História More of it (Jren) - Capítulo 2


Escrita por: ~

Postado
Categorias NU'EST
Personagens Aron, Baekho, Jr, Minhyun, Personagens Originais, Ren
Tags Jren, Ren
Exibições 107
Palavras 896
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Escolar, Famí­lia, Ficção, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Yaoi
Avisos: Bissexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Sexo, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Helloo queiriditos que passam por aqui :3

Prepare-se pois agora a coisa pegou fogo *--*
Esse é só um cheirinho do ren pra vcs hauuieu
Espero que gostem, beijiiitchos ;***

Capítulo 2 - A encomenda


Continuação
~Flashback on~

Naquela noite o casal demorou um pouco mais para pegar no sono, acabaram tendo muitos pensamentos a respeito do que havia acontecido e conversaram até altas horas da madrugada em seus quartos. O pai de Minki quando teve sua chance, pediu desculpas ao filho pela reação que teve. Minki aceitou.

Mesmo após ter aceitado as desculpas do pai, ele havia ficado um pouco mal pelo ocorrido. "Todo esse transtorno, apenas por causa do meu relacionamento com o Aron", pensou. Pegou o celular e leu a mensagem enviada pelo ficante antes de dormir. "Amanhã o dia será longo", pensou. Sem responder, se deitou e dormiu.


Flashback off-

Minki e Aron puderam ficar juntos sem nenhum problema. O pai de Minki no início não queria que Aron fosse até a casa da família pois não se sentia preparado para isso, mas conforme foi se acostumando com a ideia, deixou-o visitar seu filho, mas nunca deixava que os dois ficassem sozinhos em alguma parte da casa. Basicamente quando se tratava de um homem se relacionando com seu filho, ele o prendia demais, da mesma forma como muitas garotas acabam sendo tratadas por seus pais ciumentos.

Os meninos terminaram, por pedido de Minki. Aron sofreu bastante mas superou, se tornando amigo dele novamente.

Após recém ter completado 16 anos, Minki voltou a ficar com Aron, porém já não tinham as mesmas intenções de três anos atras. Anteriormente haviam se apaixonado, mas neste momento tinham relações sexuais sem considerarem-se nem mesmo ficantes, denominando aquilo de amizade colorida. Foi aí que Minki descobriu sua preferência por ser passivo, pois experimentava de todos os jeitos com Aron, que preferia ser ativo mas deu a oportunidade para que o outro se conhecesse. Aron era bem mais experiente que ele e dois anos mais velho.

Minki conheceu outros amigos gays também. Um deles o recomendava sites de lojas online onde ele poderia encontrar vibradores, lubrificantes e diversos acessórios que o deixariam mais feliz do que com apenas seus próprios dedos. Não pensava em usar nada daquilo com Aron, sentia que isso seria como "esquentar a relação" dos dois. Mas eles não se consideravam um casal, Minki queria experimentar esses brinquedos sozinho, até porque se sentia um pouco dependente do corpo de Aron, pelo simples fato de que ele possuía um pênis.

Depois de comprar alguns brinquedos na sex shop online, descobriu que suas masturbações podiam ficar maravilhosamente melhores.


Flashback on~

 

Minki ouviu a campainha. Sentiu um frio na barriga, seria o pedido que fez pela internet ? Olhando pela janela notou que era seu pacote. Correu até o portão

 

-Boa tarde. - cumprimentou-

-Boa tarde, senhor Choi Minki?

-Sim sou eu.

-Aqui está a sua encomenda, -disse o homem segurando a caixa, que era muito discreta por sinal- Por favor assine aqui - disse passando o papel e a caneta para o garoto.

-Está aqui- entregou-lhe o papel assinado. Abriu o portão para receber a caixa em suas mãos- Muito obrigado.- agradeceu, dando um sorriso-

O homem entrou na van e foi embora. Minki estava quase dando gritinhos de alegria. "Nao acredito, meus brinquedos chegaram!! Aaa hahaha!!!", pensou dando um sorriso enorme. Levando a caixa até o quarto, abriu-a e começou a explorar o que havia comprado, mas ainda apenas olhando e tocando os objetos. Seus pais logo chegariam então deveria dar uma breve olhada e depois guardar, para em outra oportunidade usá-los pra valer.

Quando a oportunidade chegou, pegou seus objetos: um vibrador em formato de pênis e um lubrificante sem cheiro ou gosto. Ele havia comprado camisinhas e lubrificantes com sabor, porém não os usaria ali sozinho. Começou então a ver vídeos pornô na internet, ficando cada vez mais excitado.

Estava deitado em sua cama, ainda vestido com um pijama de moletom branco e cinza. Passou a mão por baixo da própia blusa, tocando seus mamilos. Adorava estimular aquela parte de seu corpo, sempre que se masturbava iniciava ali. Deixou a blusa erguida, com a barriga e mamilos à mostra enquanto abaixava a própria calça e cueca.

 

Resolveu tirar os fones e desligar o vídeo, já estava excitado o suficiente. Se despiu ficando completamente nu, começando a tocar em seu membro. Separou suas pernas, deixando o caminho livre para que sua mão tocasse seu ânus.

 

Abriu o lubrificante e lambuzou seus dedos com ele, começando a penetrar em si devagar, aumentando progressivamente a quantidade de dedos até chegar ao terceiro. Pegou o vibrador e encheu-o de lubrificante, ficando ainda mais excitado ao olhar o que iria estar dentro dele em pouco tempo.

 

Espalhou o produto com a mão por toda a extensão do vibrador até que ficasse bem escorregadio. Sabia que o próximo passo doeria um pouco, mas já tinha costume. Masturbava seu pênis com uma mão enquanto a outra empurrava o objeto para dentro de seu corpo.

 

-aaahh... -gemeu baixinho- sentia uma dor aguda não tão forte, sabia que passaria logo. Já era acostumado devido a prática com Aron, tanto que aquela dor era até prazerosa pra ele. Então relaxou e continuou a penetrar o objeto em si até gozar.

"Nossa.. ", disse baixinho após o orgasmo. Adorou o que aquele objeto podia proporcionar a ele. "Então não é só o Aron que pode me fazer sentir assim" Constatou.

 


Flashback off~

Depois que aquela "dependência" passou, os dois pararam de ter relações sexuais, ficando apenas na amizade. 
 

 

Continua...

 


Notas Finais


Comente o que está achando!!!
Desculpem os erros, vou tentar ir editando e corrigindo os probleminhas :)))
até o próximo capítulo ;*


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...