História Mr. Payne - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias One Direction
Personagens Harry Styles, Liam Payne, Louis Tomlinson, Niall Horan, Personagens Originais, Zayn Malik
Tags Romance
Exibições 18
Palavras 545
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Universo Alternativo
Avisos: Álcool, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


- Plágio e crime.
- Contém alto nível de clichê, se não gosta não leia.
- A personagem principal não tem nenhuma característica de alguma famosa ou alguém que eu possa disponibilizar foto, ela vai da imaginação de vocês.
- Obrigada a quem ler ♡

*Capítulo sem revisão, desculpem os erros.*
*Próximo capítulo prometo ter mais palavras*

Capítulo 1 - Limites


Aquilo era muito mais que inaceitável, era inacreditável, insuportável, inadmissível, uma filha da putagem se isso existe! 

Eu tinha acabado de chegar da minha faculdade que eu cursava de noite devido ao meu trabalho, e quando fui atravessar a cozinha para ir ao meu quarto eu me deparo com ele fodendo em cima da bancada da cozinha onde eu fazia minhas refeições. Confesso não ter ficado surpresa, ja vi o cretino fazendo coisas do tipo mas nunca na cozinha, isso ja era demais! Ainda mais porque eu e os outros funcionários da casa fazíamos nossas refeições bem ali, onde os peitos enormes e roxos de silicone da morena estavam debruçados. 

Estava possuída pela raiva, mas nada saía de minha boca e meus olhos alternavam entre a morena e ele, eu estava boquiaberta, completamente possessa.

- Até que enfim! Eu esqueci a camisinha, vai pegar no meu quarto! 

Respirei fundo e foi o necessário  para minha voz voltar.

- Eu não vou pegar nada! Liam isso ja é demais!! Logo na cozinha seu imundo?! Você não tem um pingo de juízo nessa sua cabeça mesquinha? - Eu gritava com ele, mas precisava controlar o tom ja que muitos na casa ja dormiam.

- Zara....eu preciso......ago...- a voz dele falhava e quando eu vi que ele iria se retirar de dentro da garota eu sai as pressas dali até meu quarto. 

Eu não me apresentei não é ? Me desculpe. Me chamo Zara como o escroto disse, Zara Emanuelle Smulders, igual a Cobie Smulders de How I Met Your Mother. Eu sei, incrível não é? Estudo publicidade na melhor instituição do estado de Miami graças ao Sr.Payne, pai de Liam. Ele e Karen, mãe de Liam me criaram praticamente como sua filha depois que minha mãe faleceu a 6 anos, e todos os dias eu agradeço por aquela família me tratar tão bem a ponto de esquecerem que eu trabalho para eles. 

Assim que entrei e fechei minha porta, ouvi gemidos abafados dos depois do orgasmo, aquilo foi repugnante, apenas se ter presenciado aquela curta cena eu me senti suja, então corri para o pequeno banheiro do quarto e tomei um banho me esfregando bem para tirar o cheiro de sexo que deve ter ficado em mim. Terminei minha ducha depois de um tempo e sai vestindo meu pijama velho de vaquinha e me deparei com o Liam em pé no meio do meu quarto olhando meus livros.

- O quê faz aqui?! - Ele a virou para mim e sorriu. Cretino.

- Minha amiga precisava de uma calcinha, eu acabei me empolgando com a dela.

- Eu não vou dar calcinha nenhuma minha pra uma vagabunda qualquer!

- Eu sei que não, porque você é chata. Eu mesmo peguei e dei. Suas calcinhas são muito broxantes Zara!

Eu não tava ouvindo aquilo, ele mexeu nas minhas calcinhas?! Meu corpo se esquentou de raiva, eu até podia sentir o sangue borbulhar nas veias.

- Você......mexeu nas minhas coisas íntimas ?  

- Nas calcinhas de vovó? Não foi o que eu te disse? 

Eu iria voar no pescoço dele, ia arrancar na unha aquelas tatuagens ridículas desse ridículo escroto quando meu celular começou a tocar. O peguei dentro da minha bolsa pronta pra ignorar mas meu sorriso enorme se abriu no mesmo instante. Era Tristan, meu namorado. 


Notas Finais


Desculpa se entreguei muita coisa sobre a história assim de bandeija ou fui muito além viajando na maionese XD


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...