História Move on - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Exibições 4
Palavras 405
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia)
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação, Suicídio, Tortura
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas da Autora


Espero que gostem.

Capítulo 1 - Agulha e linha


 

Você se lembra de quando tudo estava bem?

Okay, okay, admito que nem eu lembro, são tantos problemas rondando nossas vidas, tudo junto e acumulado.

Mas eu pensei que o que tínhamos era o suficiente pra você ficar do meu lado.

Eu vi você sofrer, eu te fiz sofrer, você me fez sofrer, e nós sofremos, juntos.

Você é uma parte de mim e eu me odeio por precisar tanto de você.

Me diga, o que eu fiz? O que eu fiz pra que tudo ficasse tão desgastado assim? 

Você me dá as mesmas desculpas, sempre.

É sempre a mesma coisa.

E você sempre dirige apenas aquelas palavras para mim.

Você brinca comigo como se eu fosse um boneco inútil, apenas servindo para ser torturado, iludido e depois jogado fora ou guardado na caixa.

Injusto.

Poemas, músicas, textos, tanta coisa pra você, e eu ganho apenas curtas palavras, "oi", "tchau" e aquelas palavras que eu choro só de lembrar.

E você nunca sabe o que dizer.

Tudo isso me deixa tonto.

Eu não durmo. Eu não como. Eu não faço nada.

Eu nem sequer consigo sair sem me lembrar que antes eu tinha você quando voltasse, ou que poderia te mandar mensagens caso estivesse com Internet.

Você foi a segunda pessoa que me deixou. A segunda pessoa que eu mais confiei e que me abandonou da noite pro dia.

E a segunda pessoa que eu quero de novo por perto.

Ah, mas pra você não valeu a pena.

E eu não valho a pena para você. 

Eu estou perdendo a minha cabeça e metade da água do meu corpo.

Eu não aguento mais não pensar em coisas fúteis como antes, em não conseguir sair da cama sem ficar tonto, eu não aguento mais chorar todo dia lembrando de você.

Você fodeu com minha mente e meu coração.

Você veio e foi embora, como se eu fosse um trabalho qualquer.

Suas fotos, elas machucam, você feliz com outra pessoa, com outros amigos, tudo. 

Principalmente as lembranças.

Você me contou seu segredo e eu o meu, eu fazia você e mais uma pessoa de parede e eu sabia que teria vocês pra me proteger.

E quando ela foi embora, eu pensei que teria você pra me ajudar.

Mas agora eu entendi.

Se nem amor é pra sempre, quem dirá amizade.

É com toda a dor no mundo, que eu dou adeus à vocês.

E a mim também. 

 


Notas Finais


Não sei se é pesada ou não, sei lá. Pensei nela durante a madrugada e botei em prática hoje, escrevi e corri pra postar, escutei Stitches enquanto escrevia.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...