História Mundo ao Contrário - Capítulo 8


Escrita por: ~

Postado
Categorias Melanie Martinez, Shawn Mendes
Tags Melanie, Romance, Sexo, Shawn, Violencia
Visualizações 21
Palavras 534
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Crossover, Drama (Tragédia), Ecchi, Hentai, Luta, Romance e Novela, Shoujo (Romântico), Suspense, Terror e Horror, Violência
Avisos: Álcool, Bissexualidade, Drogas, Estupro, Heterossexualidade, Homossexualidade, Insinuação de sexo, Linguagem Imprópria, Nudez, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Capítulo 8 - 7- Pietra Pires


"Nos não temos que ser comuns Cometa seus melhores erros..."-Life of the party (Shawn Mendes).


Peguei minha pequena mochila e o dinheiro que Mel tinha, apesar de tudo, ela iria comigo, ela não me abandonou, e eu estava furioso com meus pais por esconderem a verdade, por me expulsarem de casa, e mais ainda por sei lá o que, eu simplesmente estava zangado.

 

Como será que Aaliyah é? Se quer lembro dela, mas já sinto muito sua falta. Como se eu nunca houvesse perdido a memória. Ela provavelmente cresceu muito, desde o acidente, claro, já faz um tempo, mas como ela estava em período de mudar...


Enfim, subimos na moto de Mel (coisa que eu nem reparei que ela tinha), ela subiu tão perfeita e graciosamente e eu tive que arregalar os olhos em surpresa, e meio desconcertado, subi atrás dela.

 

- Ei garoto, segure em firme em mim, eu não vou devagar!- disse como se fosse comum, assim como compra pão.

 

- An?!- perguntei atordoado.

 

Ela suspirou em frustação e pegou em minhas duas mãos, envolvendo-as em sua cintura fina, logo após soltando um murmúrio de que era para eu não a soltar. Fiz exatamente isso, e sentia minha pele formigar com seu toque (ou meu toque, ainda estou confuso), como já estávamos de capacete, ela acelerou, muito, muito mesmo, o que fez um vendo gélido bater contra meu rosto, e uma sensação de liberdade me invadir


Andamos (ou corremos) por um curto tempo, pois logo chegamos à nosso destino, o aeroporto, corri até a bancada dos atendentes e tive que enfrentar uma fila enorme.


- Ei garoto espera, como você quer ir direto pra Inglaterra? Assim, sem saber onde ela está?- indagou Melanie.
Baguncei meus cabelos e suspirei em frustração, derrotado, a olhei encabulado e com a testa franzida, ela tinha um sorriso divertido nos lábios, e aquilo me intrigou.


- Acho que temos que começar por algum amigo fiel de Aaliyah, alguém em quem ela confiava a vida- sorriu. An? Sorriu?!


- Certo, na carta, ela dizia sobre uma tal de Pietra Pires - Melanie me olhou estranho, quase assustada.


- Eu conheço-a - trincou os dentes- vem comigo.


Andamos mais um pouco sob a moto, e chegamos em um casarão. Mel suspirou nostálgica, e eu estava mais que confuso, o que era aquilo?  Ela desceu da moto, sendo seguida por mim, e logo deu três batidinhas nas porta de madeira rústica, uma senhora alta (apesar de parecer um pouco jovem) abriu a porta e se espantou quando viu Melanie a sua frente, a mesma que mostrou indiferença.


- Preciso falar com Pietra- disse simples.


- Ela não está aqui- disse a mulher com voz fina, seu corpo estava revestido com um vestido bege colado, suas unhas perfeitamente pintadas, seu cabelo preto em um coque alto perfeito também. Ela esbanjava elegância.


- Sei que está- trincou os dentes- deixe-me falar com ela aqui fora ou arranco-a daí de dentro pelos cabelos.


A mulher entrou correndo e logo apareceu com uma menina que aparentava ter uns quinze anos.


- Precisamos saber onde está Aaliyah Mendes- disse por fim, fazendo com que a menina (vulgo Pietra Pires) arregalasse ainda mais os olhos.
*****************************



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...