História Muito mais que amizade - Capítulo 7


Escrita por: ~

Postado
Categorias Júlio Cocielo
Personagens Júlio Cocielo, Personagens Originais
Tags Amizade De Longo Prazo, Romance
Exibições 309
Palavras 727
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Comédia, Crossover, Festa, Lemon, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Boa leitura :D

Capítulo 7 - Vagabunda!


Por Júlio

   Filipe? O que esse caralho tá fazendo aqui? Se você não está entendendo nada,Filipe foi o cara que tirou a virgindade da Erika. Foi horrível pra ela.

FlashBack on

   Erika saiu e até agora,nada. Onde essa garota se meteu? Ela não pode andar pelas ruas do Rio até tarde,só tem 13 anos. De repente ela entra chorando e mancando pelo visto.

-JÚLIO!-berra e se joga em mim.

-Erih,oque aconteceu gatinha?-pergunto a levantando.

-Filipe é horrível,HORRÍVEL! Ele botou com força demais!-falou e eu me levanto num pulo.

-Como assim? Não vai dizer que...-pergunto.

-Foi coisa dele,eu não estava querendo mas,ele me induziu,e ainda não quis ir devagar,me arrombou igual a puta da mãe dele-fala e começa a socar a parede-Júlio por favor,diz pra mim que você não vai deixar ele chegar perto de mim.

-Eu te prometo gatinha,eu te prometo-falo e beijo sua testa,a levando pra cama depois.

FlashBack off

   O olho com raiva e rancor junto a Erika,que o olha com medo e lembranças.

-Flávio,o que ele faz aqui?-pergunto seco.

-Ele só veio aqui tentar falar com a sua irmã,mas nem isso eu quero-fala no mesmo tom.

-O que gente? Não gostam da minha presença?-pergunta sínico.

-Não,lembra do que fez pra Erika? Então,vai se foder e vai embora A-GO-RA!-falo e ele vai embora correndo.

-Aí Júlio,tua irmã é mó gata hein!-Lukas sussurra pra mim e recebe um tapa-Ai caralho! Era brincadeira mano!

-Não brinque quando se trata da minha família,PRINCIPALMENTE da minha irmã,que cês nem conheciam até então-falei indo pra cozinha,encontrando a menina procurando algo na gaveta-Procurando o que minha querida?

-Ai que susto demônio!-fala com a mão no peito,fazendo-me gargalhar alto-To procurando a porra do meu celular que sumiu.

-Por que ele estaria nas gavetas da cozinha?-pergunto.

-Porque eu sou maluca,então com certeza está em algum lugar nada haver-fala e abre a geladeira-Aí,não falei!? Tava dentro do freezer.

-Puta merda-falo caindo no chão de rir-Quem esquece essa porra na geladeira garota? Só você mesmo hein!

-Ai para Cocielo! Não é pra rir não!-fala me batendo. Eu a pego no colo como fazia quando ela era neném-Saudades disso.

-Só que agora cê já está grandinha né?-falei e ela deita a cabeça no meu ombro.

-Mas continuo sendo sua bebê esqueceu?-falou sorrindo e eu rio fraco,beijando sua testa.

   Voltamos pra sala com Erika em meu colo e sinto os olhares dos meninos na bunda dela,que pelo fato dela estar com uma blusa imensa de basquete,fica bem definida até. Começo a olhar pra cara de cada um ali,fazendo eles morrerem de vergonha.

-Irmãzinha,cê tá famosa mesmo hein! Geral aqui te secando-falo rindo.

-Não tenho culpa,sou uma menina de bom geni-diz e faz um coque frouxo sorrindo sexy pra eles.

-Com quem aqui cê ficaria?-Daniel pergunta.

-Com você-ela diz.

-E-Eu?-pergunta ele.

-Você mesmo Daniel,ficaria com todos mas,você em especial-falou simples-Júlio,cês vão ficar aqui em casa?

-Vamos sim,por que?-pergunto.

-Dorme comigo irmão? Por favor?-faz biquinho.

-Tá né,não tenho muita escolha-falo e a abraço forte-Ai que saudades de abraçar uma baixinha.

-Olha aqui meu bem! Erika Cabral Cocielo pode ter 1,58? Ela tem 1,58,você tem 1,93? Você tem,mas e daí meu querido?-pergunta se fazendo de brava.

-Meu amor divino,não estou dizendo nada da tua pequenina altura entende? Só te acho a pessoa mais marrenta da vida-falei sem soltá-la do abraço-Preciso me curvar tá vendo?

-Resolvo rapidinho-pega um banquinho qualquer-Pronto-me abraça forte e eu a tiro do banquinho,a deixando com os pés no ar.

   Sem querer ergui seu vestido,dando uma visão da palinha da sua bunda. Vi os caras olharem e ficarem secando mas,deixei mesmo assim. Daniel ficou cochichando algo com Lukas e eu nem dei bola. Botei ela no chão e fomos pro quarto.

-Viu eles me secando?-perguntou tirando o vestido.

-Vi-falei rindo-Cê é gostosa né gatinha?

-Opa,valeu-beijou minha bochecha e botou uma roupa normal.Descemos e fomos até a sala-A mais gata e linda chegou-rebolou até o chão toda sensual.

   Todos olharam pra mim e eu só pisquei pra eles. Tirei uma foto com ela e postei no Inta: " Amo mais que cachaça <3 "

Por Marcela

   Mano,não estou acreditando nisso! Júlio já postando foto com outra,será que já pegou ela ou sei lá? Até no Twitter:

@Cocielo: @CabralErih , te amu sua vaquenhah! <3

   Vi um tweet dela também:

@CabralErih: @Cocielo eu tbm ti amu seu putow! :3 <3 

   OQUE?! Essa garota pensa que é quem?! Vagabunda!

Continua...



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...