História Ms. Ambition - Capítulo 1


Escrita por: ~ e ~selena_fetish

Postado
Categorias Justin Bieber, Selena Gomez
Personagens Justin Bieber, Selena Gomez
Tags Ambição, Jelena, Romance
Visualizações 65
Palavras 723
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Festa, Romance e Novela, Violência
Avisos: Adultério, Álcool, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


oii bebês, essa é minha primeira fic, espero que gostem. ah, e tenham paciência comigo, por favor. sou iniciante, e sou muito insegura. ela é escrita juntamente com a bruna (selena_fetish), então se perceberem mudanças na escrita, não estranhem.
= fic jelena, se não gosta, não leia.
= enredo inspirado na novela 'la descarada'.
= comentários são bem vindos e deixa sereias felizes. como eu, por exemplo.
= capa temporária, então fiquem calmos, a original está sendo feita.
= quando o cap ser escrito por mim, nas notas finais terá "lah", quando for pela bruna, "bruna", ou qualquer outro nome que ela escolher.
= talvez eu reescreva esse capítulo, mas por enquanto vou deixar assim.
boa leitura ♥

Capítulo 1 - Prologue.


Fanfic / Fanfiction Ms. Ambition - Capítulo 1 - Prologue.

Gramecy Tavern, Restaurant - Nova York | 23:43 PM - Sexta-feira

Já era tarde, e ali estava eu, assentada na mesa de um restaurante, na companhia de um homem, cujo único assunto falava, era finanças. De qualquer maneira, todo esse aborrecimento valeria a pena; já que o mesmo, em breve, estaria em minhas mãos.

— Sua beleza chama a atenção de todos. — Nikolas, o qual eu me referia antes, diz, aparentemente em uma tentativa falha de iniciar uma conversa comigo.

— É, eu sei. — Afirmo seca. 

— Então, vamos mudar de assunto. De onde você é? 

— Denver. — Bebo um pouco do vinho, que já estava quente, obviamente por causa da minha demora para ingeri-lo.

— Entendi. Você morava sozinha?

— Com minha mãe. Mas acabei saindo de casa. 

— digo simples. Esse assunto, de certa forma, era delicado para mim. 

— Oque aconteceu? 

— Digamos que tínhamos opiniões diferentes.  

F L A S H B A C K - O N 

Três meses antes - Denver, 21:43 PM 

A voz da minha mãe, que instantes atrás demonstrava tamanha raiva, agora era de choro e consequentemente, estava trêmula. 

— Selena, porquê está fazendo isso? Eu sempre te dei tudo o que precisava, e você me agradece assim? — A moça a minha frente questionava. 

— Entende..— Respiro fundo. — Eu quero viver como eu mereço.. — Antes que eu terminasse a frase, ela me interrompe. 

— E o que você merece, heim? Luxo? Fama? Do que vale isso se não tem amor? — Novamente ela me questiona.

Pra uns, esse argumento seria incorruptível e plausível, além de comovente. Mas pra mim, não fazia diferença nenhuma. 

Eu nunca fui uma pessoa a qual era facilmente influenciada por esses papinhos; ao contrário, era eu quem influenciava os demais. 

— Amor não enche barriga e muito menos paga nossas contas! — Me levanto, indo até meu quarto. — Eu não quero viver nesse muquifo— Aponto para o redor da casa. — Eu me cansei, cansei de viver aqui, de passar fome. Cansei de trabalhar como um burro de carga e no final do mês não sobrar um real. Eu cansei! — Grito em alto e bom som. Acredito que ultrapassou as camadas da parede, assustando a vizinhança, ou quem estivesse do lado de fora.

— Selena, eu sempre te dei oque eu pude. Sei que merece mais, mas essa é nossa realidade. 

— Deixa de ser patética, mamãe. — Pego uma mala e começo a guardar minhas roupas. 

— Você diz isso por quê não tem ambição e expectativa nenhuma para sua vida.  

— Vai ver que dinheiro não é tudo. Só espero que não perceba isso tarde demais. — Essas foram as últimas palavras de minha mãe antes da mesma deixar o meu quarto. 

(•••)

Dobrava cada peça de roupa com certo entusiasmo; afinal, hoje seria o dia em que eu diria adeus a esse buraco. 

Ao me aproximar da porta, fico extasiada ao escutar a pergunta vinda de minha mãe.

— Onde eu errei? O que eu fiz? — Ela está assentada no sofá, olhando para um ponto fixo. É como se estivesse refletindo, tentando recordar de algo que estava vago em sua memória. 

— Não errou. — Me viro para trás. 

 Naquele momento pude ver que ela não insistiria mais pra que eu ficasse. Isso me feriu de certa forma, mas então decidi continuar, afinal, seria uma longa caminhada. 

F L A S H B A C K - O F F 

— E quais seriam essas "opiniões"? — O homem de cabelos grisalhos pergunta sorridente, esperando que eu correspondesse da mesma maneira. Mas eu não o faço.

— Uma palavra: ambição.— Dou um sorriso cínico.

Eu e minha mãe sempre fomos diferentes em vários aspectos. Eu sempre quis e lutei por coisas grandes. Dentre elas riqueza. Mas ela sempre achou esse desejo incorreto, já que ao ver dela, dinheiro não era tudo, e sim, o amor.

A moça sempre comparou a palavra "ambição" a mim, já que era isso oque eu era: ambiciosa. 

E pode ter certeza que eu faço jus a esse "nome''.


Ela pode matar com um sorriso, ela pode ferir com seus olhos

E ela pode estragar a sua fé com suas mentiras ocasionais

E ela só revela o que ela quer que você veja

Ela se esconde como criança, mas é sempre uma mulher para mim.

- She's Always A Woman


 




Notas Finais


ok, esse capítulo tá uma merda. talvez eu reescreva ele depois, a preguiça é grande demais. mas é isso, espero que gostem!! ♥
xoxo, laís


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...