História Mocha Coffee - { JiKook } - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bts, Jikook
Visualizações 90
Palavras 1.855
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Romance e Novela
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Desculpa a demora ;-;

Comentem bastante, sim? -^^-
Me dediquei fazendo um capítulo bem maior!

Boa leitura~

Capítulo 16 - S o K i s s a b l e


Fanfic / Fanfiction Mocha Coffee - { JiKook } - Capítulo 16 - S o K i s s a b l e

- Está tudo bem. - Murmurou para si mesmo, soltando um suspiro nervoso - É apenas o JungKook. Não tem motivo pra ficar nervoso assim, Jimin.

Tinha acabado de chegar na frente da faculdade. Estava tão nervoso que roia as unhas até o talo. Não entendia o motivo de tanta euforia apenas por encontrar alguém. E porque diabos seu coração batia feito louco?

- Jimin? - Ouviu seu nome ser chamado e deu um pulo, assutado.

Olhou para trás e viu JungKook, que tentava conter a risada em uma tentativa falar. O maior explodiu em risadas.

- Você deveria ver o pulo que você deu. - Ele disse quase sem ar, rindo mais.

Jimin parou por um momento, sentindo que o tempo a sua volta havia paralisado e ali só existissem ele e JungKook. A risadado do maior aquecia seu coração e lhe causavam sensações tão novas mas tão boas. O som de suas gargalhadas entravam tão suavemente em seus ouvidos. Sentiu o ar escapar pesadamente de suas narizas e seu corpo inteiro se derreter por aquele sorriso.

- JungKookie, pabo! - Disse com um bico - Não ria de mim.

- Desculpe. - Disse, parando de rir aos poucos - Foi realmente muito engraçado.

- Não me assuste mais assim!

- Não foi minha intensão, juro. Você parecia distraído, mas não achei que se assustaria tanto.

- Tudo bem... - Disse com um bico

- E então? - Perguntou Jeon, colocando as mãos nos bolsos da calça preta - Vamos?

- Claro. - Murmurou, olhando as roupas que o moreno usava - Eu deveria... Usar algo mais formal?

Jimin usava um moletom azul e uma calça preta, bem simples. Já JungKook, usava uma blusa social Branca e uma gravata quase borboleta bonitinha.

- Não. - Negou sorrindo - Você não precisa, só eu.

- Que tipo de lugar seria esse? - Perguntou bem humorado.

- Verá em breve. - Pegou a mão de Jimin e a encaixou na sua, arrastando levemente o menor pela calçada - Não é muito longe.

Suas mãos se encaixavam tão bem que parecia que foram feitas uma para outra. Jimin as encarou juntas com o canto dos olhos e sentia que podia ser segurado assim por JungKook para sempre.

Jeon não estava muito diferente. Não ousava olhar para trás e ver as mãos juntas, mas sentir o toque da pequena mãozinha de Jimin na sua lhe dava a sensação de querer proteger o menor. E nunca tinha sentido isso.

E assim caminharam lado a lado por alguns minutos. É que isso era tão novo para os dois. Não que eles nunca tenham se envolvido amorosamente com ninguém, afinal ambos têm vinte anos. Mas eles ainda eram amigos, e esse tipo de aproximidade deixava ambos nervosos. Um sentimento novo que um sente pelo outro, mas nenhum dos dois sabem, então gera insegurança.

Sendo sincero, JungKook queria se aproximar mais. Não que Jimin não quisesse, porém ele é mais tímido. Mas o medo de estar indo rápido demais ou até mesmo fazendo algo que Jimin não queira, o deixa mais inseguro.

- Chegamos. - Disse, olhando o estabelecimento a frente dos dois.

- Um... Restaurante? - Perguntou ao ver o local.

Jimin confessou estar surpreso. Oras, porque um restaurante? Era simples e bonito, onde a cor branca predominava e tinha detalhes em Verde. Assim que atravessaram a porta e vidro da entrada, se deparou com um lugar simples mas aconchegante. Era bonito e feliz. ( Foto da Mídia )

Apesar de ser um restaurante, não havia necessidade de usar uma roupa tão formal quanto a de JungKook. Mesmo assim, não questionou mais.

JungKook o guiou até uma mesa, ainda segurando sua mão com firmeza. Escolheu a mesa mais no Centro possível e Jimin se sentou em uma das cadeiras. Assim pode ver a elevação de meio metro em madeira bem a frente de todas as messs. Concluiu ser um pequeno palco para música ao vivo, já que tinha um suporte pada microfone e um banco alto. Mais ao fundo do local tinham algumas prateleiras repletas de livros, deixando a atmosfera mais aconchegante. Não haviam muitas pessoas, poucas mesas estavam ocupadas.

Pegaram o cardápio e cada um pediu o que mais os agradava. Jeon disse que um novo empregado começaria semana que vem no café, o que seria muito bom para o ajudar.

Enquanto esperavam a comida apenas jogavam conversa fora.

.

Fazia um tempo que haviam terminado de comer e mais pessoas haviam chegado ao local, mas nada que o lotasse.

Do nada, JungKook se levantou e encostou a cadeira na mesa, passando as mãos pela roupa afim de arruma-las.

- Fique aqui que eu já volto, Okay? - Disse JungKook.

O mais velho apenas assentiu, confuso. Viu JungKook se afastar e adentrar em um lugar onde só funcionários eram permitidos e ficou mais perdido ainda.

Apoiou o queixo na mão e esperou uns dez minutos, enquanto fazia desenhos imaginários com o dedo na toalha da mesa se perguntando onde JungKook foi para demorar tanto.

Ouviu um som de violão e elevou o olhar, se surpreendendo com o que viu em cima do pequeno palco.

- Boa noite. Meu nome é JungKook e hoje eu vou cantar uma música para vocês. - Disse JungKook no microfone, fazendo uma breve reverência enquanto tinha um violão em mãos.

Lançou um breve olhar para Jimin, que tinham seus olhos vidrados no moreno. As luzes que estavam em cima dele, lhe caíam tão bem... O deixava mais angelical e bonito que o normal.

Depois disso nada mais disse. Se acentou no banquinho alto e ajeitou o violão e o microfone. Jimin só observava tudo, mais confuso que qualquer outro. JungKook já lhe disse que tocava violão, mas não em um restaurante. Nunca ouviu o maior cantar, então sentiu uma leve ansiedade.

Logo pode ouvir sua voz assim que ele começou a tocar o violão. Ela era suave, baixa e doce. Tão linda que realmente era música paras os ouvidos de Jimin, que apenas observou a expressão serena de JungKook ao cantar e tocar seu violão.

"Não diga nem uma palavra
Apenas me dê um sorriso

Ainda não consigo acreditar
Tudo isso parece que foi um sonho
Não tente desaparecer

Isso é real? Isso é real?
Você, você
Você é tão linda que tenho medo
Surreal, surreal
Você, você, você

Você vai ficar ao meu lado?
Vai me prometer?
Se eu soltar sua mão, você vai voar para longe
Vai desaparecer, tenho medo disso

Você vai parar o tempo?
Se esse momento passar
Como se isso não tivesse acontecido
Tenho medo disso, eu vou te perder

Borboleta, como uma borboleta
Como uma borboleta, assim como uma borboleta
Borboleta, como uma borboleta
Como uma borboleta, assim como uma borboleta"

(Quem acertar a música ganha um biscoito! Tá mais que fácil.)

Jimin não conseguia conter aquele sorriso involuntário que vinha toda vez que o maior cantava o olhando. A letra da música parecia se encaixar perfeitamente no momento, pois era delicada e tão suave quanto a voz de JungKook.

O maior terminou sua canção e se curvou, recebendo aplausos de todos do local, principalmente de Jimin. Agora o motivo de suas roupas fazia sentido.

Colocou o violão em um canto do palco e desceu dele, indo em direção a Jimin. Park iria falar algo, mas foi surpreendido quando JungKook pegou sua mão e o puxou para fora do restaurante em um pulo. Saíram do estabelecimento enquanto JungKook tentava puxa-lo o mais rápido possível sem correr.

Claro que receberam olhares de alguns clientes. Olhares preconceituosos. Mas estavam tão absortos no mundinho deles que mal percebiam a ignorância das pessoas a sua volta.

Mas JungKook percebeu isso de cima do palco.

Preconceito. Dois garotos, juntos. E, nossa, isso é tão revoltante para JungKook! No final, somos todos Amorssexuais. Ser hetero, Bissexual, Homossexual ou qualquer outra orientação sexual que optar, são apenas rótulos que as pessoas com mentes fechadas pecisam para entenderem uma coisa que não precisa ser entendida. Pois é amor. Amor não se entende, se sente, independente de gênero!

- JungKook, não podemos sair assim, não pagamos a conta! - Disse Jimin, tentando acompanhar o maior sem tropeçar nos próprios pés.

JungKook parou e se virou para olhar Jimin que tinha uma expressão mais confusão que nunca.

- Desculpa não te contar que também trabalhava lá. - Sorriu ladino - Uma vez por semana eu toco naquele restaurante. Então não se preocupe com a conta, eu me viro com ela depois.

Jimin assentiu com a cabeça, ainda meio perdido.

Estavam em uma rua deserta de Seul, onde tinham apenas as luzes fracas dos postes para iluminar e os faróis dos diversos carros que passavam.

- E... - Procurou palavras, encarando as duas mãos ainda juntas - Desculpa ter saído do nada de lá e te puxado junto. Bom, é que... As pessoas de lá estavam olhando feio pra você por estar comigo e isso me incomodou muito, de certa forma... - Encarou o chão.

- Elas... Estavam olhando feio pra mim? - Perguntou com confusão e tristeza, fazendo um biquinho triste involuntário.

JungKook deixou o ar escapar pelas narinas e os ombros caírem ao ver tal cena. A última coisa que queria era ver esse rostinho de Jimin.

Ele fica tão melhor sorrindo...

Deu um passo a frente a envolveu o pequeno em seus braços, aconchegado sua cabeça em seu peito, enquanto suas mãos pressionavam suas costas para que estivesse o mais próximo possível.

Jimin arregalou os olhos e se surpreendeu, sentindo uma das mãos do maior irem até seus cabelos, recebendo um carinho desajeitado.

Hoje foi um dia de muitas surpresas.

- Eu queria te tirar o mais rápido de lá, Jimin. - Disse JungKook, quase que como um sussurro. Sentia o cheirinho doce dos cabelos de Jimin invadirem suas narinas e se sentia mais relaxado, se permitindo fechar os olhos e aproveitar o momento com o pequeno - Você não merece receber nenhum desses olhares. São pessoas ignorantes, não se importe com elas, sim?

Se afastou o mínimo possível e segurou o rostinho de Jimin com as duas mãos, se abaixando um pouco para ficar da mesma altura. Jimin assentiu de leve com a cabeça, com um biquinho quase que inexistente.

Jeon não podia com aquilo. Não mesmo.

Ter Jimin tão próximo, lhe causava um misto enorme de sensações. Suas olhos eram atraídos apenas aos lábios cheinhos do menor. Trocavam olhares enquanto JungKook continuava a segurar seu rosto.

Foi o suficiente. Tomou a boca do menor para si, mas apenas encostaram seus lábios em um selinho demorado. Jimin levou as mãos até a lateral do torso do maior e JungKook desceu as mãos para seu pescoço, fazendo um carinho em seu maxilar com o dedão.

JungKook queria tanto provar aqueles lábios, ou até mesmo ter o mínimo de contato possível. Mas ele precisava, nem que fosse um selinho breve. Ah, ele necessitava! E eles se encaixavam tão bem nos seus que...

Ah, JungKook podia morar no beijo de Jimin.

Deram mais dois selinhos antes de se separarem. E, ah! Como JungKook queria provar aqueles labios de todas as maneiras que podia! Mas não podia.

Não queria assustar Park, mas dessa vez foi difícil de conter. Só aquele pequeno contato já era o suficiente para colocar um sorriso nos lábios de JungKook por uma semana.

- Me desculpe. - Sussurrou quase que inaldivelmente, ainda com os olhos fechados e com a testa encostada na de Jimin - Mas seus lábios são tão beijáveis...


Notas Finais


Olha, antes que me taquem pedras por ter sumido, EU FIZ ROLA BEIJINHO JIKOOK!
Então me amem :3

Confesso que não queria que rolasse beijinho agr, mas achei que tava demorando demais e blábláblá

Rolou? Rolou! Então aquietem a raba e esperem pacientemente o próximo!

Eles estão descobrindo mais coisas sobre o que sentem, PRINCIPALMENTE O KOOKIE AAAAA

Beijinhos JiKook pra vocês!

~Amanda


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...