História Multiversal - Capítulo 30


Escrita por: ~

Postado
Categorias Originais
Personagens Personagens Originais
Visualizações 8
Palavras 1.378
Terminada Sim
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 14 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Comédia, Famí­lia, Ficção, Ficção Científica, Luta, Magia, Romance e Novela, Saga
Avisos: Álcool, Drogas, Homossexualidade, Linguagem Imprópria, Suicídio, Violência
Aviso legal
Todos os personagens desta história são de minha propriedade intelectual.

Notas do Autor


E aqui está o último capítulo desta história! Lembrando que irei postar as sagas em formatos de histórias, então confira!

Capítulo 30 - Plano B



Cidade de Ariotsu, Avenida 7. 02 horas da manhã de Sábado.
- Ainda não acredito que ele destruiu a prisão! Qual o poder daquela coisa? Calbrick corre junto com os outros.
- Agora que percebi que deixei Kuasimodo escapar! Joshua procura pela rede que estava em sua mão.
- O QUÊ?!
- Não se preocupem, Damon irá tentar nos matar de qualquer jeito. Deixem para lá. Luna diz calmamente.
- E ISSO É PARA TRANQUILIZAR?
- Ei, ali estão Konstantinos, Absirto e Maya! Arabelle acena para os três na entrada da torre, parados. Elder olha para os lados desconfiado:
- Os soldados que escaparam estão nos cercando! Eles vão matar todos!
Algum carro sofre uma batida no meio da avenida e um poste cai quase em cima deles, cortando por pouco.
- Tomara que o Swing fique bem... Flyper diz enquanto carrega ele nos braços.
- Não foquem nos soldados, é isso que Damon quer. Vamos entrar na torre!
Konstantinos observa o caos que está a avenida com tudo escuro devido à nave lá em cima.
- Que dia... e pensar que essa manhã eu estava tão bem no campo.
- Vai dar tudo certo, tio!
 O grupo da prisão: Arabelle, o comandante Calbrick, Luna, general Joshua, Byper e os Oito Milagrosos chegam ilesos nas escadarias recém reformadas devido aos escombros que a demoliram dois dias atrás. Todos, junto com Konstantinos, Absirto e Maya entram. Vários combatentes da torre surgem nos corredores.
- Nós iremos dar cobertura, vão! Os soldados de Dominus começam a se aproximar furiosos e brutais. Balas de canhão voam para lá e para cá, sendo rebatidas por chutes ou espadas, enquanto o teto solta poeira ao sofrer os tremores. Um soldado pula pela janela da enfermaria, sendo esquartejado por Zoë logo em seguida. Ela pega uma mochila e percebe o grupo passando, seguindo - os.
- Zoë! Que bom que você está bem! Maya e Byper exclamam felizes.
- Eu não sou o centro das atenções. Qual a situação?
- Os soldados invadiram as portas da frentes, mas estão sendo detidos por mais ou menos 95 combatentes. Temos um canhão grande para ser atirado nos fundos do corredor, escondido atrás da parede. Vem, temos que nos separar para subir!
- O quê?! Ei, gente! Byper grita ao ver Konst, Zoë, Absirto, Arabelle e Maya correndo para outro elevador.
- NÃO TEMOS TEMPO, BYP! LUNA, EXPLICA PRA ELE AÍ!
- Certo.
- É, eu também quero saber essa história de plano! Jamie para e cruza os braços, curioso.
- ... o nosso plano era revestir a prisão e a torre para não deixar os prisioneiros fugirem e proteger a Maya. Bem, a prisão meio que deu certo, mas Maya ainda está na Torre, e é óbvio que aquela nave vai nos atacar a qualquer momento. Então vamos partir para o Plano B.
- Qual o plano B?
- Maya e seus tutores irão deixar o planeta em uma cápsula de fuga e tomar uma rota desconhecida, só sabemos que cairá em algum planeta.
- Foi bem informada... gostaria de virar uma rebelde? Joshua coloca a mão no ombro dela.
- Não mudei de ideologia. Só gosto de fazer o bem. E só hackeava por curiosidade mesmo.
- Ah, que pena... gostava muito da Maya, queria que ela ficasse por mais tempo. Byper diz meio chateado.
- Vamos! O elevador abriu! Byper, guie seu grupo pelas escadas e dêem cobertura nas janelas. Ellenoire já vai estar lá em cima para ajudá - los.
- Certo! VAMOS,MILAGROSOS!
- EIAAAAAA!
Os outros três sobem o elevador esquerdo, enquanto os tutores e Maya chegam na garagem pelo direito.
- Vamos, não temos tempo! Para a garagem dos pilotos! Todos correm circulando a garotinha até chegarem a uma entrada bem estreita, passando por paredes de metal, até chegarem em uma garagem imensa com várias naves saindo e entrando, as portas abertas dando para o vasto espaço. Lá embaixo pode - se ver o planeta rebelde.
- UAAAAH! ESTAMOS TÃO ALTO ASSIM? EU TENHO HORROR DE ALTURA!!! Maya se segura em Absirto pela mochila.
- Nunca tinha vindo aqui, mas o nosso elevador vai para os lados, então isso é possível. Arabelle sorri, pronta para deixar o planeta.
- Eu venho todos os dias aqui para pensar, hoho. O ex - general Billius aparece, juntamente com Ellenoire e Sander.
- Pai! Konstantinos dá um forte abraço em seu pai, e Maya na sua mãe.
- Vim me despedir... sei que é difícil para uma bolinha de carne como você deixar tudo para trás, filho.
- Sim, é mesmo, vou sentir falta de tudo e de todos. Mas sem ela aqui, ninguém vai mexer com vocês. Ele dá um sorriso, e seu pai vê a criança que ainda existia no seu filho. Konstantinos não havia mudado tanto assim, mas ele cresceu. 
- Agora, se apressem! Sua cápsula está ali, para quatro pessoas! Sander aponta para um retângulo sozinho em uma das portas largas. Zoë e Absirto vão na frente para colocar a bagagem. Maya começa a chorar nos braços da mãe e olha para ela, consciente de que não a viria talvez por anos. Ellen começa a chorar também:
- Por todos esses anos... eu nunca amei ninguém como você, Maya. Não se engane por ter sido um disfarce, você é minha FILHA e sempre será. Encontre Hysterium, descubra o universo! VIVA, FILHA! VIVA!
- Maya, nunca se esqueça de nós. Estaremos sempre aqui, te esperando. Sander coloca a mão na cabeça dela.
- EU... AMO... BOCÊS!!
Zoë começa a chorar também, desde que conheceu a garota, e dá uma risadinha confortante:
- Eles se conhecem só a uma semana, e se amam como irmãos. Isso é possível?
- Sim... Konstantinos entra na cápsula. É disso que o amor é capaz. Unir pessoas totalmente estranhas uma a outra. Hihi.
Os Oito Milagrosos chegam desenfreados na porta da garagem atirando e lutando com soldados atrás deles, seguidos de Calbrick, Byper, Joshua e Luna.
- Pai!!! Maya corre até ele, que abraça - a rapidamente e beija sua cabeça.
- Viva, Maya! Nunca deixarei encostarem um dedo em você, pode acreditar! Eu estarei junto com você, todos nós!
- Façam uma boa viagem, gente! Gostaria que pudéssemos nos conhecer melhor, Maya! Calbrick sorri para ela.
- VIVA, PEQUENA! NÓS IREMOS TE PROTEGER! Os robôs continuam atirando.
- Boa sorte, Maya. Seremos sempre amigas, certo? Luna diz sorridente.
- Sim!
Sander observa que Byper apenas chora e não diz nada.
- Byper?
- Sim...
- Quer ir com eles?
- OOOOH!!! OBRIGADO, SANDYYY!!!!! GENTE, EU TÔ INDO COM ELES COMO QUIS!
- BOA, IRMÃOZÃO! PROTEGE TODOS, NÓS SABEMOS QUE VOCÊ É FORTE!
Byper e Maya entram na nave acenando para todos e olham para os tutores:
- Prontos para uma aventura? Zoë sorri animada.
- SIM!!!! Todos dizem ao mesmo tempo, muito empolgados. A cápsula é atirada no espaço e eles prosseguem em uma órbita na forma de espiral, sumindo de vista rápido. Billius e Sander olham a paisagem:
- Seu pai gostaria de ter visto ela partido. Ele adorava crianças.
- Eu sei. Eu também.
Eles voltam para ajudar os outros a defender.
Nave de Damon, sala principal
- ATÉ VOCÊ ELES DERROTARAM, MEU CAVALEIRO DE OURO? 
- Tinha... um general... e a Luna ajudou eles... Kuasimodo cai no chão. Os outros cinco suspiram de frustração, e Damon fica muito nervoso.
- AQUELA TRAÍRAZINHA DE MERDA.... AAAAARGH, COMO ELA OUSA ME ENGANAR? EI, VOCÊ! DESCUBRA AGORA PARA ONDE AQUELA CÁPSULA FOI!
Um operário se assusta com a ordem e procura algo no computador:
- Eles... estão indo para o planeta rochoso de Solabun, senhor!
- Mude a rota para lá agora mesmo! Eu não vou deixar aquela garota viva de JEITO NENHUM!!!!
- Lá vamos nós de novo...
Zoë pega a Espada de Odorá da mochila e analisa o quanto ela é linda...
- O que será que essa espada pode fazer?
- Ei, me passa o ketchup, só como sanduíche com isso! Absirto pede para Konst.
- ESSA VAI SER A MELHOR VIAGEM DE TODAAAAS!! Maya grita enquanto dança com Byper.
E assim a nossa aventura termina por enquanto...afinal, grandes surpresas esperam eles nesse vasto Universo afora. Até a próxima.
Fim do capítulo.
 


Notas Finais


E isso foi o último capítulo dessa saga! Confira a mais nova segunda saga amanhã, eu irei postar em algum momento do dia! Força na peruca e até mais!


Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...