História Mudança é primavera. - Capítulo 17


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Rock Lee, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shino Aburame, Tsunade Senju
Tags Hinasasu, Hinata, Naruto, Romance, Sasuhina, Sasuke, Tramas
Exibições 124
Palavras 3.613
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Aqui vai um capítulo bem longo, espero que gostem.

Capítulo 17 - Descoberta


No outro dia já eram 13h Sasuke estava cansado, não tinha parado um minuto, resolveu tirar uma das bandejas novas dos congelados e quando abriu viu que tinha uma folhinha grudada no plástico embaixo, ele já tinha visto a folhinha antes, cheirou e seguiu vagarosamente até o local onde estava a valeriana no seu jardim, e viu que eram a mesma planta.
Foi até a geladeira pegou um saquinho de suco e preparou, após coou e ficou esperando até o líquido descer todo, e observou o que ficou retido no pano, havia vários pontinhos verdes e ele viu que era uma erva, abriu um saquinho de sopa e viu vários pontos verdes e se deu conta na hora, Hinata estava lhe dando valeriana há dias... ela mentia, não era ela que usava e sim ele! Sem saber ele estava sendo enganado por aquela ratinha, não sabia o que fazer... sentia aquele ódio imenso crescendo!! Um antidepressivo natural... ele não era depressivo ... ele fora enganado sempre por todos com quem conviveu, não era depressão, ele era escaldado.
Não sabia se ia procurá-la e jogar aqueles bolinhos nela, se esperava se acalmar e pensava em se vingar ... simplesmente estava sem ação, pensando em brigar quando ela disser quer um bolinho?  Lembrou de todas às vezes que ela o perguntou: "quer um bolinho"? O grande Uchiha era um burro que não percebeu que estava sendo enganado, todo esse tempo!! Então tudo aquilo era da planta, tudo aquilo que mudou não foi natural, então nada havia realmente mudado?
Ficou horas sentado pensando por pelo menos ... até que ouviu uma batida no portão e não conseguiu se mexer, esperou e viu que abriram o portão era Hinata, ela viu a cara dele sentado e viu que algo tinha acontecido, viu a bagunça na cozinha e se assustou, ele era organizado...
Ele a olhou e disse: - Você não tinha esse direito, você não tinha o direito de me fazer de trouxa, de me tratar sem minha autorização!!  Você me enganou esse tempo todo -, o seu tom de voz ia aumentando: - Você mentiu para mim, me trazendo comida com medicação e eu achando que as comidas eram para mim, para me agradar, por que você se importava comigo, você plantou valeriana no meu jardim!!! Por quanto tempo você me engana? Por quanto tempo pretendia me fazer de idiota!! Continuar me dando esse remédio, deturpando meu cérebro, meus pensamentos!!
Ela começou a gaguejar e dizer:-  Sasuke  não é isso, Sasuke.. , a planta... - ela nem conseguia dizer o nome: - Ela ajuda a dormir... seus pesadelos...
- Não, você queria era me enganar, me tornar maleável para eu fazer tudo que vocês querem e esquecer do que fizeram com a minha família, minha dor é a única lembrança que tenho deles!!! Admita Hinata!
Ela gaguejando: - Não Sasuke, era pra você relaxar e dormir... você precisava dormir... bem...
- Sua mentirosa!! Saia daqui e leve essa cesta contigo ou dê para o outro. - foi até o balcão, colocando alguns dos alimentos dentro da cesta e jogou a cesta perto dos pés de Hinata.
Ela disse: - Sasuke, não era minha intenção que se sentisse desse jeito, você dormia mal e assim não se acalmava.
Ele disse: - Então aproveite que eu ainda estou calmo e saia, porque se ficar olhando mais 1 minuto para a sua cara hipócrita eu vou te matar.
Ela pegou a cesta devagar e foi indo em direção ao portão, não conseguia correr só uma coisa ela pensava: se acalme Sasuke.
Hinata segurou as lágrimas o que pode, quando chegou em casa Hanabi a viu e perguntou: - O que foi Hina?
Ela respondeu: - Estou me sentindo um lixo de pessoa! Não posso te contar ainda Hana. - o que eu fiz foi realmente errado, preciso me acalmar e ir falar com a Hokage, esperou umas 2 horas e foi a sala de Tsunade, entrando lá começou a chorar novamente.
Hokage: - Se acalme e me diga, Sasuke descobriu tudo?
Ela respondeu: - Sim.
- Inclusive da imposição da mãos?
Quando Hinata lembrou disso respondeu: - Ainda não - e começou a chorar novamente.
- Hinata o que ele fez?
- Ele me chamou de mentirosa, hipócrita que estava  drogando ele para ele esquecer do trauma da sua família, mas que era a única coisa que ele tinha!!!
-Ela disse: - Ainda bem que você tá viva ainda!! Hinata vá para casa, vou avisar no hospital que você não irá trabalhar hoje e se acalme - e brincou com ela: - Coma um bolinho...
Ela riu entre as lágrimas e disse: - Ele me odeia..., espero que não expulse as famílias de lá..
Ela disse: - Ele não é louco, só é raivoso não fará isso... vá para casa.
Sasuke viu de longe Hinata saindo da sala da Hokage e pensou, será que ela sabe sobre a valeriana, provavelmente, aquela cobra me paga, decidiu ir falar com a Hokage só no outro dia, precisa pensar...
No outro dia, levantou cedo e foi falar com a Hokage, entrou na sala e não conseguiu controlar o seu ódio não adiantou esperar, e perguntou: - Você sabia?
E ela respondeu: - O que? Sobre a valeriana? Sim.
- Por que você fez isso comigo, eu já não estou na vila como vocês queriam? ... Vocês estavam querendo me manipular?
Ela respondeu: - Valeriana, não tem nada a ver com isso, ela é só uma planta.
Ele saiu de lá, agora sabia que ela sabia. Ouviu ela gritar seu nome mas não voltou, resolveu voltar para casa, passou o dia deitado, hora sentindo raiva, hora sentido pena de si mesmo, e ficava com mais raiva por estar sentindo pena de si mesmo, porque ele não era assim ele era a planta...
Pensava em Hinata com tristeza, como ela pode fazer isso com ele, ele sentia o coração destroçado, um vazio tão grande, ela estava preenchendo aquele vazio e agora não havia nada.
No outro dia também não saiu de casa, não tinha ânimo só um vazio, um certo desespero, se sentindo o mais injustiçado do mundo.
Resolveu levantar pra comprar café da manhã, por que já não tinha comido nada no dia anterior eram 10h, quando viu uma movimentação na casa do Sr Rinaki era uma maca chegando com um menina, pálida, que parecia Hinata de tão branca, ele olhou e sentiu pena da situação da menina e daquela família, a menina parecia ter uns 9, 10 anos.  A tristeza  por ter alguém tão próximo sofrendo e não poder fazer nada por essa pessoa... aí viu Hinata saindo da casa, ela parou quando o viu e ficou pálida, ele observou que o pessoal da maca estava com dificuldade de passar devido a cerquinha e se aproximou para ajudar, quando entraram dentro da casa ele se virou e saiu, sem olhar para Hinata e nem cumprimentar ninguém. Ele não conseguia falar com ninguém. Sra Rinaki foi atrás dele com um embrulho e disse: - Fiz para o Sr sei que é o seu preferido.
Ele agradeceu, pegou o pão e voltou para casa, já tinha agora café da manhã, quando cortou o pão viu que tinha de recheio tomates, queijo e orégano, pensou em Hinata.
Hinata sentiu um frio na barriga quando viu o Uchiha, ficou se sentindo a pior pessoa da face da terra, por ter mentindo para ele, ela não queria magoá-lo, queria ajudá-lo e quando a Hokage falou sobre a planta, ela achou que podia ajudá-lo, embora soubesse que a forma que estava fazendo era errada.
Mas ele já estava dormindo bem melhor, no início dormia muito, mas depois quando o sono começou a ser de qualidade, ele começou até a acordar mais cedo, estar mais disposto e não sentado naquela escuridão. Ela sabia que tinha errado, várias vezes havia se sentido mal e pensado em falar com ele, mas não tinha coragem, ele não entenderia...que era porque se importava com ele.
Sasuke foi a sala da Hokage e pediu uma missão, ela achou melhor não retrucar e disse: - Tenho uma de 5 dias -,  e ele disse tá ótimo e saiu.
--- 
Quando voltou 5 dias depois, falou com a Hokage que tinha completado a missão, ela lhe perguntou: - Não tem mais nada para me falar sobre o outro problema?
Ele disse não e saiu, ele ouviu ela resmungar. Entrou na vila e viu uma movimentação, mas não parecia ocorrer nada errado, foi direto para sua casa e descansou da missão. No outro dia saiu de casa para comprar café da manhã e viu novamente aquela movimentação e ficou observando que as pessoas entravam e iam a casa dos Rinaki e saiam com pão e se deu conta que tudo tinha dado certo.
A sra e o sr Rinaki lhe viram e foram em sua direção, ela novamente com o embrulho e ele pensou pão com tomates e sentiu um calorzinho bom na barriga, eles se cumprimentaram e a sra Rinaki lhe entregou o embrulho e disse: - Seu preferido, espero que tenha gostado.
E ele lhe deu um sorriso e passou a mão na barriga e disse: - Estava maravilhoso - , ela saiu e o Sr Rinaki lhe entregou um embrulho e disse: - Aqui sr Uchiha o valor do aluguel, tomei como base o valor pago aqui em Konoha.
Sasuke o olhou e disse: - Já, o Sr não está precisando?  Não precisa se privar de ...-, e parou de falar não sabia como se expressar.
O Sr Rinaki disse: - O que é certo é certo, e o Sr já é muito generoso com todos.
Sasuke sentiu um friozinho na barriga e pensou não é verdade Hinata é que é, sentiu um aperto no peito, ela que fez ele fazer aquilo, ele não teria mudado se ela não tivesse insistido, ou foi a valeriana.
Agradeceu as palavras do sr Rinaki e perguntou pela saúde da  Anika (é ele sabia o nome de tanto que Hinata falava), ele falou: - Ela melhorou, mas estão fazendo testes nela dia sim e dia não para descobrir o motivo da doença. Mas já está maravilhoso, porque ela já consegue sair da cama e vir para a pracinha um pouco e pegar sol na vila - e apontou para ela, ela estava sentada no canteiro com Yokuri e Alia em volta, ele viu também Yuho só com uma muleta e se alegrou é a vida voltando!
Voltou para sua casa, tomou café com o pão que estava maravilhoso, e se sentindo disposto, resolveu encher a geladeira e cozinhar, foi para o mercado, viu de longe Hanabi e Hinata, Hanabi acenou para  ele e ele acenou de volta, Hinata se virou para ver quem era e ficou muito séria baixou a cabeça e saiu.
Hinata viu Sasuke e gelou, ele só vai cumprimentar Hanabi, a raiva dele não vai passar nunca e resolveu continuar suas compras, quem sabe um dia... ele lhe dê abertura e ela consiga que ele a desculpe.
----
No outro dia, a Hokage chamou ele, quando chegou no prédio viu a Hinata na entrada, resolveu passar sem olhar para ela, mas sentiu um pequena mão no seu braço e parou, puxou o braço e ficou olhando para ela, ela baixou a cabeça e começou a falar gaguejando: - Sasuke me desculpa, nunca quis ofendê-lo, só ajudá-lo ...com seu estresse..., que estava o deixando indisposto..., não queria que se magoasse comigo.
Ele respondeu: - Não magoou eu não me importo com nada -, e saiu em direção a sala da Hokage, chegando lá viu que estavam todos os times presentes, entrou, em seguida ouviu um barulho na porta era Hinata.
A Hokage começou a falar: - Temos notícias dos rastreadores, eles acreditam que os membros da Akatsuki, andam por perto, eles rastrearam eles por duas vezes aqui por perto já, mas voltam para um esconderijo para longe, quero que todos fiquem alertas e Hinata avise sei pai -, Hokage percebeu olhando para Hinata que ela havia chorado e olhou para Sasuke que parecia querer matar o mundo e disse todos dispensados, menos você Sasuke.
Quando todos sairam ela começou falando devagar e pediu que ele não interrompesse e tentasse ouvir até o final. Ela disse: - A valeriana não muda os pensamentos ela os clareia, porque dá tranquilidade, uma mente bem dormida tem ânimo para tomar ações, tem disposição! É isso que a valeriana faz, Hinata só quis te ajudar para você conseguir ver as coisas claramente e conseguir transformar o que você queria em ações na sua vila.
 E continuou devagar: - Quem te mudou foi a Hinata, não a valeriana, você mudou porque ela queria te ajudar como ela fez com todos até agora, você já viu como ela é capaz de transformar a vida das pessoas, transformar as tragédias e sofrimentos e isso sem usar a valeriana, então Sasuke não perca o que de melhor aconteceu na sua vida até agora, e vai atrás de Hinata e agradeça a  Kami por uma pessoa como ela se importar com você, porque eu sei como você é difícil e outros já teriam desistido.
Sasuke ouviu e saiu, será que ela me falou a verdade ... será que não tenta me enganar, deu uma volta pela cidade, foi até a clareira ficou até a noite pensando no que a Hokage disse.
Kakashi apareceu um segundo depois na sala da Hokage: - Então a Hinata fez tudo isso?
E ela disse: - Sim, espero que Hinata tenha mudado muito o seu filho, para ele poder voltar atrás.
- Eu espero, pelo bem dele.
Hokage falou rindo: - Aquela baixinha é danada.
No outro dia de manhã tomou café e viu a valeriana no seu jardim sentiu tanta raiva estava indo arrancá-la quando o sr Ly apareceu e disse: - Quer que arranque para o Sr? Acho que não deveria, ela é uma planta muito antiga e nobre, usada há anos por reis para passar por momentos de grande aflição, diminuindo a irritação para se tomar boas decisões, e para ajudar as pessoas a conciliar o sono.
Sasuke baixou a cabeça e disse: - Não precisa pode deixá-la e voltou para seu quarto ...
Resolveu ir a biblioteca e pesquisar sobre a planta para poder saber de todos os seus efeitos, leu somente aquilo de que já lhe haviam falado, nada sobre uma droga que altere, deturpe a mente, não era viciante e não era nem alucinógena.
Ele não sabia o que fazer novamente, parece que Hinata não queria lhe prejudicar e agora teve a confirmação que a planta era tomada a anos para ajudar, ele precisava tomar um decisão, uma boa decisão.
Hinata não deveria ter mentido pra ele, na verdade enganou ele e por muito tempo! Logo ele que se achava o mais esperto de todos, caiu em uma mentira de uma menina! Mas se ela falasse ele não tomaria aquele chá, iria achar tudo uma idiotice como ele sempre faz, sim, ela ajudava as pessoas, ele tinha visto isso, ela se importava a tal ponto que ele quis corresponder a ela e ele mudou por ela, sua vila tinha agora vida, por causa dela...
Sim, talvez sua disposiçao tenha mudado por causa do chá, ele dormia melhor, mais profundamente, mas seus pesadelos ainda existiam, é realmente não muda os pensamentos, só ajuda a passar pelos problemas... o que faria?
Depois de umas horas pensando, ele resolveu ir para sala, sentou no sofá e se deu conta que sentia cheiro de flores, mas não vinham do jardim se levantou e procurou, achou a  toalha de Hinata no sofá, ele tinha tirado aquele dia quando colocou os congelados na geladeira. Sentiu o cheiro, respirou profundamente aquele cheiro que ele sentia saudades, sim ele sentia muita falta dela e adormeceu, sonhou com a clareira e ela sorrindo dizendo coma um bolinho antes do tratamento Sasuke, viu ela saindo do rio linda toda corada de vergonha, no sonho ela lhe abraçou e ele se lembrou do dia da foto da sua mãe e sentiu cheiro de flores, se acordou e  percebeu que ela realmente se esforçou para ajudá-lo, pois nunca fez nada de errado com ele, realmente ela só importava ..., ela até o engordou com tanto bolinho, aquela danada ... e pensou pela segunda fez um Uchiha teria que ir se desculpar...
Resolveu usar a mesma tática que antes, já eram 18h, passou pela vila, as crianças estavam brincando e correndo e se deu conta que isso não o incomodou pelo contrário se divertiu vendo os gritos de  felicidade delas, é ele mudou, bem estava indo se desculpar riu..
Chegou ao hospital procurou por Ino e disse: - Fiz besteira, podemos fazer aquilo mesmo de antes? Ino olhou para ele e disse: - Mas na próxima prometo que te mato mesmo!!
Hinata entrou na sala e levou um susto.
Ele deu boa noite e falou: - A mesma dor quando respiro voltou, você não fez direito da última vez, ... faça melhor agora, me passe as agulhas antes - e levantou a camisa.
Ela riu e disse: - Sr Uchiha, respire profundamente e diga: Hinata eu te perdoou por ter mentido para mim-, ele repetiu.
Ela disse: - Vou ouvir o outro pulmão agora, quero que diga: eu te perdoou por não ter sido sincera e ter quebrado a confiança da nossa amizade -, ele repetiu e se virou para ela e ela com os olhos cheios de lágrimas o abraçou e disse: - Espero que confie em mim apesar de tudo.
Ele disse: - Sim, mas nada de bolinhos- , eles riram juntos, e se abraçaram.
Ela falou para ele: - Você realmente gostava da minha comida?
- Sim.
Ela perguntou: - Posso continuar, às vezes, cozinhando para você, prometo que não colocarei mais nada, a não ser que você queira, eu gosto de cozinhar.
Ele a abraçou novamente e sentiu novamente aquela atração que sentiu no festival, ele gostava dela,  ele sabia disso agora... e ele pensou não preciso mais de valeriana.
Hinata falou baixinho ainda abraçada com ele: - Sasuke, ... ter alguém tão próximo sofrendo e não poder fazer nada por essa pessoa... é muito triste, ..achei que podia ajudá-lo, ...embora eu soubesse que a forma que estava fazendo era errada, continuei fazendo ... porque me importo com você.
Se fastaram, e ele ficou olhando para Hinata depois do que ela disse, foi um choque... ele nunca imaginou, sendo tão diferentes pudessem ter sentimentos e pensamentos semelhantes, e ela se importava com ele...,  não conseguiu falar por alguns segundos, quando conseguiu disse apenas: - Te busco às 23h -, e ela assentiu com a cabeça rindo, Sasuke saiu e passou pela Ino e deu um beijo em sua bochecha, Ino pensou o mundo vai acabar!!!
Ino foi atrás de Hinata e disse: - Me conte tudo!
- Ele veio conversar e eu pedi desculpa -,  Ino já sabia sobre a valeriana, porque tinha percebido a tristeza de Hinata e a fez contar a força!
Hinata novamente agradeceu Ino e disse: - Aguentei todos esses dias por causa de seu apoio -, e deu um beijo estalado na amiga, Ino pensou esses dois agoram deram para me beijar!
Sasuke voltou para a vila feliz consigo mesmo, fazia tempo que não se sentia bem com as coisas que fazia, ele havia decidido falar com Hinata, estava feliz com a decisão que tomou. Viu a vila iluminada, viu seu jardim e pensou muita coisa mudou não só ele, sua forma de ver as coisas, e também já não sentia quase irritação com bobagens que não deveriam importar, conversava mais com as pessoas e se importava com elas...
Logo que chegou em casa Kakashi chegou e disse: - Muita coisa mudou por aqui, estou orgulhoso de você.
Sasuke o olhou e disse: - Orgulhoso de seu aluno?
- Você é mais do que isso pra mim, tá mais como orgulhoso como um padrinho,  pai -, Sasuke sorriu.
- Você e Tsunade ficam falando essas coisas...
- É verdade Sasuke, nos queremos o melhor pra você, não é por causa do que aconteceu com Itachi, claro nos sentimos mal com isso, mas é por você, pelo que você podia ter tido e vai ter..., de alguma forma você nos dá esperança, é difícil de explicar ..., nos aceite e conte com a gente...-, Sasuke sorriu.
E Kakashi viu o mundo girar ao seu redor, um sentimento de esperança que foi retribuído com um milagre e disse: - Vamos jantar? Eu pago, Naruto já está lá no Ichikaru.
E Sasuke disse: - Vamos antes que eu me arrependa -, antes de sair ele pegou um rosa do seu jardim, era a mais bonita. Kakashi viu de canto de olho e pensou mais coisas aconteceram, meu filho realmente cresceu.
No Ichikaru, Naruto perguntou: - Porque da flor?
Ele disse: - Nada só achei bonita- , Naruto olhou com desconfiança, mas não insistiu.
---
Mais tarde, Sasuke foi buscar Hinata e lhe disse: - Essa rosa é minha e não dá geladeira.
E ela riu e agradeceu e disse: - Seu jardim é o mais lindo da cidade- , ele concordou.
Eles resolveram pegar outro caminho, mais longo para a casa dela pela primeira vez. Ela contou sobre o tratamento de Anika e disse que ainda estava sem respostas para o problema da menina, chegando em frente a  casa, ele perguntou: -  Não quer levar a cesta para passear no rio amanhã? Ela falou: - Minha cesta está louca de saudade daquele lugar, nos encontramos às 15h.
- Sim, e Boa noite.
 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...