História Moment like you - Capítulo 15


Escrita por: ~

Postado
Categorias Jack & Jack, Magcon
Personagens Aaron Carpenter, Cameron Dallas, Carter Reynolds, Hayes Grier, Jack and Jack, Jack Gilinsky, Jack Johnson, Jacob Whitesides, Mahogany LOX, Matthew Espinosa, Nash Grier, Nate Maloley, Personagens Originais, Sammy Wilkinson, Shawn Mendes, Taylor Caniff
Tags Jack Gilinsky, Magcon
Exibições 133
Palavras 1.441
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Hello hello.
Demorei, mas to de volta.
Boa leitura.

Capítulo 15 - Are you leaving LA?


Fanfic / Fanfiction Moment like you - Capítulo 15 - Are you leaving LA?

[...]

- Correio, correio, correio! - desci correndo e saí da casa correndo até a caixa de correio. Nem deixei o carteiro colocar a correspondência lá e peguei da mão dele - Valeu! - entrei correndo na casa - Não é minha, não é minha... Não é minha. Não é minha. Minha, minha e minha. - peguei 3 envelopes e o resto joguei em cima do Grayson.

- Abre logo. - papai falou. 

- Vão abrindo essas. - joguei duas para o Gray e para o Dylan e a outra eu mesma abri - O que diz aí? 

- Sim. - Dylan.

- Sim. - Grayson falou olhando a que ele estava segurando.

- E a última? - papai.

- Eu entrei na NYU também. - falei perdendo a animação.

- Parabéns! - Dylan me abraçou com a maior vontade da vida dele e Gray pulou em cima de nós. 

- Eu sabia. - meu pai disse me abraçando depois. 

- Por que você não parece feliz? 

- Porque eu acho que não tinha caído a ficha de que eu vou passar os próximos anos longe de vocês. - falei - E agora eu não sei pra onde ir. 

- Você sempre quis ir pra NYU. 

- Tudo bem, mas eu fui aceita na City University de Londres. E na Evergreen College. - falei. 

- E pra onde você vai? 

- Eu não sei. - sentei na poltrona da sala.

- Ouvi gritos e imaginei que fosse a resposta. - Luna disse vindo da cozinha.

- Ela foi aceita nas três. - Dylan.

- Que maravilha! 

- Mas eu não sei pra onde ir. - falei - E eu percebi que não quero ficar longe de todo mundo. 

- Meu amor, quando você voltar, estaremos todos aqui. - ela disse sorrindo. 

- Eu tenho que pensar. - suspirei - Mas eu passei nas 3! - falei sorrindo e comecei a pular. 

- Calma, tem mais coisa pra você. - Grayson falou separando as cartas e me entregando outra. 

- O que é isso? 

- Não sei. - Gray disse - Abre. 

Abri o envelope e comecei a ler. 

- O que é? - meu pai.

- Um convite da Valentino. 

- Pra quê? - Grayson.

- Eles viram as fotos na Teen Vogue junto com os meninos e querem me chamar pra conhecer o escritório deles em Nova York. Querem fazer umas fotos comigo, tipo um teste.

- Que dia, Katherine. - Dylan disse e eu ri.

- Você vai? - Grayson.

- Vou! Digo, não é todo dia que eu recebo um convite da Valentino pra viajar pra Nova York e conhecer o escritório deles. 

- Meus parabéns! - meu pai me abraçou.

Sam me ligou e me disse que precisava conversar. 

Fiquei mais de dois meses evitando os meninos, eu encontrava só o Jack, mas quando me chamava pra sair com os meninos, eu recusava. 

- Por que tão urgente? - abri a porta do quarto. 

- Porque a gente precisa conversar.

- Se for do Jack de novo, você já fez questão de deixar claro a sua opinião. 

- É sobre ele, mas é outra coisa. - disse.

- O que? 

- Ele te traiu. De novo. Quando a gente foi pra Vegas. 

- Uau. - sentei na cama - Eu sou muito idiota mesmo... - passei as mãos pelo rosto. 

- Desculpa. Mas eu precisei te contar.

- Foda-se ele. - falei suspirando - Espero que ele saiba que acabou. 

- Tá tudo bem mesmo? - colocou a cabeça para o lado.

- Tudo. É que eu to tomando uma decisão meio complicada agora.

- O que? - sentou na cama ao meu lado.

- Eu fui aceita na faculdade.

- Que sensacional! Qual? 

- Todas as que eu me inscrevi pra concorrer à bolsa. - falei.

- E você vai pra onde? UCLA? 

- Eu não me inscrevi nessa. - torci a boca.

- E qual outra em LA tem um curso bom de direito? 

- Eu não vou ficar em LA. - falei e ele perdeu o sorriso.

- Então vai pra onde? San Francisco? San Diego? 

- Eu fui aceita na City University de Londres, NYU e Evergreen College. 

- A mais perto delas é em Seattle. 

- Eu sei. Eu preferi assim.

- Você quer ir embora da Califória? 

- Eu acho que é uma boa opção.

- Não é uma boa opção. 

- Sam, eu vou voltar pra casa nos feriados, alguns finais de semana... Férias duas vezes por ano. E 4 anos passam rápido. Quando você piscar, eu vou estar voltando. - falei.

- Eu não acredito que você quer simplesmente largar tudo aqui e ir pra puta que pariu pra estudar direito, quando você tem uma das melhores faculdades de direito do lado da sua casa, Katherine.

- Sam. - me ajoelhei na cama e fiquei de frente para ele - É para o meu bem. - falei.

- Eu vou embora. - bufou e saiu do quarto batendo os pés. 

Respondi à proposta de ir para Nova York num e-mail que eles me pediram para mandar. Me arrumei, peguei as chaves do carro e saí. 

- Pra onde você vai? 

- Atrás do Jack, quer vir? - perguntei para o Grayson.

- Não. Vou sair com a Vic.

- Ok. Beijo. 

Fui até a casa dos Jacks, mas só encontrei Johnson, que me mandou entrar e disse que tudo bem se eu quisesse esperar por lá.

- Eu vou escrever um bilhete e já vou. Tenho que arrumar minhas malas. - falei.

- Vai viajar? 

- A Valentino me chamou pra ir conhecer o escritório deles em Nova York. Vou na quarta. 

- Parabéns. Mas tem certeza que não quer ficar? 

- Tenho. - suspirei e ele me deu um papel e uma caneta.

- Eu peço pra ele te ligar.

- Por mim tanto faz. - ri - Vejo vocês semana que vem. 

- Ei ei ei. - correu até a porta e a fechou - Não foge denovo. 

- Johnson... - choraminguei.

- Fugir de mim e dos meninos, não adianta.

- Tava funcionando muito bem.

- E o término? Por causa disso vai se abolir da face da terra de vez? 

- Ele me traiu. Denovo. - falei e me joguei no sofá.

- Desculpa por não te contar.

- Eu cansei de homens. Vou virar lésbica. - bufei e ele riu - Brincadeira. 

- E por isso vai fugir pra Nova York? O que é 1000 vezes pior que se enfurnar dentro da sua própria casa. - pegou uma long neck na geladeira, abriu e me entregou. 

- Nova York é só por uma semana... Londres e Seattle é o que vai fazer a diferença. - falei rápido e baixo e bebi a cerveja, antes que ele pudesse entender. 

- Londres e Seattle? Como assim? 

- Fui aceita na faculdade. - sorri - Yupi. 

- Em qual? UCLA? Mas o que Seattle e Londres têm a ver? 

- Fui aceita em todas que eu apliquei. 

- Parabéns! 

- E eu to pensando em ir pra Londres. 

- OI? - berrou.

- Ou Seattle.

- KATHERINE! 

- Pode ser Nova York... 

- PARA! 

- Eu vou, Johnson. - sorri fraco - Eu quero ir pra faculdade. Eu quero sair de LA. Quero me afastar, pelo menos por enquanto. Se eu voltar e tudo estiver bem, aí então, se vocês ainda gostarem de mim, a gente volta a se falar. 

- Não é se você voltar. - deu ênfase no "se" - Você vai voltar. Kath...

- Eu amo vocês, sério. Menos o Jack. Já o amei um dia, cansei depois da segunda traíção. - falei e ele riu - Só não esqueçam de mim que já já eu volto. 

- São 4 anos.

- Eu volto nas férias. 

- Não vou sofrer antes de tudo acontecer. - disse - Se for Seattle, é aqui do lado. 

- Isso. - sorri e Jack entrou.

- Oi, amor. - abriu um sorriso. 

- Eu vou embora. - falei me levantando - Depois a gente se fala. - disse ao Johnson. 

- Mas eu acabei de chegar. - Gilinsky disse se aproximando e tentando me dar um selinho, mas eu desviei e virei um tapa na cara dele.

- Eu fui idiota o suficiente pra te aceitar de volta da primeira vez. Você me trai denovo e espera que eu pague de boba denovo? - perguntei - Acabou, Jack. Vai viver a vida de solteiro propriamente. Não vou mais ficar no seu caminho. - falei e deixei a casa. 


Notas Finais


Gostaram? Deixem comentários.

QUEM VAI NO SHOW DO TAYLOR? VAMOS NOS ENCONTRAR, GALERA.

Me sigam no twitter @faithinjacks.
Beijos de caramelo xx.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...