História MiTW. Um dia na casa do Pac - Capítulo 6


Escrita por: ~

Postado
Categorias Felipe Z. "Felps", Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Felps, Mike, Pac, Rafael "CellBit" Lange
Tags Cellbit, Cellps, Felps, Lemon, Mike, Mitw, Pactw, Yaoi
Exibições 303
Palavras 1.033
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Não tenho notas... Não, pera, agora eu tenho hehe ( ゚▽゚)/

Capítulo 6 - Na casa do senpai parte quatro


                     POV PAC
*barriga roncando* Nyaa..  (´▽`) Preciso! Necessito! PIZZA!

— Mike..?

— Sim senpai? o (^‿^✿)o

— Vamos fazer aquela pizza logo! Eu to cum fomi! ٩( 'ω' )و

— Eu naum! U.U

— Também! Comeu todo o bolo! E nem deixou pra mim ;-;

— Hehehe... É que tava muito bom moçu.

— Ta.. Eu vo deixar passar desta vez. Pega a pizza, ta dentro do frezzer. — digo lhe apontando para o mesmo

Ele assente com a cabeça feliz e pega nossa pizza de dentro do aparelho. O sabor era quatro queijos (meu favorito ( • ̀ω•́ )✧ ). Lemos seguindo  as instruções e por fim, colocamos no forno

— Pronto! — diz Mike — Agora, a pior parte... Esperar! ;-;

— Poise! ;-; Vamos iniciar o trabalho enquanto isso.

— Que trabalho — pergunta intrigado

— '-' ta zuando que tu não lembra?

— Ahhh boooooomm! É sobre o que o bostrabalho?

— Sei lá, também não vi! kk

Fomos para o meu quarto, Mike me seguia, como sempre ƪ(˘⌣˘)ʃ

— Tira sa toalha de cima da cama cara! — Mike me diz

— HA! Mim obriga! U.U Ta até parecendo minha mãe ( ´_ゝ`)

Ele ri um pouco, e vai na direçao de minha cama e pega a toalha.

— Vem cá rápidão — ele me chama

— Que que é? — respondo-lhe indo em sua direção

Mal chego perto dele, que subitamente ele enrola a toalha em volta da minha barriga, prendendo os meus braços, e para piorar, ele dá um nó duplo ;-;

— E-ei..! — digo lutando para me soltar — Porque você fez isso seu chatu! ;-;

— Para você aprender a não deixar a toalha em cima da cama! U.U

Dito isso, ele me encara com um pequeno sorriso malicioso e vai se aproximando lentamente de mim. Eu vou recuando com receio de suas intenções. O que ele quer agora?

— Er... M-mi-ke..! O qu-que v-você ta fa-fazen-do..? — pergunto gaguejando

Ele apenas me ignora e vai se aproximando cada vez mais, e eu pelo contrário, apenas recuando receoso.

Até que me encontro encuralado, estava encostado na parede e ele na minha frente com o mesmo sorriso e olhar desejosos. Seu rosto estava muito próximo ao meu. Fiquei bem vermelho nessa hora. Podia sentir sua respiração lenta e quente. Ele deposita sua mão carinhosamente em meu rosto me acariciando levemente, o que me fez arrepiar. Meu coração batia mais rápido nessa hora.
Ele aproxima seu lábio junto ao meu e deposita um pequeno selinho. Se já não era bastante, ele deposita outro mais longo e doce, e então, pede passagem com sua língua. Eu a dou timidamente. Era a primeira vez na vida que eu beijava um homem. Ele explora minha boca com sua língua, enquanto isso, com a outra mão, pega em minha cintura e me puxa mais perto dele, para termos mais contato. O beijo vai se instensificando mais, e mais. Nossas línguas dançavam em perfeita sincronia. Nos separamos por um tempo, devido a falta de ar. Mas depois voltamos novamente. O beijo que era doce, se tornara feroz e necessitado. Vamos escorregando até o chão, sem pararmos o beijo. Mike retira o nó da toalha e a joga longe, com braços livres, passo-os em volta de seu pescoço. O beijo estava ótimo, admito que ele beija mil vezes melhor que a Maria. A mão que estava em meu rosto, ele vai descendo suavemente até o encontro de minha barriga. Ele vai removendo minha camiseta, separamos o beijo, então ele tira por completo a camiseta e a joga longe, revelando meu peitoral. Ele passa sua língua em meu pescoço, me fazendo arrepiar. Deposita um, dois, três beijos. Ele me dá uma mordida de leve, foi chupando a pele de meu pescoço, não doeu, mas eu sabia que ia ficar marca. Ele sussura com uma voz rouca em meu ouvido: "Eu sempre quis fazer isso...." fiquei mais corado do qie eu já estava. Ele volta a me dar chupões por toda a superfície de meu pescoço. Depois começa a massagear meus mamilos, o que me fez arfar e soltar uns gemidos baixos. Ele começa a lamber a ponta de meu mamilo esquerdo, aquilo era muito bom. Eu estava mais ofegante e querendo mais! Soltei um gemido mais alto quando ele mordeu meu mamilo. Feito isso, começou a fazer uma trilha de beijos lenta e carinhosa até o encontro de minha calça. Ele solta uma risadinha maliciosa e olha para mim. Eu estava com as bochechas pegando fogo, eu sabia o que ele queria. Tiro a blusa de creeper dele para ficarmos mais próximos um do outro. Ele deposita um beijo em cima de meu membro, que se encontrava dentro de minha calça ainda. Feito isso,uma pequena ereção começou a surgir em mim
— perfeito... — ele diz baixinho
Mike então, desabotoa minha calça e tira minha box preta. Assim revelando meu membro duro.

— o seu é grande... — ele diz olhando para mim, que já estava 100% corado

Ele começa lambendo minha glande, passando a ponta de sua língua pelo meu orifício urinal. Segurarava meu membro com a mão direira, até que começou a lamber o corpo pulsante dele. Minha sensação de prazer era tanta, que curvei mimhas costas para trás. Deixei muitos gemidos escaparem, que coloquei a mão em minha boca para abafar os ruidos, mas logo foi retirada

— Eu quero ouvir mais, seus gemidos são música para meus ouvidos — corei muito, muito mesmo essa frase

Já cansado de lamber meu membro, o abocanhou por completo. Soltei um gemido muito alto. Ele começou com movimentos  que iam e voltavam. Ia aumentando sua velocidade cada vez mais. Eu já sentia algo diferente

— Mi-mike..! E-eu.. V-vo-ou...

Mal terminei de falar, quando soltei todo o meu esperma em sua boca. Ele lambe o beiços de uma maneira sexy e engole tudo

— Eu amei seu gosto... — corei novamente, OMG ele é profissional em fazer os outros corarem #>.<#

Eu estava exausto, quando um cheiro que aparentava ser de queimado invadiu o quarto

— Perai... A PIZZA! — ele diz e sai correndo me deixando sozinho e quase nú no chão.


Notas Finais


Ta ai. Foi mal mas ainda não terá lemom Mhua ha ha ha há. Não tive tempo pra revisar ( de novo)
Beijos da tia aki (´°̥̥̥̥̥̥̥̥ω°̥̥̥̥̥̥̥̥`)


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...