História Moonlight - JIKOOK - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Tags Bts, Jikook, Namjin, Vhope, Yoongi
Exibições 16
Palavras 1.328
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Famí­lia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Yaoi
Avisos: Álcool, Drogas, Gravidez Masculina (MPreg), Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Heslou pôneis <3
Aviso bem rápido: Não sei quando eu vou poder postar os próximos cap's. Pois estou em semana de prova.. enton... :v
Porém,
aproveitem esse cap maravilhoso sz

Capítulo 2 - Lua sobre Nós


-Leia as Notas do Autor-

—  Você está pronto? — pela milésima vez, Taehyung pergunta impacientemente—

— Só mais um minutinho.. — digo pegando a blusa de frio e colocando-a — A propósito, vamos de carro?

— Nananinanão.. Estava pensando em zapear a gente até lá.

— Não acho uma boa ideia.. — a última vez que Taehyung e eu usamos o feitiço do transporte fomos parar eu um banheiro. —

— Vamos! Dessa vez vai dar certo, estou melhorando nos feitiços. Olhe — ele olha para uma foto em um retrato e se concentra nele. Em seguida ele começa a flutuar. — Viu? — ele vira pra mim e sorri. De repente o retrato caí. —

— Sim. Vi que você quebrou meu retrato — bufo. —

— Aigoo.. Já está pronto ou não? — ele cruza os braços e eu assinto. — ... Não entendi.

Rio fraco.

— Estou pronto. Podemos ir agora?

— Sim! Finalmente! — ele estende a mão. — Vem, vamos tentar o feitiço de transporte.

Suspiro e estico minha mão e ficamos de mãos dadas.

Ele entoa o feitiço e — zap! — somos teleportados a..

— De novo! Estamos em um banheiro! — reclamo. —

— Pare de agir feito um bebê. Você é o mais velho aqui.

Reviro os olhos e nós dois saímos do banheiro. A nossa sorte é que, o banheiro era do shopping, e o shopping fica (um pouco) perto da casa de Yoongi.

Andamos rumo ao local e aperto a campainha. Ninguém atende. Aperto a campainha pela segunda vez. Sinto o vento passar por dentro da minha blusa de frio.

— Não tem ninguém em casa. Tem certeza que é aqui mesmo? — pergunto e o Taehyung suspira. —

— Toca de novo.

— Você toca, já que está tão seguro.

Ele toca e nós esperamos. E esperamos. É possível ouvir os passos de outras pessoas andando.

— Talvez estejam no telhado. — comenta Taehyung. —

— É um pouco de grosseria deles não responderem à campainha, não acha?

— É um pouco de grosseria chegar com dez minutos de atraso. — o mesmo diz. —

— Dez minutos não é atraso. Todos sabem que há uma tolerância de 15 minutos.

— Você acha isso porque está sempre atrasado.

Reviro os olhos.

— Eu chego na hora certa. Foi por causa de uma certa pessoa que não conseguiu dizer o feitiço certo.

— Ok, ok. Vamos ligar para ele. Você trouxe seu celular?

Assinto e pego meu celular e digito o número. Logo entrego para Taehyung quando Yoongi atende.

— Oi, Yoongi? É Taehyung. Nós estamos aqui embaixo. Tentamos tocar a campainha, mas...

Senti um deslocamento de ar, então um bruxo aparece ao meu lado. E eu quero dizer um bruxo mesmo. Numa vassoura. O garoto tinha o cabelo azul cristal claro. No momento ele estava com o cabelo bagunçado. Dou um pulinho para trás.

— Ótimo! Vocês estão aqui! — diz o bruxo, envolvendo Taehyung em um abraço apertado. — Por que demorou tanto Taehyung? — ele olha pra mim e sorri. — Você deve ser Jimin, o irmão do Tae. Certo?

Assinto.

— Prazer em conhece-lo. — ele continua. —

— Prazer em conhecer você também. — digo e sorrio amigavelmente. —

Ele desce da vassoura e parece me avaliar.

— Você é bonito. — ele diz e coro violentamente. —

— O-obrigado. Você também.

— Bem.. vamos? O pessoal está esperando vocês. — ele diz depois de uma pequena pausa. —

Que ótimo. Além de chegarmos "atrasados", deixamos as pessoas esperando.

— Vamos. — eu e Taehyung falamos juntos. —

Subimos as escadas (já que eu me recusei a usar o feitiço de teletransporte novamente.) e vamos até o telhado. Quando chegamos lá, no mínimo, tinha umas 26 pessoas.

— Galera — chama Yoongi. — Estes são Jimin e Taehyung.

— Bem-vindos, Jimin e Taehyung — dizem todos. —

— Obrigado — respondo e sorrio de canto. Observo Taehyung abaixar a cabeça ao perceber que Hoseok o fitava. —

— Podem se sentar onde quiserem — sussurra Yoongi para nós. —

Eu e Taehyung chegamos mais perto da mesa e sinto meu pulso ser puxado de leve por um garoto de cabelo preto.

— Pode sentar ao meu lado se quiser. — ele diz pra mim. —

Engulo em seco e sento ao seu lado.

— Hora de começar  — diz Yoongi. — Quem gostaria de recitar o Votra?

Hã?

— Deixa comigo. — o garoto de cabelo preto diz se levantando e indo para perto de Yoongi. Em seguida ele agita os dedos no ar e diz:

"Ishta bilonk higyg

So ghet hequi bolobski.

Bi redical vilion!"

Ou algo parecido. Na verdade, não tenho ideia do que ele disse. Olho para Taehyung com um olha de "Você entendeu o que ele falou?", e ele nega com a cabeça.

Quando ele termina, levanta suas mãos e entoa:

Kamoosh! Kamoosh! Kamoosh!

Todas as velas da mesa, instantaneamente, se acendem. Me assusto e afasto minha cadeira para trás. Para meu azar, a cadeira cai para trás e eu aterrisso de costas no chão. Aigoo..

Metade da mesa olha pra mim e o garoto de cabelo preto se apressa para me ajudar.

— Está bem? — ele me ajuda a levantar e ri fraco. —

— Estou bem. — murmuro. —

Quando me levanto, Yoongi estala os dedos três vezes e diz:

Ganolio!

Todos os pratos se enchem com uma sopa vermelha. Deve ser sopa de tomate, certo? Tem que ser. Não é sopa de sangue. Me curvo para dar uma cheirada. Tomate. Sem dúvida, tomate.

Acho.

Me sento ao lado do mesmo garoto de cabelo preto (AUTORA: já tá chato esse "garoto de cabelo preto".) e sinto o braço de alguém passar por minha cintura. Dou um pulinho e olho para o lado para ver quem era.

— Jimin, não é? — o garoto pergunta pra mim. — Me chamo Jungkook. Jeon Jungkook.

— Olá Jungkook. — tomo um pouco da sopa. —

— Tem quantos anos?

— 18 — tomo mais uma colherada. Sinceramente, não gosto de sopa de tomate. — e você? — empurro o prato um pouco para longe. —

— 19.. Você é bem bonito.

Coro um pouco.

— Você já é a segunda pessoa que diz isso — rio fraco e Jungkook ri junto à mim. —

Quando todos terminaram a sopa, Yoongi estala os dedos e diz "Moosa!". As tigelas desaparecem. Em seguida ele grita "Ganolio" de novo, mais dessa vez apareceu nozes e salada de queijo de cabra (AUTORA: Antes de julgar, pesquise no google :v) num prato limpo.

Taehyung e eu não conversamos muito enquanto comemos. Temos muito o que escutar.

— Você sabia que o Jackson (GOT7) casou-se na semana passada? — diz um dos amigos de Yoongi e depois cochicha. — Com uma nuxa.

— Não! — grita uma outra pessoa. — É sério?

— Sim — o outro continua. — Na semana passada.

Viro para Jungkook e me inclino um pouco para falar em seu ouvido.

— O que é "nuxa"? — sussurro em seu ouvido e me afasto—

Ele vira pra mim.

— É uma pessoa normal. Sem feitiços, magia.. entendeu? — ele sorri e retribuo ele com um beijo na bochecha. —

— Obrigado. Mesmo. — digo e ele aumenta o sorriso. —

Todos terminam suas comidas e o Jungkook se levanta olhando para Yoongi que assente para o mesmo.

Skinoflin! — o Jungkook grita e os pratos somem. — Grinffon! — ele grita novamente e aparece tigelas com sorvete de oreo. —

Ele se senta novamente e bota sua mão em minha cintura (novamente).

— Então... vocês vão fazer seus Simsortas este ano? — pergunta uma mulher um pouco mais velha —

— Perdão? — guincha Taehyung. — O que é Simsorta?

Os olhos da mulher se arregalam.

— É como debutar! — ela continua. — Vocês nunca ouviram falar dos Simsortas? — ela olha para mim e para Taehyung. —

Nós balançamos as cabeças.

— É apenas o maior evento social do calendário anual — diz um garoto ao lado de Yoongi. — Vocês nunca foram a um?

Nós balançamos novamente.

— É muito legal — diz Yoongi. — É como um baile de debutantes para bruxos.

— Simsortas são para bruxos e Samsortas para bruxas. — alguém acrescenta. —

Olho para Taehyung e vejo o mesmo conversando com Hoseok. sorrio e volto a prestar atenção nos outros.

Yoongi estala os dedos e diz:

Marrwhin!

Aparece dois pratos. Um com crème brûlée. E o outro com alguns macarons.

Começamos a comer.

—Quebra de Tempo—

— Toma. — o Jungkook me entrega um papel. —

— O que é isto? — olho para o papel. —

— Meu telefone. — ele sorri. — An-nyeong!

— An-nyeong. — aceno para o mesmo que já estava um pouco longe. 

 

An-nyeong : Tchau em coreano :


Notas Finais


Gostaram?
Continuo?
bjaun! sz


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...