História Monstrinho do Papai - Capítulo 53


Escrita por: ~

Postado
Categorias Esquadrão Suicida
Tags Arlequina, Coringa, Joker
Exibições 553
Palavras 589
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Nudez, Sexo, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas da Autora


Oii amores tudo bem? Obrigada pelos 220 favoritos❤💖💘

Capítulo 53 - Eu faço!


POV Harley

Á noite chegou rápido, mas durante o dia inteiro estou com a duvida se puddin vai aceitar o que propus a ele, eu quero que seja ele para o tratamento de choque, mas acho que ele não gostou nem um pouco da ideia, mas ele tem que entender que não vai ser como a da ultima vez, não vai ser para me torturar, ou machucar entre outros motivos da primeira vez, dessa vez é para o meu bem, ele não vai me machucar ele precisa entender isso, não vou correr risco nenhum, e eu aguento aquela dor insuportável na minha cabeça, vai vale a pena pelo menos paro de escutar essas malditas vozes:

Pense pelo menos uma vez nessa maldita vida que te pertence, não acredito que você esta sendo tão ingênua assim, você acha mesmo que ele te ama? Hahaha, por favor, não me faça rir, ele não esta nem ai pra você, pouco se importa, você é uma criatura insignificante.

Reviro os olhos, não estou mais aguentando essas vozes, estão me deixando louca, na verdade eu já estou louca há muito tempo, mas elas estão me tirando do serio, não da mais, eu estou quase batendo na minha até perder a consciência:

Não seria uma má ideia você fazer isso, todo mundo se livraria do estorvo que você é, o mundo sem você seria perfeito.

Calma Harley você precisa se controlar para não fazer nenhuma besteira, eu não posso deixar puddin preocupado, eu prometi a ele que não me machucaria:

E você acha mesmo que ele se importa? Hahaha você é muito idiota mesmo, faça o favor, ele não esta nem ai pra você.

Respiro fundo e coloco minhas mãos e minha cabeça, preciso ser forte não posso dar atenção a essas vozes tenho que ignora-las, puddin entra no quarto:

- Harley- ele vem até a cama e se senta do meu lado- Esta tudo bem?- ele me abraça.

- Esta tudo bem sim- ele me olha desconfiado.

- Tem certeza?- é quase impossível mentir pra ele, mesmo eu falando que estou bem ele sempre vai saber quando estou falando a verdade.

- Não é nada de mais- eu não quero falar que estou assim por causa das vozes, sei que elas me torturariam ainda mais, e não estou com paciência para ouvir.

- Okay! Não quer contar, não vou te obrigar- ele dá um suspiro.

- O senhor já decidiu sobre o que eu falei ontem a noite- tem que ser ele, por favor, ele tem que fazer.

- Já Harley já decidi- meu coração acelera- Se você quer assim vai ser da sua vontade. Eu faço!-eu o abraço com força.

- O senhor sabe que eu só te pedi isso porque eu apenas confio que o senhor faça isso- ele passa suas mãos envolta de minha cintura.

- É eu sei- ele beija meu cabelo- Seus machucados estão melhores?

- Sim! Não sinto mais nada.

- Que bom- ele respira fundo, sei que quer me falar algo- Você quer que o tratamento aconteça quando?

- Não sei, mas tem que ser o mais rápido possível, não aguento mais essas vozes.

- Que tal amanhã?- ele beija meu pescoço.

- Pode ser- ainda bem vou parar de ouvir essas vozes.

- Melhor você ir dormir.

- Ta- eu deito e abraço meu travesseiro, puddin me cobre e beija minha testa.

- Até mais tarde- ele sai do quarto e apaga a luz, o certo é eu ir dormir mesmo, preciso estar descansada para amanhã.


Notas Finais


Espero que gostem, beijos meus amores❤💘💖


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...