História Monster Hihg - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Hellsing, Monster High
Tags Monster Hihg, Monstros, Oswalds
Visualizações 55
Palavras 2.223
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Escolar, Fantasia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Saga, Sobrenatural, Super Power, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Linguagem Imprópria, Nudez, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


bem galera eu espero que vocês gostem da historia, pois levou muito esforço

Capítulo 1 - Uma Escola para Monstros(parte1)


-primo você esta perto?- pergunta a minha prima do outro lado da linha, oh perdão eu não me apresentei, olá meu nome e Oswald, sou um vampiro, tenho 1599 anos, cabelos e olhos pretos, altura mediana, pele pálida e vou começar a estudar juntamente com a minha prima Draculaura em uma escola para monstros, assim como eu, o problema e que eu sou muito tímido e não sei se serei aceito lá, bem como eu estava dizendo minha prima estava me ligando enquanto o meu pai estava me levando para a escola.

-sim, eu estou perto- eu falei.

-ótimo você vai adorar Monster Hihg e uma ótima escola e não se preocupe você vai se enturmar logo- diz alegre

-eu espero- falei cabisbaixo

-bem então ate mais- falou se despedindo

-ate- falei e desliguei o meu telefone

-você deveria relaxar mais- falou o meu pai Alucard, um dos vampiros mais importantes da corte vampiresca, ele era sempre calmo e usa sempre um, sobretudo vermelho junto de seu chapéu e seus óculos.

-e meio difícil fazer isso quando se trata de fazer amigos- falei com medo de não me enturmar na nova escola

-deixa de drama- falou rindo do meu medo- quem não iria querer ser seu amigo?- pergunta sem tirar os olhos da estrada

-pra você e fácil falar você e um dos 12 lordes vampiros, os mais fortes vampiros existentes. E conhecido como o vampiro imortal e, além disso, o seu trabalho e matar os vampiros maus, quem não iria querer ser seu amigo?- falo para o meu pai

-você tem as mesmas habilidades que eu e também quando já tiver a minha idade poderá fazer parte da corte assim como a Draculaura- falou

-nunca conseguirei lhe superar pai- falei olhando a paisagem

-claro que vai você tem potencial- falou bagunçando os meus cabelos- bem nós já chegamos, esta e a grande escola do meu irmão- falou parando o carro e observando o local.

-nossa o tio Drácula não poupou nas despesas- falei impressionado com o colégio de tão enorme que era e vários alunos me observavam, bem pelo menos o que dava pra ver já que como todos os vampiros eu tenho que andar protegido do sol e uso sempre roupas que cobrem o meu corpo por inteiro, neste momento estou usando uma calça jeans, um tênis branco, camisa branca e uma jaqueta também branca, gosto muito dessa cor.

-primo, ate que enfim você chegou- falou a Draculaura correndo em minha direção e me abraçando, ela estava com uma roupa que se baseava em uma camiseta de manga comprida com um espartilho rosa e seu tradicional guarda-sol para se proteger- você demorou muito- disse me encarando sem se soltar do abraço.

-essa foi culpa minha, tivemos um problema de trabalho na viagem- falou o meu pai tirando as minhas do carro- oi sobrinha- diz sorrindo pra Draculaura que vai diretamente abraça-lo.

-oi tio Alucard- diz ela sorridente- o meu pai esta querendo muito falar com você- falou para ele

-peça desculpa a ele por mim princesa, mas eu só vim para deixar o garoto aqui- diz colocando a mão em minha cabeça- tchau filho o dever me chama, por favor tome cuidado e faça muitos amigos, no verão eu virei lhe visitar eu prometo- diz me abraçando.

-tchau pai tome cuidado e traga uma boa historia na sua volta- sempre adorava ouvir as historias dos trabalhos que o meu pai fazia

-pode deixar- diz sorrindo e se vira para a Draculaura- cuide bem dele e não o deixe se meter em encrencas- falou bagunçando os cabelos dela- e diga pro seu pai que quando eu voltar a gente põe a conversa em dia- diz indo diretamente para o carro e logo depois indo embora

-ele parece não mudar- comenta a Draculaura ao meu lado

-sim, então onde ficara o meu quarto?- perguntei

-ao lado do meu, vamos ser vizinhos- fala alegre e começa a caminhar para dentro da escola- faz tanto tempo que agente não se vê- falou.

-concordo, desde o desastre do Monstro Voador- falei me lembrando dos tempos antes dos humanos saberem que nós existimos.

-bem chega de falar disso, antes de te mostrar o seu quarto, o meu pai me pediu pra te levar ate ele, pois queria conversar com você- ela diz e nós fomos em direção a sala do diretor e ela bate na porta

-entre- escutamos do outro lado

-pai aqui esta ele- diz a Draculaura entrando e eu a acompanho.

-oi tio Drácula- falei sorrindo

-oi Oswald, faz realmente muito tempo que eu não te vejo, como tem passado?- pergunta o meu tio, ele não avia mudado nada sempre simpático preocupado, ele estava usando um terno sem o paletó que destacava a sua pele acinzentada.

-vou bem,  e o senhor?- pergunto

-muito atarefado, mas eu estou gostando de administrar a escola e realmente muito proveitoso ensinar as jovens mentes e mostrar que nós podemos viver em paz com os normais- diz sorrindo.

-eu devo imaginar- falei

-bem, mas mudando de assunto onde esta o seu pai?-pergunta

-ele só veio me deixar teve de sair as pressas para resolver assuntos muito importantes- falo

-entendo precisava falar com ele- diz- mas deixa pra próxima, bem se eu fosse vocês me apressaria pois a próxima aula começa em 30minutos e você ainda tem que arrumar essas malas- fala e eu e Draculaura saímos de sua sala

-vou deixar pra arrumar isso depois por hora só vou deixar as malas no quarto, to muito animado para conhecer a escola- disse claramente entusiasmado.

-então vamos, pois tenho muito a te apresentar- diz a Draculaura e nós fomos em direção aos dormitórios- esse e o seu quarto- diz apontando para o quarto 233 e me entregou a chave do meu quarto- o que esta a sua esquerda e o meu e o da direita e o da Franky, depois eu apresento vocês- fala e eu coloco as minhas malas dentro do quarto e saímos dos dormitórios, nem olhei o quarto.

-então por onde começamos?-pergunto

-esta com fome?- ela me questiona e eu assinto- então nós começaremos pela Sangueteria- diz e nós fomos diretamente para lá com todos me observando

-por que todos estão me observando?- pergunto constrangido

-dois motivos, primeiro você e um aluno novo, segundo ainda não tirou esse capuz- diz e eu percebo ainda estar com meu capuz cobrindo o meu rosto então eu tiro ele- bem melhor- fala sorrindo e nós chegamos a lanchonete da escola- um shake de frutas por favor- falou a minha prima para a moça da cantina.

-um shake de sangue o+- falo e a moça da cantina vai preparar os nossos pedidos e a Draculaura me olha com reprovação- o que foi?- pergunto

-você deveria saber que eu sou vegetariana- grita comigo

-e você deveria saber que eu não sou- gritei também e nós começamos a rir logo em seguida

-nossa parecem ate os velhos tempos- ela fala ainda rindo e a moça chega com os nossos pedidos- obrigado- diz pegando a sua bebida e eu pego a minha

-O+ nunca me canso desse gosto- falo apreciando o shake

-Draculaura quem e esse?- pergunta um lobisomem se aproximando, ele usava uma jaqueta, camisa branca e uma calça jeans juntamente com um tênis all-stars preto 

-Clawd esse e meu primo Oswald filho do meu tio Alucard, Oswald esse e Clawd Wolf meu namorado- diz corando.

-nossa não sabia que o tio Drácula permitiu você namorar antes dos 1700 anos- falei surpreso afinal o meu tio sempre foi muito protetor com a Draculaura

-e não permitiu- diz sorrindo então eu entendi

-estão namorando em segredo?- pergunto

-sim- diz o lobo

-não se preocupe, eu não falarei disso para ele- falo e eles me agradecem.

-então primo aonde quer ir agora?- ela me pergunta

-você esta mostrando a escola para ele?- pergunta o Clawd

-sim- responde ela

-então por que não o leva para conhecer o pessoal?- sugere

-boa ideia, Oswald vou te apresentar os meus amigos- diz a minha prima me arrastando do lugar onde eu estava e me levando para uma mesa onde tinha um par de zumbis, uma garota que eu deduzi ser uma múmia e um garoto ao lado dela que parecia ter descendência gorgonica, uma monstra de agua salgada e um monstro de água doce. Todos ali pareciam estar em casais.

-por que eu sinto que estou pagando vela aqui?- pergunto em pensamentos e me sento junto ao pessoal

-então Draculaura não vai apresentar o aluno novo, já que desde que ele chegou você vem nós ignorando?- pergunta a garota múmia

-pessoal esse e o meu primo Oswald- diz apontando para mim- Oswald essa e a Cleo de Nile- diz apontando pra múmia ela tinha pele bronzeada, seu cabelo era preto com mechas douradas, muita maquiada e usava bandagens em algumas partes de seu corpo juntamente com uma espécie de vestido azul- e esse e seu namorado o Deuce Gorgon- falou apontando para o garoto de moecano com cobras- esse e o Gil Weeber – aponta para o monstro de agua doce, sua pele era azul e ele usava uma regata azul, um short e chinelos e ele também estava com um capacete transparente - e essa e sua namorada a Lagoona Blue- falou apontando para a montra de agua salgada, ela também era azul ela usava uma regata azul, short e um chinelo, monstros aquáticos gostam de usar roupas leves para se sentirem mais soltos como se sentem em seus habitats- e bem aqui esta a aluna mais inteligente de Monster Hihg Ghoulia Yelps- fala e a zumbi acena ela usava óculos brancos, calças vermelhas, camisa listrada de branco e vermelho e botas pretas- e por ultimo esse e o namorado dela o Sloman Mortavitch- fala e o outro zumbi estende a sua mão e eu o comprimento ele trajava jeans, camiseta, tênis e uma jaqueta- onde esta o resto do pessoal?- ela pergunta

-bem a Frankie e a Clawdeen foram ao banheiro- fala a Lagoona- então Oswald o que esta achando da escola?- pergunta a Lagoona

-legal- respondo

-nossa então os boatos são verdadeiros sobre o garoto novo- fala uma garota gato invadindo a nossa mesa

-Toraline, onde estão as suas seguidoras?- pergunta a minha prima com um olhar de quem toma cuidado

-elas estão pegando o meu lanche, mas mudando de assunto, quem e você?- pergunta me fitando, ela tinha cabelo meio alaranjado e usava roupas um tanto chamativas.

-Oswald- falo rapidamente

-sabe e costume dos novatos darem uma pequena taxa para mim- diz e eu percebo que eu estava para ser tapeado

-e costume dos gatos tapearem vampiros?- pergunto de forma sombria e ela me olha assustada e se retira rapidamente

-eu pensei que você seria tapeado por ela- diz a múmia

-eu não, meu primo e muito esperto- diz a Draculaura.

-então vamos fazer o que agora?- pergunto olhando para o pessoal

-vamos esperar a Frankie e a Clawdeen virem aqui- diz a minha prima e o sinal bate indicando o inicio das aulas- bem continuaremos a excursão depois- diz puxando a mim e o lobo para a sala

-bom dia alunos hoje nós falaremos sobre costumes típicos dos humanos- fala o professor que por incrível que pareça era o tio Drácula-alguém pode citar algum desses costumes?-pergunta ele e eu levanto a mão- sim Oswald- diz me incentivando a falar

-um dos costumes humanos e lutar contra nós monstros- falo.

-Oswald, isso e uma história controversa- o meu tio fala.

-desde o desastre do grande monstro voador nós nos isolamos para não sermos mortos por eles- falo irritado

-eles não nós compreendem se nós conseguirmos nós adaptar a eles, nós poderemos viver em harmonia- ele me explica.

-para mim essa harmonia pode demorar a acontecer- falo e ele da continuidade a aula

01h20min depois

A aula se passou tranquilamente e eu e meus novos amigos estamos agora na quadra, pois o Clawd me desafiou para uma partida mano a mano no queimado, tudo por que eu disse que vampiros são mais rápidos do que lobisomens.

-pronto pra perder?- pergunta ele sorrindo confiante e eu simplesmente assinto e colocam a bola no centro da quadra

-pronto pra admitir que você não esta certo?- pergunto e o Deuce apita avisando que a partida avia começado e eu simplesmente usei minha velocidade e quando eu fiz isso o tempo pareceu parar diante de mim e eu simplesmente fui em direção ao centro da quadra peguei a bola e joguei em direção ao meu adversário e nesse instante eu paro a minha velocidade e vejo a bola acertar ele bem forte- Vampire wins, Werewolf loses- falo comemorando.

-como pode ser tão rápido- ele pergunta surpreso

-vampiros de linhagem real como Oswald e eu têm mais força e velocidade que os outros além de possuirmos habilidades especiais- fala ela

-nossa- falam o pessoal

-qual a sua habilidade?- pergunta o Clawd para a minha prima

-transformação-  ela responde e todo mundo me olha curioso

-não contarei qual e a minha habilidade- falo e todos me olham desapontados- só posso falar que por causa dela eu sou praticamente imortal- falo rindo e eles me olham surpresos.

Parece que eu vou me adaptar bem nessa escola, espero que eu não me meta em confusão aqui quero que todos veja quem eu sou de verdade.


Notas Finais


ate mais e curtam a fic, digam o que acharam e o que pode melhorar por favor


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...