História Monsters - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias The Walking Dead
Exibições 34
Palavras 726
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Ficção, Romance e Novela, Violência
Avisos: Estupro, Insinuação de sexo, Mutilação, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Olá zumbizinhasssss eu voltei! Espero qur estejam gostando! Esse capítulo ficou curtinho e meio sem graça mas o próximo vai ser muito bom!!!! Eu juro hahaha
Boa leitura sz

Capítulo 3 - Capítulo 3


 

     Ei ei pensei que estávamos juntos nessa... - Nikolaj alegou com suas mãos para cima em sinal de rendição. Carl também apontava sua arma para ele, o menino estava confuso, era como se ela soubesse que ele estaria ali, ela tinha raiva em seus olhos.

     Valentine o que você está fazendo? - Rosita apareceu atrás da menina, ela ouviu passos e vozes, mas seus olhos estavam vidrados em Nikolaj. Rick estava bem ao lado do homem rendido, pegando suas armas e fazendo ameaças. 

     Você me traiu! - Ela disse e o homem sorriu sádico.

     Mentiu pra mim durante 2 meses! Seu nome nem é Valentine não é mesmo, Duma? - Nikolaj jogou divertido, ele sabia quem ela era. A menina sorriu, agora ela tinha certeza que ele era um deles. Atirou. O corpo caiu num baque e tudo pareceu acontecer em câmera lenta depois disso. Rick pegou sua arma e Daryl segurou a menina colocando suas mãos para trás, mas ela não reagiu, apenas sorriu dizendo para Carl: "É a casa certa". 

Ela acordou com dor de cabeça. Provavelmente tinha levado uma pancada e tinha sido amarrada. Carl estava na sua frente sentado na poltrona com a arma na mão, ela estava no chão debaixo da janela. 

     Por que fez aquilo? - Ele perguntou quando percebeu que ela tinha acordado.

     Me desamarra! Essas cordas apertam... - Ela disse manhosa. E Carl suspirou, por ele, ela nem estaria amarrada.

     Porque ele te chamou de Duma? - Ele perguntou se levantando e sentando ao seu lado. Ele cortou as cordas dizendo: Não faça nada estupido! - A menina não respondeu e eles ficaram se olhando por um tempo, sem palavras, sem sons. Ela poderia pegar a arma dele muito facilmente, mas por algum motivo, Carl transpassava confia para ela.

     Anna. - Ela soprou baixinho. - O meu nome... - Completou quando Carl a olhou desentendido.

     Porque mentiu? Porque fez aquilo? - Ele questionou.

     Não dá pra confiar em ninguém! - Anna contou amarga. 

     Carl, porque ela não está amarrada? - Rick perguntou entrando na sala. Ele pegou a menina pelo braço e a jogou no sofá, depois pegou as cordas que Carl cortou e amarrou suas mãos novamente. Anna odiava o modo como os homens achavam que dominavam o mundo. O filho tentou argumentar mas o pai não deu ouvidos. O lider chamou os outros e logo todos estavam na sala olhando para a menina.

     Quem é você? - Rick perguntou sério. 

     Okay! Eis aqui o que vamos fazer senhor Grimes... - Ela começou se levantando e puxando o nó da corda com os dentes, soltando-o.- O senhor vai gentilmente pegar a sua família, os seus amigos, entrar na droga do seu trailer e vai dar o fora da minha casa! 

     E por que acha que eu faria isso? - Ele sorriu sínico. - Nós estamos em maior número, acredito que é você quem terá qie partir...

     Pai, ela nos trouxe até aqui, nos ajudou, não pode expulsa-lá assim! - Carl se intrometeu. Rosita concordou em favor da menina. 

     E como sabemos que ela não teve algo a ver com o incêndio? Alexandria e Hilltop foram destruidas... Como sabemos se podemos confiar nela? - Maggie atacou. Ela estava nervosa, perdera sua segurança, e agora seu bebê iria nascer em um local despreparado. Isso se ela sobrevivesse para dar a luz.

     Não sabem! - A menina respondeu. - Nikolaj foi o uníco culpado de sua casa ter pego fogo. Ele era um deles! Sinto muito.. 

     Um deles? Quem são eles? - Rosita perguntou confusa. E a menina a olhou mais ainda.

     Os homens que incendiaram a comunidade... - Ela respondeu devagar e ouviu uma arma ser apontada para ela.

     Como sabe que foram homens? - Morgan perguntou ríspido.

     Ora... Não poderia ser mulheres, ela servem para outro propósito! - Disse simplesmente. - Você os viu, não foi? 

     Sabe quem fez aquilo, não sabe? - Ele ignorou sua pergunta, ela estava confusa mas afirmou com a cabeça. - Eles usavam roupas escuras e tinham uma marca estranha na nuca, como um símbolo...

     É um iratze... - Ela começou. - Uma runa, significa cura! 

     Como sabe tudo isso? - Rick se aproximou dela. A menina o olhou, depois para Carl, ela virou de costas e levantou os cabelos loiros mostrando o iratze igual ao dos incendiários.

     Porque já fui um deles! 

 

     

     


     

     

  


Notas Finais


E ai? Comentem, falem comigo! No próximo cap vocês vão sabet toda história da Anna hehehe aguardem
Beijoss


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...