História More Than Friends - Cellbit - Capítulo 18


Escrita por: ~

Exibições 49
Palavras 826
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


OLHA QUEM VOLTOU
ISSO MESMO
LETICIA ÁRVORE
O tão esperado capítulo com o hot de Cafael tá aí
Se ficou ruim, me culpem, ainda to meio ruim pra fazer hot
Se ficou pequeno, culpem a Sarah (@SahMinion)
BOA LEITURA SEUS LINDO ❤️

Capítulo 18 - Cafael


Fanfic / Fanfiction More Than Friends - Cellbit - Capítulo 18 - Cafael

Antigamente:

Todos são inferiores a mim. Ninguém é melhor que eu.

Ninguém.

Atualmente:

P.O.V Rafael

~ Um dia depois ~

- O almoço tá pronto. Tentei... - Falei e cocei minha nuca.

- Deve estar delicioso. - Falou Carol.

- Não sei cozinhar muito bem, espero que fique bom mesmo.

Peguei um prato e me servi.

- Cara, isso tá muito bom! - Ela sorriu.

Esse sorriso lindo... Ela me encanta, ela é maravilhosa. Minha vontade ali era de encher ela de beijo até o amanhecer.

Eu amo muito ela... Quero demonstrar isso. Como?

(...)

Terminamos de comer e ficamos na sala vendo Between. Carolina estava bem atenta, mas eu não conseguia parar de olhar para ela. 

- Tá me vendo ou vendo série? - Perguntou me olhando.

- Vendo você... Você me hipnotiza a cada olhar, sorriso, gesto... Tudo em você me hipnotiza.

Ela me encarou e abriu um sorriso. Ela desligou a televisão e começou a me beijar. Ela me levou pro quarto e eu comecei a tirar minha blusa. Tirei sua blusa, deixando seus seios tampados apenas com o sutiã preto. Fiquei encarando seus seios e depois tirei seu short, a deixando apenas de calcinha e sutiã. Voltei a beija-la e ela começou a tirar minha calça, deixando minha box a mostra, com meu membro já "animadinho". Tirei seu sutiã e comecei a massagear seus seios enquanto ela passava minha mão por cima da minha box. Eu tirei sua calcinha, deixando minha intimidade a mostra e ela ficou com vergonha.

- Você é muito bonitinha com vergonha. - Sorri.

Ela tirou minha box e começou a massagear meu membro.

Peguei minha carteira na escrivaninha e tirei uma camisinha. Eu coloquei a camisinha e deitei por cima dela.

- Pronta?

- Pronta.

Comecei com os movimentos. No começo, ela gritava de dor, mas depois tudo foi se transformando em prazer.

- R-Rafael... Eu te amo... - Falou em meio aos gemidos.

- Eu também te amo... - Falei e lhe dei um beijo.

Chegamos ao nosso ápice e ela deitou em meu peito.

- Carolina, eu te amo.

- Rafael, eu te amo.

Adormecemos assim, com um sorriso no rosto.

(...)

P.O.V Carolina

Acordei e Rafael já não estava do meu lado. Vesti minha roupa que estava jogada no chão quarto e fui pra sala.

- Rafael? Cadê você? - Perguntei.

- Bu! - Ele gritou saindo do seu quarto.

- Porra, você me assustou! - Falei e deu um soquinho no braço dele.

- Eu estava editando um vídeo. Tenho que postar ainda hoje.

- Pode acabar, eu vou gravar um vídeo pro meu canal, eu não posto tem mais de uma semana.

- Tudo bem. - Ele falou e voltou pro quarto.

Arrumei a câmera, o tripé e algumas outras coisas na sala, já que o meu "cenário" era lá. Comecei a gravar, o tema era séries.

Rafael dei algumas passadas por lá, aparecendo na câmera, mas eu não liguei e nem gravei a parte que eu estava falando de novo, então isso teria que sair no vídeo.

- Tchauzinho e até mais! - Falei e acenei para a câmera.

Terminei de gravar e já fui pro computador pra tentar editar o vídeo.

- Eu não devia ter aparecido... - Rafael falou observando algumas partes do vídeo. - Eles vão ficar falando no Twitter sobre isso...

- Rafael, não liga. - Falei dando um selinho nele.

- Tudo bem. É que eu nunca liguei pra essas coisas mesmo, mas agora é algo diferente... Por que será?

- Não sei... Acabou de editar seu vídeo?

- Sim, por que?

- Queria sua ajuda aqui, pra ver se o vídeo ficou bom.

- Você já está no vídeo, ele já está perfeito. - Falou e me beijou.

- Rafael, um dia eu comprei esse ursinho de pelúcia aqui. Eu iria te entregar, mas ele é muito fofinho. - Falei mostrando um ursinho. - Aqui. Pra você sempre se lembrar de mim. - (n/a: guardem isso no coração de vcs).

- Awn, obrigado. - Ele me abraçou e depois me deu outro beijo.

- Eu te amo. Muito. - Sussurrei.

- Eu também. Muito. - Sussurrou de volta.

Nos abraçamos e ficamos ali. Eu não queria soltá-lo, aquilo era muito bom. O abraço dele era bom, aconchegante, forte, cheio de amor.

- Termina de editar seu vídeo, eu vou estar na sala vendo Doctor Who. - Ele se separou do abraço.

- Ok. - Eu o abracei de novo. - Saiba que seus abraços são muito bons. - Falei e ele me abraçou mais forte.

Ele foi pra sala e eu fiquei editando o vídeo pra tentar postar ainda hoje.

O que rolou entre nós hoje, foi tão verdadeiro... Eu senti que foi. Eu amo muito o Rafael... Ele me ama muito.

Nosso amor é tão verdadeiro. 

Rafael, um dia minha vida vai acabar, mas meu amor por você não. É pra sempre.

Sempre.

Continua...


Notas Finais


Comentem ❤️
Estamos chegando a 100 favoritos ❤️
Compartilhem com seus amiguinhos <3
Bye 💕


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...