História Mudança é primavera. - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Naruto
Personagens Akamaru, Hanabi Hyuuga, Hinata Hyuuga, Hyuuga Hiashi, Ino Yamanaka, Kiba Inuzuka, Naruto Uzumaki, Rock Lee, Sakura Haruno, Sasuke Uchiha, Shino Aburame, Tsunade Senju
Tags Hinasasu, Hinata, Naruto, Romance, Sasuhina, Sasuke, Tramas
Exibições 117
Palavras 1.740
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Crossover, Famí­lia, Fantasia, Ficção, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Violência
Avisos: Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


Um capítulo mais leve, um pouco de rotina.

Capítulo 18 - Primavera


No outro dia Sasuke se levantou bem disposto, sabia que tinha tirado mais algum peso dos ombros, talvez todos, tomou um grande café da manhã e resolveu andar pela vila e pela cidade, viu Hiashi de longe e achou melhor evitá-lo sabia que não se davam bem.
À tarde foi para a clareira e tirou um cochilo antes da chegada de Hinata, ela chegou com a cesta e disse: - Somente torta, sem bolinhos.
Ele riu e eles começaram a comer, ela disse: - Hoje tá muito calor.
- Vamos entrar na água?
Ela disse: - Tô com a roupa de treinamento por baixo.
Ele disse: Já vi essa roupa.
Hinata pensou, é ele já viu mesmo,  é mais discreta que um biquíni, e disse: - Vire de costa -, tirou a roupa e ficou só com a bermudinha e o top, colocou a mão nas costas de Sasuke e foi empurrando.
 - Vamos então - , e ela pisou em algo pontudo e deu um grito, ele se virou rápido e ela perdeu o apoio de sua mão e caiu por cima dele dizendo: - Desculpa, Sasuke.
Ela corou mais ainda quando olhou para os olhos de Sasuke, não conseguiu se mover sentia o cheiro dele, do hálito dele, seu coração acelerou, ele colocou a mão no rosto dela e disse: - Desculpa - , e deu um beijo em seus lábios, ela não conseguia se mover, sentiu os lábios dele  e também o beijou, durou alguns segundos e parou sem fôlego.
Ela se levantou, já estava roxa não conseguia olhar para ele, começou a se vestir e juntar suas coisas e ele perguntou: - Já vai?
- ... Preciso ir ...
Quando ela terminou de arrumar as coisas, ele segurou no seu braço e disse: - Você está brava comigo?
Ela se virou para sair deu dois passos e se virou e disse: - Não, não estou brava com você - , ela saiu rápido.
Ele ficou sorrindo ela também gostou do beijo, que beijo, que lábios macios, que perfume, ele casava se ela quisesse, ele pensou muito cedo para isso, precisava saber se ela realmente tinha esquecido o Naruto, e quem era o dono do pote, ficou ali lembrando de casa miléssimo de segundo daquele beijo, no fim eles nem entraram na água, Hinata é realmente muito tímida e ele adorava isso, resolveu tomar um banho de rio para esfriar a cabeça.
Ele foi buscá-la às 23h, eles ficaram em silêncio por alguns minutos e ele pensou, dane-se o dono do pote, parou se virou para ela e disse: - Hinata, eu quis te beijar e não deveria ter me desculpado por isso e não aceito suas desculpas.
Ela corou, não sabia como responder aquilo.
Ele se aproximou dela, ela não conseguia se mover, ele segurou em seu ombro e foi aproximando o rosto até tocar no seus lábios e a beijou lentamente aproveitando aquele momento.
Hinata retribuiu o beijo, ela sabia que era isso que ela queria e se entregou, quando pararam ele disse: - Não sei aonde isso irá nos levar, mas acredito que será um lugar mais bonito que aquela clareira.
Ela riu e disse: - Eu não sei o que pensar tenho receio, você sabe como sou medrosa.
Ele disse: - Assim como você pediu que eu confiasse em você eu te peço a mesma coisa, confie em mim.
Ela colocou as mãos em seu pescoço, passou as mãos em sem cabelo, fazendo ele se arrepiar, e disse: - Sim, eu quero tentar.
Eles seguiram conversando um pouco constrangidos tudo era novidade entre eles, aquele novo sentimento tão forte, quando chegaram na frente da casa de Hinata, ele disse: - Amanhã é sábado, você não quer almoçar comigo? ... Você cozinha, e leve Hanabi, tô com saudade daquela sapeca.
Ela concordou, se deram boa noite e cada um com um sorriso bobo seguiu o seu caminho.
No outro dia Hinata chamou Hanabi e disse:
- Hoje vamos para a vila para você brincar com a Yokuri, Anika e Alia -, Hanabi deu gritos de felicidade.
Hiashi perguntou: - O que houve?
E ela disse: - Vou levar Hanabi para brincar com as amiguinhas, não almoçaremos em casa.
- Amigas da vila Uchiha?
Ela disse: - Sim -. Ela teve um arrepio, um arrepio muito ruim.
-----
No outro dia sairam às 10h e foram direto para a casa de Sasuke, Hanabi já chegou gritando e o abrançando pela cintura e ele falou: - Senti sua falta Hanabi.
Hinata colocou as coisas na cozinha e ficou observando Sasuke e Hanabi e disse: - Se comporte Hanabi -, ela olhou brava para ela.
E Sasuke disse: - Hinata tá com ciumes de mim.
Hinata o olhou com cara de tome cuidado com o que diz.
Eles foram para o jardim e ela ouvia as risadas, uns 30 minutos depois ela perguntou se podia chamar a Yokuri e Alia para almoçar e Hinata disse: - Pergunte ao dono da casa.
Ele respondeu: - O que você quiser Hanabi-. Ele a acompanhou até a casa de Yokuri e pediu a sra Ly. Voltou sozinho, e disse: - Elas vão ficar brincando um pouco com Alia e depois eu chamo para o almoço, a sra Ly disse que ficaria de olho.
Ela já estava com metade da comida pronta e viu ele se aproximando e foi ficando corada, ele a olhou e disse: - Espero que você nunca deixe de ficar corada comigo.
E ela respondeu: - Só dia porque você parar de me olhar assim ...
- Prometo que isso nunca vai deixar de acontecer - e a puxou pela cintura e beijou lentamente seus lábios, ficaram assim uns minutos.
Ela disse: - Se você não se comportar você vai comer comida queimada!!
Ele riu e se sentou e ficaram conversando sobre o tratamento de Anika. Ela disse pode chamar as meninas e ele foi, elas chegaram na maior correria e Hinata falou séria:
- Podem parar de correr e gritar, e vão lavar as mãos de vocês.
Sasuke riu Hinata tinha uma voz de autoridade então!
Eles comeram falando de trivialidades e Hanabi falava de Yuho, Sasuke deu um sorrisinho para Hinata na segunda fez que ela comentou sobre o menino e disse: - Acho que não sou mais o favorito!!
As meninas comeram e foram para a varanda, ficaram conversando até que bem comportadas, olhei para o Sasuke e disse: - A louça é sua, ajudo a secar e guardar.
Ele falou: - Rapidinho dou um jeito nisso -, terminou e me abraçou de costas e disse: - Estava tudo uma delícia como sempre, mas senti falta de um tempero, talvez valeriana -,  e eu comecei a rir.
- Sasuke, preciso te perguntar uma coisa como está seu relacionamento com Sakura?
Ele a olhou sério e disse: -  O meu único relacionamento com ela é amizade.
Hinata falou: - Vi vocês no festival.
Ele fez uma expressão de tristeza e disse: - Tive que falar abertamente com ela para seguir em frente, pois não sentia nada por ela e não iria fazê-la feliz, foi triste ter que dizer. Eu nunca alimentei esse amor da Sakura, mas também nunca falei tão diretamente que não havia nada. Normalmente eu só a afastaria, mas pelo jeito eu mudei mesmo.
Hinata falou: - Então foi por isso que você disse que se divertiu até certo ponto - e ele assentiu.
As meninas foram para o balanço, e nós nos sentamos no sofá e eu falei que achava que o meu pai desconfiava de alguma coisa, ele ficou sério: - E disse logo teremos que fazer alguma coisa, mas não hoje.
Abraçou-a,  e deu beijos no seu pescoço: - Que cheirinho de cebola!
Eu comecei a rir e disse: - Usou a cozinheira e quer jogar fora?
- Na próxima vou utilizar a cozinheira para outras coisas antes...
Fiquei vermelha e ele riu e disse: - Consegui o que queria, você está corada.
As meninas apareceram e nos separamos, Hanabi pediu para ir na casa de Alia, concordei e disse: - Daqui a meia hora passo lá para irmos para casa.  Ele disse: - Já?
-Já? São 15 h, daqui a pouco Hanabi e eu vamos ficar para a janta!
Sasuke disse depois que elas sairam: - Não seria uma má idéia, você tem que realmente que ir?
- Sim, como te disse meu pai...
Ela falou antes de sair: Sasuke, terça feira vai ser o dia do vizinho posso organizar alguma coisa?
Ele disse: - Hina, não sei...
- Sei que somos poucos, mas seria bom não deixar a data passar em branco, eu tenho que vir por causa da Anika e assim já fico para o almoço..
- Hinata isso é muito precoce pra mim...
- Vou estar com você, é uma oportunidade de estarmos juntos, você só precisa trazer as bebidas.
- Tá bom, mas qualquer coisa eu saio com uma desculpa.
Ela voltou me beijou a testa, e disse: - Te vejo amanhã na clareira às 15?
Fiz que sim com a cabeça, ela me deu um beijo demorado e eu disse: - Você vai ter que fazer muito mais que isso para pagar o meu sim -, ela corou e ele riu... vê-la corar o deixava feliz.
Hina foi buscar a Hanabi se sentindo a pessoa mais feliz do mundo, ela sabia que a felicidade podia ser assim, tão cômica, alegre, descontraída, coisa que ela normalmente não era, assim como ele... Falou com a sra Ly e depois com a sra Rinaki, sobre montarem uma mesa na frente da casa dos Rinaki e cada uma levar um prato de comida para comemorarem o Dia do Vizinho, as duas gostaram da idéia, pois já tinham se tornado grandes amigas por causa do forno e pela cumplicidade por saber o que é ter um filho doente.
Combinaram os pratos e Hinata foi embora. Seu pai estava em casa, Hinata já tinha pedido que não falasse do almoço ser no Sasuke, Hanabi entendia. Hinata ouviu Hiashi questionando Hanabi sobre o almoço e ela respondia: - Foi muito bom, a comida da sra Ly é ótima, brinquei todo o tempo com a Alia e Yokuri, Hinata só ficava dizendo se comporta, se comporta...
Hinata pensou ela é sapeca mesmo, mas ela tinha que tomar mais cuidado até ter que tomar uma decisão e ela sabia que iria ser horrível.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...