História Moon Night - Capítulo 4


Escrita por: ~

Postado
Categorias Diabolik Lovers
Personagens Ayato Sakamaki
Tags Diabolik Lovers
Exibições 76
Palavras 522
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Hentai, Romance e Novela
Avisos: Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


OI GENTEEEEE... Sim, eu sei q a foto não tem nada a ver com o episódio. Mass... eu achei bem legal pra falar a verdade. E eu decidi que a Natally vai ficar só com o Ayato porque vocês não comentam e me deixam no vácuo. Mas amo vocês viu. Boa leitura. ♥♥♥♥

Capítulo 4 - "Você é minha"


Fanfic / Fanfiction Moon Night - Capítulo 4 - "Você é minha"

-Sim, vampiro. De mais né? E agora, eu estou morrendo de sede.
Dizendo isso ele inclinou meu pescoço e me mordeu. Doía, mas eu sentia prazer nisso. Era muito bom. Ele tão perto, nossas respirações ofegantes. Logo me entreguei. Peguei em seus cabelos dando leves puxadinhas, e minha outra mão estava segurando a dele em minha cintura, como se não quisesse o deixar ir. Ele me virou e me encostou na parede. Pegou na minha coxa a apertando e abriu outro buraco. Eu o abracei apertando sua blusa com todas as minhas forças.  Aquilo era tão bom. Eu já estava quase desmaiando quando me soltei em seus braços, ele retirou suas presas de mim, levantou meu rosto e me beijou. Era um beijo calmo, mas cheio de desejo, ele explorava minha boca como se estivesse conhecendo ela. Terminamos o beijo com selinhos. Quando acabou ele me olhou, sorriu e me abraçou. Sem dizer nem uma palavra. Depois me soltou do abraço e disse:
-Você é só minha Tally, só minha.
Depois disso eu não aguentei e dei lhe dei outro beijo. Era extremamente bom. Incrível, a cada toque seu, me derretia cada vez mais. Eu lembrei que ainda estava de toalha, parei o beijo com vergonha e fiquei toda vermelha.
-Oque foi panqueca? Tá com vergonha?-Disse passando as mãos em meus cabelos.
-É que... eu estou de toalha.
-Você é tão fofa. Se troca e desce para jantar ok?
-Ok.-Disse e ele me deu um selinho antes de sair do quarto.
Sentei na minha cama e comecei a pensar no que tinha acabado de acontecer. Ele é tão lindo, fofo e assustador. Eu não entendo.  Primeiro mostrou poder, depois foi fofo, e depois mais fofo ainda. Oque está acontecendo?
Me troquei e desci, quando desci o Ayato estava me esperando na escada.
-Quase tão linda quanto de toalha.-Ele disse susurrando em meu ouvido conseguindo me corar novamente.-Calma panqueca,  eu não vou te estuprar. Vem, vamos conhecer meus irmãos.
Fomos até uma sala de jantar onde se encontravam cinco homens em pé, todos muito diferentes.
-Bom esse é o Subaru,- Disse Reiji apontando para um homem de cabelo branco meio rosa- Laito,-Um homem moreno de chapéu- Shu-Um loiro com fones- e Kanato.- Um homem de cabelos roxos que segurava um ursinho.
-Prazer, eu sou a Natally.
Sem dizer uma palavra todos se sentaram e começaram a comer. Que estranho. Comi também. A comida estava muito gostosa, uma pena não poder dizer o mesmo da companhia. Sei lá, eles eram tímidos. Depois que jantamos Reiji se levantou e disse:
-Quero todos prontos para a escola e aqui em baixo exatamente seis e meia.
Depois desse aviso todos subiram eu fiz o mesmo. Mas escola como assim? Eu ja tinha ido. Que estranho. Achei melhor falar com o Reiji.
Fui até a cozinha, que é onde o Reiji estava.
-Licença Reiji?
-Toda Natally.
-Eu ia perguntar da escola.  Eu e o Ayato ja fomos hoje.
-Ah sim. Vocês vão ficar sozinhos em casa. Os outros vão a escola a noite. Eu também irei. Você pode fazer o favor de terminar de lavar a louça?
-Claro.


Notas Finais


É isso genteee... quem sabe o proximo nao tem hentai hum? Beijosss.♥♥♥


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...