História Monsters - Martin Garrix and Dua Lipa - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Dua Lipa, Dylan O'Brien, Holland Roden, Martin Garrix, Shelley Hennig, Tyler Hoechlin, Tyler Posey
Personagens Dua Lipa, Dylan O'Brien, Holland Roden, Martin Garrix, Personagens Originais, Shelley Hennig, Tyler Posey
Tags Mystery, Vampires, Werewolves, Witches
Visualizações 10
Palavras 1.474
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 2 - First Day


Fanfic / Fanfiction Monsters - Martin Garrix and Dua Lipa - Capítulo 2 - First Day

Dua acordou com o som barulhento vindo de seu celular e a luz do sol passando por entre as janelas, amaldiçoou a si mesma e sua preguiça por ontem não ter fechado as janelas. 

Enquanto tentava ficar pronta seu pai entrou pelo quarto resmungando. Ele parece um cara jovem mas com uns fios brancos no cabelo e na barba, um fato era que sempre estava trabalhando na clínica veterinária com sua esposa.  

 

- Dua vai logo que você vai ficar atrasada! 

- Tô indo, espera um segundo! - disse entrando no banheiro 

- E você não fechou as janelas de novo, meu Deus filha quantas vezes eu vou ter que repetir ? 

- " Sempre feche as janelas pra sua segurança " - Dua começou a repetir a frase indo até sua cama pegar sua mochila

- Você tá bem, filha ? - Joe perguntou abraçando-a 

- Eu tô bem pai. 

- Você pode estudar em casa se preferir. 

- Eu preciso disso, eu preciso começar do zero. 

- Você tem certeza ? 

- Tenho sim e não se preocupe que eu vou ficar bem. 

- Ate mais tarde. 

- Ate mais. 

 

Ano passado foi horrível para Dua e sua família, ela precisou mudar de escola e hoje era seu primeiro dia em uma nova, tinha muitos sentimentos dentro do estômago e da mente Dela, como medo, insegurança, nervosismo e vários outros. Chegando na escola Dua percebe um cheiro diferente, como se fosse sangue mas sangue fresco, enquanto isso para na frente da porta do diretor e antes mesmo de bater alguém já abre a porta e sai esbarrando nela quase jogando-a no chão. 

 

- Você deve ser Dua Lipa, certo ? - um homem perguntou e provavelmente ele é o diretor 

- A...a sim eu sou Dua Lipa e estou atrasada me desculpe. - Dua estava em choque, ela não sabia como e nem por que mas sabia que aqueles cheiro era de sangue e naquela sala o cheiro era muito pior como se tivesse um cadáver atras da outra porta. 

- Ah, relaxe seu pai falou que você teve complicações ano passado por isso eu vou dar mais tempo para você se adaptar. 

- Oh, obrigada sério. 

- Magina, então esse é seu horário e seu armário, boa sorte. 

- Brigada - Dua disse pegando suas coisas e saindo da sala. 

 

Depois de ter quase andado a escola inteira ela desistiu e parou em frente alguns armários até que alguém veio perguntar alguma coisa, mas sua cabeça estava em outro lugar portanto não entendia nada. 

 

- Hey!! - a pessoa começou a estalar os dedos na sua cara chamando sua atenção

 

Quase como se tivesse saído de um transe ela começou a falar : 

 

- Oh, desculpa o que você disse ? 

- Eu disse que esse é meu armário e você precisa sair daí pra eu abrir.

- Merda, foi mal. 

- Você é nova ? Se parece perdida - o garoto falou pegando suas coisas. 

- Sim, eu não consigo achar meu armário e eu acho que tô atrasada.

- Relaxa, eu te ajudo, então sou o Martin - o garoto bonitos disse sorrindo - e você é? 

- Sou a Dua, então esse é meu armário e eu não consigo achar essa merda. 

- Linda, esse armário é do lado do meu. - ele começou a rir 

- Mds como eu sou estupida. - falou fechando os olhos e colocando as mãos na testa 

- Então, Dua a gente tem história juntos, quer vir comigo ? 

- Claro.

Ela estava andando ao lado de Martin quando ele para e cochicha em seu ouvido : 

- Eu já volto. 

- Que? 

E ele saiu andando até para em um grupo de pessoas, já se passavam 5 minutos que estava esperando aí ele decide aparecer do seu lado dizendo : 

- Você precisa conhecer umas pessoas. 

- Pera, quem ? 

- Aquelas pessoas - disse apontando - Vamos Dua! 

- Então gente, essa é a Dua a garota que tava parada no meu armário. 

- Hey Dua - o grupo disse em uníssono 

- An, hey - ela virou seu corpo e sussurrou pro Martin : 

- Por favor deixa eu sair daqui, eu acho que seus amigos não gostam muito de mim.

- Calma, você nem se apresentou. 

Então a ruiva decidiu começar a falar : 

- Então, Dua fale um pouco de você. 

- An...an, meu nome é Dua Lipa, tenho 16 anos e eu não sei mais o que dizer. - ela riu 

- Você é de onde ? 

- Londres, sou britânica. 

- É verdade que você foi expulsa? - um garoto que ela não sabia quem era perguntou. 

- Stiles cala boca. - a ruiva disse dando um tapa em sua cabeça 

- Não, não é verdade. 

- Entaooo, eu esqueci de apresentar eles - Martin disse coçando sua nuca e logo completando com : 

- Essas são Lydia, Malia, aquele merda é o Stiles e o Scott. 

 

O sinal bateu anunciando o começo das aulas. 

 

- Martin é melhor a gente ir. 

- Beleza, vejo vocês depois. 

- Até depois - e cada um foi para uma direção diferente. 

As aulas eram fáceis e passaram rápidas, agora já era hora do almoço e enquanto Dua começa a pegar sua comido Martin estava falando sobre ela para seus amigos, 

 

- Eu acho que ela é alguma coisa! - Martin disse 

- Ke? Não deve ser, afinal se ela fosse um lobisomem ou um coiote a gente saberia. - Scott disse sussurrando 

- Ela pode ser uma vampira -- Malia disse e Lydia concordou 

- Stiles ? Por que você perguntou aquilo ? - Scott perguntou 

- She can be a vampire -- Malia said and Lydia agreed.

- Você quer dizer, expulsa? -- todo mundo concordou 

- Quando eu vi que alguém ia entrar no meio do ano letivo, eu achei melhor eu dar uma olhada em quem era. -- ele disse 

- E o que você achou ? 

- Aparentemente ela foi expulsa da outra escola por atacar 3 garotas. 

- Ke ? Atacar ? Eu acho que não em, gente ela tá chegando. 

 

Dua decidiu sentar na mesa com Martin porque ela era um pouco tímida e não queria pedir para outra pessoa. 

- Posso sentar aqui ? - ela perguntou esperando um " sim Dua " 

- Claro - Lydia disse

- Então, tá gostando da escola ? - Stiles perguntou 

- Sim, é melhor que minha antiga escola - ela disse sorrindo 

- Ue por que ? Por causa que você atac... OW OW OW - Lydia chutou sua perna 

- Então Dua, onde você mora ? 

- Eu moro na casa do lado da clínica veterinária, é que é dos meus pais. 

- Sério ? Eu e o Martin vamos lá semana que vem. - Lydia disse chutando a perna de martin 

- Ah sim. - Martin concorda 

Celular de Dua começa a tocar : 

- Eu preciso ir gente, tchau - e ela sai dali correndo

- Essa garota é estranha! A gente precisa descobrir mais. - Stiles disse 

- Okay amanhã a gente pensa em alguma coisa. 

O sinal bate de novo depois de algumas aulas era hora de voltar pra casa. Martin não conseguia tirar Dua da cabeça, afinal a garota é um mistério. 

Quando o jantar ficou pronto Martin foi comer e enquanto foi comer começou a falar com seu pai : 

- Então, pai eu vou sair com uns amigos hoje e não espere acordado. 

- Hoje Martin ? Na lua cheia ? Você é louco ? 

- Não se preocupe eu sei me controlar. 

- Só tome cuidado okay?

- Okay, eu prometo. 

 

Quando já eram 21:00 Martin sai de cara para se encontrar com Alexia na casa da mesma. 

Ele sempre ia pra lá quando precisava transar e sabia que Alexia sempre concordava. 

Depois de ele ter feito o que tinha ido pra fazer, deixou a casa e foi para seu carro, Martin não tinha percebido que tinha começado a chover porque a única coisa que ele queria era chegar em casa. 

Ele tava pensando sobre como a lua era bonita e como ela controlava muitas coisas, por exemplo, o mar, os animais, ele. 

Enquanto ele estava dirigindo um flash veio por trás de uma casa que era do lado da casa dele, ele tentava ver o que tinha causado aquilo mas tava chovendo muito. 

Então, do nada uma pessoa bateu na frente de seu carro e caiu. Martin gritou ao ver aquele rosto, a garota, aquela garota. 

Ele abre a porta e sai do carro indo ver a garota, ele olha para todos os lados e corre embaixo da chuva procurando-a, mas ela não está mais lá, ela não está em lugar nenhum.

 

 


Notas Finais


ENTÃO GENTE LINDAAAAA, ESPERO QUE VOCÊS GOSTEM DO CAP E EU DECIDI USAR O NOME DA DUA MESMO EM VEZ DE BELLA, ATÉ O PRÓXIMO CAP🖤


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...