História Mr. Kim Namjoon - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Bangtan Boys, Bts, Imagine, Rap Monster
Exibições 288
Palavras 745
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ecchi, Festa, Fluffy, Hentai, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Pansexualidade, Sexo, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Oie \o
É minha primeira fic hentai, então desculpa se não está aquelas coisa hehe :')

Espero que gostem ❤️

Capítulo 1 - Blind date


Fanfic / Fanfiction Mr. Kim Namjoon - Capítulo 1 - Blind date

Seus lábios beijavam meu pescoço com delicadeza, sua respiração estava lenta e pesada, o que declarava sua excitação. Ele apertava minha cintura com uma certa selvageria, mas o que se esperar de Kim Namjoon além de uma enorme sexualidade aflorada?

 

Em meio a beijos vamos para a cama, onde faço-o sentar. Aos pouco retiro minha roupa ficando apenas de lingerie preta. subo no colo de Namjoon, fazendo o mesmo arfar ao fazer nossas intimidades se encontrarem, mesmo que por cima de algumas peças de roupas. Começo a fazer movimentos lentos e sensuais sobre ele, que morde os lábios sem tirar o olhar sobre mim.

 

― Me mostre o que você sabe fazer ― ele sorri fitando meu corpo e deslizando suas mãos sobre o mesmo.

 

― Claro ― aproximo-me de seu ouvido e sussurro ― Oppa

 

― Adoro quando me chamam assim ― ele diz inspirando em meu pescoço ― adoro seu cheiro também, _____ adoro tudo em você.

 

Posso sentir seu membro crescer cada vez mais entre nós, o que me faz sorrir com uma certa malícia. Volto a beijá-lo, dessa vez com mais voracidade que as outras vezes, apenas nos separamos quando o ar realmente foi necessário.

 

― Acho que devo estar com roupas demais… não acha?― Sua voz estava cheia de excitação e desejo.

 

O ajudo com suas roupas, logo estamos nós dois apenas com nossas roupas íntimas.

 

Meu Deus que homem!

 

Faço-o deitar, ficando por cima novamente. Namjoon por sua vez me virou para baixo, levando meus braços para cima da cabeça, para que eu não interrompa seus atos. Em seguida retirou sua cueca box deixando seu membro a mostra, e colocou minha calcinha de lado, me penetrando com seus dedos e fazendo movimentos de vai e vem. Gemo seu nome e me contorço na cama. Os efeitos que esse homem tem sobre mim são inacreditáveis.

 

Ele retira seus dedos dizendo:

 

― Caralho _____! Tão apertadinha ― Ele então pega algo, que pelo barulho de plástico sendo aberto, deduzo ser uma camisinha.  

 

Estava certa. Namjoon abre a embalagem, soltando meus braços, me olhando para que eu o ajude, então o faço. Logo ele passa a mão mais uma vez por meu corpo, acariciando-me, fecho meus olhos sentindo seu toque. Parece exatamente o que ele esperava, pois, logo em seguida ele me penetrou, arrancando gemidos de ambos.

 

Deveríamos estar excitados ao máximo, já que não demora muito para chegarmos ao nosso ápice. Namjoon deita-se ao meu lado na cama dizendo:

 

― Foi ótimo te conhecer _____!

 

― Digo o mesmo, Oppa ―  rimos

Hoje eu sinceramente tive o melhor encontro às cegas que eu poderia ter. Minha amiga Yura o havia arranjado, ela é um anjo na minha vida, até mesmo um emprego arrumou para mim. Começo amanhã em um restaurante muito famoso aqui em Seoul, e tudo graças a ela.

 

Acordo e são cinco e pouco da manhã, eu deveria ir para casa, já que hoje começo no emprego novo e claramente esse hotel não tem nenhum uniforme para eu ir direto daqui para o restaurante. Pego minhas coisas e vou na ponta dos pés para a porta. Não quero acordar Namjoon, sei que é meio estranho sair assim, mas eu realmente preciso, e com toda a certeza ele apenas queria um sexo casual assim como eu.

 

Olho para meu celular e vejo que tem mensagem da Yura, então as leio

Mensagens on

 

Yura: Eae _____! Como foi o encontro com o chefe?

 

Yura: decidiram as últimas coisas do trabalho??

 

Yura: Sabe, aquelas que eu disse que vocês teriam que resolver pessoalmente.

 

Yura: Aish, não está me respondendo.

 

Yura:_____ já são quase duas da manhã. Aconteceu alguma coisa?

 

Yura: Me avisa assim que ver as mensagens ok?

 

Mensagens off

Pera… Kim Namjoon é o meu novo chefe? Meu Deus o que farei agora? Calma _____, pensa, você tem que ir pra casa primeiro. conversar com a Yura, antes de mais nada.

 

Vou às pressas para casa. No elevador acabo me encontrando com Jimin, meu vizinho, nos cumprimentamos e até chegar ao meu andar parece que demora um século. Assim que chega, vou para meu apartamento e vou para o quarto de Yura.

 

―  Yura, acorda ―  sacudo ela, que acorda levemente desnorteada.

 

― Hmm! O que foi? ―  ela semicerrou os olhos, para de alguma forma me ver mais claramente

 

― Eu dormi com ele ―  digo desesperada

 

― Quem?


― Kim Namjoon, Yura eu dormi com o meu novo chefe...


Notas Finais


Obrigada por ler >w<
E desculpa por qualquer erro

Chu~ ღ


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...