História Morgenstern: O Despertar - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias Os Instrumentos Mortais, Shadowhunters
Personagens Alexander "Alec" Lightwood, Clary Fairchild (Clary Fray), Hodge Starkweather, Isabelle Lightwood, Jace Herondale (Jace Wayland), Jocelyn Fairchild, Jonathan Christopher Morgenstern, Magnus Bane, Maryse Lightwood, Personagens Originais, Sebastian Morgstren
Tags Clace, Malec, Sebastian, Shadowhunters, Sizzys, Tmi
Visualizações 15
Palavras 1.123
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Drama (Tragédia), Ficção, Hentai, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Sobrenatural, Violência
Avisos: Álcool, Canibalismo, Drogas, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 5 - O Instituto E O Magnus Bane


Fanfic / Fanfiction Morgenstern: O Despertar - Capítulo 5 - O Instituto E O Magnus Bane



O garoto de cabelos negros me puxava para um lugar que eu não sabia aonde era. Ele parecia nervoso e preocupado com algo.

- Quem é você ? - Perguntei enquanto era puxada.

- Meu nome é Alec Lightwood - Ele disse e continuou a me puxar, eu não sabia o que acontecia.

- Para aonde está me levando ? - Disse.

- Para o instituto - Ele disse - Jace me mandou uma mensagem de fogo dizendo que você estava com Sebastian, e que tinha uma grande possibilidade de saber o plano dele...

- O que ? - Disse puxando meu braço com força me livrando do aperto dele. Ele parou e me olhou com uma expressão séria.

- Pensei que você iria querer vir do jeito fácil - Ele disse apertando o seu Arco que estava em sua mão esquerda - Hayden, não quero machuca-la.

- Eu não sei nada sobre Jonathan - Disse - ele apenas me salvou daquele cara...

- Eu acho que não está me dizendo a verdade - Ele disse me olhando - Se realmente é isso, não vai se importar de vir comigo e dar seu depoimento.

- Você é da polícia - Disse - Não vai me algemar e pé jogar dentro do carro ?

- Seria interessante - Ele disse - Mais não.

Eu pensei, talvez se eu for, eu descubra o que está acontecendo.

- Tudo bem - Disse - Eu vou com você, só se me contar o que está acontecendo.

- Tanto faz - Ele disse.

Ele começou a andar, e eu o seguia.

- O que Jonathan fez pra vocês caçarem ele ?

- Ele provocou uma guerra... Fala como se não soubesse.

Virando a esquina notei algo que eu não havia notado, ele tinha umas marcas que eu conhecia. Me lembrava da mãe de Willow ter um livro com várias delas, mais ela não tinha as marcas no corpo como Alec.

Eu notei também que ele andava apenas de preto, calça pretas, blusa preta, e jaqueta de couro preta...

- Você é gótico ? - Perguntei com uma certa curiosidade.

- Não - Ele disse sendo seco.

Foi quando chegamos a uma catedral, mais não era apenas uma catedral, era como se fosse um castelo, sentia o olhar penetrante de Alec em mim, eu o olhei e ele desviou o olhar.

- O que é isso - Perguntei olhando em seu cinto e vendo algo que aparentava com uma caneta bem feia

Sabia que era com ela que ele desenhava os símbolos, vi Jonathan desenhando com um instrumento igualzinho, parece ser até o mesmo, mais a do Jonathan tinha detalhes diferentes do que a de Alec.

- É uma Estela - Ele disse - Serve para fazer runas... Hayden... Voce aje como se não soubesse...

- E eu não sei - Disse - Eu não sei de nada tá Alec, se tá procurando alguém, achou a pessoa errada.

- Eu posso descobrir a importância de você, o por que Sebastian voltou, e como.

Ele abriu a porta e entrando. Ele olhou para mim, hesitei antes de subir os degraus e entrar naquele local. O grande local estava cercado por quadros incríveis de anjos, em uma mesinha próxima ali havia um vaso de flores, ao meu lado esquerdo havia uma escada e um pouco mais a frente havia um elevador... Estava tão admirada com aquilo que havia me esquecido de Alec que estava próximo a mim.

Eu me virei para dizer algo, ele estava me observando desde o começo, quando eu abro a boca para falar, ouvi o barulho do elevador.

- Alec - Disse um cara vindo em direção a ele.

Ele logo parou e me olhou com uma expressão de surpresa, eu também fazia o mesmo.

- Hayden - Ele sussurrou o meu nome me olhando assustado.

- Você - Disse - Mais... O que você faz aqui... Eu não entendo...

- Calma Hayden...

- Magnus a conhece - Alec disse olhando para Magnus surpreso.

- Sim - Magnus disse - Conheço Hayden de Orlando... Mais já faz anos que eu não vou lá.

- por que você ia lá ? - Alec perguntou.

- Ele cuidava da minha mãe adotiva - Disse - Ela estava muito doente, ele me levava junto a Willow em lugares que sempre quisemos ir, como a Disney.

- E falando nisso - Ele disse - Como Léia e Willow estão ?

- Leia morreu há um tempo - Disse - E a Willow, não a vejo a dias.

- Magnus - Alec disse - Ainda não estendo o que está acontecendo...

- Magnus - Disse uma voz que eu conhecia, olhando para as escadas o garoto de cabelos dourados descia.

Ele era o mesmo garoto do beco, no qual Jonathan me salvou e disse para mim correr. Ele olhou bem para mim, seus lindos olhos dourados me olharam de cima a baixo me examinando.

- Jace - Magnus disse - Tudo bem ?

- A clave está reunida na biblioteca, e obrigado Alec por trazê-la aqui.

- Como assim "trazê-la" ? - Magnus disse fazendo aspas com os dedos.

- Ela estava no local aonde encontramos Sebastian, então suspeitamos que eles possam estar tramando juntos.

- Olha - Disse - eu conheço Jonathan a um dia, o meu dia até agora está sendo horrível, eu vim para cá para fazer faculdade em City University Of New York, com a minha melhor amiga barra irmã, só que ela não vai poder vir, um cara estranho me empurrou pro meio da rua e graças a Kayden, um menino gato porém estranho, me ajudou e me deu um anel, e por último conheci Jonathan na cafeteria, e adivinha quando eu estava indo acabar com esse dia horrível descubro que Jonathan está envolvido em sei lá o que e que acabou me envolvendo também - Terminei tentando recuperar o ar.

- Que tal falar isso para a clave - Disse o garoto de cabelos dourados - Eles adorariam ouvir como a sua vida é ruim.

- Jace - Magnus disse - eu conheço Hayden desde que ela apareceu na casa dos Reagan, ela não faria nada para machucar ninguém.

- Sinto muito Magnus - Disse o garoto que eu descobri que o nome era Jace - Mais é a lei.

Alec continuava em silêncio e Jace se aproximou de mim - Venha comigo - Ele disse e eu fui, eu não tinha muita escolha. Enquanto passava pelo corredor olhava tudo tentando memorizar por aonde eu vim caso eu saia correndo. Eu não sabia se ia ficar bem, mais sabia que poderia confiar em Magnus. Léia sempre confiou nele, e como uma mãe adotiva, eu confiava nela o suficiente para saber que estava segura com Magnus.

Jace parou quando chegamos as portas duplas.

- Não se preocupe - Ele disse - Se realmente não sabe nada, e nem jurou lealdade a Sebastian ficará bem

- Eu não fiz nada - disse.

Ele abriu as portas duplas.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...