História Mudando a minha maneira de pensar - Capítulo 5


Escrita por: ~

Postado
Categorias High School DxD
Personagens Issei Hyoudou
Exibições 60
Palavras 2.614
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Artes Marciais, Aventura, Colegial, Comédia, Drama (Tragédia), Ecchi, Escolar, Famí­lia, Ficção, Harem, Hentai, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Super Power, Survival, Suspense, Terror e Horror, Universo Alternativo, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sadomasoquismo, Sexo, Spoilers, Suicídio, Tortura, Violência
Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Notas do Autor


E aí fiquei umas duas semanas não é bom e que muita coisa aconteceu esse mês mas já estamos aqui de novo e como sempre espero que gostem e boa leitura...

Capítulo 5 - Dez anos depois


Fanfic / Fanfiction Mudando a minha maneira de pensar - Capítulo 5 - Dez anos depois

Ainda parado diante a porta da sua casa estava ezitante em entrar, alias já fazia dez anos e tinha a sua irmã, estava pensando em um jeito de explicar tudo o que ela representava, apesar que seria como se nada estivesse mudado, já que era como se ele estivesse "lá" o tempo todo.
Dando um leve sorriso, procura a chave reserva que estava em baixo do vaso e  vê que as coisas ainda não aviam mudado de lugar. Já dentro da casa, caminha sentindo uma presença sumir e...
Isse: Amaterasu vamos direto para o quarto...(sorriu) Não tem por que causar uma confusão hoje...
Ela sorriu agarrando o braço dele como resposta  e os dois foram para o quarto do garoto, nele estava tudo igual e a cama era extremamente pequena para os dois. Isse foi no quarda-roupas e pegou um pijama seu e deu para a sua irmã dormir, após ela o vestir...
Amaterasu: Como eu estou? (sorriu virando de um lado para o outro)
Isse: Vamos dormir(disse virando o rosto)
Amaterasu: Hai Oni-cham(sorriu o jogando em cima da cama)
Então ali abraçado com a sua irmã ele adormeceu relembrando de coisas que avia jurado esquecer. Há noite passou tão rápido, que mal pareceu durar e o dia raiou quente e acolhedor como sempre, Isse se levanta primeiro vai até o banheiro e toma banho e quando volta para dentro do quarto um sorriso bobo vem ao seu rosto ao ver a sua irmã toda espalhada em meio a cama então:
????: Isse... Isse você já tá acordado(dizia subindo as escadas) vamos ou vai se atrasar para o colégio... (batia na porta) Isse...
Isse: E agora o que explicar...(sorriu olhando para sua irmã) * ou melhor dizendo como explicar não é...?* Só aparece nessas horas em...(sorriu) deixa pra lá, só me deixa em paz por uma tempo, depois eu falo com você...
Ao terminar de falar a porta é aberta e  sua mãe fica paralisada por alguns segundos até...
????: Ryouudo Isse-sam(sorriu de maneira psicótica) você poderia fazer o favor de me dizer o que essa garota que tem idade para ser seu irmã está fazendo na sua cama... E ainda por cima usando uma roupa sua?
Isse: Digamos assim(sorriu) Ela é minha irmã... e sua filha Oka-sam(respira fundo) por enquanto vamos deixar por isso mesmo, quem sabe um dia eu explico direito... Mas mesmo assim a culpa é sua...Ryouudo Mydoria-sam...
Mydoria: Como assim minha culpa(sorriu olhando para o seu filho) Eu por acaso trai o seu pai e não tô sabendo...?
Isse: Quem sabe...(sorriu) Mas você veio aqui pra dizer que o café já tá pronto... A gente já tá descendo e eu também tenho que ir para o colégio então pode ir descendo...
Mydoria: Hai Hai...(sorriu já saindo do quarto)
Isse viu sua mãe saindo e uma lágrima solitária escorria pelo seu rosto, a muito tempo não se sentia assim, não estava triste, na verdade não sabia nem como estava se sentindo. Passado alguns minutos Amaterasu acordou com um belo sorriso, coisa que era raro de se acontecer, Isse estava na janela do seu quarto, observando a cidade, que mesmo sendo tão cedo já se movia bem rápido.Vendo que seu irmão estava distraído, Amaterasu o abraçou e...
Amaterasu: Oni-cham....(sorriu) o que você olha tanto pela janela que está te deixando tão triste...?(coloca a cabeça em cima do braço dele)
Isse: Nada(sorri a abraçando) Amaterasu... O que eu sou pra você...?(perguntou sério)
Amaterasu: Hum deixa eu ver(coloca uma das mãos no queixo e a outra continua abraçada com ele) O meu irmão mais velho, que vive me tirando da enrascadas que eu arrumo... O amigo que sempre está por perto quando eu mais preciso....E a sima de tudo e o mais importante(sorriu beijando a bochecha dele) E a única pessoa no mundo com quem eu posso contar....
Ele fica calado por alguns instantes e a única coisa que ela obteve como reposta, foi ser abraçada uma pouco mais forte e como a muito tempo não acontecia, ele  chorou tendo o ombro da garota como consolo. Sem dizer nada ela o consolou, alguns minutos torturantes se passaram e ainda um pouco emocionado desceu para tomar café e...
????: Isse-nii-chan....(falou sorrindo e pulando nas costas do garoto)
Isse: Yumi?(sorriu) Oka-sam o porquê  ela sempre fica pulando em cima de mim...
Yumi: Eu sabia que quem estava aqui não era o meu Oni-cham(sorriu falando próximo ao ouvido dele)
Amaterasu: Ryoodo Isse-kum(sorriu segurando no ombro dele) Eu tenho só uma pergunta, quem é essa pirralha que está agarrada em você...?
Ao ouvir isso, a irmã mais nova de Isse desce das costas dele e olha para a outra garota bem de perto e era como se dois tigres estivessem se encarando. Isse olhava aquilo com um leve sorriso, mas mesmo assim....
Isse: Essa é a minha irmã e ela é mais vela que você(sorriu) seu nome é Adis Ryoodo Amaterasu... Eu realmente espero que vocês se dêem bem  já que ela vai morar com a gente a partir de agora... Há e ela chegou ontem de madrugada...
Silencio total e uma dúvida pairava pela cabeça de todos naquela sala, como assim irmã e ainda mais com um nome como aquele? Isse sem dar maiores informações simplesmente sentou na mesa e começou a comer sendo seguido por Amaterasu e logo depois pelos demais. Não ouve conversa, a não ser pelas brincadeiras das duas irmãs, que inacreditavelmente acabaram se dando bem depois de conversar um pouco.
Logo após o café da manhã, os pais de Isse foram trabalhar e os três ficaram em casa para terminar de se arrumar para ir escola. Alguns minutos depois Isse estava em pé, na porta, esperando as suas duas irmãs e...
Isse: Vocês estão indo para escola e não para um casamento(gritou e logo viu as duas descendo as escadas correndo) até que enfim, pensei que iriam morrer no banheiro...
Amaterasu: Você nunca pode apresar uma mulher que está se arrumando(sorriu) ou você não aprendeu nada nesses dez anos...?
Isse: Hai Hai...(sorriu) gomennasai... Agora podemos ir, já que eu ainda tenho que fazer a sua matricula, ou melhor dizendo gritar um pouco com o diretor da escola para que não aja maiores infortúnios...
Sem dizer mais nada os três foram para a escola. Caminhavam com um pouco de presa, já que estavam atrasados, Yumi estava do lado direito, já Amaterasu do lado esquerdo, mas essa parecia uma criança, parando na frente de cada loja que eles passavam.
Yumi: Nii...(sorriu) Aonde diabos você achou essa caipira...?(disse com desdém)
Isse: Yumi se eu fosse você eu não falaria esse tipo de coisa, já que mesmo não parecendo ela uma das doze princesas do Tártaros ...(sorriu com a expressão da garota)E Asu... Vamos logo e não fica parando tanto ou vai acabar se perdendo, mesmo você sendo kaway, as pessoas vão ficar olhando...
Então dando um leve sorriso a garota só o abraçou sendo acompanhada pela sua outra irmã e logo depois os três rumaram a escola. Enquanto isso na sala do diretor...
????: Então ele volta hoje não é Rheis-sama..?(sorriu segurando uma pasta com alguns documentos)
Rheis: Hum...(sorriu) Esse pivete ja me causou muitos problemas e ainda por cima teve aquele incidente na minha casa... vamos ao que interessa chamem a Sona Shitri... eu preciso falar com ela...
Ao dizer isso a mulher sai da sala deixando o homem  sozinho...
Rheis: Ryooudo Isse(sorriu) ele me enganou todos esses anos, esse garoto não é nem de perto alguém comum...
Ele dizia isso olhando algumas patas antigas dos alunos e quando menos esperava um leve sorriso veio ao seu rosto, era quase impossível não rir com tamanha ironia, mas tinha uma coisa que o deixava muito irritado além de quase deixar a postura firme ao qual geralmente tinha. Enquanto isso na sala do clube de Ocultismo, Rias olhava alguns documentos antigos dos membros da sua família por um motivo que nem mesmo ela sabia ao certo qual seria, Akeno que estava sentada ao lado da amiga sorria vendo as informações, mas assim como Rias ficou espantada ao encontrar uma pasta vazia...
Akeno: Rias isso não seria(sorriu) Não em lugar algum isso pode ser um bom sinal...(olhava para a foto na ficha) Você não...
Rias: I...Iss... Isse(sorriu)Esse é o nome dele não é... Acho que eu vou poder tirar satisfações com o próprio não é...?
Akeno: Você quase morreu ontem... e agora quer ele pra você, o que tem na sua cabeça Rias-buchou...?
Rias: Sei lá... mas tem muita coisa em jogo e...(sorriu)
Quando ela ia dizer mais alguma coisa, a porta se abre e...
????:Rias Gremory...(sorriu) Pelo que eu vejo você está bem, depois de todos esses anos...!?
Rias: Você me poupou de ter que te procurar Sona-chan....(sorriu) eu tenho algumas coisas para te perguntar Buchou...
Sona: Hun...(sorriu) e no que eu seria útil Maou-sama...?
Rias: Hun... eu não sou nada disso, você deve estar me confundindo com o meu irmão, mas tirando isso(sorriu olhando pela janela) tem alguém que eu quero que você me dê algumas informações e já que você tá aqui a tanto tempo deve ser mais fácil...
Sona: Hai Hai...(sorriu) mas você acha mesmo que vai conseguir  alguma coisa de mim de graça...(olhou fixamente para a garota) então vamos fazer uma troca... já que tem alguém que eu quero algumas informações...
Rias a olhou dando um leve sorriso e logo depois voltou a olhar para a janela e por ela via os alunos passando por de trás dos muros da escola, para chegar na entrada.
Rias: Então você quer começar, eu não ligo muito para ordem...(sorriu vendo ela balançar a cabeça )Ryouudo Isse-san...
A garota congelou, aquele nome era bem famoso dentro da escola mesmo ele tendo entrado a só um ano, mesmo assim ele tinha as melhores notas nos exames teóricos, como também era excelente nos esportes, um estudante modelo exceto por..
Sona: Excelentes notas, muito bom  nós esportes(sorriu ficando seria) Mas é só isso, não tem mais nada, ele é como um fantasma...não tem mais nenhuma informação...
Rias: Hun... sei...(deu um leve sorriso) Nada que eu já não imaginasse... Mas como você me deu algumas informações pode perguntar o que você queria...
Sona:Hyugi Garou...
Rias: Você em...(sorriu) Digamos assim... Ele é alguém comum, mas tem um passado que é difícil de entender, mas se você tá interessada mesmo em traze-lo para a sua prole...
Nesse exato momento a porta da sala é aberta mostrando uma mulher de cabelos prateados e com uma aura muito poderosa, ela caminhou lentamente até as duas e quando estava perto...
????: Sona Shitri  o diretor do colégio precisa da sua presença urgente na sala dele(disse seria) E Rias Gremory me acompanhe eu tenho alguns assuntos a tratar com você...
Rias: Hai Hai... Vamos lá Akeno...(se levanta e vai até a garota) Foi divertido falar com você de novo Sona, a gente se vê...
Sairão da sala e cada uma tomou o rumo que deveria, enquanto isso na frente do colégio, estava sentado no beiral da pote qua dava entrada para o colégio, enquanto tinha cada uma de suas irmãs de um lado do corpo, ele sorria levemente enquanto via as pessoas passarem, aquela emoção era algo que já fazia anos que ele não sentia, já que a única coisas que fez durante os dez anos que esteve fora da sua cidade foi matar.
Isse: Yumi como é ser alguém normal?(sorriu vendo que teve toda a atenção das duas garotas) Como é ter uma vida colegial normal, uma família, uma casa... como é ser normal?
Yumi: E você vai perguntar logo pra mim...(sorriu) eu vivi a minha vida inteira uma farsa, para que ninguém descobrisse que  quem estava em casa não era o meu irmão, apesar de não te conhecer muito bem ou melhor dizendo, apesar de não ter tido muito tempo para falar com você..eu acredito que você só fez o que fez para proteger a sua família...
Amaterasu: Olha pirralha...(Sorriu)eu geralmente não concordo com o que você fala, já que é um monte de bobagem sem sentido nenhum, mas...
Isse: Mas nada(sorriu passando a mão na cabeça da duas) vamos ou não vai dar tempo de ver as aulas e você senhorita Yumi... Vê se vai direto para a sala, já que perdemos tempo demais aqui...
Ao dizer isso os dois se separaram da mais nova e Isse junto de Amaterasu foram em direção a sala do diretor. Enquanto isso na sala, o diretor fazia algumas miniaturas de animas em origami, estava entediado demais até...
Sona: O senho me chamou...Senhor Rheis Gremory...?
O homem ficou calado por alguns instantes até a garota sentar e nesse meio tempo ele pegou alguns papeis de uma das gavetas da sua mesa, Olhou fixamente para os documentos que estava a sua frente e dando um leve sorriso disse:
Rheis: Sona- cham(sorriu) Eu te chamei aqui por que preciso de um favor do conselho estudantil...
Sona: E a que eu deveria a honra de ser chamada qui pessoalmente...?(sorriu olhando de relance nos papéis que estavam em cima da mesa) já que as únicas vezes que fui chamada aqui foi para levar broca...
Rheis: Vamos direto ao ponto...(disse de maneira calma) É simples... hoje teremos alguém bem complicado entregando no colégio, apesar de ele "já" estar aqui desde o primeiro ano...
Sona: E no que eu poderia ser útil com uma pessoa "complicada"...? ainda mais lidando com ele como presidente do conselho...?
Rheis: Hun... deixa eu ver...(leu os papéis) como você ja deve saber...Ryoodo Isse é um mistério para nós, já que desde que ele entrou aqui tudo o que sabemos é o seu nome e as informações básicas para a matrícula, mas todas à vez que foi tentado uma investigação mais complexa... digamos assim, damos de cara com um beco sem saída...
Sona: E o que uma colegial "normal" como eu poderia ajudar...(sorriu) e mesmo que fosse para "ajudar", Isso  é invasão de privacidade...
Rheis: E desde quando eu ligo para essas coisas (sorriu) Já que ele fez o favor de ameaçar a minha mulher e a minha família...
A garota só se curvou diante do homem para depois sair da sala, ele estava realmente com raiva e ainda mais estava sendo irracional. Logo após sair da sala ela esbarra em alguém e logo depois de entender a situação, viu uma garota no chão, deu um leve sorriso e logo depois tentou ajuda-la a levantar mas...
Isse: Sona Shitri... irmã mais nova de uma das mais fortes demônios da história... Eu acho que encontrei com alguém que não deveria(respirou fundo) Amaterasu-san... eu já não disse que você não deve ficar fazendo essas "coincidências" acontecerem... Me desculpe por o inconveniente que a minha irmãzinha causou... nós vemos por aí...
Ao dizer isso os dois rumaram para a sala do diretor deixando uma garota para traz sem entender nada do que estava acontecendo e muito menos do que estava para acontecer, mas de uma coisa ela estava mais que certa, dali por diante muita coisas iria mudar.
Isse: Se você fizer isso de novo pode ter certeza que não vai ser só uma bronca que você vai levar... Mas o que você conseguiu(sorriu olhando para a garota)
Amaterasu: Uma chave(disse vasculhando os bolsos) algumas fotos inapropriadas para menores direcionadas a mulheres e hum...(deu uma pausa) eles estão nos investigando... Ou melhor dizendo, eles estão te investigando..
Isse: Isse não é nenhuma novidade...vamos depois eu passo na sala do conselho pra devolver o que você acabou pegando "emprestado"... e não faça mais isso...
Amaterasu: Hai Hai...
Com isso os dois entram na sala do diretor e começam uma nova e movimentada vida e o que estava por vir seria difícil de se acreditar...


Notas Finais


E aí galera... Bom é o fim do cap.. e como eu posso dizer é a partir de agora que a história começa então até semana que vem


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...