História Muito Mais Que Amigos - Capítulo 21


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Tags Amor Verdadeiro Entre Dois Amigos, Romance Valecamil
Exibições 16
Palavras 737
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ficção
Avisos: Álcool, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Capítulo 21 - Conversa


Fanfic / Fanfiction Muito Mais Que Amigos - Capítulo 21 - Conversa

**Angélica Narrando **


  (AV):pai me desculpe por ontem - falo envergonhada


(JG):não se preocupe querida - ele beija minha testa e saímos da casa deles, fomos o caminho todo de casa em silêncio mamãe não dizia nenhuma palavra se quer, Ligo o som não muito alto para quebrar aquele silêncio..


 Chegamos em casa e desço do carro rápida mente tentando fugir do assunto mas ela seguro meu braço e entramos em casa, Anna estava na porta com uma cara de preocupada


 (A):você esta bem menina


(AV):sim não se preocupe


(AM):Anna vamos conversar no quarto não quero que me interrompa


(A):sim senhora - olho para Anna com cara de choro mais não adianta ela fazer nada..


 Entro no meu quarto e me jogo na cama, minha mãe puxa uma cadeira e se senta de frente para mim


 (AM):angélica por que fez isso ?


 (AV):eu estava em uma festa só queria curtir 


(AM):curtir desse jeito? Você bebeu filha você encheu a cara Jaime disse que você chegou caindo de bêbada e sozinha


(AV):a eu estava com um carinha mas não sei o que aconteceu


 (AM): eu sei que você quer sair curtir mas você só tem quinze anos angélica, pensa você não pode sair bebendo bebendo desse jeito


 (AV):que saco só foi esta vez


(AM):e é a última mesmo você vai para um colégio interno em Londres. - Me sento na cama assustada


(AV):que ? Eu não quero e não vou


 (AM):você não tem quere você vai e ponto final


(AV):é isso o que você sempre quis né me ver longe, desde que meu pai morreu era isso que você queria né - falo com raiva e jogo tudo o que estava guardando para mim. 


(AM):claro que não, você sabe que eu te amo e..


(AV):que belo jeito de amar né.. Você sempre ta viajanto e quando eu apronto você vem dar uma de mãe, mais eu acho que quem é mesmo minha mãe é a Anna ela sempre está comigo, nos bons e nos maus momentos


(AM):não diga isso você sabe que meu trabalho exige muito de mim


(AV):isso vai lá trabalhar, e me esquece esquece que sou sua filha como você sempre faz.  


Ela estava chorando eu não queria faze-la chorar, mais é a pura verdade


 (AV):não quero ir para colégio enterno, só quero ficar aqui e com você - abraço ela - eu te amo 


(AM):me desculpa filha eu vou tentar ser mais presente


(AV):eu sei que seu trabalho exige muito da senhora, não queria te magoar..


Estava mal por ter dito aquelas palavras, acreditem aquelas palavras dueram mais em mim do que nela.  Ela se deita comigo na cama e eu a abraço


(Av): eu adoro ficar assim com a senhora 


(AM):eu também mim niña preciosa, prometo que Cancelo minha agenda do próximo mês para ficar com você já que também é suas férias 


(AV):serio mami - falo olhando para ela 


(AM):sim mi amor - sorrio e abraço mais ela.. 


**Jaime Narrando **


 Depois que as Angélicas foram embora me arrumo e vou para casa da Heidi confesso que não gosto muito de ficar lá na casa dela preferia ficar jogando video game ou estudando..


 (H):amor vamos sair


(JC):a não melhor ficarmos aqui, e outra você esta doente


 (H):por favor vamos na sorveteria, já estou melhor


 (JC):ta bem..


 Saímos e vamos para a sorveteria e compramos nossos sorvetes e nos sentamos em uma mesa,começamos a comer e a conversar, depois deixo ela em casa e vou para a casa da Angélica. Anna abre para mim e assim que entro o ambiente estava tranquilo ouço a risada da Angelica e a sigo indo em direção a sala, estava ela e sua mãe conversando bem diferente do clima na parte da manhã


 (JC):boa tarde


(AV):oi Jemes - fala ela sorrindo para mim 


(JC):oi Angel - beijo a boche ha dela - oi Angélica


 (AM):oi Jaime


(JC):desculpa não queria atrapalhar


 (AM):não atrapalhou eu já ia mesmos resolver umas coisa - ela olha para angélica que fazia um bico emburrada - para resolver tudo das minhas férias - angélica abre um sorriso tão grande que pensei que ela tinha virado o coringa..


Angélica Maria beija a testa dela e sai e eu me sento ao seu lado


(Jc):já esta melhor


(AV):claro, já estou acostumada


 (JC):hum pode ir parando de se acostumar 


(AV):a não vamos brigar James


 (Jc):desculpa não falo mais


(AV):acho bom


(JC):o que vamo fazer ?


(AV):hum já sei mais tarde podemos ir na lanchonete ainda ta cedo, enquanto isso poderíamos assistir algum filme


 (JC):só não sendo Herry Potter 



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...