História Monster High - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hellsing, Monster High
Tags Monster Hihg, Monstros, Oswalds
Visualizações 12
Palavras 8.596
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Escolar, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


oi galera voltei, eu sei que estava um pouco, muito, sumido mas agora eu realmente voltei

Capítulo 10 - Poder Primordial e finalmente Vencemos


Oswald Neverland P. O. V ON

Nós estávamos em uma situação muito tensa, pois na nossa frente estava uma bruxa cujos níveis de poder eram enormes

-Sara, nos vamos acabar com você- disse o Draco sacando as suas armas

-não acho que vocês têm a capacidade para isso, mas fiquem a vontade para tentarem- disse a Sara debochando de nos

-bem antes de nos começarmos a lutar eu tenho apenas duas regras- fala o Brogoth

-e quais são elas? - pergunta a Sara o fitando

-a primeira eu nunca perco tenho sempre uma saída e a segunda se eu perder volte pra primeira regra, por que as minhas estratégias sempre te superam- falou ele animado e depois fica serio- sabem está um belo dia aqui fora hoje- disse ele

-claro como se uma nuvem roxa que está ameaçando a nossa existência fosse uma coisa bela- disse o Draco interrompendo a fala do Brogoth

-bem como eu ia dizendo, está um belo dia aqui fora hoje, os pássaros estão se escondendo e as flores estão sentindo a tensão no ar, em dias assim como esses- falava Brogoth até ser interrompido novamente, serio esse cara quer realmente fazer um discurso agora?

-ei você vai ficar ai embromando ou vamos partir para a luta? - pergunta Brooke segurando uma espécie de adaga

-por que parece mais fácil de dizer quando aquele cara fala? - pergunta Brogoth desanimado- bem não importa, resumindo resumidamente a minha frase, “Bruxas como você deveriam estar queimando em uma fogueira” - disse ele com o seu olho esquerdo brilhando intensamente e depois fechando o olho direito- gente não poupem os seus esforços ataquem com tudo o que vocês têm- disse ele partindo para cima da bruxa

-sabem, eu realmente admiro o esforço em vão de vocês, mas isso e inútil, você Draco mais do que ninguém deveria saber que eu não sou derrotada facilmente- disse Sara se desviando de um chute da Brooke e depois agarrando o Brogoth o jogando em cima do Draco

-sabe mesmo que nos não a derrotemos o que eu acho meio difícil, eu ainda tenho o meu plano B- disse Brogoth se levantando juntamente com o Draco

-eu não posso ficar aqui sem fazer nada- falo correndo para cima de Sara com o meu punho rodeado de energia- MAGIC PUNCH- falo tentando golpeá-la, mas ela consegue segurar o meu ataque

-interessante, você realmente pensou que iria me golpear? - pergunta ela em um tom de deboche e me jogando para longe

-eu vou lhe mostrar o que eu realmente posso fazer- falei começando a reunir muita energia na minha frente- BIG BANG ATTACK- falo lançando uma grande esfera para cima de Sara que simplesmente desvia ela com uma de suas mãos

-se esforce um pouco mais Neverland- disse o Brogoth avançando para cima de Sara também e começando uma luta corporal intensa entre eles onde a bruxa obtinha uma grande vantagem, pois o Brogoth parecia um pouco esgotado- nossa eu tenho que admitir para uma pessoa da sua idade você está mais em forma do que eu- fala o Brogoth de forma zombeteira o que parece ter deixado a Sara muito nervosa

-eu lhe ensinar a me respeitar- disse ela erguendo sua mão e fazendo o Brogoth ser erguido no ar também

-não antes do meu gatilho rápido- disse o Draco aparecendo de trás dela e começando a atirar fazendo grandes estragos no corpo dela que logo se recupera

-isso não adianta muito comigo Draco, afinal essas balas foram feitas para matarem monstros mortais e eu sou uma bruxa, imortal- fala ela pegando o Draco pelo pescoço

- fala sério, você não e tão poderosa assim- fala a Brooke, que estava com uma grande esfera azul em sua mão e der repente ela some e aparece atrás da Sara lançando a esfera bem nas costas dela a fazendo soltar o Brogoth e o Draco- eu irei lhe mostrar minhas verdadeiras habilidades- fala ela acertando vários golpes na Sara, nossa essa garota e realmente rápida

-e isso ai Brooke arrasa- disse o Brogoth de forma animada, mas se desespera ao ver que em um descuido a Brooke e pega por um dos truques da Sara

-você realmente pensa que pode contra mim? - pergunta a Sara dando vários golpes na barriga da Brooke e a lançando longe fazendo o Brogoth correr para socorrer a amiga

-Neverland, parece que vamos ter que lidar com ela sozinhos- disse o Draco que estava próximo a mim

-Draco, eu quero que você fique longe, eu mesmo me encarregarei de cuidar da Sara- falo me pondo a frente

-o que você ficou louco? - pergunta ele

-não somente me decidi sobre o que fazer- falei respirando fundo e começando a caminhar até a Sara que me olhava de forma curiosa

-então pretende me enfrentar sozinho? - pergunta ela com um sorriso e aponta para o céu onde a sua nuvem roxa começava a formar um grande tufão- todo o seu esforço e em vão não tem como me parar, meu feitiço já está quase completo- fala ela rindo

-cala a boca- falo nervoso e ela me encara surpresa- preparasse você agora vai me enfrentar com a minha potência máxima- falo seriamente- eu alcancei o êxtase do momento- sussurrei e meu corpo todo começa a cintilar- FARY FORM- falei entrando na minha forma verdadeira

- você realmente pensa que pode contra mim apenas por que mudou um pouco? - pergunta a Sara rindo

-eu irei lhe mostrar o que eu realmente posso fazer- falei indo para cima dela que tenta me acertar um murro, mas eu me desvio e logo em seguida eu lhe acerto um chute que a faz ser jogada um pouco longe- não subestime as minhas habilidades- falei fazendo um portal magico para traz dela e comecei a distribuir murros em suas costas- por que eu sou mais forte do que você- falo pegando ela pelo portal e começando a subi bem alto com ela e depois a joguei no chão fazendo uma grande cratera- MAGIC PUNCH- falo indo para cima da cratera que tinha se formado aumentando ainda mais o seu tamanho

-todo isso que você faz e inútil- disse ela se levantando e me dando um grande murro- eu sou a bruxa mais poderosa que existe, você simplesmente não pode contra mim- diz Sara rindo e começando a me dar tabefes muito fortes até que ela leva um tiro em sua mão esquerda a fazendo me soltar

-todos no temos um ponto fraco- fala Draco segurando as suas armas e apontando para a Sara e nesse momento eu tive uma ideia

-até mesmo você- falei pegando no braço esquerdo de Sara e começando a fazer um portal bem no meio dele e logo em seguida eu o fechei, fazendo o braço da Sara ser brutalmente arrancado

-o que você fez com o meu braço? - pergunta ela tentando parar o sangramento, mas sem muito sucesso

-eu o mandei para um outro universo, assim ele não irá voltar para você- falei rindo dela que me olha com um olhar de fúria e vem para cima de mim, mas e impedida por um tiro em sua perna

-eu já não lhe disse que balas não funcionam em- começa Sara mas ela para e começa a gritar

-essas são a artilharia pesada, balas banhadas pelo sangue de uma pessoa santa- disse o Draco começando a atirar em Sara o máximo que podia e parecia que a pele dela estava derretendo

-já chega, eu irei acabar com vocês- disse ela se levantando e aguentando a dor, vindo para cima de mim e do Draco, nos preparamos para revidar a sua investida, mas ela foi acertada pela Brooke em um ataque por cima

-surpresa- disse a Brooke que tinha uma enorme esfera azul em sua mão que acertava a Sara

-oi gente perdi algo? - pergunta o Brogoth aparecendo do meu lado e me assustando

-da próxima vez avisa quando for aparecer repentinamente- falei e logo encaro a Brooke lutar contra a Sara que mesmo com uma mão ainda era rápida e acertava a Brooke com tudo o que tinha

-volto já- disse o Brogoth se intrometendo na luta e dando um soco na Sara que cuspiu uma grande quantidade de sangue- SPIRITUAL MOLD: SWORD (molde espiritual:espada)- disse ele fazendo uma espada azul surgir em sua mão esquerda e com ela tenta atingir a Sara que se desvia com dificuldade até levar um grande corte na perna, nessa hora ela agarrou o Brogoth e o jogou para longe pegando a espada dele e a quebrando logo em seguida, mas nesse momento ela leva um soco no rosto e outro nas costas, o primeiro do Brogoth e o outro da Brooke

-eu e que não vou ficar aqui parado- falo indo me envolver também e logo o Draco também veio, nós estávamos dando a maior surra na Sara, mas ai ela se afastou de forma ofegante

-chega, parou a brincadeira, eu vou acabar com vocês- disse a Sara levantando a mão fazendo vários esqueletos surgirem no local- ANCIENT ART: SAPPHIRE SPHERE (arte antiga: esfera de safira- fala a Sara e ela e envolvida por uma esfera azul- agora me deixem terminar os meus planos crianças- disse ela começando a se mover para longe de nos

-droga esses esqueletos não param de aparecer- disse o Draco acabando com o máximo que ele podia e então eu e o Brogoth avançamos para cima da Sara, enquanto o Draco e a Brooke lutavam contra os esqueletos

-Brogoth, eu irei quebrar aquele escudo idiota e depois acabamos com a Sara- falei o encarando

-pode deixar- disse ele sorrindo e então eu avancei para cima de Sara dando vários murros na esfera dela

-você acha que isso pode destruir a minha esfera, desista garoto- disse Sara em um tom de deboche, aquele escudo e poderoso demais para vencer apenas na força bruta

-ok, você venceu lá vai o meu melhor ataque nessa forma- falo reunindo minhas ultimas forças no meu punho- MAGIC BOMB IMPACT (impacto da bomba magica) - falei esmurrando o escudo de Sara que se quebrou em milhões de pedaços, isso me deixou totalmente esgotado, pensei caindo de joelhos e ofegante

Oswald Neverland P. O. V OFF

Oswald Brogoth P. O. V ON

Ok, está quase na hora, eu posso acabar com isso

-eu vou lhe ensinar uma pequena lição- disse Sara tentando golpear o Neverland mais eu fui mais rápido e o tele portei para o meu lado

-aquieta o faixo ai, eu serei o seu oponente agora- falo fazendo me alongando um pouco- espero que você não me decepcione afinal poucas coisas conseguem superar o poder de um Advanced- falei terminando o meu alongamento

-sabe, você se orgulha tanto do seu povo, mas nem sabe que foi um Advanced que me deu essa magia e o mesmo disse que era um velho conhecido seu, gato e rato- fala ela me surpreendendo

      -Scolt Ander- sussurrei, no passado Ander foi um dos maiores criminosos do multiverso,   fazendo com que muitos sofressem grandes catástrofes, eu o capturei e o coloquei no “Esquecimento” um universo feito apenas para prender os maiores criminosos de todos os universos, somente aqueles que realmente não podem ser detidos em seus universos podem ir para lá, era para ser uma prisão sem escapatória, mas quando o meu planeta foi destruído, 5 prisioneiros saíram de lá e agora eu sei que um deles era o Scolt

-acertou, ele me disse que você não resistiria em aparecer, disse que queria continuar com o jogo de gato e rato, mas eu acho que não vai acontecer você vai ser meu- fala Sara rindo

-sabe eu posso não ser um magico, mas eu ainda tenho dois truques na minha manga- falo erguendo a minha mão para cima- já que você gosta tanto dos Advanceds deixe-me lhe dizer uma curiosidade sobre nós- falo enquanto uma energia verde rodeava a minha mão em uma forma de espiral- nós estamos conectados com todas as nossas versões alternativas, eu desenvolvi uma conexão tão forte que eu consigo pegar 1% do poder de todas as minhas versões alternativas  e misturar em um único golpe, dependendo da carga de poder que eu use isso pode destruir um universo inteiro- falo com um grande turbilhão verde em minha mão,  fazendo assim uma pequena fumaça verde se formar ao meu redor enquanto a espiral ganhava uma grande esfera no seu centro- ok lá vai o meu golpe mais poderoso- falei sentindo toda a extensão do meu braço sendo quebrada em mil pedaços- ALEGORIA 1% DE PODER- falo jogando a esfera para cima de Sara, no decorrer do caminho ela começou a ganhar a forma de uma grande shuriken, ela atingiu a Sara com a maior intensidade que pode e logo depois eu não consigo mais sentir o meu braço- tudo nessa vida tem um preço e esse golpe não e exceção, eu perdi o meu braço para lhe parar- falei provavelmente para o nada e começo a ir em direção aos outros mas eu escuto um pequeno som  de algo voltando para o lugar

-você achou mesmo que eu morreria assim? - pergunta Sara, ela estava com grandes machucados, mas ainda se mantinha em pé- por que continuar com isso? - pergunta ela me encarando com um sorriso convencido- mesmo que você me detenha aqui e agora, haverá outra linha temporal, em que eu serei vitoriosa, então por que não desiste? - me pergunta ainda sorrindo

-Sara você não sabe nada sobre os Advanceds, quando um de nós interfere em uma realidade, somente a nossa presença, destrói todas as linhas temporais dessa realidade, ou seja se você perder aqui, não haverá outra linha temporal- falo ficando de joelhos, mas ainda com o brilho intenso em meu olho esquerdo, eu tive de segurar o meu braço quebrado, eu podia ver a raiva nos olhos de Sara

- ei Brogoth você está bem? - pergunta a Brooke chegando perto de mim juntamente do Draco

-como vocês escaparam dos meus monstros? - pergunta a Sara surpresa

-eles simplesmente pararam de aparecer- falou o Draco

-eu os expulsei daqui, sabe o meu golpe e conhecido por ter dois efeitos, o primeiro e a morte e o segundo, bem eu posso cancelar duas habilidades suas- falei sorrindo e me levantando com dificuldade e eu vejo o Neverland se aproximando também com dificuldades- Neverland descanse você já se esforçou demais- falei

-não eu quero estar aqui para ajudar a acabar com essa bruxa mequetrefe- disse ele ficando do meu lado

-ok então eu mesma vou acabar com vocês- disse a bruxa tremendo as mãos- espera o que houve com o meu escudo? - pergunta ela

-essa foi a outra habilidade que eu cancelei de você- falo aumentando o meu sorriso

-ora seu, eu irei lhe ensinar uma grande lição- disse ela erguendo a mão fazendo eu e meus amigos flutuarmos no ar e começarmos a perder o nosso folego- bem eu vou desacordar vocês e continuar com o meu plano- disse Sara sorrindo

-Brogoth, quanto tempo falta para o seu plano? - pergunta a Brooke com dificuldades e eu olho o meu relógio

-já está na hora- falo erguendo o meu braço que ainda estava bom- DE VOLTA A REALIDADE- disse e um grande portal se abriu acima de nos

-você não irá escapar- disse Sara

-eu não quero escapar- falei com um sorriso e fechando o meu olho esquerdo, galera eu estou oficialmente acabado

- “mesmo na maior escuridão, um raio de esperança pode surgir” - foram as últimas coisas que eu ouvi antes de cair

Oswald Brogoth P. O. V OFF

Apple White P. O. V ON

Assim que eu vi o portal do Brogoth tratei de atravessa-lo, esse lugar me mostrou quem eu realmente era e agora preciso ajudar os meus amigos

- “mesmo na maior escuridão, um raio de esperança pode surgir” - falei aparecendo para todos e fazendo Sara soltar os meus amigos, eu estava com uma energia branca envolta do meu corpo, asas brancas e a cor dos meus olhos tinha mudado para um cinza intenso e quando vi todos ali eu tratei logo de ir na direção deles- vocês estão bem? - perguntei preocupada

-Apple, o que você está fazendo aqui? - pergunta Neverland visivelmente preocupado e também muito cansado

-ajudando, o que houve com você e com ele? - pergunto apontando para Neverland e depois para o Brogoth que estava nos braços da Brooke

-eu só estou um pouco cansado- disse Neverland

-ele desmaiou de exaustão e o braço parece estar quebrado- disse Brooke olhando para o Brogoth com os olhos um pouco marejados

-vocês realmente não sabem se cuidar- falo tocando na testa do Brogoth e no Neverland fazendo uma luz branca ilumina os corpos deles

-eu não estava morrendo, se estava descansando, então o que foi que eu perdi? - pergunta ele ficando de pé

-nada eu vou acabar com a Sara agora, então vocês quatro aproveitem o show, já fizeram a parte de vocês- falei sorrindo e indo em direção a Sara que me olhava paralisada

-Apple você tem certeza disso a Sara e bastante poderosa- disse Neverland me encarando, eu senti tanta falta dele

-claro que eu tenho certeza, My Fary Boy- falei o beijando e depois indo para cima da Sara

-você pensa que pode me desafiar? - pergunta Sara me encarando

-claro que eu posso, você simplesmente não passa de uma mosca para mim- falo a encarando com um sorriso desafiador

Apple White P. O. V OFF

Oswald Neverland P. O. V ON

Eu segurava Brogoth pela gola da camisa dele

-o que você fez com a Apple? - perguntei

-eu despertei o que tinha dentro dela- fala ele e eu fico sem entender- me diga Neverland você já ouviu falar da palavra primordial? - pergunta ele

- o que isso tem a ver com a Apple? - perguntei

-a Apple e a reencarnação de uma primordial bastante poderosa e por causa disso, ela e a pessoa mais poderosa aqui presente- fala ele observando a Apple

-espera, como você sabe disso? - pergunta a Brooke

-digamos que eu já conheci muitos primordiais- falou o Brogoth

-o que são os primordiais? - pergunta o Draco

-eles foram os primeiros- fala a Brooke

-os primeiros de que? - perguntei

-os primeiros seres de todos os universos, ao todo existe um primordial para cada universo, seus poderes descendem do grande criador, então não se engane pela aparência frágil ou o modo de agir deles, eles são muito poderosos - disse Brogoth- não se preocupe com a Apple ela e mais poderosa do que aparenta- falou ele - bem eu tenho que fazer uma coisa agora- disse se afastando da gente enquanto seu olho esquerdo começava a brilhar de forma intensa e por um milésimo de segundo eu vi o seu olho direito ficar vermelho antes dele ter fechado

-Brogoth você acabou de abrir um portal e lançou o seu melhor ataque, está totalmente destruído- disse Brooke

-eu concordo com ela, apesar do que você fez eu o considero um amigo, então dava para parar de ser teimoso e descansar um pouco- disse Draco

-preocupados? - pergunta Brogoth em um tom brincalhão e levantando o seu braço que estava quebrado- não se preocupem eu só tenho que fazer uma última coisa e depois vamos fazer uma festa e além disso eu e o Neverland fomos totalmente recuperados graças aos poderes da Apple- disse Brogoth saindo de nossas vistas

Oswald Neverland P. O. V OFF

Apple White P. O. V ON

Eu estava encarando mortalmente a Sara

-sabe uma coisa que eu não gosto e que tentem pegar o que e meu- falei a encarando

-está falando do Neverland, você e uma tola, você divide ele com outras duas pessoas- disse Sara rindo

-eu não ligo, pelo menos eu tenho uma parte dele do que nenhuma- falo a encarando friamente- sabe eu passei três dias enfrentando os meus piores medos, tive minha mente destruída e depois reconstruída apenas para ser destruída novamente na visão geral isso era para ter me feito desistir, mas no meio disso tudo, de toda a tortura mental que eu tive naquele lugar, eu pude finalmente encontrar o poder que tinha dentro de mim e agora, agora eu sinto que posso derrotar qualquer um- falo caminhando de forma lenta até ela que me encarava com um misto de raiva e medo

-você me derrotar, não seja tola, eu sou a 12° bruxa mais poderosa desse mundo e nada pode me parar- disse Sara correndo até mim, eu simplesmente parei e a encarei novamente

-que seja, vamos terminar logo com isso- falo seriamente e apontando a minha mão para ela- ORDER OF THE LIGHTS (ordem dos luminosos) -falo jogando uma pequena esfera de luz branca que jogou Sara para bem longe ela se levantou com muita dificuldade- sabe os meus golpes eles são especiais, pois eles não machucam somente o seu corpo mas também a sua alma-falo de forma indiferente

-ora sua, eu irei acabar com você, ANCIENT ART: EXTINCTION (arte antiga: extinção) - falou me lançando e uma poderosa bola de fogo veio do céu em minha direção

-SHIELD OF LIGHTS (escudo dos luminosos) - falo e uma luz branca rodeia o meu corpo no momento do impacto, que causou uma enorme onda de fumaça

-eu venci uma primordial- disse Sara rindo, nesse momento eu apareço atrás dela e lhe dou um grande chute que a faz ser arremessada, logo em seguida eu apareço na frente dela e começo a bater nela de forma intensa sentido cada parte de seu corpo se quebrar a cada murro

-não tem como derrotar um primordial Sara- falo deixando ela no chão

-não tem como me derrotar, eu sou imortal- disse ela rindo e quando eu ia disparar o meu último ataque eu ouço um barulho de tiro e vejo que o Brogoth tinha baleado a cabeça de Sara usando uma pistola

Apple White P. O. V OFF

Oswald Brogoth P. O. V ON

Eu estava com uma das minhas pistolas, sim eu tenho três pistolas caso tenha se perguntado, bem na frente da Apple e do corpo de Sara, ela não morreu, bruxas como ela não morrem

-por que você fez isso? - pergunta a Apple me encarando assim como todos ali

-ela não iria morrer mesmo, então eu mesmo vou dar um jeito de me livrar dela- falo me aproximando do corpo de Sara

“Exp. de Brogoth aumentou, o LOVE de Brogoth subiu para o nível 100”

Cheguei perto suficiente do corpo de Sara e usei um velho truque para poder colocar a alma dela dentro do meu pingente, aguentem mais um pouco pessoal eu estou chegando, falo em pensamentos enquanto fazia um pequeno símbolo no corpo de Sara

-o que você está fazendo? - pergunta o Draco se aproximando

-a Sara e uma bruxa imortal, ou seja, não importa o que nos façamos a alma dela sempre vai voltar para o corpo e reconstruir o mesmo, então eu estou cuidando dela pessoalmente- falo terminando de fazer o símbolo, eu não menti, mas também não disse totalmente a verdade, vou enviar o corpo de Sara para o “Esquecimento” e depois usar a alma dela, quando eu terminar eu devolvo

-Brogoth não minta para nós- disse a Apple seriamente, sorte que ela não consegue ler a minha mente

-eu não estou mentindo, bem nos ganhamos, sem a Sara a nuvem roxa ira sumir logo, então até mais- falo me preparando para o salto dimensional

-espera, você não quer ficar para comemoramos? - pergunta a Brooke todos me encaram, como se pedissem para que eu ficasse

-eu acho que já interferir demais aqui- falo e todos abaixam a cabeça- mas eu acho que somente uma bebida não fara mal a ninguém não e mesmo? - perguntei rindo

-ótimo vamos falar com os outros e assim vamos fazer a maior festa que Monster High já viu- disse Draco saindo dali juntamente com a Apple e o Neverland

-você está bem? - pergunta a Brooke

-sim, por que a pergunta? - pergunto forçando um sorriso

-por que eu estou no seu nível, eu também sei fazer uma técnica daquela magnitude e sei que quebrar o braço e o menor dos efeitos que ela tem- disse ela me olhando preocupada, usar 1% de todo o poder das minhas versões alternativas pode muitas vezes causar duas paradas em dois corações, já que nos Advanceds temos três corações

-eu estou bem, já me acostumei a usar esse golpe- falo colocando a mão no peito de forma disfarçada- não se preocupe comigo “Little Kid” -falei provocante e dando um abraço nela- agora vamos acho que o pessoal está esperando a gente- falo a pegando em meus braços e tele transportando nos dois para o refeitório assustando todo mundo- oi pessoal- falo soltando a Brooke e cumprimentando todos que estavam ali de forma animada

-oi Brogoth- disse Madeline se aproximando de mim e estendendo a mão, eu estranhei esse gesto- você deu um presente para todo mundo eu quero o meu- falou me olhando de um jeito pidão

-quer saber pode ficar com isso, vai ser útil para você- falo entregando um baralho de cartas para ela

-como eu irei usar isso em uma luta? -pergunta ela

-são cartas magicas, basta concentrar um pouco de magia e o melhor não importa o quanto você as jogue nunca irão acabar e elas podem cortar qualquer coisa- falei abertamente para todos- e além disso são ótimas para jogar pôquer com os seus amigos se e que você me entende- sussurrei para ela que entende o recado- bem galera vamos começar uma festa- falo e todos nos arrumamos o salão de festas para começar e foi nesse momento que eu esbarro na Frankie de forma intencional, mas fazendo parecer sem querer- opa me desculpa Frankie- falo estendendo a minha mão para ela se levantar, eu aproveitei essa chance para assimilar os poderes dela, não contem para ninguém, mas diferente dos outros Advanceds eu posso assimilar os poderes de mais de uma pessoa

-que nada acidentes acontecem- disse ela sorrindo e voltando para o trabalho, enquanto eu via que tinha copiado os poderes dela, um passo a mais para derrotar a Chara

1 hora depois

Eu estava sentado juntamente do pessoal e eu estava entre o Draco e o Neverland, o lugar estava muito barulhento o suficiente para tudo o que eu tinha planejado para aquela festa

-serio Neverland, bebe apenas um gole prometo que não irá se arrepender- fala o Sparrow encarando o Neverland e estendendo o seu copo que estava cheio de cerveja

-não o meu pai sempre fala que crianças boas nunca bebem álcool- disse ele erguendo o seu copo de suco de laranja

-desista não vai conseguir fazer ele beber um gole- falei continuando o meu drink

-então sobre a sua raça quantos sobreviventes existem? - pergunto o Draco me encarando

-bem 7, 5 bilhões de sobreviventes- falei e todos me encaram- existe um equilíbrio no multiverso sempre que um Advanced morre todas as suas versões alternativas tem que morrer também- falo continuando a beber- e por isso que a população das outras terras esta tão primitiva e também reduzida- falo abaixando a cabeça de forma triste, lembrando de todos os meus amigos e minha família, Brooke ainda não era nascida na época, por isso ela não sabe como o nosso planeta era lindo

-Brogoth, qual e a sua idade? - pergunta a Kitty me encarando curiosa e tentando mudar o assunto

-quando você viaja entre universos, você ganha a idade equivalente a idade de sua versão alternativa daquele universo, então eu e o Neverland temos a mesma a idade do Draco, enquanto nos estivermos nesse universo- falo e surpreendo a todos ali

-eu tenho 1599 anos- fala o Draco desinteressado do assunto- Frankie vamos dançar eu estou afim de ficar um pouco com minha namorada- disse ele se levantando e levando a esverdeada com ele, eu percebi que isso mexeu um pouco com a Draculaura

-ok, aquele poder da Apple, como funciona? - pergunta o Neverland

-aquilo era uma das transformações dela, PRINCESS LIGHTING FORM, se você treinar e se esforçar conseguira chegar ao nível dos seus amigos rapidinho- falei encarando ela que me olha surpresa

-mas eu já não estou no nível deles? - pergunta ela

-prefiro não responder a essa pergunta- falei prestando atenção na pista de dança

-Brogoth, aquilo que você usou para fazer uma espada- disse o Neverland então eu decidi interrompê-lo

-moldar a arte espiritual? - perguntei e ele assentiu- você não leu aquele livro todo? - perguntei com raiva- ok, olhe na página 20 do volume dois- falei suspirando e depois eu começo a encarar o Draco que nesse momento estava beijando a Frankie de forma intensa e quando eu volto os meus olhares para a Draculaura ela estava com sua mão incrivelmente fechada e com cacos de vidro

-eu preciso de mais vinho- disse a Draculaura saindo da mesa e indo para o mini bar que tinha ali

-o que será que deu nela? - pergunta o namorado dela

-eu preciso de mais do meu drink- falo seguindo a Draculaura e me sentando do lado dela no pequeno bar do local

-você deveria agir sobre ele, ou não vai conseguir ficar em paz consigo mesma- falo sem encara-la

-e você deveria cuidar da sua vida- disse ela com raiva

-eu só estou lhe dizendo que se você não correr atrás da sua felicidade ninguém mais correra por você, eu lhe empurrei para o primeiro passo agora cabe a você subir as escadas,- falo voltando para a mesa onde os outros estavam

-você não ia pegar mais drink? - pergunta o Sparrow

-esqueci, acho que fui atingido muito forte na cabeça- falo envergonhado

-Brogoth eu tenho uma pequena pergunta para você- disse a Apple e eu fiz um sinal para que ela continua-se- como você sabia que eu era a reencarnação de um primordial? - pergunta ela

-bem a três formas de identificar um primordial, a primeira e a sua marca de nascença no ombro bem pequena, mas se você olhar de perto pode perceber- falo e todos olham o ombro dela, que estava um pouco amostra revelando algumas letras estranhas- todos os primordiais tem  em alguma parte dos seus corpo o seu nome original escrito na língua dos primordiais, o seu se nós formos traduzir de forma literal ficaria algo como Empsýchosi ou Animação, ou seja você foi a primeira primordial sentir animação e isso lhe deu o seu nome, outro meio de identificar um primordial e pelos olhos eles brilham em um tom avermelhado quando eles sentem raiva ou medo e por último todo o primordial pode controlar luz e um outro elemento natural, nenhum deles controla o mesmo elemento-expliquei de forma simplificada

-outra pergunta, qual o primordial desse universo? - pergunta a Lagoona e nesse momento eu soltei um pequeno riso

-se ela lhe conta-se você realmente não acreditaria- falo dando uma rápida olhada para a Frankie- mas mudando de assunto- falo encerrando o assunto- Neverland por que não toca uma música para comemorar, eu sempre quis ouvir você tocando, quer dizer sem ser na minha cabeça- falei sorrindo e apontando para o pequeno palco que tinha ali onde aviam alguns instrumentos

-ok- disse ele se levantando

-espera eu vou com você- falou a Madeline se levantando e correndo em direção ao Neverland e os dois acabaram caindo e dando um pequeno selinho e depois de ambos se levantaram envergonhados foram para o palco, Neverland pegou uma guitarra que tinha ali e a Madeline ficou com outra guitarra

-boa noite Monster High- disse Neverland animado- hoje nos cantaremos uma música eletrizante para todos vocês- fala ele e depois disse algo no ouvido da Madeline que a deixou meio vermelha, mas logo ela assentiu

Accidentally In Love

(Acidentalmente apaixonado)

So she said, "What's the problem, baby?

What's the problem I don't know

Well maybe I'm in love

Think about it every time I think about it

Can't stop thinking about it

(Então ela disse, "Qual o problema, amor?"

Qual o problema eu não sei

Bem, talvez eu esteja apaixonado

Penso nisso toda vez que eu penso nisso

Não consigo parar de pensar nisso)

 

How much longer will it take to cure this

Just to cure it cause I can't ignore it

If it's love (love)

Makes me wanna turn around and face me

But I don't know nothing about love

(Quanto mais vai demorar para curar isso

Só para curar porque eu não posso ignorar

Se for amor (amor)

Me faz querer voltar e me encarar

Mas eu não sei nada sobre amor)

 

Come on, come on

Turn a little faster

Come on, come on

The world will follow after

Come on, come on

Because everybody's after love

(Vamos lá, vamos lá

Acelere mais um pouco

Vamos lá, vamos lá

O mundo virá atrás

Vamos lá, vamos lá

Porque todo mundo está procurando amor)

 

So I said "I'm a snowball running

Running down into the spring

That's coming all this love

Melting under blue skies

Belting out sunlight

Shimmering love

(Então eu disse: Eu sou uma bola de neve rolando

Deslizando ao encontro da primavera

De onde vem todo esse amor

Derretendo debaixo do céu azul

Revelando um amor

Brilhante como o sol)

 

Well baby I surrender

To the strawberry ice cream

Never ever end of all this love

Well I didn't mean to do it

But there's no escaping your love

(Bom, amor eu me rendo

Ao sorvete de morango

Que nunca acaba todo esse amor

Bom, eu não tive a intenção de fazê-lo

Mas seu amor não tem escapatória)

 

These lines of lightning mean

We're never alone, never alone

No! No!

(Esses raios de luz significam que

Nós nunca estamos sós, nunca sozinhos

Não! Não!)

Nessa parte da musica, Neverland e Madeline começaram a se encarar de forma profunda

-você não se importa do seu namorado estar cantando de forma tão intima com outra garota? - pergunta a Frankie voltando para a mesa juntamente do Draco

-eu não me importo muito até por que eu tenho que dividi-lo com outras duas- disse a Raven de forma simples

-nossa, deve ser difícil- disse a Cleo, que estava ao lado do namorado dela, um pouco surpresa

-você aprende a se acostumar- disse a Apple prestando atenção na música que o Neverland cantava

-obrigado por me receberem aqui hoje- disse o Neverland terminando a música e saindo do palco juntamente da Madeline ao som de vários aplausos- então o que acharam? - pergunta o Neverland

-você tem talento eu devo admitir- fala o Draco

-obrigado, eu somente queria ter sido mais forte para deter a Sara- suspirou o Neverland

-nenhum de nos estava usando o nosso poder total, se estivéssemos ela não teria chance contra nos três juntos com a força máxima- falei meio distraído e todos na mesa me encaram

-como assim eu usei o máximo de minhas forças- disse o Neverland

-sabem a aquela lei que fala sobre a conservação de massa em química?- pergunto e todos assetem me encarando- aqui e o mesmo conceito, o mesmo tanto de poder da nossa versão nesse universo deve ser mantido até o final, ou seja no momento o Draco está com sua força reduzida, pois está dividindo ela com nos dois- expliquei cansado- somente os primordiais escapam dessa regra- falei e todos passam a encarar a Apple que fica com um leve rubor em suas bochechas -eu to precisando encher o meu copo, volto logo- falo vendo que a Draculaura ainda estava no bar

-um drink por favor- pedi ao garçom que estava ali

-eu andei pensando no que você me disse- fala a Draculaura

-eu sei que sim e sabe por que? - perguntei e ela me encarou esperando a resposta- por que você sabe que eu estou certo, o seu coração escolheu ele e não aquele lobisomem- falo seriamente

-você está certo, mas olhe ele e tão feliz com a Frankie e ela e minha melhor amiga, não posso fazer isso com ela- fala a Draculaura com um sorriso triste em seu rosto e olhando para o casal que se divertia- eu acho melhor reprimir esse sentimento e o melhor para todos- fala ela

-me diga você prestou atenção na conversa da Frankie com a Apple? - perguntei e ela assentiu- e se eu lhe disser que não e somente o Neverland e a única versão alternativa que está apaixonado por duas garotas- falo sorrindo para ela- olha eu lhe empurrei para o primeiro passo e agora e com você- falo pegando minha vodca

-ele já me abandonou uma vez, por que você acha que ele não me abandonaria novamente? - pergunta ela

-por que ele não seria feliz sem você, por que você acha que ele voltou? - retruquei me retirando do bar e indo em direção a mesa onde os meus outros amigos estavam

-sabem acho que está na hora de eu tocar também- fala o Draco sorrindo, ele sorrindo, gente isso e raro- Frankie me acompanha? - pergunta ele e a esverdeada assente e eles vão em direção ao palco e eles começam a conversar sobre que música vão tocar- oi pessoal, boa noite, hoje eu cantarei uma música em homenagem a você Draculaura a melhor prima que alguém pode ter- disse ele começando a tocar e eu vi que a Draculaura soltou uma pequena lagrima quando o Draco disse aquilo

I Bet My Life

(eu aposto minha vida)

 

I know I took the path that you would never want for me
I know I let you down, didn't I?
So many sleepless nights where you were waiting up on me
Well, I'm just a slave unto the night

(Eu sei que escolhi um caminho que você nunca quis para mim
Sei que te decepcionei, não é mesmo?
Tantas noites sem dormir, me esperando acordada
Bom, sou apenas um escravo da noite)

 

Now, remember when I told you
That's the last you'll see of me?
Remember when I broke you down to tears?
I knew I took the path that you would never want for me
I gave you hell through all the years

(Agora, lembra de quando eu te disse
Essa é a última vez que você vai me ver?
Lembra de quando eu te deixei em prantos?
Eu sei que escolhi um caminho que você nunca quis para mim
Te fiz viver num inferno durante todos esses anos)

 

So I, I bet my life
I bet my life, I bet my life on you
I, I bet my life
I bet my life, I bet my life on you

(Então eu, eu aposto minha vida
Eu aposto minha vida, aposto minha vida em você
Eu, eu aposto minha vida
Eu aposto minha vida, aposto minha vida em você)

 

I've been around the world and never in my wildest dreams
Would I come running home to you
I've told a million lies, but now I tell a single truth
There's you in everything I do

(Já viajei o mundo todo e nem mesmo nos meus maiores sonhos
Eu voltaria correndo para você
Já te disse um milhão de mentiras, mas agora te digo uma verdade absoluta
Você está em tudo o que eu faço)

 

Now, remember when I told you
That's the last you'll see of me?
Remember when I broke you down to tears?
I knew I took the path that you would never want for me
I gave you hell through all the years

(Agora, lembra de quando eu te disse
Essa é a última vez que você vai me ver?
Lembra de quando eu te deixei em prantos?
Eu sei que escolhi um caminho que você nunca quis para mim
Te fiz viver num inferno durante todos esses anos)

 

So I, I bet my life
I bet my life, I bet my life on you
I, I bet my life
I bet my life, I bet my life on you

(Então eu, eu aposto minha vida
Eu aposto minha vida, aposto minha vida em você
Eu, eu aposto minha vida
Eu aposto minha vida, aposto minha vida em você)

Don't tell me that I'm wrong
I've walked that road before
And left you on your own
And, please, believe them when they say
That it's left for yesterday
And the records that I play
Please, forgive me for all I've done

(Não me diga que estou errado
Já estive nessa estrada
E te deixei sozinha
E, por favor, acredite quando te dizem
Que são águas passadas
E todos os discos que toquei
Por favor, me perdoe por tudo o que fiz)

Assim que eles terminaram a ouve uma grande salva de palmas e eles vieram para a mesa

-nossa muito bom, realmente eu tenho que presenciar mais as histórias do que apenas observar- falei animado e levantando os braços para o alto

-eu também- fala a Brooke da mesma forma

-acho que vocês dois beberam demais- fala o Draco

-eu também acho- falei soluçando um pouco e sacudindo a cabeça- eu acho que já está na hora de eu ir- falei me espreguiçando um pouco e encarando a todos que estavam na mesa eles me olhavam de forma triste- sabem eu vou sentir falta de vocês, por isso eu prometo que irei fazer alguma visita- falo me levantando, afinal eu ainda tinha muitas coisas para fazer- bem até mais- falo abrindo um portal entre os universos e antes de ir eu me aproximo da Brooke, seguro a sua cintura e depois a beijo de forma intensa, ela de início não entendeu, mas logo começou a retribuir o beijo- ainda quero lhe ver novamente, “My Little Page”, e agora Gerônimo- falo correndo e pulando no portal que logo se fecha

Oswald Brogoth P. O. V OFF

Oswald Neverland P.O.V ON

Assim que o Brogoth foi embora, eu senti uma sensação estranha

-sabe, eu acho que está na hora de todos no voltarmos para casa- falo para o Draco

- você tem o meu respeito Neverland, volte aqui no momento em que você quiser- disse o Draco me observando com um sorriso quase imperceptível

-pode deixar Draco e até mais- falo indo chamar os meus amigos para irmos

-bem galera nós precisamos ir, agora- falo e todos me olham com um ar triste

-serio agora, justo quando eu ia roubar o palco- disse o Sparrow

-serio agora, nossos amigos em Ever After, lembra deles, estão enfrentando o meu irmão e a Rainha Má, nós devemos ajuda-los- falo e todos ali acenam

-bem obrigado pela hospitalidade, espero poder vir aqui novamente- falo acenando para todos os monstros que estavam ali

-até mais garoto, se cuide- disse Draculaura

-bem está na minha hora, meus pais estão uma fera por eu ter ficado aqui bebendo, então até logo e Madeline foi bom conversar com você, pessoalmente- disse a Brooke abraçando a Madeline e começando a brilhar enquanto desaparecia, ela ainda estava corada depois do beijo que recebeu do Brogoth

-bem e aqui que acaba a nossa viagem interdimensional, até que foi bem divertido- falo subindo no navio e observando uma última vez Monster High

-até que partir não está sendo tão difícil- disse a Raven juntamente com a Apple

-isso e por que não são vocês que tem que carregar as irmãs problemas, serio nós não podemos abandonar elas em algum outro universo? - pergunta Sparrow carregando ambas as irmãs Gancho nos ombros, as duas se debatiam tornando difícil a subida dele

-você está falando isso apenas por que perdeu no impar ou par e além disso o Brogoth disse que se matarmos elas em outro universo, o nosso será destruído, pela lei de conservação ou alguma bobagem assim, então sim nós vamos levar elas- falo o ajudando a subir e depois que todos nos subimos começamos a içar as velas-ok e agora- falo jogando uma grande quantidade de pozinho magico na frente do nosso navio, que estava amarrado ao navio das irmãs Gancho, não vamos deixar ele aqui

-qual o curso capitão? - pergunta Madeline segurando o leme, enquanto ouvíamos todos os nossos amigos de Monster High se despedindo

-em direção a Ever After e dessa vez não iremos alterar o nosso trajeto- falo fazendo um grande portal se formar na nossa frente, está na hora de atravessar os universos novamente, pensei enquanto nos atravessávamos o portal

-o túnel dimensional, então estamos mesmo indo para casa dessa vez- disse a Mira aparecendo no deck

-sim, para casa sem paradas- falei sorrindo

-que pena eu achava que nos iriamos fazer uma mudança no trajeto- disse Mira de forma sarcástica

-como assim? - perguntei, então o impensável aconteceu a Mira se transformou na Rainha Má e lançou um feitiço em cima da Apple, Sparrow e da Raven, deixando apenas eu, Lizzie, Madeline e Kitty de pé

-supressa - disse ela sorrindo

-Mira que tipo de brincadeira e essa? - pergunto um tanto irritado

-sabe não vale mais apena brincar de fingir, acorde- disse ela e der repente um grande flash de memorias veio na minha mente

-o que foi que eu fiz? - perguntei para mim mesmo um tanto atordoado

-Oswald você está bem? - pergunta a Kitty me dando apoio enquanto nos encarávamos a Mira ou a Rainha Má

-sabe, foi muito fácil enganar a todos vocês, principalmente você Neverland, eu esperava mais- disse ela rindo um pouco

-por que ficar nos enganando por tanto tempo? - pergunto com raiva

-ora, eu precisava de tempo e você não poderia me interromper- disse ela se virando de costas para nos

-eu vou acabar com você- falo preparando o meu melhor ataque, mas sinto ser arrastado até ela, que simplesmente segurou no ar a Madeline, Lizzie e a Kitty com a sua outra mão

-você acha mesmo que pode? - pergunta ela, todos nós ficamos impressionados com tamanho poder- você se parece muito com o seu pai- falou me analisando

- você decepcionou ele- falo e ela me olha confusa- ele te amou e mesmo assim você o abandonou- falo fechando o meu punho

-eu tinha que abandonar vocês- disse ela ficando de costas novamente para mim- Oswald eu quero que você entenda uma coisa, tudo o que eu fiz até agora foi para o bem da minha família, para o bem seu e da Raven, quero que entenda que vocês dois são os meus maiores tesouros- fala ela ainda de costas, mas com uma voz meio triste, me fazendo ficar chocado com aquela notícia, a Raven eu entendo, mas por que ela se preocuparia comigo a esse nível?- quero que saiba que o que eu irei lhe dizer agora não e mentira, você e meu filho e irmão da Raven, eu não posso deixar você atrapalhar os meus planos para me manter com vocês dois e por causa disso eu tenho que tomar medidas extremas- disse ela fazendo um portal se abrir na nossa frente, meu mundo simplesmente desmoronou com aquela noticia, n5ão pode ser a Rainha Má não pode ser a minha mãe- espero que você possa aceitar as trevas que existem dentro de você, por que em breve não existira mais a luz- falou fazendo um pequeno símbolo em minha bochecha aparecer e em seguida ela jogou a Madeline, a Lizzie, a Kitty e a mim pelo portal

E agora o que vai acontecer?

Oswald Neverland P. O. V OFF

Oswald Draco P. O. V ON

Depois que o Neverland e o Brogoth foram embora, um a um as pessoas foram começando a ir embora, sobrando poucas pessoas, mas eu realmente parei de pensar sobre o que ocorria ao meu redor, pois estava distraído demais dançando com a Frankie

-sabe você dança muito bem para uma pessoa da sua idade- falei de forma debochada

-você também dança bem para um velhinho- disse ela também zombando da minha idade

-olha e melhor você respeitar os mais velhos minha mocinha- falei segurando ela de forma firme contra o meu corpo- ou eu terei de lhe castigar- falei em um tom malicioso a fazendo corar e quando eu iria roubar aqueles lábios esverdeados o meu telefone começa a tocar, não sei por que, mas eu senti uma enorme vontade de atirar em alguém depois disso

Ligação ON

-oi quem e? - perguntei atendendo o telefone

-Lord Oswald Draco? - pergunta uma voz suave do outro lado, eu reconheço essa voz de algum lugar

-quem fala? - perguntei

-eu preciso da sua ajuda- fala a pessoa com a voz um pouco desesperada- eu estou escondida, mas eles estão atrás de mim, por favor eu preciso da sua ajuda- falou agora um pouco mais calma

-me desculpe, mas eu realmente não sei do que você está falando- falei e a pessoa do outro lado da linha deu um grande suspiro

-você não se lembra mais de mim, eu estou decepcionada Vampirinho- disse em deboche, espera apenas uma pessoa me chama de vampirinho

-não pode ser- falei surpreso, mas logo me recompus- você espera mesmo que depois de tudo o que você me fez, eu irei lhe ajudar- falo com muita raiva

-acontece que tudo o que eu lhe fiz, eu fiz por amor se eu não desaparecesse o meu tio iria lhe matar, Oswald entenda eu ainda te amo e realmente preciso falar com você- disse ela com uma voz triste

-eu vou pensar- falei desligando na cara dela

Ligação OFF

-quem era? - pergunta a Frankie me encarando ela ainda estava colada em mim

-dor de cabeça, mas eu não quero falar disso, não agora- falei voltando a dançar com ela- Frankie, eu tenho medo- falei baixo em seu ouvido

-medo de que? - pergunta de forma doce e alisando o meu cabelo

-medo de que você me deixe- falei agora encarando aqueles olhos que por um instante brilharam e logo em seguida senti os meus lábios serem tomados pela esverdeada, eu apenas aproveitei a sensação e explorei cada canto da boca dela

-eu nunca irei lhe deixar meu Lord- disse ela indo um pouco e logo depois ela bocejou

-eu acho que já passou da sua hora de dormir- falei bagunçando os cabelos dela

-eu não estou com sono- disse ela soltando outro bocejo

-certo, mas somente por precaução eu irei te levar para o seu quarto- falei a pegando estilo noiva e a carregando até o quarto dela onde nos dormimos, amanhã será um dia muito difícil

Oswald Draco P. O. V OFF

Narradores P. O. V ON

(Narrador)

Brooke May Page 2°, você está muito encrencada mocinha

(Brogoth)

Deixa ela se divertir um pouco, afinal ela ainda está na adolescência, tem toda uma vida pela frente

(Narradora)

Você não escapa do castigo também, quando você aparecer novamente vai estar muito encrencado, roubou o primeiro beijo da nossa filha

(Brogoth)

Ela retribuiu, então tecnicamente não significa dizer que eu roubei o beijo dela

(Brooke)

Para minha defesa eu realmente queria aquele beijo

(Narrador)

Você está muito encrencada

(Brogoth)

Acho melhor nos voltarmos para o enredo da história, foi bom rever vocês, vou senti falta, prometo não demorar para mandar algum recado, até mais

(Brooke)

Vou sentir falta dele

(Narrador)

Você ainda está de castigo mocinha, vai ter que revisar todos os seus deveres três vezes todos os dias durante três semanas, começando agora

(Brooke)

E agora como serão as coisas irão terminar para os nossos heróis

Continua???

próximo Capitulo : Who Is Elissabat?


Notas Finais


ate daqui a cinco minutinhos


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...