História Mundo invertido de Chanel Oberlin - Capítulo 1


Escrita por: ~

Postado
Categorias Scream Queens
Exibições 4
Palavras 1.633
Terminada Sim
LIVRE PARA TODOS OS PÚBLICOS
Gêneros: Ação, Aventura

Aviso legal
Alguns dos personagens encontrados nesta história e/ou universo não me pertencem, mas são de propriedade intelectual de seus respectivos autores. Os eventuais personagens originais desta história são de minha propriedade intelectual. História sem fins lucrativos criada de fã e para fã sem comprometer a obra original.

Capítulo 1 - O mundo invertido de Chanel Oberlin


Chanels : Bom dia, Chanel!

Chanel Oberlin : Bom dia, safadas idiotas, o que temos para hoje? - Fala Chanel Oberlin, com preguiça e tirando sua mascara de dormir.

Um novo ano começa na fraternidade Kappa Kappa Tau da Universidade Wallace e a diretora Cathy Munsch tem um novo propósito pra as patricinhas mais desejadas e comentadas dessa universidade.

Munsch chega à sala das Chanels.

Munsch : Bom dia, meninas, hoje a noite faremos a festa de um novo ano na Kappa Kappa Tau, quero todas prontas para hoje a noite, sinto coisas boas vindo.

Chanel Oberlin: Diretora Munsch, a Kappa Kappa Tau tem comando todo meu, eu fui a mais votada e mais curtida em todos os anos, então eu fiz uma lista de meninas que aceitarei aqui.

Chanel n°2 : Meninas com mais de 7.000 curtidas no Instagram.

Chanel n°3 : Meninas que não postem mais de 5 snaps por dia, e tem mais de 10 segundos em cada foto não serão aceitas!

Chanel n° 5 : Aceitaremos também meninas que usem filtro do VSCOCAM, com conta Premium no Spotify, e que tenha mais de 5 celulares! - complementa Chanel n°05.

Munsch : Ual, mas não será preciso disso, passar bem. - Munsch fala sem dar bola para aquilo que elas falam e sai.

 

Mais Tarde, na Kappa Kappa Tau, a diretora Munsch inicia a reunião.

Munsch : Sejam todas bem-vindas a Kappa. Chanel n° 5, poderia chamar a Chanel, e dizer que as novas integrantes estão aqui?

Chanel n°5 corre avisar Chanel.

Chanel n°5 : Chanel, Chanel a diretora esta lá embaixo e não tenho boas notícias.

Chanel Oberlin : CHANEL N°5, QUANTAS VEZES EU JÁ FALEI PARA VOCÊ NÃO ENTRAR SEM BATER NA PORTA ? - Fala raivosa, e cospe em Chanel n° 5.

Chanel Oberlin : Obrigado, estou indo la embaixo agora.

Chanel n°5 : Isso foi demais.

Chanel n° 5 fala com um sorriso no rosto e o cuspe derramando em seu rosto.

Munsch : Olá, Chanel, então essas são as novas integrantes da Kappa, tudo aquilo que você não pediu, na verdade elas não tem nem celular, muito menos curtidas em foto! - Fala Munsch alegre.

Chanel : Eu não aceito você fazer isso com a Kappa.

Grace : Oi, eu sou vendedora de panos de prato, qualquer coisa é só ligar nesse numero, é o numero do meu quarto, estou tão animada de poder estar te encostando. - Fala Grace um das novas integrantes da Kappa entregando um papel com seu telefone.

Chanel guarda o papel e sai gritando furiosa.

Chanel sempre teve seu costume de mandar em tudo e ter o que quer, com aquilo tudo que estava acontecendo, Chanel vai até seu namorando Chad para desabafar.

Chanel : Chad, Chad, me responda cadê você Chad?

Chanel ouve alguns barulhos estranhos.

Chanel : Chad, me responde eu sei que você está ai, estou precisando da sua ajuda.

Algo começa a se aproximar de Chanel, mas não era Chad, era uma criatura esquisita.

Chanel : SOCOOOOORR..

 

Enquanto isso na Kappa Kappa Tau....

Chanel n° 3 : Você viu a Chanel, ela saiu correndo gritando, o que será que aconteceu com ela?

Chanel n° 2 : Eu não sei, mas eu acho que deve ter sido o siso dela que cresceu. Tadinha, deve estar gritando de dor.

Chanel n° 5 : CALA BOCA, SUA ORDINARIA, TU NÃO PERCEBEU QUE A CHANEL FICOU ASSIM POR CAUSA DESSAS GAROTAS RIDÍCULAS SEM CELULAR E CURTIDA?

Chanel n° 2 : Nossa, Chanel n° 5, quem fala assim comigo é só a Chanel, vou tirar o like da sua última foto no Facebook, estou muito sentida com você, vou dormir.

Chanel n° 2 sai triste.

Enquanto isso, no seu quarto arrumando sua cama para dormir, Chanel n° 2 ouve um barulho na janela e de repente chega uma mensagem em seu celular.

Desconhecido : E aí, está pronta para morrer ?

Chanel n° 2: Oi?? Quem é?? Taylor Swift, é você? Eu juro que eu comprei o 1989 no iTunes.

Desconhecido : Não é a Taylor, mas se você olhar para trás você vai saber.

Chanel n° 2 olha para trás e vê um bicho esquisito, que engole a mesma com um celular assassino.

Chanel n°5 abre a porta do quarto de Chanel n°2.

Chanel n° 5 : Nossa, amiga, desculpa eu estava estressada, estava só preocupada com a Chanel..... Chanel n°2?? Nossa que estranho, onde está ela?

 

Enquanto isso no mundo invertido, Chanel Oberlin se depara com diversas criaturas estranhas, andando sem olhar para nada, apenas para seus celulares. Apesar de todo o medo, Chanel tentava falar com alguém deles, mas nem davam a mínima a ela, até que Chanel ouve algo caindo e vai ver o que é.

Chanel : Tem alguém ai? Alguém que me possa ajudar, SOCORROOO!

Chanel da mais alguns passos e.....

Chanel : CHANEL N°2, VOCÊ, ME RESPONDA, POR FAVOR......

 

Enquanto isso na Kappa Kappa Tau.....

Grace : Olha, meninas, eu não estou querendo ser metida, mas a Chanel não voltou até agora.

Chanel n°3 : Eu estou muito preocupada, procurei por todo canto e nada dela.

Chad entra.

Chad : Meninas vocês viram a Chanel? Eu ouvi ela me chamando mas estava fazendo uma maratona de Bates Motel, não tinha como eu parar.

Chanel n° 5 : Mas você não viu para onde ela foi?

Chad : Não, só ouvi uns barulhos e uns gritos.

Chanel n°3 : Vai que alguém pegou ela, sequestrou, sei lá.

Grace : Meninas, eu vou para casa, se eu achar ela aviso que estão a procura dela, boa sorte.

As Chanel começam a se preocupar e vão procurá-la.

 

E enquanto isso no Mundo invertido, Chanel desesperada tenta tirar o celular daquelas criaturas estranhas, só que não consegue e ninguém dá bola a ela, nem olham para ela, pois estão tão viciados que não pensam em mais nada.

Mas, de repente, ela se depara com algo que pode ser a sua salvação, um telefone.

Chanel : Meu deus aqui está a minha salvação... mas espera, eu não sei o numero de ninguém, nem o meu. E agora?

O desanimo de Chanel dura pouco, até que ela coloca a mão no bolso.

Chanel : O numero daquela esquisita que vende pano de prato.

Chanel liga para Grace.

Grace: Alô?

Chanel: Por favor me ajude, me ajude eu não sei aonde estou.

Grace: Calma, querida, eu não entendi nada, se é cobrança me avisa que daí eu já desligo.

Chanel: Sou eu, sua anta, Chanel Oberlin a mais linda que você respeita. Mas não quero falar sobre mim agora, algum bicho estranho me levou para um lugar mais estranho ainda, eu não sei aonde. Não tem porta, não tem saída, eu preciso da sua ajuda, as pessoas aqui só ficam no celular, elas não me vêem, CHAME A POLÍCIA, POR FAVOR.

Grace: Você só pode estar brincando, como isso, m-meu deus, eu vou procurar na internet, fica na linha.

Grace procura na internet o que pode ser.

Grace: Eu não sei muito bem o que é, mas eu achei aonde é a entrada para o mundo inverso, onde você está agora, eu estou indo até a entrada pois tenho uma ideia.

Grace pega sua bicicleta e vai, o caminho é longo por uma floresta misteriosa, até que Grace encontra a entrada.

Grace: Que estranho, a entrada para esse mundo inverso é um celular.... Ahhhh bem que a Chanel falou que as pessoas lá só ficam no celular.

A ideia de Grace era juntar diversos panos de pratos até chegar em Chanel para que ela conseguisse subir, como Grace vendia panos não foi problema em conseguir alguns.

Chanel : Ai meu deus, será que esses panos que estão caindo é mais um daqueles bichos, SOCORRRROOOOO........ não espera, tem um bilhete aqui... ‘’Chanel aqui é a Grace, venha subindo que vou te puxar’’.

Grace, com dificuldade começa a puxar, demora algum tempo até mas Chanel consegue sair de dentro daquele celular.

Chanel : Grace, nem parece verdade, você conseguiu, EU ESTOU VIVAAA!

Grace : Ai, Chanel, todos estavam preocupados com você, tudo fez sentido, aquelas pessoas esquisitas que estavam no celular somos nós, são as suas regras, mas a vida não esta apenas em uma tela de celular, aquelas pessoas que não olharam para você são você mesmo quando esta com seu celular, não vê nada alem daquilo.

Chanel : Nossa Grace, você tem toda razão, eu estava muito errada de pensar isso, não parece verdade mas... Seja bem vinda a Kappa Kappa Tau. E agora se você aceitar você poderá ser a Chanel n°4.

Elas voltam para a Kappa e contam tudo o que aconteceu, avisam a policia mas a entrada para o mundo inverso já tinha sumido, e o importante era que tudo deu certo para Chanel Oberlin.

Munsch : Olá, novas integrantes do Kappa Kappa Tau, Chanel Oberlin tem uma nova regra a casa que é muito importante e aprovados por mim.

Chanel Oberlin : Então, garotas, a nova regra é que será proibido a entrada com celular aqui na Kappa, o tempo que estivermos aqui ficaremos livre disso, e será um lugar para conversamos e nos divertimos juntas.

Todas aplaudem Chanel.

Chanel : Só mais uma coisa, eu quero muito agradecer a Grace que agora é Chanel n°4, obrigado por tudo que você me fez ver e tudo que me ajudou, se não fosse você e seus panos de pratos que eu achei ridículos não estaria aqui agora.

Grace e Chanel se abraçam e celebram junto com todas as outras meninas,

Todas : KAPPAAAA!

Enquanto para Chanel tinha dado tudo certo, para Chanel n° 2 que acorda no mundo invertido parece que só estava começando mais uma longa historia

Chanel n°2 : aonde eu estou? SOCORROOOO!

Thiago de Borba



Gostou da Fanfic? Compartilhe!

Gostou? Deixe seu Comentário!

Muitos usuários deixam de postar por falta de comentários, estimule o trabalho deles, deixando um comentário.

Para comentar e incentivar o autor, Cadastre-se ou Acesse sua Conta.


Carregando...