História Moments-Delena - Capítulo 22


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Vampire Diaries
Personagens Caroline Forbes, Damon Salvatore, Elena Gilbert, Stefan Salvatore
Tags Delena, Drama, Klaroline, Romance
Exibições 69
Palavras 1.531
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Hello my loves!!!

Como está seu dia??

Gente,esse capítulo tá cheio de surpresas e revelações, então preparem o core.

Pelo título, alguém está de volta, mas quem???

Só lendo pra descobrir!

ps.: me desculpem por qualquer erro, o capítulo n foi revisado.

Boa Leitura!

Capítulo 22 - I came back, love


Fanfic / Fanfiction Moments-Delena - Capítulo 22 - I came back, love

Moments – Capítulo 21

Tradução do Capítulo: Eu voltei, amor

 

Elena Gilbert

Uma semana tinha passado depois daquele acontecimento no escritório. Fico me lembrando todas as noites dos beijos, das caricias que Damon deu em mim, aquela noite tinha sido tão boa. Eu e ele nos entendemos, ele me prometeu que nunca mais iria me trair, que me amaria até o seu último suspiro. Depois de tudo o que passamos, sei que ele me ama de verdade e que eu também o amo, muito.

O único problema é que ultimamente sinto-me estranha,sentindo algumas dores no corpo. E as lembranças estão voltando aos poucos, alguns pequenos momentos que passam em minha cabeça durante a noite ou quando estou pensando. Quando passa as imagens em minha cabeça sinto que elas me preenchem, que preenchem meu coração e minha vida. E bom,isso é muito bom para mim.

Hayley adentra o meu quarto, seu semblante é confuso.

- Oi Hayley. Tudo bem com você? – pergunto me aproximando de minha amiga, que senta na cama suspirando.

Ela me encara e diz:

- Não... – responde baixo e lento – Elena, eu tenho que desabafar com alguém sobre algo que eu nem tenho certeza de como aconteceu... Por favor não conta pra ninguém! – pede e eu assento a cabeça preocupada. – Bom, quando fomos naquela balada para animar você, eu e o Stefan conversamos,dançamos e bebemos bastante. E depois disso ele começou a falar que gostava de mim e que queria que eu fosse mais que uma amiga para ele e eu como estava completamente bêbada aceitei, bom eu acho que foi um sim, pois eu o beijei. E quando eu vejo, estou em sua casa, na sua cama, com as roupas dele e não me lembro de nada do que aconteceu naquela noite depois que nos beijamos. E eu não sei o que fazer. – ela suspira. – Stefan e eu não nos vimos depois daquela noite e ele não me ligou ou me visitou. – Hayley fala enquanto sacode os braços para um lado e para o outro, o gesto demonstrava que ela estava nervosa e desesperada.

Seguro os seus braços colocando-os para baixo. Fazendo Hayley me encarar.

- Hayley não fique nervosa, você não tem que se preocupar. Stefan não iria fazer nada que você não queira, nem mesmo se vocês dois estão bêbados ou “juntos”. – lhe informo e ela se acalma um pouco, mas sei que por dentro está aos nervos. – Por que não marca um encontro com Stefan para esclarecerem todas as dúvidas? – dou a ideia.

- Talvez. Ainda não sei, vou pensar mais sobre esse assunto. Muito obrigada Elena, te peço que guarde esse segredo até que as coisas fiquem esclarecidas. – pede e eu concordo com a cabeça.

Não irei contar a ninguém sobre a nossa conversa, entendo Hayley, ela está assustada, não sabe o que aconteceu.

Segundos depois sinto uma ânsia de vomito, e quando vejo, o meu café da manhã – digerido – esta no chão.

Hayley se levanta e vem perto de mim, me ajudando a levantar e ficar com a coluna reta.

- Elena! O que foi isso? – Hayley pergunta preocupada indo em direção ao banheiro e na volta trazendo um pano para eu limpar minha boca.

Limpo-a e respondo Hayley, um pouco confusa:

- E-eu não sei. Ultimamente eu estou me sentindo assim, desde que eu e Damon ficamos. – digo olhando para o chão, tentando achar o sentido de eu estar assim.

Encaro Hayley, a mesma arregala os olhos e exclama surpresa:

- Vocês dois transaram? – pergunta boquiaberta e eu faço sim com a cabeça confusa. – Quando foi isso?

- Eu não te contei? – ela nega – Hum, esqueci. – dou uma risadinha baixa e volto ao acontecimento de agora – Ãhn, eu não sei o porque de eu estar assim. Nunca me aconteceu isso.

- Elena. – a encaro e ela sorri, abre um sorriso largo. – Você só pode estar grávida!

Arregalo os olhos. Como assim grávida?

- Não, não. Talvez eu só esteja um pouco mal, mas não sei se é isso Hayley. – digo e houve um minuto de silêncio.

Aproveitei esse minuto para pensar na possibilidade de eu estar grávida, depois de tudo o que aconteceu entre mim e Damon, isso seria uma grande surpresa para nós dois. Aliás, sempre sonhei em ter um filho, alguém para eu cuidar, brigar, amar, para ser meu e de Damon. Mas sei que não devo me iludir com isso, pois se isso não acontecer, em outro momento eu vou querer e ainda mais.

- Vou marcar um médico logo. – digo me arrumando. – Mas Hayley não conte para Damon, não quero que ele crie esperanças e se eu não estiver grávida as esperanças dele vão por água a baixo. – lhe peço e ela assenti.

Damon ficaria muito magoado e eu também se não for o que eu penso que é.

(...)

Hayley Marshal

Sei que Elena tinha razão em relação ao Stefan. Ele não abusaria de mim em um momento que eu estou indefesa e bêbada . Só sinto medo de machucar os sentimentos dele, nem eu sei o que sinto por ele e ainda tem Elijah que está de volta à cidade para me infernizar. Aquelas ameaças que ele me disse não me assustavam, mas me preocupavam.

Flashback on

- Falando no Diabo. – digo irônica e ele se aproxima.

- Olá Hayley sentiu minha falta? – Elijah pergunta com um sorriso convencido no rosto.

Gargalho alto e ele fica sério.

- Nem um pouco, meu querido. Você nem fez falta, aliás quem é Elijah Mikaelson? – me pergunto, fingindo-me de desentendida. Elijah me segura o meu braço com força e me puxa para um canto da rua – um beco. Solto um grunhido e tiro sua mão de meus braços com força. – O que está fazendo aqui Elijah?

Ele suspira e faz uma pose de cansado e eu reviro os olhos.

- Hayley,eu estou aqui para levá-la para casa, pensei que já soubesse disso, por que mais estaria aqui?! – diz em um tom irônico. O seu jeito de falar me dava raiva.

- Ah sim, minhas malas já estão prontas papai! – digo irônica e depois aponto o dedo indicador para ele. – Você acha que é quem? Eu e você terminamos, você me traiu com a vadia da Katherine, você disse que a amava na minha cara Elijah! E agora esta aí me mandando, achando que é meu dono, mandando-me ir para casa. Ah por favor, chega de criancice Elijah. Eu quero o divórcio a tempo, mas você fica enrolando o tempo todo. Se você esta com Katherine não vou lhe impedir, só não atrapalhe a minha vida, pois você já não faz mais parte dela. – termino por fim e vou saindo do beco, mas Elijah agarra meu braço novamente.

- Katherine só queria o meu dinheiro, ela não me amava... – diz depois de um momento e eu me calo por um instante, pois não sabia o que dizer. – Mas você o ama? – pergunta e eu franzo a testa.

Amar a quem?

- Quem? – pergunto confusa.

- Hayley querida, eu não vou lhe dizer. Você mesma tem que saber, pois bem, você acabou de sair da casa dele. – Elijah me informa, então entendo a sua informação.

Stefan. Ele queria saber se eu amo Stefan. Porém eu não posso respondê-lo, pois não sei o que sinto.

- Ainda não sei a resposta para essa pergunta, mas sei que ele é muito importante para mim. E é mil vezes melhor do que você, mais do que você jamais foi Elijah. – respondo-o e ele aperta o meu braço mais forte com raiva, mas eu me solto. Assim colocando a minha outra mão no lugar que logo ficaria vermelho. – Agora com licença e até nunca mais Elijah!

 Começo a andar, mas no caminho ouço um aviso de Elijah:

- Quem tal um “ até logo?”, pois ainda te verei muito, Hayley. – exclama alto, já estava longe. Com esse seu aviso eu fiquei com mais raiva dele.

Não vou deixar Elijah atrapalhar minha vida.

Flashback off

(...)

Damon Salvatore

Depois de sair da empresa, pensei em ir para casa, mas só pensava em Elena e nossa noite maravilhosa. Agradeço a Deus por ter me perdoado, a amo muito e a promessa que eu lhe fiz será comprida.

Quero muito ver Elena, saber como está. Até pensei em ligar para ela, mas não seria a mesma coisa.

Quando vejo estou no meu carro dirigindo em direção a sua casa.

Sinto saudades, muita saudade.

Ouço meu celular tocando, só podia ser Elena. Atendo-o:

- Oi amor. – digo, mesmo sem saber quem é. Pois bem só podia ser Elena.

Ouço uma risada baixa na outra linha.

- Oi meu amor. – a voz era fina, mas não igual de Elena, mas sim de outra pessoa.

- Katherine.exclamo assustado. – Como...

- Oh Damon, você não sabe de nada meu querido. Achou que eu tinha morrido? Pois bem então, eu voltei dos mortos.

Só consigo ouvir a gargalhada de Katherine e sinto o impacto do meu corpo sendo jogado para fora do carro, meu corpo cai no chão – na calçada – e meu carro capota. Minha última visão foi de uma mulher morena vindo em minha direção e dizendo:

- Cuidarei de você, amor.


Notas Finais


AH MEU JESUS

A BITCH KATHERINE VOLTOU! MAS POR QUE???

Bom, pelo que parece ela tem algum passado com o Damon e tinha um passado com o Elijah tbm?! What?!

E a Elena acha que está grávida, será?????

Elijah voltou, Hayley n sabe oq sente pelo Tefinho, ameaças, acidente, Kath voltou!

DEUS

Galera comenta ai o que acharam, deem opiniões, gostarei mtooo.

Até o próximo capítulo gente!

Beijos! ♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...