do grupo...

Mike-e você luba,qual a sua piada favorita?-Mike pergunta após outra sessão de risadas enquanto perguntamos uns aos outros as nossas piadas favoritas.

Luba-bem,tem uma que eu gosto muito...havia um garoto chamado Bob,Bob não tinha braços...toc,toc.

Todos-quem é?                                    

Luba-não é o Bob...-ele diz e todos nós rimos da piada infame.

Lucas-se você riu você vai pro inferno...

Cellbit-mas você também riu...-eu digo ainda rindo.

Lucas-é,eu sei...

Jv-e você Lucas,qual a sua piada favorita?

Lucas-bem,eu tinha um cachorro chamado "pra dentro",eu dia eu falei pra dentro pra fora! Aí ele Bugou e morreu... -ele e nós todos rimos...-bem,foi tudo muito divertido,mas eu tenho que organizar alguns livros no quarto,tchau gente...-ele diz se levantando,mas enquanto se levantava ele acabou derrubando um livro.

Luba-deixa comigo...-luba diz e eles dois descem ao mesmo tempo e suas mãos se encontram no livro,eles se olham por alguns segundos.

Lucas-o-opa...desculpe...-ele diz e se levanta.

Luba-tudo bem...-luba diz e Lucas vai embora...

Cellbit-você viu isso felps!?-eu digo após o Lucas ir embora.

Felps-ah eu vi cell,eu vi!-ele diz segurando as minhas mãos.

Luba-o que?-Luba pergunta e nós nos olhamos e rimos baixonho.

Cellbit-ele gosta de você!-eu digo em tom de comemoração.

Luba-O-O QUE!? V-VOCÊS ESTÃO MALUCOS!?-Luba diz estupefato.

Felps-cara ele tá tão na sua...-felps diz nos fazendo rir.

Luba-vocês usaram drogas ou o que?

Cellbit-ah qual é luba? O jeito que vocês se olharam...

Felps-como ele ficou nervoso depois do ocorrido...

Cellbit-a maneira como as mãos de vocês se encostaram no livro...

Cellbit & Felps-foi tãããão romântico...-eu e felps dizemos ao mesmo tempo.

Luba-sério,vocês dois tem problema...primeiramente (N/A-fora temer) ele não faz o meu tipo e segundo (N/A-Vasco da Gama) ele é hétero gente,somos só amigos...-luba diz tentando se defender.

Cellbit-eu e o felps éramos só amigos,se olha só onde chegamos...-eu digo e ele engole em seco.

Felps-olha,todos percebemos que você gosta dele,e cara ele tá tão na sua...

Luba-*suspiro* eu sinceramente não sei de onde vocês tiram essas ideias de giríco...-ele diz e sai da mesa nos deixando lá rindo igual a dois idiotas...

####QUEBRA DO TEMPO####

Depois de um tempo nós voltamos ao quarto,eu estava esperando felps sair do banho enquanto mexia no facebook pelo celular até que eu vi uma coisa interessante...

"O aniversário do felps é depois de amanhã! Por que ele não me disse nada!?"-eu penso enquanto vou pro Whatsapp.

~~~~(Whatsapp on)~~~~

----(carregar mensagens anteriores)----

Mike-boa noite

----(hoje)---

Eu-mikhaé eu te invoco e conjuro

Mikhael dos links-o que foi cell?

Eu-eu vi no face que o níver do felps é depois de amanhã!!!! (Emoticon de surpresa)

Mikhael dos links-sim...é sim....

Eu-porra obg por ter me avisado!!! (emoticon bravo)

Eu-se eu soubesse teria feito uma surpresa pro meu namorado...

Mikhael dos links-desculpa...

Mikhael dos links-é que a gente não fala muito sobre o aniversário dele...

Mikhael dos links-não é digamos uma data muito comemorativa pra ele...

Eu-por quê?

Mikhael dos links-olha...eu sei que vcs são namorados e tal,mas eu acho que tem que ser da parte dele te contar...é algo muito pessoal...

Eu-entendo...obg por me informar.

Mikhael dos links-de nada.

~~~~(Whatsapp off)~~~~

"Mas o que será que houve no aniversário dele pra ser tão traumático...?"-eu penso enquanto desligo o telefone e vejo felps sair do banho...

Felps-o que você quer fazer cell...? Eu tava pensando de a gente pegar um cinema,o que você acha?-ele diz enquanto seca o cabelo com outra toalha.

Cellbit-quando é o seu aniversário felps?-eu pergunto e ele para na hora,provavelmente surpreso pela pergunta inesperada...

Felps-por que quer saber?-felps diz voltando a secar o cabelo.

Cellbit-ora felps,eu sou seu namorado,tenho direito de saber quando o meu namorado nasceu ué...

Felps-b-bem...meu aniversário é depois de amanhã...-ele diz e desvia o olhar.

Cellbit-e por quê você não me contou!?-eu pergunto enquanto ele começa a se vestir.

Felps-olha...se possível eu não gostaria de falar sobre isso...-ele diz de costas pra mim enquanto veste a camisa.

Cellbit-tá...eu apenas achava que você confiava em mim...-eu digo com uma voz cabisbaixa.

Sim,eu fiz chantagem emocional com ele,é daí? Eu preciso da informação...

Felps-*suspiro* não é isso...eu só não gosto do assunto entende...?-ele diz se virando pra mim.

Cellbit-tá...claro...-eu digo cabisbaixo não olhando pra ele.

Felps-não fica assim comigo Rafinha...-ele diz chegando perto de mim e me abraçando de lado.

Cellbit-tudo bem...se você não quer contar o problema é seu...- eu digo simulando uma raiva no falar.

Felps-tá...você quer saber o que é?-ele diz e eu acabo soltando um sorriso sem ele ver.

Nyehehehehe clebinho gameplays sempre consegue o que quer...

Felps-bem...se lembra da minha irmã?-ele pergunta e eu assinto com a cabeça-lembra que ela foi embora depois da morte dos meus pais?-ele pergunta e eu assinto novamente-então,ela foi embora no meu aniversário...desde então nós não temos mais contato...-ele diz cabisbaixo e eu vejo que ele começa a chorar baixinho...

Cellbit-ai merda,desculpa te forçar a falar sobre isso...-eu digo enquanto o abraço sentindo as lágrimas molharem o meu ombro...

Felps-eu sinto muito a falta dela cell...eu nunca me perdoei por tê-la deixado ir...eu sei que ela consegue se cuidar mas...sei lá...eu sinto a falta dela...-ele diz começando a melhorar...

Cellbit-se você pudesse.você gostaria de vê-la novamente...?-eu pergunto fazendo cafuné nos cabelos dele enquanto ele assente com a cabeça ainda escorado no meu ombro.

Felps-eu faria qualquer coisa pra poder vê-la de novo...

Cellbit-ok...você disse que queria ver um filme?-eu pergunto e ele sai do meu ombro.

Felps-agora eu perdi a vontade de sair...vamos ver aqui mesmo alguma coisa...-ele diz se ajeitando na cama.

Cellbit-quer assistir o que?

Felps-que tal doctor Who?-ele diz e eu abro um sorriso.

Cellbit-você me conhece tão bem...- eu digo terminando com um beijo...

~~~~(POV FELPS)~~~~

####QUEBRA DO TEMPO####

Eu acordo mas não sinto o Cellbit ao meu lado,eu tateio a cama procurando por ele,mas nada....

Logo eu abro um olho e procuro por ele.

Bingo! Ele estava mexendo no PC em cima da escrivaninha,parecia concentrado...

Eu me levanto da cama e coço os olhos enquanto chego perto dele.

Felps- bom dia...-eu digo entrelaçando meus braços em volta do pescoço dele,ele se assusta e fecha o notebook com uma certa rapidez.

Cellbit-PORRA FELIPE! VAI ASSUSTAR A SUA MÃE FILHO DA PUTA!-ele diz colocando a mão no peito por causa do susto.

Felps-NÃO XINGA MINHA MÃE NÃO!-eu digo gritando com ele.

Cellbit-desculpa...foi o susto...-ele diz voltando a respirar mais calmamente.

Felps-tá...por que tanto medo?O que estava pesquisando?-eu pergunto e ele desvia o olhar.

Cellbit-n-nada...-ele diz juntando as mãos,ele sempre faz isso quando está mentindo...

Felps-rafael...-eu digo virando a cabeça mostrando a minha desconfiança.

Cellbit-oxi felps,não confia em mim?-ele diz e faz biquinho.

Felps-não,você está escondendo alguma coisa...-eu digo com um sorriso e ele segue.

Cellbit-se você diz...-ele se vira e continua mexendo no computador.

Felps-e ai? O que está fazendo?-eu pergunto.

Cellbit-nada demais...soube que estreiou o filme do meu livro favorito e estou a fim de ver...-ele diz e eu vejo que ele realmente estava num site de shopping.

Felps-legal,vamos ver então-eu digo e ele para de digitar.

Cellbit-você nem sequer leu o livro felps,como planeja entender o filme que é baseado no livro?-ele pergunta se virando pra mim.

Felps-ah você me explica,a gente dá um jeito...pipoca não tem pé e dá seus pulos...-eu digo o abraçando pelo pescoço novamente.

Cellbit-não felps,eu quero ir sozinho...-ele diz e eu paro as carícias nele o soltando.

Felps-por quê?-eu pergunto tristonho.

Cellbit-eu só quero um dia pra mim entende?Quero assistir um filme que EU gosto sozinho...é pedir demais!?-ele pergunta começando a se alterar.

Felps-não...tudo bem então...desculpa querer passar tempo com você...-eu digo e volto pra cama me cobrindo de novo enquanto ele suspira.

Cellbit-desculpa felps...-ele diz e se deita ao meu lado.

Felps-...-não digo nada nem mudo de posição.

Cellbit-felpopito não fica bravo comigo não...-ele diz com a voz fofinha.

Felps-...

Cellbit-felpeeesss-ele diz agora com a voz mais sensual,ok,agora eu estou prestando atenção-você tá carente tá...?-ele diz e começa a passar a mão por debaixo da minha camisa.

Felps-...-continuo sem falar nada,quero ver até onde isso vai...

Cellbit-já faz um tempo desde que a gente não “se diverte” um pouco não é...?-ele pergunta com a voz sensual enquanto continua me acariciando por debaixo da camiseta até que a mão dele vai até o meu membro e o aperta ainda por cima da bermuda me fazendo soltar um gemido tímido-oh! Parece que alguém gostou...-ele diz começando a acariciar meu membro me fazendo soltar não um,mas vários gemidos que eu tentava segurar,sem sucesso...

Cellbit continua me acariciando e começa a me beijar no pescoço deixando várias mordidinhas fracas e alguns chupões de leve pra não marcar,ok,agora eu estava oficialmente gemendo mais alto...

Era estranhamente bom deixar ele no controle,geralmente eu sou o dominador da relação,mas ele até que tem jeito...

Cellbit-mmm alguém tá bem durinho aqui em baixo hein...?-ele pergunta dando outra apertada no meu membro me fazendo soltar um gemido mais alto,ele chega mais perto do meu ouvido-quer que eu dê um jeito nisso?-ele pergunta com um sussurro e morde o meu lóbulo da orelha me fazendo arfar...-se você quiser algo a mais é só pedir...-ele diz e eu desisto...ele conseguiu me fazer esquecer completamente a raiva.

Felps-c-cellbit...-eu digo e ele se aproxima.

Cellbit-sim...?

Felps-me faz gozar...-eu digo e eu o vejo dar uma risada soprada.

Ele se abaixa e tira a minha coberta me deixando exposto na cama,ele se posiciona com a cabeça acima do meu membro ainda coberto,ele começa a retirar a minha bermuda me olhando com o sorriso mais malicioso do universo,quando a primeira peça de roupa cai eu dou um suspiro de alívio,ele começa a tirar a minha cueca beeeem devagar fazendo parecer uma tortura,uma deliciosa tortura...

Quando a meu membro finalemente consegue respirar ele chega bem perto dele mas para por um instante.

Cellbit-o que você quer que eu faça agora daddy...?-ele diz com um sorriso inocente,mas eu sei que de inocente esse muleque não tem nada...

Felps-me chupa babby,me chupa bem gostoso...-eu digo correspondendo o sorriso malicioso dele.

Ele chega bem perto do meu membro me fazendo pulsar de ansiedade até que...

Cellbit-não...-ele diz com uma risada e sai de cima de mim me fazendo ficar com a maior cara de tacho.

Felps-como assim não!?-eu digo-Você me faz ficar duro e simplemente desiste no meio do caminho!?-eu digo ainda o encarando enquanto ele só fica rindo.

Cellbit-é,só pra te sacanear...-ele diz e eu fico muito puto.

“ok Rafael,chega de ser bonzinho...”-eu penso enquanto me levanto e vou até a minha gaveta pegar um “presentinho” pro cellbit,ele quer brincar? Então vamos brincar...

~~~~(POV CELLBIT)~~~~

Eu estava rindo pra caralho do jeito que eu fiz o felps se entregar pra mim,eu até gostei de dominar,mas ser dominado por ele é bem melhor...

Eu continuava rindo até de que de repente ele coloca algo na minha boca tapando-a me forçando a engolir seja lá o que isso é...

Quando ele solta a minha boca eu vejo um sorrisinho vitorioso no rosto dele.

Cellbit-QUE PORRA É ESSA FELPS!?TÁ MALUCO!?O QUE É ISSO QUE VOCÊ ME DEU!?-eu pergunto irritado,ele apenas riu e se sentou.

Felps-você já vai descobrir...-ele diz rindo e me olhando.

De repente eu começo a me sentir estranho...eu estava fora de mim...começo a sentir um puta desejo por sexo...era algo que eu nunca tinha sentido antes,eu começo a suar e a ficar muito exitado...eu só pensava em uma coisa...

“sexo,sexo,sexo”

Felps-o que foi cell? Se sente estranho?-ele diz rindo de mim enquanto eu suspirava de desejo.

Cellbit-f-felps...o-o que é i-isso...?-eu pergunto e começo a tirar a camisa por causa do calor que eu estava sentindo.

Felps-isso meu caro Rafael,é uma potente droga do sexo...eu não queria usá-la,mas você não me deu outra opção...você acha que é legal provocar o lobo na hora do sexo? Pois agora o jogo virou...o único meio conhecido de fazer o efeito passar é através de um orgasmo...mas advinha só,a cada segundo que passa a sensação só vai aumentar...então você terá que me implorar se quiser alguma coisa...é,eu sou muito malvado e vingativo...-ele diz com um sorriso no rosto.

“filho da puta ele me ludibriou!”-eu penso enquanto chego perto dele.

Cellbit-f-felp...!P-por f-favor...-eu digo me deitando perto dele.

Felps-por favor o que?-ele diz fazendo uma concha no ouvido direito.

Cellbit-me faz gozar...-eu digo e vejo-o soltar um sorrisinho vitorioso.

Felps-não...-ele diz e se levanta da cama.

Cellbit-F-FELPS!-eu chamos ele começando a tirar a minha bermuda junto à cueca sentindo o meu membro quase explodindo...

Felps-tá gostando hein? Tá gostando de ser provocado?Foi assim que eu me senti quando você ficou me provocando...legal né?-ele diz chegando perto de mim e penetrando um dos dedos na minha entrada,eu começo a rebolar nos dedos dele implorando por mais contato,porém ele rapidamente os tira de mim.

Cellbit-o que eu tenho que fazer pra você...-eu engasgo com a palavra...eu realmente não queria me entregar assim.

Felps-pra eu o que...?-ele diz massageando a minha entrada,mas sem me penetrar,eu engulo o orgulho e digo...

Cellbit-pra você me fuder...-eu digo e ele abre um sorriso vitorioso.

Felps-prometa que nunca mais vai me provocar assim...e implore...implore pro seu daddy te dar o que você quer...-ele diz começando a me beijar no pescoço enquanto sinto o membro dele encostar nas minhas nádegas.

Cellbit-eu prometo...por favor felps...-eu digo e ele estala a lingua três vezes no céu da boca em negação.

Felps-felps não,a partir de agora você só me chamará de daddy entendeu babby?-ele pergunta dando um aperto na minha bunda me fazendo arfar.

Cellbit-sim daddy...-me entregar...é só isso que eu faço...

Felps-ótimo...agora seja um bom babby e chupe o seu daddy...-ele diz e fica de barriga pra cima.

Eu não questiono e fico com a cabeça perto do membro dele começando a lamber apenas a glande dele que já gotejava com o pré-gozo.

Eu não tardo e começo os movimentos de vai e vem sentindo-o pulsar na minha boca a medida que eu me movimento intercalando entre chupar todo o corpo do membro dele e chupar só a glande.

Logo a mão dele se entranha entre os meus cabelos desfazendo o meu topete me forçando a ir cada vez mais fundo sentindo a sua glande batendo na minha garganta enquanto felps não segura os gemidos de prazer.

Felps-ah...babby...sua boquinha é tão...ah...tão gostozinha...-ele diz e eu o sinto pulsar mais uma vez na minha garganta.

Não tarda muito e felps começa a dar sinais de que já,já chegaria ao seu ápice,ele solta um gemido arrastado e me força mais uma vez na direção do seu membro enquanto despeja seu líquido dentro da minha garganta em fazendo engasgar um pouco...

Felp-muito bem babby...agora fica de quatro...-ele diz e eu arqueio as sombrancelhas.

Cellbit-não felps! Eu não gosto dessa posição,é muito humilhante...-eu digo e ele fecha a cara.

Felps-você me chamou de que?-ele diz me olhando no fundo dos olho-já disse que você só deve me chamar de daddy-ele diz sério.

Ele me coloca de quatro assim mesmo e dá um tapa estalado na minha bunda me fazendo soltar um gemido de dor,mas ao mesmo tempo de prazer.

Felps-então eu te pergunto de novo babby...você deve me chamar de que?-ele diz e deposita outro tapa.

Cellbit-AH...daddy...-eu digo me apoiando na cama como posso.

Felps-não escutei...-ele diz e deposita mais um tapa me fazendo ficar bambo.

Cellbit-AAHH...D-DADDY...-eu digo enquanto ele aperta a minha bunda.

Felps-isso...as regras são as seguintes,se você obedecer o seu daddy você será recompensado,senão,você será punido...entendeu babby?-ele diz e começa a me penetrar com o dedo me fazendo gemer de prazer.

Cellbit-s-sim...-eu digo e ele dá outro tapa.

Felps-sim o que?-ele pergunta colocando outros dois dedos.

Cellbit-S-SIM D-DADDY...AH...-eu digo enquanto gemo.

Felps-ótimo...agora eu vou te dar o que você quer...-ele diz e se posiciona roçando o seu membro na minha entrada enquanto eu tento,em vão,me impulsionar pra trás pra ter mias contato-calma babby...tá muito apressado...

Cellbit-p-por favor daddy...eu quero você...bem aqui...-eu digo e me exponho totalmente pra ele.

Felps-ai babby...-ele diz e me penetra com muita força me fazendo soltar um gemido bem alto...

Ele começa a me estocar fazendo a cama ranger enquanto nossos corpos colidem causando um barulho excitante pra caralho...

Eu continuo gemendo enquanto felps de vez em quando dá alguns tapas na minha bunda me fazendo gemer.

Felps-ah...babby...você é tão gostosinho...mm...-ele diz enquanto aperta a minha bunda.

A cada estocada eu me sinto nas nuvens,nunca pensei que podia me sentir com tanto prazer quanto naquele momento...

Com o passar do tempo ,felp...quer dizer daddy finalmente começa a me masturbar no mesmo ritimo das estocada que ele me dava me fazendo gemer ainda mais...

Cellbit-d-daddy...t-tá ...v-vindo...AH...-eu digo/gemo enquanto ele me penetra bem no meu ponto de prazer me fazendo ir as nuvens e voltar a cada estocada que ele me dava.

Felps-AH...e-eu também estou quase lá babby...-ele diz me estocando fundo e forte até que eu finalmente chego ao meu ápice na mão dele com um gemido arrastado.

Felps sai de dentro de mim excitado, ele pega a mão dele que estava suja com o meu líquido e começa a se masturbar até chegar no ápice dele despejando sobre a minha bunda...

Ele se joga no meu lado também cansado...tudo o que se podia ouvir naquele quarto eram as nossas respirações desconpassadadas...

Cellbit-caralho...-eu digo ainda ofegante.

Felps-é...

Cellbit-não sabia que você conseguia fazer isso comigo...

Felps-não sabia que você gostava de apanhar...-ele diz dando uma risada.

Cellbit-nem eu sabia que isso poderia ser tão bom...você é incrível felps...-eu digo me virando pra ele vendo o rosto suado dele,eu poderia arriscar e dizer que assim ele estava ainda mais bonito...

Felps-eu fiquei com medo de você não gostar da ideia...fiquei com medo de te machucar...

Cellbit-tudo bem...eu estou bem...

Felps-desculpa te drogar...-ele diz meio tristonho.

Cellbit-ei...-eu pego o queixo dele-tudo bem...foi divertido...-eu digo ele acaricia a minha mão.

Felps-pelo menos você aprendeu uma lição hoje...-ele diz e eu arqueio as sombrancelhas.

Cellbit-que lição?-eu digo aidna confuso.

 

Felps-que você nunca mais deve me provocar...e se o fizer...o castigo será pior...-ele diz e dá um último tapa na minha bunda me fazendo morder o lábio inferior de desejo...


Notas Finais


então foi isso,espero que tenham gostado!Se gostaram não se esqueçam de favoritar!É de graça!

esse cellbit e esse felps estão muito safadinhos...
bem,se vocês gostarem desse tipo de escrita comentem aí,e então eu faço os próximos lemons parecidos...

Dúvidas,sugestões,elogios,críticas,dúvidas sobre o autor e a fic perguntem aqui nos comentários
Bjs com sabor se brigadeiro <3


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...