História Momentâneo - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Namgi, Sugamon
Exibições 29
Palavras 379
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drabble, Drama (Tragédia), Shonen-Ai, Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Homossexualidade
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Essa história nunca seria postada, se não fosse umas pessoinhas ai....
Vocês me convenceram, uma certa pessoa por gostar das minhas histórias e as achar diferentes <3 e outra pessoinha um tanto pervertida mas que chama essa história de: " Crush do ônibus"
Agradeço por me convencerem e quem sabe eu poste as outras? :3

Capítulo 1 - Momentâneo


Passando o tempo escutando música é o que eu faço, o ônibus que eu pego cedo de manhã é meu lugar favorito para fazer isso. Naquele ônibus eu não escuto as reclamações e nem mesmo penso sobre sentimentos.

Eu nem mesmo desejo pensar sobre isso, é complicado. Talvez isso soe rude , mas eu sou rude ,então, eu não me importo com amor e nem mesmo com o gostar de alguém. Pode até mesmo parecer errado? Talvez.

Imagino se exista alguém igual a mim, provavelmente não. Todos se ocupam sofrendo por alguém, eu sou o errado por não sentir isso? Todos são estranhos.

Eu sou uma pessoa comum, que nunca amou ninguém. E nem deseja amar.

Dizem que amar nos faz completos, eu não penso assim. Eu sou completo sem amor eu me sinto feliz sem amor, eu não preciso de amor.

Eu sou rude?

Querem que eu namore, mas eu não quero. Eu gosto de ser sozinho, eu gosto de rir de coisas bobas, eu gosto de só ter meus amigos.

As vezes eu sou sozinho, mas eu não me importo.

Sentimentos são momentâneos, eu aprendi isso sozinho. A dor uma hora some, a tristeza uma hora some igual ao amor.

Nesses pensamentos, alguém entrou no ônibus. Ele era bonito e diferente , eu senti meu coração palpitar, ele olhou para mim. E naquela troca de olhares eu senti o amor. Foi bom.

Quando ele foi embora, eu fiquei triste.

E percebi que foi momentâneo , eu o amei por segundos. Assim como meus pensamentos foram momentâneos , snti vontade de segui-lo.

Não me arrependo do que fiz , não me arrependo de ter descido do ônibus as pressas e não me arrependo de segurar seu braço.

"Qual o seu nome?" Meu coração palpitou.

" Kim Namjoon, e o seu?" Ele sorriu, pela primeira vez eu entendi o gostar de alguém.

" Min Yoongi."

" Um belo nome, gostaria de falar o que?"

" Sabia que nem tudo é momentâneo?"

" Sabia."

" Eu descobri isso agora ."

" Apenas isso? Então eu te convido para sairmos."

"Eu aceito." Assim eu esqueci o ônibus e esqueci meus pensamentos lá.

 

Talvez o momentâneo não fosse tão ruim assim, e o amor não fosse uma realidade tão distante da minha.


Notas Finais


Essa história foi escrita a meses atrás, não sei se mudei, talvez sim.
Espero que tenham gostado ;D


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...