História Mudança em minha vida (Romance Gay) - Capítulo 10


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Tags Romance Gay
Exibições 102
Palavras 776
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Colegial, Drama (Tragédia), Escolar, Festa, Romance e Novela, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 10 - Não me lembro de nada


JONATHAN ON

Acordei com uma dor de cabeça enorme, o que será que aconteceu ontem? Eu não me lembro de nada. Eu devo ter bebido muito. 

-Bom Dia, Dorminhoco. -Rodrigo disse me olhando com um sorriso enorme.

-Bom Dia. -Eu disse totalmente desanimado.

-O que vai fazer hoje? -Rodrigo disse.

-Acho que vou no parque. E você?

-Vou encontrar com o Júlio parece que ele tem uma surpresa pra mim. 

-Esse Júlio de novo? -Eu disse com meu sangue ardendo por dentro, o que ele quer tanto com esse Júlio? Eles são amigos ou são mais que isso?

-Sim, por que? Ta com ciumes é? -Rodrigo disse debochando da minha cara e eu sinto meu rosto quente, eu estou corado?

-Haha, engraçadinho. -Eu digo cruzando os braços sobre o peito.

-Bom, eu vou indo. Tchau Jon! -Rodrigo disse acenando pra mim.

RODRIGO ON

Será que o Jonathan lembra de algo de ontem? Realmente espero que não aliás, ele ficaria puto com ele mesmo. Eu nem vou encontrar o Júlio é só uma desculpa pra mim ter que sair de lá um pouco pra pensar. Enfim volto pra casa e encontro tia Nathália na sala.

-Oi Tia! -Eu digo dando um abraço forte nela.

-Oi Rodri, e aí gostou de ontem  a noite? -Ela disse me olhando.

-Gostei sim  Tia a Fest.... -Ela me interrompe.

-Não estou falando da festa e sim daqui de casa ontem a noite. -Eu fico surpreso e coro rapidamente morrendo de vergonha.

-Você ouviu tudo? Tia? -Eu disse 'assustado' com a situação.

-Ouvi sim. -Ela disse abrindo um sorriso. -Mas, fica tranquilo não vou contar pra ele, mas afinal, você gostou? -Ela disse me olhando realmente curiosa.

-Gostei sim, rs'. -Eu disse.

-Bom, sobe lá o Jonathan ainda não saiu ele quer que você vá com ele.

-Ok, Tia! Obrigado, você é como uma mãe pra mim. -Eu digo dando um abraço forte nela e subo as escadas.

Será que ela realmente não vai falar pra ninguém? Chegando no quarto eu converso com o Jonathan e nós dois vamos ao parque no caminho nós vamos conversando e conversando até que chegamos no parque. Fico paralisado olhando pra frente e seguro a mão de Jonathan forte.

-Rodrigo? -Ele diz e olha para onde eu estava olhando.

-Ah desculpa.. -Eu digo e algumas lágrimas escorrem pelo meu rosto.

-Ei Rodrigo, não chora. O que você tem? -Ele diz me dando um abraço forte.

-Aquele ali é meu ex ele me usava e eu acabo ficando meio triste ao lembrar dele. -Eu digo ainda chorando bastante.

-Fica calmo.. Vai ficar tudo bem, anjo. -Ele disse limpando minhas lágrimas.

Eu vejo que ele (o ex) estava vindo em nossa direção.

-Nossa, vejo que você é rápido em Rodrigo? Já com outro, está realmente parecendo uma verdadeira puta. -Eu abaixo a cabeça e continuo chorando. -Bom já era de esperar de você com seus gemidos altos na cama comigo não é mesmo? Dando em cima de qualquer um é óbvio que você é uma bela put... -Ele é interrompido.

-Cale a boca, e nunca mais dirija as suas palavras imundas pro Rodrigo. -Jonathan parte pra cima dele e derruba ele no chão dando socos no rosto dele.

Até que o Jonathan cansa e deixa o meu ex ali deitado no chão desmaiado.

-Obrigado, Jonathan! -Eu digo dando um abraço forte nele e ele retribui.

Ficamos um tempo ali abraçados e ele me solta e pega na minha mão e entrelaça nossos dedos.

-Quer ir fazer o que? -Ele diz. 

-O que você quiser. -Eu falo.

-Ok, deixa eu ver... -Ele fica alguns segundos calado. -Vamos tomar sorvete? Eu pago! -Ele diz animado. 

-Ok, vamos.

A gente vai andando, tomamos sorvete e voltamos pra casa dele ele logo solta minha mão para entrar. Será que eu realmente estou apaixonado por ele? Eu não quero estar, por que ele segurou minha mão o caminho todo? Será que ele gosta de mim? Nós subimos as escadas e ele deitou na cama olhando pra cima e eu deito ao lado dele.

-No que está pensando? -Eu digo curioso.

-Em você! -Ele disse e me olha sinto meu rosto quente meu deus estou corado?

-Como assim em mim? -Eu disse.

-Eu gostei de passar a tarde com você hoje. -Ele diz aquilo e segura minha mão.

-E-eu também. -Eu disse e ele vem próximo de mim aproximando nossos rostos cada vez mais e me beija.

-Desculpa. -Ele diz colocando a mão na nuca.

-T-tudo bem. 

Será que eu estou gostando dele? E será que ele lembra do que aconteceu ontem a noite? Não quero gostar dele, aliás ele é hétero.

... Continua?

 


Notas Finais


Espero que gostem.


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...