História Moorings of a wendding - Capítulo 3


Escrita por: ~

Postado
Categorias Miraculous: Tales of Ladybug & Cat Noir (Miraculous Ladybug)
Personagens Adrien Agreste (Cat Noir), Alya, Gabriel Agreste, Marinette Dupain-Cheng (Ladybug), Nino, Plagg
Exibições 233
Palavras 1.009
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Bishoujo, Comédia, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Spoilers
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Bom... Demora para sair capitulo nessa fic pq é difícil fazer uma releitura... Mas enfim, espero que gostem.

Capítulo 3 - Você é insuportável, mas eu te amo


Fanfic / Fanfiction Moorings of a wendding - Capítulo 3 - Você é insuportável, mas eu te amo

Adrien estava penteando o cabelo enquanto Marinette ajeitava a camisola de seda vermelha... Ele olhava discretamente, mas não saiu despercebido de Mari.

- Que qui foi?- Ela falou com uma cara zangada.

- Por que você faz isso?- Falou impaciente e com uma pontada de raiva, ela deu um sorriso convencido e fala:

- Você me ama né? Você gosta! Não resiste a tentação.- Ele revirou os olhos e Cruz ou os braços e disse:

- Já tive mulheres mais sexys e provocantes.- Ela deu de ombros e fez biquinho, ela deu um sorriso provocante e falou em uma voz sexy:

- Tem razão... Não sou mas...- Ela engatinhou para perto dele na cama, colocou as mãos no peito dele e ele ficou exaltado- Acho que sou o suficiente... Para você pedir que eu durma nua.- Ele falou gaguejando:

- Voce quer?- Ela segurou o queixo do loiro e quando ele estava prestes a beija-la, ela riu e se jogou na cama:

- Você é tão fácil!- Ela ria e ele fez uma cara zangada, murmurando coisas que a azulada nem deu ouvidos. 

                ☆ ☆ ☆ ☆ 

Marinette e Adrien estavam em um jantar junto a mãe e seu amigo Plagg, que, por algum motivo fora convidado.

Eles conversavam animadamente, Adrien ainda mandava indiretas e a debochava, mas não tanto quanto há uma semana.

Marinette falava com Plagg quando sentiu uma mão em seu ombro. Ela se virou e encarou aquele ruivo:

- Oi Mari... Posso trocar uma palavrinha com ela?- Todos assentaram menos Adrien que se calou, Marinette perguntou e ele respondeu:

- Ah... Claro... Tanto faz...- Falou pensativo, pronunciando as últimas palavras em um murmúrio. Marinette e Nathanael foram para um lugar distanciado e Adrien ficou a encarando. Plagg olhou para Lílian que encarou de volta:

- Adrien... Você está com ciúmes!- Falou Plagg cruzando os braços, se nomeando o dono da razão.

Adrien encarou Plagg e falou:

- Nada disso... Só que... Ela está casada comigo...- Plagg o olhou vitorioso, o mesmo tinha colocado as cartas na mesa. Adrien percebeu o que falara, e falou rapidamente, tentando concertar o ato- Não que eu me importe... Também... Eu estou ótimo.

"Você quer que ela fique"

Enquanto isso...

- Nath... Me desculpa... Mas não deu certo uma vez... E não quero passar por isso de novo! Você me traiu! Me traiu com a Juleka... Agora fique com ela!- Marinette saiu com uma pontada de ódio e dor...

Ela chegou a mesa e estavam falando sobre Adrien gostar de Marinette e ele querendo que ela ficasse no final. Ela deu um sorriso e cutucou a bochecha de Adrien:

- Eu sei que o gatinho me ama! Eu sei que ele não vai deixar eu ir.

- Tá, tá! Nem nos seus sonhos "querida".- Plagg falou:

- Aham, "nem nos seus sonhos...", Daí então, dois filhos e um cachorro.

        ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆

Adrien estava no trabalho quando Lila chegou o chicoteando, ele gemeu de dor e ela sorriu, ele gruniu e falou:

- Se tem problema mental? Que saco!

- Como assim gatinho? Você gostava disso...- Ela falou fazendo um beicinho:

- Ah vai se fuder, nunca gostei disso! Vai achar alguém que goste!- Adrien viu Lila se afastar e suspirou aliviado.

Despois de um longo dia de trabalho Adrien chega em casa e logo é puxado por Marinette, ele murmuria:

- O que você quer?

- Voce vem comigo! Quero que você seja meu "esperimentador".- Adrien arqueou uma sobrancelha e antes que pudesse retrucar, Marinette o puxou para dentro do carro... 

Adrien voltou-se para olhar o restaurante fino que eles estavam, era rústico com detalhes de maneira por fora, mas por dentro um ar calmo e escuro...

- O que estamos fazendo aqui?

- É onde eu trabalho.- Ele riu e falou:

- Sério? Umazinha como você? Trabalhando aqui?- De repente apareceu um homem, parecia ser uns três anos mais velho que Adrien, ele puxou Marinette e falou:

- Oi joaninha...

- Oi Iyaru...

- Preciso que você crie aquele novo prato... Você consegue?

- Claro! Pode contar comigo.- Ele deu um beijo nas costas da mão de Marinette, ela tirou a mão rapidamente e falou- Éh... Tchau!

Ela puxou Adrien para dentro da cozinha. O loiro via a cena com uma pitada de ódio. "O que eu estou pensando... Eu quero que ela vá embora... Ou será que estou enganado?" Pensava.

Ele entrou na cozinha, era impecável e chique. Ele sentou se em uma cadeira e viu a azulada trabalhar. Ele começou a encarar os fios que iam de la para cá por causa da correria. Do jeito fofo de concentracao dela... “O que eu estou pensando?! Eu... Acho....”, ele se negava, logo ele foi tirado dos devaneios com a azulada o chamando-o:

- Olha... Eu preciso que você prove..- Ela acentiu. Colocou um pouco na boca e "Nossa... Que coisa gostosa", Adrien falou:

- Está bom... Mas você precisa melhorar.- Adrien falou convencido, se achando o melhor:

- Tá...- Ela suspirou- Em que eu preciso melhorar.- Cruzou o s braços com um sorriso de canto e sobrancelha arqueada:

- É-é nos temperos e...- Ele se embolava, ela riu, ele se derreteu, ela disse:

- Da pra parar de ser tão orgulhoso e dizer se está bom ou ruim? Eu preciso da sua sinceridade.

- Está maravilhoso... Okay?- Ele murmurou.

- Eu não ouvi direito.- Ela falou rindo.

- Está maravilhoso!- Falou em um tom alto e ela falou:

- Obrigada. Eu ja sabia.

- Convencida.

- Orgulhoso.

         ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆

Marinette já havia dormido, Adrien a fitou, ele deu um sorrisinho, mas logo mudou sua expressão, ele estava se apaixonando pela garota.

“O que voce esta pensando Adrien? Eu... Acho que... Me apaixonei”- Ele se deitou ao lado dela e abraçou sua cintura.

   ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆ ☆

Marinette acordou com Adrien ainda preso a ela, apertava, ela deu um sorriso, sentiu a respiração calma do loiro...

Passou algum tempo e ele acordou. Ele murmurou algo, ela riu e se vir ou para o mesmo:

- Está mesmo me abraçando a noite inteira?- Ele desviou o olhar e falou:

- Acho que sim, né?- Ela se aconchegou no peito dele e perguntou:

- Você me ama?- Ele exitou, a puxou para mais perto e disse:

- Claro... Eu... Eu... Te amo...


Notas Finais


Estamos chegando no final... Essa fic tinha que ter no máximo dois capítulos... E o que eu fiz? Fiz mais! KKK Espero que tenham gostado.

Vejam minhas outras fics... Comentem e favoritem! 😉😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...