História Mudança de planos - Capítulo 46


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 35
Palavras 914
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 16 ANOS
Gêneros: Ação, Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Famí­lia, Romance e Novela, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai
Avisos: Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


Gente, vocês irão enlouquecer agoraaaa... 😈 boa leitura.

Capítulo 46 - 46- dobro 👬


Fanfic / Fanfiction Mudança de planos - Capítulo 46 - 46- dobro 👬

Fui para a escola e Fábio não veio falar comigo no intervalo, ficou com seus amigos. Vi na parede de anúncio o de acampamento anual de férias, eu sempre fui desde a primeira série.
- já te aviso que a gente vai!- falou Monica atrás de mim.
- quem disse ?- perguntei. Sorriu.
- nos do terceiro ano vamos como ajudantes, não teremos que participar diretamente...- falou Monica.
- piorou.- brinquei.
- ah para, sempre adoramos participar, vamos ajudar, já fomos esses pequeninos, é nosso último ano, vamos! Como forma de despedida dessa escola.- falou. Fiz uma careta.
- nossa, quanto drama... Vamos ver, se eu não for viajar, eu vou... Caso contrário não.- falei. Começou a polar.
- isso!- falou. Fomos para a sala.
Na saída ela ficou fazendo planos para o acampamento, e estava absolutamente ansiosa para saber como é ser responsável por crianças que irão aprender a remar.
Fui para o trabalho. Cheguei em casa e fui correr.
Guilherme estava malhando.
- oi.- falei me aproximando. Sorriu e saiu da maquina.
- e ai?- perguntou.- tudo bem ?- perguntou.
- tudo e você?- perguntei.
- também.- falou. Caminhamos enquanto conversávamos.
Fábio apareceu.
- oi.- falei. Me deu um beijo exagerado. Me senti exposta, e envergonhada. Guilherme apenas sorriu.
- oi Fábio!- falou Guilherme.
- oi Gui.- falou Fábio.
- o que está fazendo aqui ?- perguntei. Me encarou.
- vim te buscar, agora você e Guilherme andam tão amigos, que eu tenho que te buscar senão você não o larga.- falou. Corei. Que idiota.
- que besteira Fábio... Guilherme e eu somos amigos mas nos encontramos enquanto eu vinha treinar.- falei.
- ele é seu professor.- falou. O encarei irritada. Guilherme o analisava.
- ele é professor dentro da escola, aqui ele é o Guilherme meu amigo, que não tem nada a ver com sua profissão.- falei. Fábio percebeu que estou irritada.
- ela está certa. Acho que você pode ficar bem tranquilo, não precisa busca-la, tanto eu como ela já estávamos indo embora...- falou Guilherme calmo.
- sei...- falou Fábio irônico.
- e onde eu terei que ir para buscar sua educação ?- perguntei irritada. Me encarou.
- eu vou indo.- falou Guilherme. Se aproximou me deu um beijo na bochecha. Pegou a mão de Fábio. Saiu correndo.
Saí andando.
- ele tá dando em cima de você!- falou Fábio.
- ele nem fala comigo Fábio! Sempre eu que puxou assunto e você chega me envergonhando daquela forma e me deixa constrangida?- perguntei inconformada.
- eu te dar um simples beijo te constrange ?- perguntou. Parei.
- ambos sabemos que aquele não foi um beijo normal, você quis mostrar que estou com você. Me senti exposta.- falei.
- estou certo. Está comigo, é bom ele saber disso. E você para de falar com ele, e cumprimentar ele no rosto...
- olha... Fica quieto, eu vou continuar falando com ele... Quer dizer, se ele quiser ainda falar comigo depois dessa cena ridícula.- falei. Concordou.
- OK...- falou desistindo.- eu fui realmente desnecessário, mas o que você espera? Ele é bonitão, galã, inteligente... Você curte pessoas assim...- não aguentei, comecei a rir.- você está rindo? Não tem graça! Se ele começar a falar da lei da gravidade, PI, ou regeneração das células, ele vai roubar você de mim!- falou sério. O encarei segurando o riso.
- Fábio, você é louco.- falei enlaçando seu pescoço.- eu não vou te deixar por alguém mais inteligente, e nem mais bonito, porque não existe, você é único...- falei. Olhou em meus olhos.
- só pra você.- falou. Sorri.
- isso que importa.- falei. Sorriu. O beijei.- mas a regeneração das células seria interessante de conversar com ele...- falei fingindo achar uma boa ideia. Segurou meu rosto.
- não! Eu posso falar, fala comigo! Posso ler uns sete livros disso e depois a gente conversa sobre isso.- falou. Sorri em seus lábios.
- não precisa... Gosto de ficar assim com você, sem raciocínio, sem lógica, sem cálculo...
- gosto de calculo entre nós...- falou. Estranhei.
- que cálculo?- perguntei.
- seu corpo mais o meu que resulta num calor humano fora do normal, e uma alma excitada.- falou brincando. Sorri.
- idiota...- falei.
- gosta?- perguntou.
- até demais.- falei. Me beijou. Meu celular tocou. Meus pais. Atendi.
Eles querem que eu vá embora, está tarde e eu não avisei onde estava indo.
Fábio me deixou em casa. Foi embora. Eu conversei com meus pais sobre o acampamento e eles pediram para mim ir.
Tenho Fábio agora, não quero deixa-lo.
Fui dormir depois de um banho.
Acordei e fui para a escola. Hoje seria a prova de Gisele, ela está tensa. Mas eu tenho certeza de que ela vai conseguir.
Fábio faltou, Monica está me pressionando para ir para o acampamento, tenho três dias para concordar. Uma semana será... Difícil.
Saí da escola e fui para o trabalho.
Estava chegando em casa quando vi Fábio na porta, com uma garota, eles se beijaram. Fiquei tonta e enfurecida.
- que palhaçada é essa?- perguntei me aproximando, me olhou confuso, a garota saiu andando.- de novo?- perguntei irritada.
- hmm, e quem é você garota ?- perguntou. Inconformada o empurrei.
- me enganou de novo!- falei dando tapas em seu peito. Segurou meus pulsos irritado.
- Elisa?- perguntou alguém atrás de mim. Olhei... AI MEU DEUS! Dois Fábios?
- eu estou louca.- falei vendo o mundo girar, os dois se transformaram em quatro, e daí pra pior... E desmaiei.


Notas Finais


E aiiii ? O que acharam ? Meu deus... Adrenalina a milhão... Espero que tenham gostado. Diga ai o que achou da bagaceira todaaa beijos e tchau 👊


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...