História Monster - Capítulo 26


Escrita por: ~

Postado
Categorias Big Bang, EXO
Personagens Baekhyun, Chanyeol, Chen, D.O, D-Lite (Daesung), G-Dragon, Kai, Kris Wu, Lay, Lu Han, Sehun, Seungri, Suho, T.O.P, Taeyang, Tao, Xiumin
Tags Abo, Baekyeol, Gdyb, G-ri, Hunhan, Kaisoo, Sebaek, Sulay, Taoris, Xiuchen
Exibições 877
Palavras 1.082
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Famí­lia, Fantasia, Lemon, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Gravidez Masculina (MPreg), Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Eu fiz esse capítulo escutando muitas músicas, algumas partes são realmente letras de música que eu complementei por que achei que combinavam :)

LEIAM O CAPÍTULO ESCUTANDO BABY DON'T CRY, PROMISE OU MIRACLES IN DECEMBER POR FAVOR.

Capítulo 26 - Primeiro Amor


3 Anos Depois

Chanyeol On

O mesmo dia, a mesma lua.

24 horas por dia.

7 dias da semana.

Tudo se repete.

-Oi meu amor, como você está hoje? Eu tenho tantas coisas para te contar...eu me sinto um pouco melhor hoje, mas me desculpe por não vir, eu não consigo ficar nem mais um minuto com você, se eu tivesse te xingado, pelo menos estaria me sentindo melhor. Eu continuo te chamando mas apenas os ecos voltam para mim, estou lutando para aguentar isso sozinho, mas mesmo quando eu respiro, eu te vejo. Você tirou as estrelas da noite, o sol do dia e a única coisa que sobrou foi o céu nublado e a escuridão, me pergunto quem você é para me fazer ficar tão lamentável?

Seu corpo continuava imóvel, o mesmo rosto, ele não tinha mudado em nada, tinha os cabelos rosados e o rosto pálido. Baekhyun não tinha despertado, em três anos e eu não tinha mais forças para existir, desistia das coisas todos os dias, eu desistia de viver.

-Eu bebi ontem também, ficar sóbrio é difícil para mim, eu não posso fazer nada, ficar sóbrio é a coisa que eu mais odeio por que eu não posso ir dormir sem você, o tempo está lento pra caralho e eu envelheço vivendo como um morto. Todos os dias me pergunto, por quê? Por quê você me abandonou sem dizer nada? Sem você, eu tenho medo de tudo, da noite escura e do mundo frio, é muito difícil para mim e eu fico jogado neste lugar esperando por você, eu devo ser idiota, minha vida parou, como se o tempo tivesse parado para mim e eu não tivesse coragem de me levantar.

Respirei fundo e o encarei, no início eu não conseguia sair de perto do Baek, mas com o tempo, eu não conseguia passar muito tempo perto dele e vinha apenas uma vez por semana.

-Graças à você, tudo virou um fracasso para mim, não existe mais aquela imagem do passado em que eu costumava sorrir, aquele Chanyeol não existe mais, eu não sei se acredito no amor agora, o amor é uma piada para mim, meu coração foi esmagado, o destino ou seja lá o que for, me tirou você e não existe amor além disso.

-Você continua tão lindo Baek. -Pousei minha mão em seu rosto, deslizei por toda a extensão. -Fazem três anos que não vejo seus olhos, que não escuto sua voz, fazem três anos que eu não sei viver. Eu tentei ficar forte por nossos meninos, eu queria você aqui quando eles nasceram, eles aqueceram meu coração por alguns momentos, eu queria que você visse quando eles correram para mim pela primeira vez, era como se fosse você, naquele momento eu senti que carregava sempre uma parte de você comigo, todas as vezes que eu olho para eles eu te vejo.

-Você não sabe disso não é? Eu fiquei surpreso também, quando o médico foi examinar você descobriu sobre a gravidez, eu tinha medo do que poderia acontecer, medo de que você ficasse ainda mais fraco, mas você é Park Byun Baekhyun afinal, você segurou bem nossos bebês. Gêmeos Baek, nós temos filhos gêmeos, Park Byun Taehyung e Park Byun Daehyun,  os dois são ômegas, eles são idênticos à você, não só na aparência. Nesse tempo, nenhuma ômega chegou perto de mim, seus filhotes são ciumentos e não me deixam nem por um minuto, me lembram você.

-Eu tentei te odiar mas você é o meu tudo. Eu te amo, eu te odeio, me perdoe por sentir isso. Várias foram as vezes que me perguntei por que eu amo você? Por que você? Por que eu não consigo te deixar? Eu não consigo responder essas perguntas, talvez eu saiba a resposta, mas dói. Sabe qual é o pior Baek? Seu toque que costumava me tocar, seu olhar, seu calor, sua boca, até a ponta dos seus dedos eu ainda consigo sentir. Você não está aqui, mas tudo é o mesmo. 

Se lembra quando você me disse que se eu quisesse sobreviver deveria mudar o cabelo por que eu tinha cara de bebê? Bem...eu pintei de vermelho agora, Minseok diz que eu pareço mais sexy e assustador, foi ele quem fez essa zona em meu cabelo e no seu também, mas quem escolheu a cor foram seus dois bebês, eles amam rosa, isso é influência daquele pão e do Hannie, os dois acham que nossos filhotes são bonecas particulares.

-Você sabia que seus irmãos se casaram? Você já tem até sobrinhos, eles são uns amores e sempre trazem flores para você. Minnie não usa mais piercings e voltou a usar roupas femininas, assim como o Kyunggie. Eu fiz de Sehun e Jongin meus braços direitos, conseguimos conquistar seu sonho e ninguém mais sofre na aldeia, todos estão livres meu amor. Taehyung e Daehyun vem te visitar todos os dias, eles me disseram que você é um anjo, falam todos os dias que você é muito bonito e que querem te conhecer.

-Eu os levei para ver a neve pela primeira vez ontem, em três anos, eu só pude sorrir ontem, eu construí um boneco de neve com eles, ambos disseram que o nome seria Baekhyun e eu chorei na frente deles pela primeira vez. Os meninos me perguntaram se, quando você acordar do seu sono de beleza como o Myeon disse para eles, nós poderíamos dar um irmão para eles, ambos querem um, o que você acha disso Baekkie? Você vai acabar cedendo ao desejo dos dois, eles são como você e conseguem tudo fazendo manha e jogando sorrisos. Eu tento todos os dias ser um bom appa, mas metade de mim está dormindo com você, como posso sorrir assim?

-Não houve um momento onde estivemos separados que eu tenha me esquecido de você. Os tempos passaram mas você continua com a mesma face de bebê, e te ver assim tão serenamente é como uma pintura, é tudo que vejo. Assim como nossos pequenos, eu tenho certeza que você deve ter asas escondidas, qualquer um pode dizer que você é um anjo. -Peguei sua mão delicada e a coloquei em meu coração. - Ouça, pode sentir isso? Meu coração está acelerado, eu chorei e gritei, tentei esquecer mas perdi essa batalha, não se afaste de mim, não me deixe e eu prometo que te amarei para sempre. Você foi o meu primeiro amor, às vezes o amor que eu me arrependo, às vezes o amor que eu sou grato, nós somos uma vida juntos.

-C-Chan...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...