História Muito mais que tempo - Capítulo 50


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bangtan Boys (BTS)
Personagens J-hope, Jimin, Jin, Jungkook, Personagens Originais, Rap Monster, Suga, V
Tags Jikook, Namjin, Sope, Taegi, Yooseok
Visualizações 47
Palavras 1.175
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Drama (Tragédia), Ecchi, Festa, Fluffy, Hentai, Lemon, Mistério, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Sobrenatural, Suspense, Violência, Yaoi
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Mutilação, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas da Autora


Olaaa!
O cap n eh longo... ms acho q ele eh tenso haha
Boa leitura!
Bjs~

Capítulo 50 - Você vai me odiar.


1 de Maio de 2017.

Universidade Pública BigHit (UPBH).

17:30 p.m.


- A onde você vai? - Yoongi perguntou baixo já pensando que não adiantava ficar emburrado.

- Vou resolver umas coisas e depois vou me encontrar com você. - Hoseok respondeu distraido. Yoongi se calou. O mais novo, depois de alguns minutos, reparou que o outro não puxava mais asssunto, então resolveu lhe dar atenção. Yoongi lia um livro encostado na parede, sentado no banco, mas não lia realmente, Hoseok reparou que ele estava naquela mesma página desde que se sentaram alí. Ele nem mesmo piscava enquanto encarava a página cheia de palavras em francês. 

- Você ta com dificuldades de ler? - perguntou e Yoongi deu de ombros.

- Está cheio de gírias... - suspirou e fechou o livro, mas não olhou para Hoseok, olhou para o horizonte, pra nenhum ponto específico. Hoseok sabia que Yoongi estava magoado, e se sentia mal por isso. Sempre que passavam por isso pensava "eu vou contar e acabar logo com isso", mas logo depois a insegurança batia e ele voltava a pensar "Você escolheria eu ou ele?".

- Você está bem? - perguntou e Yoongi piscou longamente em resposta. Hoseok se esticou e tentou beijar o rosto de Yoongi, mas ele desviou. - O que foi?

- Nada. - começou a se ajeitar para levantar. - Eu já quero ir pra casa.

- Fica mais um pouco. - pediu.

- Não, eu estou cansado e você tem coisas pra fazer. - sua voz soava amargurada.

- Eu sei o que parece. - disse e bufou. - Eu sei que parece que eu estou escondendo algo... mas.. eu não tô. - Yoongi finalmente lhe fitou, como se quisesse ler nos olhos de Hoseok se era verdade.

- Eu não sei se acredito.

- Confia em mim.

- Hoseok... - suspirou colocando a mão na cabeça já sentindo latejar. - Eu... ah... eu estava feliz, entende?! por estar namorando você e ter dado um fim no meu passado obscuro, mas... - levantou a cabeça e fitou Hoseok que já tinha o coração acelerado. Não termine comigo, por favor... - eu não sei se ainda estou feliz, com essa insegurança... eu não sei se eu estou feliz.

Que egoista. Hoseok pensou. Todo esse tempo eu estive com medo de perder o Yoongi, mas estava machucando ele. Eu sou um egoista. 

- Você está certo. - disse depois de algum tempo em silêncio.

- Sobre o que?

- Eu estou escondendo algo. - Yoongi sentiu o coração palpitar e suas mãos começaram a tremer. Ele está com outra pessoa? 

- O que? - perguntou quase sem voz. Com medo da resposta.

- Eu vou te contar, mas antes, tenho que dizer, que quando você souber a verdade... - Hoseok o olhou nos olhos sentindo as lágrimas chegarem - você vai me odiar.

- Só me diga a verdade... - disse se encolhendo mais no banco. Hoseok ficou em pé e Yoongi ficou confuso. Então o mais novo lhe estendeu a mão.

- Vou te levar a um lugar. 


1 de Maio de 2017.

Hospital.

18:00 p.m.


- Por que estamos num hospital, Hobi? - perguntou ainda segurando firmemente as mãos do namorado que ficou em silêncio durante toda a viagem. Hoseok não respondeu, apenas adentrou o local com pressa puxando a mão de Yoongi que o seguiu sem questionar. Entraram em um elevador e uma moça de uniforme de recepsionista entrou também.

- Olá, Hoseok. Veio cedo! - sorriu e o Hoseok retribuiu sem muita vontade. Yoongi franziu o cenho. - Quem é esse? - olhou para Yoongi e viu suas mãos unidas. - Namorado? - perguntou corada. Yoongi fez um bico e se agarrou mais possessivamente no braço do mais alto.

- Sim. - Hoseok respondeu sorrindo fraco e logo desceram do elevador e voltaram a andar rápido.

- Aquela garota estava dando em cima de você?! 

- Isso é o que você menos tem que se preocupar agora. - disse parando em frente a uma porta no corredor. Suspirou fundo e colocou as mãos nos ombros de Yoongi. - Pra sua sorte, é melhor que ela tenha ido ao banheiro.

- Ela? - franziu o cenho e Hoseok engoliu seco antes de girar a maçaneta. Yoongi se pos a olhar para dentro e depois olhou para Hoseok. - Hobi...

- Eu sei.... me desculpe.. eu queri..

- Hobi, não tem nada aqui! - disse confuso e Hoseok também ficou. Entrou apressado no quarto e ele estava vazio.

- Não... - suspirou. - Aquela... mulher! - disse irritado.

- Que mulher? Do que está falando? - cruzou os braços irritado.

Hoseok segurou o braço de Yoongi e se pos a correr novamente. Reencontraram aquela garota novamente e Hoseok a chamou apressado.

- A onde eles estão? - a garota olhou para o lado pensando. 

- Não sei.

- Descobre pra mim, por favor.- suplicou e ela bufou. 

- Não sei o que posso fazer.

- Por favor. - pediu outra vez.

- Está bem... - se levantou irritada e sumiu no corredor. Hoseok suspirou e sentou no banco de espera chamando Yoongi que estava enlouquecendo.

- Você podia me falar logo! - cruzou os braços e Hoseok o olhou sério.

- É melhor você ver. 

- Por que?

- Por que só assim você vai acreditar.

Aps alguns minutos de espera, a garota voltou com uns papeis na mão fazendo barulho com seu salto.

- Ela o mudou de quarto, mas pediu para não lhe dizer qual é.

- Por que? - Hoseok ficou em pé irritado.

- Eu não sei, mas ela não quer que você volte. Ela é a responsável e a única parente, você não tem direito nenhum do paciente.

- Mas ele tem! - apontou para Yoongi.

- Ele é o que do paciente? - Hoseok suspirou triste.

- Muito mais do que aquela mulher.

- Eu não posso fazer nada. 

Yoongi não conseguia entender nada do que se passava, então apenas ficou em pé e encarou a garota enquanto reunia toda a raiva presente no seu corpo nesse momento.

- Eu não tô nem ai pro que você pode fazer, mas meu namorado disse que é importante eu saber o que tá rolando, então se você não me disser a onde é esse quarto, eu vou arrombar cada porta que eu ver pelo caminho!

- Eu terei que chamar os seguranças. - disse dando um passo pra trás.

- Antes disso eu quebro a sua cara.

A garota olhou para Hoseok assustada e o maior suspirou outra vez.

- Não vamos dizer que foi você. - disse e ela bufou outra vez.

- Tudo bem...


Depois de pegar a informação, se dirigiram para o andar certo no quarto certo. Pararam em frente a porta e Hoseok parecia mais triste a cada passo.

- Hobi... eu vou mesmo odiar você? - perguntou segurando a maçaneta. Hoseok sentiu uma lágrima descer e fitou o namorado.

- Sim...

- Eu não consigo imaginar...

- Só entra. - pediu e saiu do caminho indo se sentar no banco do corredor. 

Yoongi estava com o coração acelerado. Nunca odiaria você Hoseok... você me salvou de mim mesmo.... você não desistiu de mim.... eu não vou desistir de você. O que quer que esteja atrás dessa porta... não vai mudar o que eu sinto...

Eu amo você, Hobi...


Notas Finais


Oie!
Sera que o Yoongi vai perdoa-lo?
Muito obrigada!
Bjs~


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...