História More Than Friends - Capítulo 16


Escrita por: ~

Postado
Categorias Ed Sheeran
Exibições 8
Palavras 1.770
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Drama (Tragédia), Famí­lia, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Tortura, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olaa, volteii, espero que gostem

Boa leitura😇😘

Capítulo 16 - Tive medo de te perder


Fanfic / Fanfiction More Than Friends - Capítulo 16 - Tive medo de te perder

Fiquei olhando pro teto e pensando se eu falo com Ed sobre mudar de casa, resolvi levantar, fiz minha higiene e desci pra ver o que Ed estava fazendo lá embaixo, olhei na sala e ele não estava lá, fui na cozinha e ele também não tava lá, olhei na área da piscina e ele também não tava lá, subi pro meu quarto e peguei meu celular para ligar pra ele, confesso que fiquei um pouco tipo muito desesperada por dentro, peguei meu celular e liguei pra ele

Ligação On

- cadê você?

- to indo pra casa

- onde estava?

- na padaria ue

- fazendo?

- comprando coisas pra eu comer

- ata, vem logo

- ta, to indo

Ligação Off

Respirei aliviada, comecei a arrumar todo o quarto, estava uma bagunça, arrumei tudo, me deitei e fiquei lendo um livro

- CHEGUEIII - gritou ele lá de baixo

Desci as escadas e fui ate a cozinha

- que temos de bom? - perguntei pra ele

- pega ai - disse ele tirando as coisas da sacola

- hummmm, bolo de chocolate - disse eu com um sorriso no rosto

- sabia que iria querer - disse ele rindo

- obrigada senhor sabe tudo - disse rindo dele

- de nada chata - respondeu ele

Comi o bolo quase todo, fui pra sala, me deitei e fiquei olhando pro nada, comecei a pensar no que eu queria falar pro Ed, sobre mudarmos de casa, não sei se ele vai aceitar, bom, só saberei a resposta dele se eu perguntar não é mesmo

- Ed, brota aqui - disse me levantando e sentando no sofá

- manda - disse ele se jogando no sofá do meu lado

- eu queria te perguntar uma coisa - disse

- hum

- eu tava pensando o seguinte, ontem minha, quer dizer, a Lisa conseguiu entrar aqui dentro da nossa casa com a maior facilidade do mundo, se ela consegue fazer isso, provavelmente pode fazer coisas piores, ta me entendendo? - disse

- sim, continua

- então, ai ontem eu fiquei pensando em uma coisa, que tal a gente se mudar pra outro lugar, eu sei que a gente não tem tanto dinheiro assim pra poder comprar uma casa, mais pensa comigo, a gente pode começar a trabalhar, dai a gente junta o dinheiro que a gente conseguiu do trabalho e tenta comprar uma casa, talvez demore muito, mais a gente tem que tentar - disse

- boa ideia, mais você não vai precisar trabalhar, e também não iremos gastar nada, conheço um lugar aqui que tem uma casa que era da minha tia, só que como ela faleceu, a casa esta vazia, posso conversar com um primo meu que era filho dela e ver se ele permite que nós nos mudamos para lá - disse ele

- pode ser, mais seila - disse

- mais nada, é isso - disse ele convencido

- okay senhor - disse rindo

- idiota né - disse ele rindo de mim

Ficamos conversando na sala por um bom tempo, depois de meses consegui conversar com ele como antes, era tão bom saber que ele tava ali comigo, é uma sensação tão boa...

- iai o que vamos fazer? - perguntou ele cortando o silencio que ficou der repente entre nós

- não sei, o que quer fazer? - perguntei

- eu tenho uma ideia, que tal a gente ir em uma cafeteria que fica do lado de um parque? - Perguntou

- pode ser, só vou tomar um banho - disse me levantando

- eu vou assim mesmo - disse ele me olhando

- então nem chega perto de mim - disse rindo

- então acho melhor correr por que eu vou chegar bem perto - disse se levantando do sofá e correndo em minha direção

- sai - disse rindo e correndo na escada pro meu quarto - quero ver você pegar agora - disse rindo quando fechei a porta do meu quarto

Tudo ficou um silencio, pensei que ele tinha desistido então fui tomar meu banho, tomei meu banho, coloquei um vestido preto que estava no guarda-roupa a séculos e coloquei um tênis All Star preto, fiz uma trança com pouco fios de cabelo em cada lado e prendi pra trás, peguei meu celular e quando ia abrir a porta levo um susto

- peguei - disse alguem atrás de mim me abraçando, logo, percebo que era o Ed

- quer me matar do coração é? - perguntei respirando fundo

- foi mal, nem foi minha intenção - disse ele com cara de quem não fez nada

- aham, sei, ate imagino - disse rindo da cara dele

- me espera que agora eu vou tomar banho - disse indo ate o banheiro

- ta, só não demora - disse

Depois de uns 10 minutos ele saiu do banheiro, fiquei sentada na cama esperando ele

- vamos? - perguntou

- sim - respondi desligando o celular - toma - disse estendendo a minha mão com o meu celular

- pra que eu quero isso? - perguntou

- não sei se você percebeu mais eu estou de vestido, e como você pode ver o vestido não tem bolso e eu não estou levando minha mochila, então faz o favor de colocar o meu filho dentro do seu bolso, obrigada de nada - disse colocando o meu celular dentro do bolso da calça dele

- como você é chata - disse rindo

- falou o que não é insuportável né - disse rindo da cara dele

Saímos de casa e fomos andando ate o tal lugar... O dia estava bom pra mim, nublado e em uma temperatura ótima...

Andamos ate a cafeteria e quando me dei conta era a cafeteria em que o Jasper costumava ir todos os dias, achei que fosse em outro lugar, só espero que ele não esteja lá dentro... Na verdade, nem sei por que estou preocupada com isso, Ed tem que aceitar a minha amizade com Jasper, quer saber esquece isso Louise

- chegamos - disse ele soltando minha mão

- vamos entrar? - perguntei

- sim, as vacas primeiro - disse dando um espaço assim que abriu a porta

- babaca né - disse rindo e dando um soco de leve nele

Ficamos conversando, eu estava comendo um bolo que nunca tinha provado, que por sinal, estava uma delicia, e ele tomando uma café...

- que tal a gente ir no parque agora? - perguntou sorrindo

- pode ser - disse e fomos andando ate lá

- então, o que você fez enquanto eu estava em outra cidade, Tirando as partes ruins? - perguntou ele se sentando debaixo de uma arvore gigante

- bom - disse me sentando do lado dele - comecei a gostar de estudar por incrível que pareça, fui em um acampamento... - disse tudo o que fiz de legal, enquanto ele não estava aqui

- que acampamento? - perguntou

- um acampamento ue - disse

- com quem? - perguntou

- com o Jasper - disse com um pouco de medo em relação a como ele reagiria - mais não aconteceu nada entre a gente, fomos só pra distrair a cabeça e porque seria minha primeira vez em um acampamento - disse a ele

- e o que você fez lá? - perguntou

- dormi, li livros, escutei músicas, fiquei envolta da figueira, entrei na "praia" que tinha, bebi... - disse

- você fez o que? - perguntou me interrompendo

- bebi?! - disse

- você bebeu o que? - perguntou

- vodka - disse com um sorrisinho

- não sabia que você bebia - disse ele

- achei que iria ficar bravo comigo - disse respirando fundo

- por que? - perguntou rindo

- você tava fazendo tantas perguntas - disse sorrindo

- estou tentando manter o controle ue - disse rindo

- olha só os pombinhos - disse uma voz atrás da arvore onde estávamos

- quem é você? - perguntei pra um cara que não fazia a minima ideia de quem era

- deixa eu me apresentar, sou Eric, amigo da sua mãe - disse rindo falsamente e estendendo a mão

- o que quer? - disse ignorando a mão dele

- matar ele - disse rindo e apontando pro Ed

- sai daqui agora - disse Ed se levantando, confesso que meu coração gelou, fiquei na frente do Ed

- sai daqui - disse suando frio

- e se eu não quiser vai me obrigar? - disse ele rindo

- o que você quer, faço qualquer coisa só não mata ele - disse e uma lágrima escorreu pelo meu rosto

- você acha mesmo que vai me convencer falando isso? - disse rindo

- por favor não faz nada com ele - disse com o coração acelerado, as lágrimas escorriam pelo meu rosto mesmo eu tentando segurar

- como vocês são chatos em, agora sei porque a Lisa queria tanto arrancar a cabeça desse ai - disse o cara revirando os olhos

- por que não deixa a gente em paz? - perguntei

- por que eu quero algo que só a sua mãe pode me dar no momento - disse 

- o que? - perguntei 

- ela vai apagar tudo que esta na minha ficha na delegacia - disse rindo - só que tem outra coisa melhor que isso - disse ele passando a mão em meu rosto - ela vai te entregar pra mim, assim que eu matar o seu amigo - disse com um sorriso malicioso

- isso é pra você nunca mais por a mão nela - disse Ed dando um soco na cara do cara

- eu vou te matar seu...

- seu tênis ta desamarrado - disse sem pensar duas vezes o interrompendo

- que? - disse ele olhando pro pé

Peguei a cabeça dele e bati com tudo no meu joelho, dei um chute nele e ele caiu com tudo no chão, puxei Ed indo direto pra casa, não estava querendo ser surpreendida por mais ninguém

- onde estamos indo? - disse Ed correndo junto comigo

- pra casa, não quero perder você, não posso arriscar ficar patetando na rua enquanto tem varias pessoas querendo te matar  -  disse correndo 

Chegamos em casa, repirei fundo e entrei

- você ta bem? - perguntei preocupada

- to sim - disse ele 

Subi pro meu quarto e fiquei deitada na cama, estava assustada demais, fiquei com tanto medo de algo acontecer com Ed, foi a pior coisa que já senti, depois de um tempo percebo que lágrimas escorriam pelo meu rosto

- ta tudo bem? - perguntou Ed entrando dentro do quarto

- to sim - disse secando minhas lágrima

- por que tava chorando? - perguntou ele

A única coisa que fiz foi abraçar ele,  as lágrimas não paravam de escorrer pelo meu rosto, estava com tanto medo, tão insegura, mais depois que abracei ele, tudo ficou diferente, me senti protegida, calma, e sem medo... depois de um tempo susurrei em seu ouvido

- tive medo de te perder... 


Notas Finais


Espero que tenham gostado, me desculpem pelos erros de português, caso teve algum...

Bjs😘


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...