História Mulher de Elite - Capítulo 18


Escrita por: ~

Postado
Categorias Bastian Schweinsteiger, Claudio Marchisio, Erik Durm, Hailee Steinfeld, Joshua Kimmich, Julian Draxler, Lais Ribeiro, Lars Bender, Lukasz Piszczek, Marco Reus, Marco Verratti, Mario Gómez, Maximilian "Max" Meyer, Paulo Dybala, Thomas Müller
Personagens Antoine Griezmann, Bastian Schweinsteiger, Claudio Marchisio, Erik Durm, Fernando Torres, Gareth Bale, Julian Draxler, Lars Bender, Lukas Podolski, Marco Verratti, Mario Gómez, Maximilian "Max" Meyer, Thomas Müller
Tags Alemanha, Drama, Futebol!, Jogadores De Futebol, Julian Draxler, Lais Ribeiro, Marco Reus, Modelos, Romance, Thomas Muller
Visualizações 31
Palavras 1.121
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Crossover, Drama (Tragédia), Esporte, Festa, Romance e Novela, Saga
Avisos: Adultério, Álcool, Drogas, Heterossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Capítulo repostado, pq flopou na primeira vez. Espero que gostem! (E que seja diferente)
Boa leitura!

Capítulo 18 - 17. Oportunidades


 

É o desfecho do desfile de imprensa e eu estou um pouco zonza por causa das luzes ofuscantes dos holofotes espalhados ao redor da passarela.
Precisei desfilar com o máximo de habilidade, focando em terminar bem o desfile e manter-me de pé.
Me livro dos saltos assim que chego ao camarim, mexendo os dedos dos pés para checar se está tudo no lugar. Ambos os pés estão doloridos e um pouco avermelhados. O inchaço é notório, também. As veias aguçadas, como nos braços de um fisioculturista.
Fecho os olhos,  afim de relaxar, mas minha tentativa dura apenas alguns segundos. Anelise invade o camarim eufórica e sorridente.
— Evelyn, eu lhe devo os parabéns. Fez um excelente trabalho hoje!
— Muito obrigada, Anelise. — Agradeço da forma que deveria, complacente e correspondendo à sua animação. Ou pelo menos tentando. O largo sorriso em seu rosto parece fixo.
Suspeito que há algo mais, só ainda não sei o quê.
— Bom, você foi a única que prendeu a atenção de alguém muito importante. Sua estrela está brilhando hoje, Evelyn.
    É interessante, mas não claro o bastante. Aonde ela quer chegar, afinal?
— Bom, eu fico feliz.
— Pode ficar mais do que feliz, querida. Pode conseguir um novo patrocinador para a agência e uma grande oportunidade para você.
— Uau! Isso é ótimo, Anelise. Muito obrigada. Quando eu conheço essa pessoa importante?
— Hoje à noite mesmo, querida. Troque-se, é uma grande noite para você. Vamos comemorar, garota.
    E então ela simplesmente sai. Uma nuvem de mistério assola minha cabeça. Mas faço o que Anelise pediu, mesmo estando cansada demais para uma festa. Quando pronta, encontro com Hailey eufórica e exageradamente animada, ainda com a notória maquiagem do desfile. Traja um vestido cinza decotado e de alta costura.
A rua está agitada quando saímos, mas logo nos isolamos no táxi e então partimos para a boate, lugar que eu não gosto muito, mas preciso ir, já que pode ser onde eu encontrarei uma grande oportunidade, como dissera Anelise.
Nossa entrada fora fácil, já que estamos na lista 
Como de se esperar, a boate está repleta de modelos e, os poucos indivíduos que não modelos, trabalham com modelos.
Todo o recinto é literalmente deslumbrante. Os trajes e pessoas são bonitas de várias maneiras diferentes. Sorrisos espontâneos, risadas divertidas e conversas animadas fazem esquecer as dores e desconfortos causadas pelo desfile. Então logo eu, totalmente cercada e sem qualquer outra opção, decido aderir e aproveitar a festa.
Não fico muito tempo sozinha; assim que Hailey e Mia se afastam para o bar, deixando-me aguardando numa área provavelmente reservada para os bêbados, drogados ou não-dançantes. Com um drink em cada mão e um esplendoroso sorriso no rosto, senta-se ao meu lado um esbelto homem vestido elegantemente simples com um blazer preto e uma camisa cinza.
— Eu não achei que isso fosse possível, mas você é ainda mais linda de perto, Evelyn.
— Eu estou lisonjeada em saber disso. — Sorrio modesta e complacente, aceitando a taça que me é oferecida.
— Deixe-me me apresentar. Sou Oliver Fuchs. — Ele põe sua taça na mesa e estende uma das mãos. Faço o mesmo, então retribuo seu gesto. Seu aperto de mãos é firme como seu olhar, verde como uma selva e famintos como os olhos de um animal selvagem.
— Como já sabe, sou Evelyn. — Retribuo o contato visual, também.
Quero descobrir quem desistirá primeiro. E, dependendo disso, posso fazer um bom pré-julgamento de Oliver.
— Em breve todos saberão disso. Você é simplesmente incrível nas passarelas.
— Estou lisonjeada, Oliver.
— Pode ficar mais que isso, Evelyn. Eu tenho uma ótima proposta, que na verdade é um convite também. — Ele me analisa por alguns segundos. Ainda consigo manter o contato. Espero, então, que ele faça o tal convite. Apesar de estar um tanto curiosa, não demonstro nem mesmo um pouco. Com a coluna ereta e aparentemente indiferente, tomo meu drink e espero por ele.
— Eu quero que seja o rosto da minha marca. Você é linda e será renovador trabalhar com alguém tão bela e diferente. 
— Parece perfeito! — Exclamo, não mais escondendo minhas emoções.
— Então você aceita? — Ele se inclina para mim, os olhos verdes brilhantes e cheios de expectativa. Dou um sorriso e a chama dentro deles se agita ainda mais.
— Quando começamos?
     Oliver retribui meu sorriso, claramente feliz e satisfeito com minha resposta.
— Se fosse possível, eu diria que agora mesmo. Mas vamos aproveitar a noite, querida. Amanhã mesmo conversaremos sobre isso. — Ele eriça sua taça com as gotas remanescentes de sua bebida. Eu o imito, e então ouço o tilintar de nossas taças. — A um futuro brilhante que está por vir. 
— A um futuro brilhante que está por vir — repito suas palavras, ainda mais ansiosa por esse futuro do que ele.
— Vou pegar outra bebida. Quer algo em especial?
— O que trouxer está bom. Obrigada, Oliver.
    Ele sorri modestamente e se afasta, rumando para o bar. 
Entre os minutos em que ele vai ao bar e retorna, recebo uma ligação de Julian.
— Olá, Evelyn.
— Hallo, Julian.
— Como você está? Como foi o desfile?
— Eu estou bem e o desfile foi ótimo, eu fui escolhida para fazer o catálogo de uma marca.
— Uau! Isto é incrível!
— Sim, não é? Mas e você, como está, querido?
— Eu estou bem e com muita saudade de você.
— Você não é o único.
     Oliver retorna e percebo o quão rude seria continuar ao telefone.
— Julian, eu estou meio ocupada agora. Pode ligar depois?
— Claro, eu ligarei. Se cuide, está bem?
— Certo. Você também.
     Oliver retoma o lugar ao meu lado e retomamos nossa conversa de onde paramos, sendo que a cada rodada de bebida vamos ficando mais animados do que deveríamos. E, estranhamente, adquiro uma linha de pensamento que não faz muito sentido vir à tona agora.
Será mesmo que as coisas darão certo com Julian?
Oliver toma a liberdade de perguntar se eu sou comprometida, o que eu normalmente acharia um pouco inadequado, mas diante da situação não me incomodo. Ambos estamos à vontade demais para nos preocuparmos com perguntas indiscretas. 
Sou verdadeira e respondo que sim, da mesma maneira que deixo claro que é relacionamento meio complicado e incerto. Ressalto também a distância.
No entanto, falo sobre a forte conexão que temos e não escondo meus sentimentos ao falar sobre Julian.
Oliver, contudo, parece não se preocupar ou se ofender. E não respeitar a suposta concorrência, já que ele continua me olhando de maneira totalmente sugestiva.
Não me intimido e vou levando a noite até o final, quando Mia e Hailey, bêbadas demais, mas ainda dançantes, decidem que é hora de ir embora.
O motorista de Oliver nos deixa em casa e depois ruma para o seu destino.
Claramente ele tem várias intenções, e isso significa que eu tenho um novo problema.

 


Notas Finais


Enfim, espero que estejam gostando. Vamos interagir, guys.
Vejo vcs no próximo e/ou nos coments.
Xo♡


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...