História Mundo híbrido - Capítulo 20


Escrita por: ~

Postado
Categorias Cauê "BaixaMemoria" Bueno, Christian Figueiredo, Felipe "Febatista" Batista, Felipe Neto, Felipe Z. "Felps", Flavia Sayuri, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Lucas "Luba" Feuerschütte, Luiz Felipe (Luiz 1227), Malena "Malena0202" Nunes, Marco Tulio "AuthenticGames", Maria Luiza Ramos (MoonKase), Pedro "SrPedro" Montanari, Pedro Afonso "RezendeEvil" Posso, Rafael "CellBit" Lange, TazerCraft
Personagens Cauê Bueno, Christian Figueiredo, Felipe "Febatista" Batista, Felipe Neto, Felps, Flavia Sayuri, João Victor Negromonte Queiroz "Jvnq", Lucas "LubaTV", Luiz Felipe "Luiz 1227", Malena0202, Marco Tulio "AuthenticGames", Mike, MoonKase, Pac, Pedro "SrPedro" Montanari, Pedro Afonso Rezende Posso, Personagens Originais, Rafael "CellBit" Lange
Tags Cellps, Hibridos, Jvtista, Mike, Mitw, Pac
Visualizações 44
Palavras 1.614
Terminada Não
NÃO RECOMENDADO PARA MENORES DE 18 ANOS
Gêneros: Ação, Aventura, Colegial, Crossover, Drabble, Drama (Tragédia), Escolar, Esporte, Famí­lia, Fantasia, Festa, Ficção, Ficção Científica, Hentai, Josei, Lemon, Luta, Magia, Mistério, Misticismo, Romance e Novela, Saga, Shonen-Ai, Shoujo (Romântico), Shoujo-Ai, Slash, Sobrenatural, Survival, Suspense, Terror e Horror, Violência, Yaoi, Yuri
Avisos: Adultério, Álcool, Bissexualidade, Canibalismo, Cross-dresser, Drogas, Estupro, Gravidez Masculina (MPreg), Heterossexualidade, Homossexualidade, Incesto, Insinuação de sexo, Intersexualidade (G!P), Linguagem Imprópria, Mutilação, Necrofilia, Nudez, Pansexualidade, Sadomasoquismo, Self Inserction, Sexo, Suicídio, Tortura, Transsexualidade, Violência
Aviso legal
Os personagens encontrados nesta história são apenas alusões a pessoas reais e nenhuma das situações e personalidades aqui encontradas refletem a realidade, tratando-se esta obra, de uma ficção. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos, feita apenas de fã para fã sem o objetivo de denegrir ou violar as imagens dos artistas.

Notas do Autor


Lemon!tô fazendo 16 anos,mas o presente é pra ocês! MITW

Capítulo 20 - Especial de 16 anos.


Fanfic / Fanfiction Mundo híbrido - Capítulo 20 - Especial de 16 anos.

Povo pac

Aquilo era nosso fim,um híbrido super modificado estava a nossa frente, e ía nos matar, seu nome... Christian

-eu vou gostar muito dessas novas habilidades!-Christian zomba e nós ataca com suas caudas, há um choque forte fazendo tudo tremer e acabo caindo.

Olho para frente e vejo algo incrível, era Rezende.

Ele tinha barrado as caudas de Christian com as suas, mas como? Ele não tinha tomado o soro!

Ele tira a venda dos olhos.

-Saiam agora!!-Rezende

-mas....-cell me ajuda a levantar

-AGORA!!VÃO!-rezende manda me encarando, seus olhos estavam com uma cor diferente,de roxo para cor de mel.

Sem reação sou puxado por cell e corremos para o outro lado seguindo Felipe pelos corredores e logo escutamos passos pesados.

Pov Rezende

Eu encarava Christian, ele podia estar com as caudas, mas não com todo meu poder.

-eu pensei que você estava sobre efeito da droga.-Christian

-falou certo, eu estava, mas meus instintos são mais fortes que uma droga idiota!-invoco todas as minhas caudas, no total são 9.

-nove?Como?-ele pareceu se assustar.

-surpreso!?se esqueceu que sou um dos primeiros experimentos que deu certo? Eu fico mudando geneticamente todos os dias.-minhas caudas ficam amarelas e alaranjadas.-eu vou acabar com você!

Assim que falo, uma caudas vem em minha direção mas desvio rápido.

-errou!-o ataco com um soco na barriga o fazendo ser lançado alguns metros e cair sentado.

Quando eu cai e beijei o chão

Vi em seus olhos algum brilho de 

Prazer

Rastejei por algum tempo

Entenda isso foi muito bom pra

Mim!

Pude encarar minhas verdades

De frente pude ver 

O quanto posso errar,falhar e ver

Que pode ser muito natural

Christian se levanta e joga uma bola de fogo roxa em mim, infelizmente não consegui escapar e ela me acerta,sinto uma pequena falta de ar mas se recupero em segundos e avanço minhas caudas contra Chris.

Ele devia e uma cauda vem na minha direção e acaba ferindo de raspão meu braço,mas aproveito a situação e consigo cortar uma cauda que se decipa no ar.

Você é covarde demais!

Pra entender

O quanto é intenso!

Agora todos os extremos

Insistir que o erro é dos outros!

Ele volta dois passos, com certeza doeu muito.

-agora sim!você me deixou com raiva!-Chris

-que bom!-falo sarcástico e se recuperando.

O ataco com minhas caudas, ele desvia três que acertam a parede,mas consigo prende-lo contra a parede.

O seguro com três caudas,e o sufoco com outra.

-ah...eu...-ele estava sem ar.

Você devia vagar sozinho por aí e

Pela escuridão

E perceber,e realmente ver

Que existir é muito mais

Ainda me sinto tão cansado

Mas sei, sou muito mais forte

Já sei o que estar só

Estou pronto pra me levantar e

Caminhar em sua direção

Mas sem querer cometo um deslize, esqueço que Chris consegue se teletransportar, e é o que ele faz.

Ele se teletransportar e fica atrás de mim,se viro bem rápido, mas não tem jeito.

Duas caudas perfuram meu corpo, uma no estômago e outra no ombro,ele recolhe as caudas e caiu de joelhos e sendo acertado no rosto por um chute forte.

Você é covarde demais!

Pra entender

O quanto é intenso!

Sei o que é o fel e o mel ao contrário

Do que pensa você!

O gosto forte de sangue toma minha boca e começa a descer pelo nariz.

Pov Christian

-você é fraco! Um idiota,...um híbrido idiota!-Zombo de Rezende que estava  sangrando, ele estava de joelhos e com a testa encostado no chão com os braços rodeando a barriga.-não vai falar nada?

-ele não é fraco!-Rezende

Que porra é essa, ele ta falando em terceira pessoa?

-o que você que dizer?

-o fraco aqui é você!precisa da forca dele pra vencer!-Rezende

-seu...-eu já ia meter outro chute em seu rosto,mas uma de suas caudas segura minha cintura e me arremessa contra a parede.

Sim,você ainda pode me vencer

Mas você sabe que não vou desistir

Já provei fo sangue em minha face

A dor já faz parte do total

Minha barriga começa a doer, levanto um pouco a blusa, tinha um corte profundo e o sangue escorria.

-agora ver que é o fraco?-ele fala tombando a cabeça um pouco pro lado e abrindo um sorriso psicopata.

-quem é você?-pergunto ainda no chão

-seu maior pesadelo!-Rezende prende minha perna.

Você é covarde demais!

Pra entender

O quanto é intenso!

Agora todos os extremos

Insistir que o erro é dos outros!

Que é esmagada,o barulho de meus ossos quebrando e gemidos toma conta do corredor,começo a suar frio.

-você é fraco!-Rezende fala ao meu ouvido.

Arregalo meus olhos ao ver que ele estava com os olhos vermelhos e dentes afiados. Mas não era só isso!!

Ele tinha asas! Como assim asas? Eram pretas com vermelho nas pontas.

-surpreso? Só precisa saber que eu não sou híbrido só de felinos!-Rezende

O tempo já não me importa mais

Pois ainda estou aqui!

Eu ainda estou aqui!

Aceite, estou aqui!

--música:queda livre--

--banda:dead fish--

Pov rezende

Volto a minha consciência,e vejo que fiz merda.

Christian estava a minha frente desmaiado com a perna sangrando, eu acho que matei ele.

Ouço o barulho de passos, trato de voltar a procurar a saída, e vai demorar, meu corpo estar cheio de hematomas e sangrando, que droga meu.

Pov pac

Felipe nos guiava pelo corredor rapidamente, sempre se esquiando de guardas.

-onde estar a saída?-Authentic

-estamos chegando!-felipe dobra um corredor e o seguimos.-é aqui a sai...essa não!-Felipe para bruscamente.

 A saída era uma sala enorme, e estava com vários seguranças armados até os dentes e ...híbridos recém criados.

-fudeu de vez!-batista

-e agora?

-FIQUEM PARADOS!-os seguranças apontam as armas para nos, armas que eu nunca tinha visto na vida.

-SE ABAIXEM AGORA!!-ouço a voz de mike e o vejo,seus olhos se destacavam,estavam de um verde brilhante e cheio de vida.

Felipe me puxa para ficar abaixado,um brilho verde e uma onda de calor toma conta da sala.

Olho para a direção dos seguranças e só vejo um vulto passando entre eles e caindo em seguida,aquilo era o mike?

As coisa voltam ao normal, eu acho.

Eu e a galera se levantamos, procuro por mike e o vejo na porta de saída.

-mike!-corro até ele e o abraço.

-oi pac, você ta bem?-ele pergunta saindo do abraço.

-sim!mas...como você fez aquilo? Como ficou tão rápido?

-agora sou como vocês, um híbrido!-mike fala me mostrando uma injeção com o conteúdo vazio.

-você realmente fez isso?-Authentic pergunta se aproximando.

-sim!vamos, não temos tempo, é... Cadê o Rezende?-mike

-eleficou!-Malena

-mas....-mike

-ele se curou.-batista

-é verdade mike!ele se sacrificou por nos.

-a conversa ta ótima! Mas precisamos ir!-Felipe chama a atenção

-Felipe? Você ta do nosso lado?-mike fica surpreso

-dim!mas agora vamos! Mais seguranças estão a caminho!-Felipe

Voltamos ao combinado e conseguimos sair daquele inferno, e pra minha surpresa...era no meio do mato!e tava a noite.

Ma verdade era uma floresta mesmo!

-o carro tá alí!-mike nos guia

O carro era um micro-ônibus preto em perfeitas condições.

-entrem!-mike

Entramos no veiculo e Mikhael acelerou com tudo, fazendo uma arrancada que fez barulho, sinal que tínhamos que segurar.

\\//

No minimo, ficamos na estrada por duas horas sem parar, e sempre em uma velocidade muito alta. Pelos meus cálculos já passava de 400km o percusso, ou mais.

-vamos parar ali na frente!-mike

Entramos em um caminho de terra e foram mais 5km até parar em um loteamento de casas abandonadas engolidas pelo mato.

-onde estamos?-cell

-em um lugar seguro.-mike fala enquanto saiamos.

-porque estar abandonado?-Malena

-constantes ataques de híbridos!!-Felipe

-você conhece aqui?

-sim,passei minha infância aqui! Até os híbridos começarem a atacar!-Felipe

-voce sabe que não somos como ele!-batista

-sei,mas é melhor procuramos um lugar pra passar a noite.-Felipe

Cada um procurou um lugar pra ficar.

Eu fiquei com mike.

Authentic com Malena e batista.

Cell e Felipe.

O melhor é que as pessoas pareciam ter fugido das casas com tanta pressa que a maioria dos móveis ainda estavam intocados.

Eu e Mike escolhemos uma casa de dois andares bem preservada.

Tivemos é claro de arrombar a porta para entrar,demos uma boa olhada e procuramos o quarto.

Sorte que tinha uma cama de casal.

-que sorte! -Mike fala indo até a cama e se sentado na mesma, uma pequena nuvem de poeira sobe e ele tossi.

-tá cheia de poeira!eu cuido disso!-vou até a cama e a toco, toda a poeira  some.

-como você fez isso?-mike

-é uma pequena habilidade que tenho!-sento na cama já limpa.-será que Pedro escapou?

-com certeza, ele é muito esperto e forte!-Mike

-creio que sim!mas por que você virou um híbrido?

-por que a lei fala que um híbrido não pode se relacionar com um humano, então virei um híbrido por você!-mike fala se aproximando de mim.-eu.. Posso?

-sim!

Mikhael me beija e fazendo eu ficar deitado, trazendo seu corpo junto ao meu e aprofundando mais o beijo.

O beijo foi se aprofundando e de vez em quando mike abaixava seu quadril fazendo nossos membros se chocarem. Escorreguei minhas mãos por suas costas tirando sua blusa e ele tira as calças e volta a me beijar.

Minhas mãos vão até sua boxer e abaixando um pouco, Mike percebe e tratou de me ajudar.partimos o beijo por falta de ar, mike logo tira minha camisa e jogando-a longe.

Mike desce até meu abdômen descoberto e distribui beijos, logo tirando minhas calças e boxe.estávamos nús.

Mikhael me olhou rápido e sorriu antes de voltar a me beijar, em um movimento rápido  fui jogado na cama a fazendo estralar.

Mike abri minhas pernas e enfiando um dedo em minha entrada,e fazendo movimentos leves.

-você é bonito!-mike

Gemi em resposta e rolei meus quadris para cima, ele adicionou mais um dedo, dou mais ou menos um grito.,ele tira os dedos e olho o por que.

Se arrependo.

-MIKE!-grito apertando os olhos e sentindo minhas lágrimas. Me contrai.


-relaxa! Eu nem encaixei tudo!-mike

Eu entro em pânico, tinha mais??? Foi entao que ele avança em meus lábios.

Finalmente ele encaixou seu membro por completo,e fez uma pausa pra mim se acostumar. Sinto a dor passar e comecei a gostar. Joguei o quadril contra mike, nesse movimento seu membro encostou em minha próstata e uma onda de prazer toma conta de mim.

Mike segura forte meu quadril e começa as estocadas fortes e fundas.depois de vários gemidos e carícias mike não aguentou, e gozou dentro de mim.

Ficamos um tempo trocando carícias, e enfim dormimos.

Pov Rezende 

Meu corpo pesava mais a cada segundo, o sangue não parava de sair. A qualquer minuto podia ter uma hemorragia.

Não sabia exatamente onde eu tava, e nem quantos quilômetros tinha andado,mas eu sabia que não estava só,acabo desmaiando de cançado e dor.



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...